sábado, 29 de março de 2008

O filme de "Clannad" é muito interessante!

Nagisa e o seu sorriso inconfundível...

Sempre que você se depara com um anime que possui variantes entre série de TV e filme ( às vezes incluindo-se nisso os OVA's ), deve-se esperar teoricamente por diferenças, na maioria dos casos bem acentuadas. O filme de "Clannad" segue este retrospecto, lançando para quem o assiste um ultra-resumo da estória do game do título.

Quando exibido no último quadrimestre de 2007 nos cinemas japoneses, este filme deixou a sua impressão. Talvez o fato possa ser atribuído ao modo como a estória foi tratada neste trabalho. Para agradar ou desagradar, irá depender muito do ponto de vista de quem assistiu à esse filme, podendo inclusive levar em consideração os conhecimentos sobre "Clannad" de quem o assistiu para a formalização de uma opinião mais aguçada.

A estória e os personagens

Okazaki Tomoya e Furukawa Nagisa.

No filme de "Clannad" a estória é fixada em dois personagens, sendo eles o "delinqüente" Okazaki Tomoya e a carismática Furukawa Nagisa. As diferenças com relação à série de TV são muitas, porém serão detalhadas mais tarde.

Tomoya e Nagisa se conhecem no caminho para a escola. Embora pareça estranho, Nagisa acompanha Tomoya mesmo sem o total consentimento do rapaz, que se mostrava relutante. E assim prosseguiu por alguns dias.

O filme, à partir deste ponto, mostra a convivência e um pouco do dia-a-dia do Tomoya e da Nagisa na escola. Ela não possui amigos e aparentemente ele possui apenas um, sendo este o irredutível Youhei Sunohara. A vontade da Nagisa em abrir um clube de teatro, bem como a negação para o mesmo vindo do conselho estudantil, fez Sunohara aparecer em seu "melhor estilo"...

A Sakagami Tomoyo é candidata à presidente do conselho estudantil, tendo a Fujibayashi Kyou como a sua maior aliada. O jovem Yoshino Yusuke e a Kouko Ybuki se fazem presentes. Aliás, a Ybuki dá uma "bela lição" no Sunohara em determinado momento...

Akio e Sanae: felizes ao extremo...

O sentimento entre o Tomoya e a Nagisa começa à intensificar-se quando o rapaz conhece os pais da jovem, sendo estes a bela Furukawa Sanae e o brincalhão Furukawa Akio. No entanto, os dramas da vida pessoal do Tomoya são mostrados no filme, inclusive a agressão que ele sofreu de seu pai, o que lhe custou uma promissora vida dentro da prática do basquete. E tal drama comove profundamente a Nagisa...

Nagisa consegue abrir o clube de teatro e apresenta-se notavelmente no festival da escola. Tomoya vê na peça apresentada pela jovem todo o processo de sua vida até aquele momento, e uma passagem desta peça lhe foi marcante o suficiente. Marcante ao ponto de ele, Tomoya, ali fazer abertamente uma coisa que nem a própria Nagisa poderia esperar.

Nagisa feliz ao cantar o tema da "Grande Família Dango": Tomoya e Sunohara ficam muito surpresos...

Para não intensificar em um spoiler ainda maior, pode-se resumir a estória do filme como sendo algo além de um ultra-resumo de todo o roteiro por trás do título "Clannad": o filme mostra uma afeição tímida, que dá lugar a uma amizade, que intensifica-se em um sentimento ainda maior, tragado por uma ocorrência trágica...

Os traços: melhoras com relação ao filme de "Air"...

A arte apresentada no filme leva diretamente a um sentimento puramente nostálgico.

O pai da Nagisa e toda a sua simpatia com relação ao Okazaki.

Para quem assistiu, deve imaginar que tal sentimento trata-se do anime "Kanon" original, de 2002. Como o filme de "Clannad" e a referida série de TV de "Kanon" foram feitos pela Toei Animation, o sentimento nostálgico tem nesse ponto a sua justificativa. Os traços dos persoangens são bem parecidos, embora bem melhor trabalhados e elaborados no filme.

O filme de "Clannad" é também melhor que um trabalho anterior da Toei Animation: o filme de "Air". Tratando-se especificamente deste caso, tanto a estória quanto a animação sobressaíram-se no filme de "Clannad", muito embora o filme de "Air" tenha mostrado algumas coisas que passaram de forma desapercebida na série de TV de "Air"...

As diferenças com a série de TV de "Clannad"

O filme, embora seja bom, perde em diversos quesitos para a série de TV.

Quando fala-se em animação, nota-se toda a arte e trabalho apresentados pela Kyoto Animation. Desde "Air TV" a Kyoto melhora passo a passo, apresentando animes com uma qualidade equiparável apenas a de outras empresas do ramo, responsáveis por títulos como "Chobits" e "Ef - A Tale of Memories" por exemplo. O filme, feito sob as asas da Toei Animation, mostra um trabalho muito bem feito, porém ( não desmerecendo a Toei ) distante do apresentado pela empresa citada no início deste parágrafo com relação à série de TV.

Nagisa e todo seu potencial para o teatro...

No que vem a se tratar da estória apresentada, não se pode haver "mocinhos e bandidos", pois cada qual tem o seu próprio meio de mostrar o universo do título "Clannad". Uma série de TV pode mostrar mais fatos do que um filme, ainda mais quando o propósito do filme é aparentemente o mesmo da série de TV. Em si, o filme apresentou em bom tom a estória de "Clannad", pecando no fator "spoiler" do mesmo...

O trabalho apresentando sobre os personagens possui suas variantes. A série de TV mostra e relata bem cada um deles. O filme destaca amplamente o casal já conhecido, trazendo alguns para apoio, e ignorando em sua totalidade ( ou parcialidade ) a existência de outros.

Objetivamente

O pessoal reunido: qual a razão deste abatimento, Okazaki?

O filme, dentro do propósito ao qual se propõe, consegue se sair bem. Os prós e contras aqui mostrados são normais e até certo ponto naturais, pois não se podia esperar que o filme apresentasse todos os arquétipos mostrados na série de TV.

Com isso, o filme de "Clannad" pode ser uma boa pedida. Recomendado!

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Esse texto mostra apenas uma impressão pessoal sobre o filme de "Clannad".
Site do filme de "Clannad": acesse aqui.

domingo, 23 de março de 2008

Um anime chamado "Kage Kara Mamoru!"...

Yuna e Mamoru.

O universo da animação japonesa engloba uma série de estórias diferenciadas. Elas podem fazer referência à própria história japonesa, podem falar sobre o futuro, podem tratar-se de romances hilários, ou até mesmo à estórias mais infantis e inocentes.

O anime do qual será falado neste momento visa um público mais infanto-juvenil. Contudo, a sua estória passa de forma calma e tranqüila. Trata-se de "Kage Kara Mamoru!".

Um resumo da estória

Airi e Mamoru.

A estória central deste anime tem seu início à 400 anos atrás. Segundo se conta, um ninja jurou proteção eterna à uma família. Aí nasceu a concepção do clã Kagemori, que visa desde então proteger os seus vizinhos, a família Konyaku.

Nos tempos atuais, a lealdade do clã Kagemori se faz presente. Dentro disso nos são apresentados os personagens principais deste anime: Kagemori Mamoru, o rapaz treinado por seus pais para seguir com a missão do clã, e Konyaku Yuna que é a garota que deve ser protegida pelo rapaz.

Mamoru é amigo de infância de Yuna. No entanto, o jovem tende à passar por muitos problemas por conta de sua missão. O fato de Yuna ser ingênua ajuda a complicar a tarefa do Mamoru, pois graças à isto ela tende a se meter nas mais variadas encrencas.

Não apenas o Mamoru protege alguém. Seus pais também o fazem: sua mãe protege a mãe da Yuna, e seu pai protege o pai da Yuna. Por esta razão, sempre que a família de Yuna se muda, a família do Mamoru também o faz para dar prosseguimento à missão do clã Kagemori.

Outras garotas...

Tsubaki em um de seus momentos de "desconfiança em nome da justiça"...

O anime presenteia quem o assiste com uma bela dosagem de comédia romântica. Essa dosagem é atribuída graças às outras garotas que aparecem em "Kage Kara Mamoru!", onde o fato de todas elas possuírem seus sentimentos por Mamoru não deve soar nem um pouco como novidade...

Entretanto, cada uma delas possui uma personalidade marcante como a da Sawagashi Airi, que é de uma família rica e que simplesmente adora irritar o Mamoru. Como ele deve manter sob disfarce o seu "jeito ninja", o rapaz é sempre motivos de chacota e de ironias por parte da Airi, que mantém uma forte amizade com a Yuna para, quem sabe, se aproximar mais do Mamoru...

A Yamame criança, quando apresentada ao Mamoru.

As outras garotas não ficam muito distante: Mapputatsu Tsubaki é uma samurai com forte senso de justiça que não perdoa uma falha de conduta que venha a ser apresentada pelo Mamoru, ou ela venha a desconfiar dele; a Hatori Yamame é do mesmo clã de Mamoru e alimenta por ele um carinho muito grande desde pequena; e a Kumokagure Hotaru apaixona-se por Mamoru depois de enfrentá-lo em combate, uma vez que ela faz parte de um clã ninja rival do Kagemori, sendo este o fato para inúmeras brigas e discussões entre ela e a Yamame.

Mas o anime não é só isso...

Yuna e Mamoru em uma foto de quando eram crianças...

Como já pôde ser notado "Kage Kara Mamoru!" possui uma estória simples e até certo ponto comum. Mas o anime tem seus momentos mais profundos...

Já é do conhecimento que Mamoru e Yuna são amigos de infância. Todavia, Mamoru não aceitava muito bem esta missão no seu início, o quem vem à ser compreensível. Mas o rapaz, com o passar do tempo, passou a respeitar a tradição do clã e começou a proteger a Yuna com uma vontade muito maior e cada vez mais crescente.

A Yuna sempre alimentou um desejo de ter Mamoru sempre ao seu lado, e nem desconfia de sua identidade ninja. E Mamoru passou, pouco à pouco, a ter um sentimento recíproco pela Yuna, muito embora ele não entenda o que está sentindo por ela, o que faz o anime ganhar um pequeno status dramático em seus últimos episódios.

Uma facção do clã Kagemori não quer continuar com a missão, e talvez essa "dúvida" do Mamoru quanto aos seus reais sentimentos sirva como auxílio às aspirações desta facção.

Objetivamente...

Uma bela imagem.

O título "Kage Kara Mamoru!" pode até soar como muito monótono para alguns. No entanto, este anime é de um agrado muito bom, possuidor de uma estória simples porém convincente, que não fica "preso" à modas ou algo do gênero, caminhando muito bem sozinho...

Este anime é altamente recomendado!

[ made in NETOIN! ]

quarta-feira, 19 de março de 2008

Com "Sister Princess Re Pure Character's", o sentimentalismo é total!

Amor: o sentimento que as doze irmãs demonstram ao Wataru,
cada uma ao seu modo...


Muitos devem conhecer o anime "Sister Princess". Este título é baseado em games do tipo simulador de encontros, que é muito popular entre os japoneses. O game "Sister Princess" possuiu versões para o saudoso PlayStation, para o igualmente saudoso Dreamcast e para o Game Boy Advance.

O anime "Sister Princess" possui uma continuação, que não é diretamente ligada à primeira série exibida, mas que conta com uma estória um pouco diferenciada: este título é "Sister Princess Re Pure".

Enquanto a primeira série baseava-se no modo como Wataru vivia com as suas irmãs na Ilha Prometida ( com as dosagens de amor e de drama na medida ideal ), a segunda série ganhou ares mais europeus e destacou-se por exibir de uma maneira mais objetiva os sentimentos de cada uma das garotas pelo Wataru ( aqui o humor deu lugar ao total sentimentalismo ).

Destacando cada uma das irmãs

A esportista e energética Mamoru chora nos braços de Wataru.

O anime "Sister Princess Re Pure Character's" não é uma terceira temporada, embora os traços da segunda série tenham sido mantidos, e a ambientação européia tenha sido deixada um pouco de lado, aparecendo em algumas partes apenas.

No geral, "Character's" possui doze mini-episódios ( um para cada irmã do Wataru ), de cerca de nove minutos de duração cada um deles.

Em "Character's", é enfatizado o modo singular como cada uma das garotas vê seu irmão Wataru, trazendo as perspectivas e anseios que cada uma delas possui pelo rapaz.

O que já era conhecido é agora expandido

A pequena Aria adora brincar com o "Nya", modo carinhoso pelo qual ela chama o Wataru.

Como já mencionado anteriormente, os mini-episódios são exclusivos de cada uma das garotas: Karen, Mamoru, Aria, Hinako, Kaho, Rinrin, Chikage, Yotsuba, Haruka, Marie, Shirayuki e Sakuya.

O modo como elas vêem seu irmão parte diretamente de suas personalidades. Seus sonhos e anseios são os retratos fiéis de suas características pessoais. Wataru é tão generoso com as suas doze irmãs, que todas elas ( sem exceção ) adquiriram fortes sentimentos pelo rapaz.

A Haruka é o modelo de garota apaixonada.

Se a meiga Karen sonha em ser a esposa de Wataru, a romântica Sakuya pensa de mesma forma, mas com uma dosagem de ciúmes e de medo. Se a pequena Aria adora ser mimada por seu irmão, a saltitante Hinako prefere mimá-lo. Se a esportista Mamoru pensa em chegar cada vez mais perto da potencialidade que vê em Wataru, a curiosa Yotsuba prefere "checar" por todos os mistérios e curiosidades sobre o seu irmão. E assim segue-se...

Embora os anseios e sonhos sejam diferentes, tudo é regado por uma única palavra: amor. Sim, trata-se do maior dos sentimentos, que é mostrado dentro das características pessoais de cada uma das doze irmãs do Wataru.

Objetivamente...

A Yotsuba adora "checar" o seu amado irmão.

À rigor, "Character's" é um tipo de complemento para "Sister Princess Re Pure". Não existem segredos ou maiores mistérios à serem esclarecidos aqui, pois está tudo bem à mostra.

Este título é altamente recomendado, embora deva ser deixado de lado por quem não curte sentimentalismo excessivo...

[ made in NETOIN! ]

terça-feira, 18 de março de 2008

Um chamado: em breve, uma grande matéria!

Isso mesmo, o título condiz com algo que em breve irá aparecer em três blogs, simultaneamente: aqui no "NETOIN!", no "Subete Animes" e no "The Key of the Broken Hearts".

O blog amigo "The Key of the Broken Hearts".

À partir de uma idéia que já vem sendo estudada desde meados de janeiro, os três blogs concordaram e irão enfatizar o centenário da imigração japonesa no Brasil.

A razão é única...

Com certeza, trata-se um fato que engradece aqueles que gostam da cultura japonesa e, porque não dizer, da animação japonesa em si.

O blog amigo "Subete Animes".

E não engradece não apenas às estas pessoas: engradece ao Brasil inteiro, pois trata-se de uma importante parte da história de nosso país, de uma parceria e amizade firmada com uma nação tão distante como é o Japão.

Portanto, no início de abril, a primeira parte desta matéria será publicada.

Amigo leitor, fique apenas no aguardo.

[ made in NETOIN! ]

sábado, 15 de março de 2008

E o "NETOIN!" responde a um "meme"...

Não esperava por tal fato, mas o "NETOIN!" foi recentemente escolhido para responder a um "meme".

Para uma melhor definição, um "meme" pode ser interpretado como um questionário à ser respondido pelo dono de um blog, e o mesmo deve ser repassado para blogs em específico ( como os seus parceiros ). Isso ajuda a conhecer o blog em questão e os demais selecionados.

Assim sendo o "NETOIN!" foi um dos escolhidos pelo blog parceiro "Subete Animes" ( no caso do "NETOIN!", um dos seus "blogs amigos" ) para responder à este "meme".

Será dado agora o início à este questionário.

1) Por quê resolveu criar o blog?

Na verdade, foi um negócio meio súbito. Ao final de 2006, resolvi me aventurar no universo blogs, após ler alguns bem interessantes. De início, iria postar sobre fatos do dia-a-dia, sobre esportes e outros assuntos. Porém, e com o passar do tempo, o assunto "anime" ganhou destaque. Na medida que ia assistindo algumas séries, ia criando uma opinião sobre as mesmas. E sentia muita vontade em compartilhar destas opiniões. Ao mesmo passo que, quando aprendi a usar o Media Coder, resolvi postar sobre o funcionamento do programa.

Com base nisso tudo, posso assegurar que o "NETOIN!" hoje é direcionado para textos sobre a animação japonesa, e um pouco sobre informática e sobre o cotidiano.


2) O que te dá mais prazer em blogar?

Bom, ultimamente escrever sobre animes tem sido muito prazeroso. Falar sobre os mais diversificados tipos de estórias, bem como a relação entre os personagens das séries nipônicas, é algo muito legal de se fazer. E ultimamente mais pessoas têm visitado o "NETOIN!", fator este que me deixa muito contente e satisfeito.


3) Indique um blog bom e um blog que você não gosta ( embora isso seja difícil ), comentando os porquês.

Isso é realmente difícil. Ultimamente tenho visitado muitos blogs ( muitos mesmos ), e este universo ( a blogosfera ) é muito diversificado. Mas indico com certeza os blogs "Subete Animes" e o "The Key of the Broken Hearts", que foram os primeiros parceiros do "NETOIN!", e possuem suas diretrizes distintas, mesmo em se tratando de animação japonesa: o primeiro citado nos dá uma grande gama de informações sobre o universo da animação japonesa, com bastante previews e reviews, contando inclusive com avaliações bem peculiares; já o segundo centraliza-se nos trabalhos da Key, produtora que está afrente de títulos como "Air", "Kanon" e "Clannad", tornando o trabalho da equipe do referido blog muito útil e prazeroso de se ler.

Um blog ruim? Acredito que isto seja uma variante muito aguçada e, embora possua meu blog desde dezembro de 2006, não me sinto no direito de achar um blog ruim. Sou muito vedete nesta arte ( a de postar em blogs ), e por dada razão tenho muito à aprender...


4) Qual o seu tipo de música e bandas favoritas?

Puxa, acredito que o meu gosto musical seja muito peculiar. Adoro músicas new-age ( Enya, ERA, Secret Garden ), pop-lento ( em especial dos anos 80 ), e os temas de animes ( como "Photograph" do anime "Onegai Twins" ou "Kaze no Tadori Tsuku Basho" do anime "Kanon" ). Também gosto de músicas nacionais, sendo minha banda preferida o Roupa Nova.


5) Qual o assunto que você mais gosta de postar?

Talvez já tenha respondido a esta pergunta. Mas adoro postar sobre animes, e também adoro transmitir conhecimentos adquiridos, como no caso do Media Coder.


6) Seaquinevasseceusavaesqui?

Bom, se nevasse por estes lados, talvez minha pessoa fizesse uso de um esqui...

A pergunta era sobre isso mesmo, eu acho...


7) Você é: casado, solteiro, separado, enrolado, desquitado, chutado, viúvo ou "outros"?

Solteiro.


8) Por quê você deu este nome ao seu blog?

O nome "NETOIN!" provém de um dos vários apelidos acumulados por minha pessoa até o momento. Na verdade, a palavra "netoin" provém de "neto", que é o meu último sobrenome ( e nome pelo qual sou conhecido em meu local de trabalho ). O apelido "netoin" me foi dado por uma colega de trabalho, sendo que o mesmo apelido possui suas variantes como "netop", "netão", "netoso", "netovisck"...

Acabou sendo um "nome único" para o blog...


9) Qual foi o último blog que você visitou?

Em se tratando de hoje, foi o "NETOIN! Mais!".


10) Por quê resolveu participar deste meme?

Achei interessente e até divertido. É um bom modo de fazer que os visitantes conheçam mais sobre o blog e seu dono, bem como sobre os outros blogs mencionados no questionário.

Em resumo: uma boa forma de divulgação.


Com isso, o "meme" está finalizado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Em cumprimento às regras deste "meme", estes são os blogs indicados do "NETOIN!" para responder ao mesmo:

* The Key of the Broken Hearts;
* Reflexos;
* Kawai;
* Dotaku - O diário do otaku;
* Templates para você.

segunda-feira, 10 de março de 2008

Hilário e surreal: isso é "Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan" !

A turma de "Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan"!

Animes do gênero "nonsense" possuem características quase únicas. Isso não significa que sejam, em sua maioria, características marcantes. Alguns títulos deste gênero conseguem arrebatar muitos fãs e muitas risadas de quem os assiste. Neste quadro, "Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan" torna-se um grande atrativo.

Uma estória surreal, aliada à personagens cômicos, sendo alguns destes de índole muito duvidosa ( ou quase inexistente ), e cenas que variam do ridículo extravagante ao cômico excessivo.

Entendendo o anime...

Shizuki-chan: o que ela vê no Sakura!?

Em "Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan" nos é apresentado o protagonista, um jovem estudioso de nome Sakura. Aparentemente, ele tem uma vida normal e despreocupada. Bom, isso apenas na aparência, uma vez que sua vida deixou de ser a mesma quando da chegada de um anjo em sua casa...

De fato, este anjo é a protagonista, de nome Dokuro. Mandada do futuro ao tempo presente para realizar uma missão: matar Sakura!

Mas Dokuro acaba gostando de virar a vida de Sakura "do avesso", e de certa forma acaba gostando de sua presença. Sendo assim, nossa amiga acaba esquecendo-se de sua missão principal, e concentra-se em conseguir fazer de outros meios para que, no futuro do qual ela veio, um certo acontecimento não chegue à ocorrer.

O acontecimento do futuro!

Sabato, Dokuro e Sakura: nem no cinema se tem paz...

Parece que Sakura é um pervertido. Segundo conta Sabato ( um outro anjo que veio do futuro com o propósito fixo de matar o rapaz ), Sakura tentava criar um mundo para os lolicons, quando por acidente acabou realizando outra coisa, de certa forma ligada à sua idéia original.

Sakura acabou fazendo com que as mulheres, ao completar doze anos de idade, não mais crescessem. Graças à isso as mulheres passaram à ter a juventude eterna ( entenda-se: juventude eterna, e não vida eterna ). Por esta razão, o Conselho Sagrado de Rurutie ( um tipo de ordem ou júri celestial ) ordenou à Dokuro que viesse ao nosso tempo matar Sakura e, mais tarde mandou Sabato para fazê-lo, uma vez que a Dokuro já não tinha mais esse anseio...

Mas...

Sakura, prepare-se para morrer novamente...

Isso não significa que Sakura não passe por apuros e constrangimentos por causa da Dokuro. Nosso amigo é apaixonado por uma colega de classe, Shizuki, que parece gostar também do rapaz. Mas toda vez que eles tentam ficar juntos, a Dokuro dá um jeito de atrapalhar...

O ponto à seguir é de alto impacto: Sakura morre constantemente graças à Dokuro. Das mais variadas formas e nos mais inusitados momentos. Tal fato ocorre mais quando Dokuro usa de sua arma, um porrete em forma de taco de beisebol com áreas pontiagudas, de nome Excaliborg! E é com esse mesmo porrete que Dokuro sempre ressuscita o Sakura, para depois ( quem sabe ) matá-lo novamente...

Mais tarde...

Sabato, Dokuro e Zakuro: dependendo do ponto de vista,
Sakura pode ser sortudo ou azarado...


Um amigo da Dokuro, na verdade uma espécie de conselheiro, também acaba vindo do futuro para ficar ao lado de sua amiga. Trata-se de Zansu, um anjo muito idiota e tapado. Este deve ser o "mala sem alça" deste anime...

A irmã da Dokuro acaba sendo mandada do futuro para levar nossa amiga de volta para o seu tempo à mando do Conselho Sagrado de Rurutie. Trata-se de Zakuro, detentora de um poder maior que o da Dokuro, e de uma toalha assassina que faz frente à Excaliborg!

Objetivamente...

Este anime, como se pôde notar, possui requintes de crueldade explícitos, sangue, um pouco de ecchi e uma dosagem exagerada de humor negro. É divertido ver as caretas do Sakura, especialmente nos momentos em que a Dokuro se faz de boba perto dele, ou quando o nosso amigo sabe o que o espera...

É também hilário ver o Sakura morrer de diferentes formas, em diversos ângulos, e pelas razões mais estúpidas possíveis e imagináveis. É divertido ver a Sabato tentar e sempre falhar em sua missão de matar o Sakura.

Em resumo: "Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan" passa distante de merecer algum prêmio especial. No entanto, quem assistir esse anime, poderá dar belas risadas...

[ made in NETOIN! ]

sábado, 8 de março de 2008

Mais nostalgia no "NETOIN!"...

Ultimamente, nostalgia tem sido a palavra de ordem por estes lados.

Você deve estar lembrado do texto que fazia referência à extinta Rede Manchete de televisão. Pois bem. Desta vez, mais um pouco disto paira nos ares deste blog.

Trago aqui para o "NETOIN!", por vias do YouTube ( para variar... ), mais um vídeo com a segunda abertura dos Cavaleiros do Zodíaco exibida pelo canal de nome citado no início deste texto.

Para assisti-lo, clique aqui.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Vídeo presente no YouTube, por parte do usuário "dleo1982".

quinta-feira, 6 de março de 2008

Assistir "Lamune" é uma boa pedida...

Um simpático casal...

Muitos são os animes provenientes de games para PC ou para consoles domésticos. Em sua maioria, pertencem ao gênero Visual Novel ou Hentai ( às vezes um aplicando-se ao outro ).

O texto à seguir refere-se ao anime "Lamune", uma série de 12 episódios datada de 2005.

Significado de Lamune ( ラムネ ) e personagens do anime

A palavra lamune significa limonada em japonês, embora não seja difícil encontrá-la associada à palavra refrigerante.

Apesar da impressão inicial de se tratar de um anime do tipo "romance escolar" bem simples, a série "Lamune" possui passagens de um romance mais complexo, de drama e de lição de vida.


Nanami e Kenji.

Nos são apresentados os protagonistas da série. Trata-se de Tomosaka Kenji, um rapaz que mudou-se para o interior ainda criança, e Konoe Nanami, uma jovem que nesta mesma época fez amizade com ele. E o anime praticamente gira em torno desta amizade, de sua evolução, e das alegrias e tristezas sobre esta amizade e ao redor da mesma.

O restante da turma

O anime, como já mencionado, inicia muito calmo e tranqüilo. Em seu decorrer, novos personagens são apresentados, o que acaba aumentando o fulgor do título em sua trama.


Suzuka, Hikari e Nanami quando crianças. O flashback é uma constante em "Lamune".

Como não poderia deixar de ser temos Hatano, o verdadeiro "mala sem alça" da série. Ele é fascinado pela Nakazato Hikari, prima de Kenji que visita sua casa todos os anos. Francamente, Hikari é a personagem que dá uma apimentada em "Lamune", isso em vários ângulos, principalmente em se tratando de seu modo de ser ( brincalhona e energética ao extremo ).


A Tae-senpai sempre dedicada, esforçada e muito educada.

Kenji tem uma irmã mais nova, Tomosaka Suzuka, calma e pacífica, que não suporta em certas ocasiões o modo despreocupado da vida que seu irmão tem. Sua melhor amiga é Sakura Hiromi, uma menina meiga que sente um forte sentimento por Kenji, mas que não é declarado por conta de sua timidez. E na escola temos ainda a responsável e educada Isawa Tae, presidente do conselho estudantil do local.


Sakura e Kenji, quando se conheceram.

O pai de Kenji ( Tomosaka Kenryou ) e a mãe da Nanami ( Konoe Kagami ) também aparecem bastante. E uma última garota aparece, Ayukawa Misora, que estava passeando de moto quando esta quebra. Misora fica abrigada na casa de Kenji por um tempo.

O trajeto do anime

A estória da amizade entre Kenji e Nanami é o ponto e a direção do anime. Tudo é mostrado neste título, desde quando se conheceram, da forma mais inocente possível.

O modo da convivência diária entre os dois, bem como a evolução ( e certa negação ) do sentimento entre eles em pontos cruciais também é explorada. Os outros personagens aparecem de forma significativa, mostrando o porque de ali estarem.


Sakura e Kenji na adolescência.

Passagens como a estória Tae ( sobre suas responsabilidades e carência de afeto ), e a estória da Sakura ( a garota tímida que esconde seus sentimentos desde a infância ), podem fazer com que você reflita bastante. Sim, pois às vezes são as pequenas coisas da vida, que nos cercam sempre, tendem a fazer a maior diferença sem ninguém notar. O final do anime é digno o bastante, estando rotulado em um drama bem decente, que pode fazer chegar ao ponto de lágrimas quem o assistir.

No geral, "Lamune" é um anime pacífico, porém chamativo e muito bem feito. Altamente recomendado.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Consulte sobre o anime na Wikipédia ( em português aqui ).

Paródia: a abertura de "Clannad" com personagens de "Haruhi"...

Um momento de descontração pura aqui no blog...

Esse vídeo pode ser caracterizado com um daqueles que "se encontra sem querer". De fato, isso procede. E o vídeo envolve dois animes de distintos segmentos: "Clannad" e "Suzumiya Haruhi no Yuuutsu". Cada qual tem seus fãs pelas suas próprias características.

O vídeo, simpático no mínimo, faz uma "nova abertura" para o anime "Haruhi". Mas, tal abertura segue as idéias, o modo de apresentação e o fundo musical do anime "Clannad". O resultado?

Apenas assista e tire suas próprias conclusões. Link aqui.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Vídeo presente no YouTube, apresentado pelo usuário "UntouchedAnifunk".

segunda-feira, 3 de março de 2008

Para os fãs de animes, a Rede Manchete deixou muitas saudades...

O logo da Rede Manchete.

Talvez o Brasil seja hoje um dos países do mundo que mais se destacam em um quesito peculiar, porém notório: audiência televisiva.

Torna-se óbvio o bastante exclamar que a Rede Globo é a dona da maior fatia desta audiência no Brasil, cobrindo quase todo o território nacional com seus sinais, sendo que estes mesmos sinais se fazem em outros países do globo. Emissoras como o SBT, a Rede TV!, a Rede Bandeirantes e a Rede Record seguem no encalço da emissora carioca, cada uma ao seu modo.

No entanto, uma emissora deixou muitas saudades, seja para quem gostava de tele-jornais, de animação japonesa, de novelas, o que for: a referência é feita a extinta Rede Manchete.

Um relato saudosista...

A Rede Manchete iniciou suas transmissões em junho de 1983, em um domingo. Seu dono, Adolpho Bloch, apareceu na tela dando as boas-vindas, e a conhecida vinheta foi ao ar pela primeira vez. Tratava-se da vinheta onde o logo da emissora fazia as vezes de um disco voador, sobrevoando algumas das principais cidades do país, e parando em sua sede na cidade do Rio de Janeiro.

A Rede Manchete, ao longo de seus anos, alternou muitos bons e maus momentos. Seu ápice foi justamente no período compreendido entre os anos de 1983 e 1993. Dificilmente alguém que tenha vivenciado tal época não recordará das novelas transmitidas pela emissora, tais como "Xica da Silva" ou "Pantanal", ou do seu telejornalismo presente e atuante, ou ainda do programa infantil "Clube da Criança" apresentado pela Xuxa...

Aliás, tratando-se do "lado infantil" da história: como não recordar dos seriados e animes japoneses que a Manchete concedeu ao público brasileiro?

O período trágico...

Há quem possa dizer que um dos grandes motivos da Rede Manchete ter fechado as suas portas foi o alto investimento aplicado em novas tecnologias, que não deram retorno principalmente nos últimos momentos de vida ( lê-se: anos ) da emissora.

Deve-se alinhar ao descrito acima de que a emissora em questão acumulou muitas dívidas à partir de 1997, o que levou muitas de suas filiadas ao redor do Brasil a mudar de emissoras para as suas retransmissões locais.

Falando de animes

Não pode ser desmerecida nenhuma tentativa atual de se lançar animes no Brasil. Porém, pelo menos em caráter de transmissão aberta, nenhuma outra emissora trabalhou tão bem neste quesito como a Rede Manchete o fez.

Saint Seiya: "Os Cavaleiros do Zodíaco" por estes lados...

O SBT, a Bandeirantes ( somando neste caso a PlayTV, que é de sua propriedade ), a Globo, a Rede TV! e a Rede Record fizeram suas tentativas. Animes como Magic Knight Rayearth, Tenchi Muyo!, Love Hina, Sakura Card Captors, Dragon Ball e Pokémon aterrizaram em solo nacional e fizeram sucesso, mesmo com adversidades: seja com a dublagem não tão prestigiada ( casos atuais ), com cortes, com horários de transmissão quase inexplicáveis...

A Rede Manchete nos concedeu animes como "Saint Seiya", "Sailor Moon", "Samurai Warriors", "Shurato" e "Yu Yu Hakushô". No que se refere aos seriados nipônicos basta citar "Jaspion", "Changeman", "Flashman", "Black Kamen Rider", "Jiraya"...

As guerreiras lunares da primeira temporada de "Sailor Moon",
exibida pela Manchete em 1996.

A emissora investia pesado nisto, e retorno se dava pelos pontos de audiência alcançados. Isso nos faz refletir sobre o modo como isto é tratado nos dias de hoje...

Para os fãs de animes, a Rede Manchete realmente deixou saudades...


[ Post original do "NETOIN! Mais!", adaptado para os padrões do "NETOIN!" ]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procure aqui...

Carregando...

NETOIN!


Presente desde
22 de dezembro de 2006...

O layout anterior foi implementado em
11 de fevereiro de 2008...

E o template atual está aí desde
15 de setembro de 2011...
( créditos mantidos no final do blog ).

 
Blog sobre animação japonesa - Favor não copiar os textos do blog sem antes entrar em contato com o dono do mesmo - NETOIN! 2006-2014
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons