01/06/08 - 01/07/08 ~ Netoin!

segunda-feira, 30 de junho de 2008

O belo anime "Ef - A Tale of Memories" terá continuação...

Imagem do site da continuação de mais um belo anime.

O anime "Ef - A Tale of Memories" é um título primoroso. Todas as suas características são dignas de premiações: trilha sonora, estória, personagens, cenários, traços e animação. Agora, este título soberbo ganhará uma continuação, de nome "Ef - A Tale of Melodies".

A obra está a cargo do estúdio Shaft, o mesmo do anime original. Levando-se em consideração este fato, a perspectiva para a continuação da série "Ef" é das mais positivas e promissoras.

Um pouco sobre "Ef - A Tale of Memories"...

Chihiro conta sua vida através de uma pequena estória...

Como já foi publicado no "NETOIN!", este anime é muito especial. Ele conta a estória de três jovens garotas. Cada uma delas com seus próprios problemas, sentimentos, angústias e aspirações.

Ao mesmo passo, três rapazes entram na vida destas garotas. E então, uma série de situações passam à ocorrer, levando quem assistir à este anime a uma série de sentimentos e pensamentos diferenciados.

O interessante é que, apesar de serem contadas paralelamente, essas estórias possuem suas ligações em comum, como é o caso das irmãs gêmeas Kei e Chihiro.

É um anime, no mínimo, digno de aplausos.

Sobre "Ef - A Tale of Melodies"...

Renji e Chihiro protagonizaram uma das melhores estórias de amor já vistas
em um anime.


Muito poco se sabe à cerca de mais este título, que já chega com a promessa de ser tão bom quanto o seu predecessor.

Tudo que pode ser visto e notado de momento, se dá através do PV disponível para download no site do anime ( no formato WMV, com um pouco mais de 6MB, tendo perto de um minuto de duração ). Entretanto, o mesmo vídeo já pode ser assistido no portal YouTube.

Uma imagem da cena disponível no PV do anime.

O anime "Ef - A Tale of Memories", proveniente do game estilo hentai "Ef - A Fairy Tale of the Two" ( produzida pela Minori, de "Wind: A Breath of Heart" ), tem agora sua continuação anunciada e em produção, muito embora a data para a estréia não tenha ainda sido revelada.

Resta apenas aguardar por novas informações. Mas certamente este anime será muito bem-vindo.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Fonte: Anime Blade.
Acesse aqui o site de "Ef - A Tale of Melodies", e aqui o site de "Ef - A Tale of Memories".

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Um visual fascinante nas ruas japonesas...

A Sakuya, de "Sister Princess", aparecendo em um ônibus.

Às vezes, são as pequenas coisas que fazem com que uma pessoa se surpreenda bastante. Os animes, como uma amostra da cultura japonesa que são, refletem bem a idéia da frase anterior ao notar-se que aparecem em vários ônibus japoneses.

Não cabe aqui esconder que muitos são os sites e blogs que já comentaram sobre esse fato, que é curioso e interessante. Obviamente, o "NETOIN!" não poderia ficar de fora disto.

Neste ônibus, até o pessoal de "Onegai Twins" aparece. E o Maiku está muito surpreso...

Interessante notar o capricho com o qual o trabalho é apresentado nos ônibus. Muito embora seja sabido que, no Japão, muitos são os otakus que sofrem algum tipo de discriminação ( por menor que seja ), a arte da animação aparece numa constante, circulando pelas ruas de várias cidades nipônicas.

O anime "Clannad" ganhando espaço nos trens urbanos.

Mas não somente nos ônibus os animes se fazem presentes. Os trens também são alvos da aparição desta arte no meio das áreas urbanas.

Vários são os doramas e games que também ganham destaque ao aparecerem nos ônibus e trens urbanos. Os supersentais também tem presença garantida, embarcando nesta idéia de projeção, marketing e de extrema beleza.

O belo casal Kaoru e Aoi do anime "Ai Yori Aoshi".

Isso pode fazer com que várias pessoas cheguem à uma questão em comum: já imaginou isso aqui no Brasil!?

Este blogueiro, que acabou de escrever este texto, está imaginando. Imagine você também!

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Visite o site Infossek em sua seção moebus, clicando aqui.

quinta-feira, 19 de junho de 2008

JBN TV: um novo canal de ligação cultural entre Brasil e Japão...

O logo do canal JBN TV.

Estando par e passo com as comemorações do centenário da imigração japonesa no Brasil, um novo canal do sistema Sky de televisão por assinatura entrou no ar esta semana.

O nome deste canal é Japão Brasil Network ( JBN TV ). A idéia gira em torno das ligações culturais entre o Brasil e o Japão.

Em sua grade de programação estão vários documentários, programas sobre saúde, transmissões esportivas diretas do Japão, programas educacionais ( um de nome bastante sugestivo ), animes ( ótimo ), novelas ( possivelmente alguns dramas ), e tantos outros programas dos mais variados segmentos.

Ou seja, é uma programação voltada para os laços culturais entre brasileiros e japoneses, direcionada para toda a família. Alguns programas serão dublados, enquanto que outros estarão com o áudio original japonês ( legendados em português ).

Veja uma prévia deste canal através do portal "YouTube" aqui.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Agradecimentos ao colega Kennedy, integrante da comunidade Anime de Drama no Orkut, que postou lá esta novidade.

domingo, 15 de junho de 2008

O mangá de "Onegai Twins" no Brasil!

Kamishiro Maiku e Miyafuji Miina: a cor dos olhos que traz a nova direção de suas vidas...

Certamente você já deve ter assistido ( ou ao menos ouvido falar ) do anime "Onegai Teacher", feito pela "Please!", em 2003. Ele possui um tipo de pseudo-continuação, ou seja, um anime que usa de seu ambiente mas que não continua necessariamente a estória de seu predecessor. Este anime chama-se "Onegai Twins", lançado em 2004. Ambos os títulos dispõem de 12 episódios e 1 especial em OVA cada.

Agora, "Onegai Twins" terá seu mangá publicado no Brasil. Muito tempo após o mangá de "Onegai Teacher" ter sido publicado por aqui, diga-se de passagem. A editora JBC será a encarregada deste projeto, que não possui ainda a sua data de lançamento.

Entretanto, acredita-se que a publicação deverá seguir os moldes de "Onegai Teacher", com dois volumes.

Um pouco da estória de "Onegai Twins"

Muitas situações interessantes acontecem em "Onegai Twins", graças aos sentimentos destes três jovens: ( da esq. para a dir. ) Onodera Karen,
Kamishiro Maiku e Miyafuji Miina.


Como já foi publicado aqui no "NETOIN!", o título "Onegai Twins" conta a estória de três jovens que, por intermédio de uma fotografia, possuem seus anseios de reverem suas famílias revitalizados.

Esta fotografia possui um valor muito especial, para os três jovens protagonistas da série ( ver figura acima ). Ela é a única fonte de ligação destes jovens com os seus passados. Como foram abandonados pelos pais, os três seguiram por rumos diferentes até que, por obra e capricho do destino ( e um certo OVNI de "Onegai Teacher"... ), acabaram se encontrando.

Um forte sentimento passa a ligar as jovens Miina e Karen ao Maiku, além da possibilidade dos laços familiares. Mais do que isso: o próprio Maiku passa a ter um sentimento especial pelas garotas. O anime fica totalmente envolto por este contexto, onde a busca pelas ligações familiares divide espaço com os sentimentos dos três jovens.

Uma pequena curiosidade...

A curiosidade está ganhando mais e mais espaço...

Os dois títulos de "Onegai" seguiram um rumo diferente da grande maioria dos animes. Isso se deve ao fato de que, tanto "Teacher" quanto "Twins" tiveram os mangás de suas estórias publicados após serem exibidos na TV como animes.

Pode soar um pouco estranho, dado o fato de que a maioria dos animes são oriundos de publicações em mangás ( ou até de games para PC e consoles domésticos ). Estranho, no entanto não é surreal...

Objetivamente

Um ótimo anime...

O mangá de "Onegai Teacher" já deixou uma impressão extremamente positiva, possuindo algumas diferenças com o anime ( entre outras coisas ), e mostrando todas as mudanças na vida do Kusanagi Kei após ter conhecido a professora Mizuho ( a Herikawa merecia uma melhor sorte... ).

A expectativa para o mangá de "Onegai Twins" é grande e positiva. Tão logo este mangá chegue às bancas, mais cedo será lido, e ( isso é quase certo ) mais gostarei de ver novamente as situações em que se envolvem os três jovens ( o Maiku, a Miina e a Karen ), na busca de seus laços familiares e realizações sentimentais.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Fonte da notícia: Anime Pró.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Veja o seu nome em japonês!

Os kanjis, conhecidos ideogramas japoneses, formando a palavra nihongo.

Em se tratando de um idioma tão antigo e que teve influência direta de outros idiomas orientais, o idioma japonês desperta uma bela dosagem de curiosidade em muitas pessoas.

Talvez seja difícil alguém não querer saber como se escreve o próprio nome em japonês, não é mesmo!? Não se faz referência apenas para quem é fã da cultura japonesa, mas sim em um todo, no caráter um tanto quanto generalizado.

Através de uma pequena busca, foram encontrados três sites que, de certa forma, podem auxiliar na curiosidade destas pessoas, inclusive de quem escreve este texto...

Para saciar a tal da curiosidade própria, em um destes sites foi digitado o nome do blog. O resultado está abaixo...

ネトイン

Agora, é por sua conta. Sacie a sua curiosidade, e descubra como é o seu nome em japonês.

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Visite:
* o "Lexiquetos";
* o "run & monkey";
* o "Japanese Translator".

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Vivenciando o presente...

O anime "Da Capo" foi um dos primeiros à ganhar espaço no blog "NETOIN!".

Pode até parecer prepotência ou arrogância de minha pessoa, mas não poderia deixar de passar esta oportunidade para anunciar que o "NETOIN!" está muito próximo da honrosa marca das cem postagens!

É gratificante e enriquecedor ver o quanto que o blog melhorou. Que o reconhecimento existe. E que, graças ao "NETOIN!" e suas parcerias, novas amizades foram feitas.

Os tutorias do conversor Media Coder ainda são bem apreciados.

De fato, quando do surgimento deste blog ( na data de 22 de dezembro de 2006 ), não existia um ideal, uma direção formalizada ou programada. Com o tempo, tal direção passou à existir e o "NETOIN!" tornou-se um blog voltado, em sua essência, à animação japonesa. Textos relevantes sobre programas e até sobre jogos também ganharam aqui os seus espaços.

É uma história de realizações. Escrever neste blog é algo que deixa minha pessoa muito contente. E referindo-se às realizações...

Os doze parceiros do "NETOIN!"...

As parcerias que o "NETOIN!" possui são motivos de muito orgulho. Caso esteja se perguntando o "porque" disso tudo, enfatizo que no início jamais esperava por algo assim. A primeira parceria foi formalizada em agosto de 2007, e a mais recente no início deste mês de junho. Inclusive, postagens de minha pessoa podem ser encontradas em um dos blogs parceiros do "NETOIN!".

O ano está em sua metade. O blog já passou das cinqüenta postagens neste período. Mas, o que virá pela frente!? Mais e mais trabalho...

O anime "Narue no Sekai" teve sua review aqui publicada. Um título mais light para as horas mais calmas...

Mas uma coisa é de real e total certeza: dedicação e vontade não faltarão para que o "NETOIN!" siga na sua empreitada, com seu jeito peculiar, contando com seus parceiros e com você visitante, o principal espectador de todo este espetáculo.

Então, até mais!

[ made in NETOIN! ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Os mais sinceros agradecimentos aos parceiros do "NETOIN!", e à todos que o visitam!
Muito obrigado!

terça-feira, 10 de junho de 2008

De "Nagasarete Airantou": a letra de "Koisuru Tenkizu"!

Mei-Mei é uma das mais carismáticas personagens de "Nagasarete Airantou". A timidez seria uma virtude para ela!?

Segue-se agora a letra do segundo tema de encerramento do anime "Nagasarete Airantou". Trata-se da bela música "Koisuru Tenkizu", cantada pela Yui Horie.

À título de curiosidade, a Yui Horie possui em seu acervo muitos temas de anime conhecidos, entre os quais está o tema de abertura do anime "Sister Princess" ( a música "Love Destiny" ).

Letra de "Koisuru Tenkizu"
Mitsumeteitai mitsumeteitene,
yureru koisuru tenkizu wo.

Futatsu no haato,
issho ni ikou akogare no basho.

( yuujou sore ijou motto wakariaitai
sotto "unmeisa" nante iwaretara
kitto maiagatte tonde niji ni EARII
naichau kamo ne, fearii motto wakariaitai! )

Haa... Sora ga kirei da wa
watashi koi wo shiteshimatta.

Aa shunkan fuusoku
tsumuji kaze no, tokimeki ni sarawarete.

Kumo wo tobasu arashi no ato
sukitooru hikari no tsubu
majirike no nai omoi nokoru no.

futari de iruto
mune ga atsui ne
uso no tsukenai kimi ga suki

yume ga yaburete awa ni nattemo
koukai shinai

( yuujou sore ijou motto wakariaitai
sotto "unmeisa" nante iwaretara
potto somaru gaarii ra ra ra lovely weather
eien kimi wa SHAI de motto wakariaitai! )

Fuu.. kimi no shiawase wa
nanika shiratte, kangaeru no

Aa chikara ni naretara
joukigen yo mune no hana, sakihokoru.

Koi no umi ga jouka sarete ai ni naru
tsuyoku nareru sore ga namida no tsubu ni nattemo.

Mitsumeteitai,
mitsumeteitene,
haneru kokoro no soramoyou...

Futasu no haato
issho ni ikou akogare no basho.

Hitori no toki wa sabishikatta no,
hitori mo ima wa sabishikunai no.

Hitori no toki mo kimi no subete wo,
mune ni dakishime aruiteru.

Futatsu no haato
issho ni ikou akogare no basho.

Futari de iruto,
mune ga atsui ne,
uso no tsukenai kimi ga suki...

Mirai ga nani mo wakaranakutemo
koukai shinai.

( yuujou sore ijou motto wakariaitai
sotto "unmeisa" nante iwaretara
potto somaru gaarii tonde niji ni earii
ra ra ra... lovely weather naichau kamone, fearii )

Essa turma é muito divertida...

[ adaptação ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Caso queira, clique aqui para assistir ao clipe desta música no site "YouTube".
A letra foi postada no "YouTube" pelo usuário "izorg".

domingo, 8 de junho de 2008

Os cem anos de imigração japonesa no Brasil! - Terceira parte

Prefácio

Será neste mês de junho que teremos as comemorações do centenário da imigração japonesa no Brasil. Para três blogs sobre animação e cultura japonesa, que fazem esta matéria especial, é chegada a hora da última parte da mesma.

As primeiras partes, feitas pelo Leandro Nisishima do "Subete Animes" e pelo Alberto DeCyber do "The Key of the Broken Hearts" explicaram muito sobre a história da imigração, com ênfase não somente em importantes passagens da história brasileira e mundial, mas também no como o Japão era do início do século XX até meados da Segunda Guerra Mundial.

Com isso, é apresentado então o segmento final da matéria. Saiba como o Japão saiu da derrota na Segunda Guerra Mundial para se tornar uma das principais potências do mundo moderno, como vive sua população, e os mais diferentes contrastes entre estes dois países de culturas tão distintas e exuberantes, que são o Brasil e o Japão.

Terceira parte - Os tempos modernos e os seus contrastes

Do fim da Segunda Guerra Mundial aos
anos 60: a "virada" japonesa


O centenário simbolizado.

A Segunda Guerra Mundial deixou sérias seqüelas no mundo. A tristeza e os terrores que um conflito desta magnitude pode proporcionar se fizeram presentes não apenas durante o período do guerra ( 1939 à 1945 ), como também após a mesma. Muito embora o Brasil tenha participado com tropas nos combates em solo europeu, o solo brasileiro não foi alvo de ataques armados. No entanto, com o Japão ocorreu o contrário...

As bombas atômicas lançadas no solo nipônico fizeram o país assinar a sua redenção, e declarar com isso a sua derrota. Desolação, desespero e incertezas tomaram conta da população nipônica. Sentimentos iguais ecoavam-se pelo mundo, entristecido e abalado pela Segunda Guerra Mundial, que vitimou milhares de habitantes, não somente no Japão, mas em várias partes do globo, especialmente o continente europeu.

No período compreendido entre 1945 e 1952, o Japão chegou a ser ocupado pelos Estados Unidos. O Japão passou a ser observado intensamente pelo governo norte-americano, dadas as circunstâncias que levaram os dois países a se confrontarem na guerra encerrada. Já no ano de 1953, foi retomado o processo de imigração japonesa no Brasil, que havia sido interrompido em 1941.

No entanto, o Japão foi recompondo-se aos poucos da derrota na Segunda Guerra Mundial, em meados dos anos 50. O correto é dizer que os anos 60 marcaram definitivamente a ascensão japonesa. A industrialização no país crescia de forma assustadora, especialmente no ramo tecnológico.

A abertura para o mundo transformou o Japão. Sua capital, Tóquio, tornou-se uma das maiores cidades do mundo, tanto em área urbana como em número de habitantes. O Japão, em 1968, tornou-se a segunda maior economia do mundo ( primeiro posto pertencente aos Estados Unidos ), deixando importantes potências européias para trás.

O símbolo dos Jogos Olímpicos de 1964.

Mas foi um evento esportivo, no ano de 1964, que mostrou ao mundo a tendência e o fôlego renovado deste novo Japão. Com a introdução de aparelhos eletrônicos em quase todas as provas, o público entusiasmado, e as mais variadas formas de novas tecnologias que encantaram o mundo, os Jogos Olímpicos em Tóquio fez a alegria dos japoneses. Muito embora seja verdade que Tóquio iria sediar os Jogos antes disso ( 1940 ), a Segunda Guerra Mundial atrapalhou o processo.

Esta edição da Olimpíada não apenas mostrou ao mundo este novo Japão, como também serviu para aumentar a auto-estima da população nipônica. Como já foi frisado, os abalos deixados pela guerra ainda eram presentes, e a população japonesa demonstrava reação. Os Jogos Olímpicos serviram como uma espécie de estopim para os nipônicos, para demonstrarem o orgulho de sua nação, e com isso terem suas esperanças e anseios de um futuro melhor renovados.

Um período de "altos e baixos" para o Brasil e
para o Japão...


Os anos 60 marcaram o início do processo mais duro e intenso da Guerra Fria ( uma espécie de guerra não declarada ), com a corrida espacial entre norte-americanos e soviéticos, desentendimentos entre os blocos capitalista e socialista ( liderados pelos Estados Unidos e pela União Soviética respectivamente ), e vários conflitos ao redor do globo. O Japão seguia em seu processo de crescimento, e o Brasil experimentava o conhecido milagre econômico, quando o país chegou a crescer ( em média ) 11% ao ano.

Em meados dos anos 70, o Japão obteve o seu pior índice de crescimento econômico após a Segunda Guerra Mundial ( 0,4% ). No final da referida década, o Brasil acumulava uma dívida externa superior a 50 bilhões de dólares, sendo uma das maiores de todo o mundo. A Ásia, a África e a América Latina experimentavam em alguns de seus países tomadas dolorosas pelo poder.

O Plano Cruzado, criado no início de 1986, alimentou a esperança da população brasileira.

Os anos 80 apresentaram alguns importantes contrastes também. O Japão mostrou sua recuperação, obtendo uma taxa de crescimento que seria a maior desde os anos 70,sendo esta superior a 5%. O Brasil experimentou a maior inflação de sua história, que superou a marca dos 200%. Houve a questão do Plano Cruzado ( 1986 ), que iniciou de forma grandiosa mas em poucos meses desestabilizou-se, dando lugar ao Cruzado Novo ( 1989 ), que pouco modificou a situação econômica brasileira.

Com os anos 90 veio a retomada de crescimento, tanto para japoneses como para brasileiros, embora ambos os povos tenham passados por problemas internos ( novidade!? ). O mercado de ações e imobiliários do Japão estourou no início da referida década, e no final da mesma houve o pior índice de desemprego japonês, superando a marca dos 4%. O Brasil teve um reencontro com o Cruzeiro ( 1990 ), passou pelo impeachment do presidente Collor ( 1992 ), foi apresentado para o Cruzeiro Real ( 1993 ), e vislumbrou com euforia o início do plano Real ( 1994 ). Em 1995, o Brasil experimentou sua menor taxa de inflação em 45 anos, e a moeda ( o Real ) mostrava uma forte estabilidade ( o que não significa, até hoje, melhores condições de vida num todo ).

Atualmente, o Japão continua sendo uma das grandes potências mundiais, muito embora tenha experimentado um período de 11 anos sem apresentar crescimento econômico ( 1992 - 2003 ). Por sua vez, o Brasil tem mantido o Real como moeda forte e a inflação controlada, mas a taxa de crescimento anual não é a esperada e os números atuais da economia nacional não condizem ( em grande parte ) com o modo de vida da maioria da população brasileira.

O Japão hoje em dia

Japão, um pequeno país situado no continente asiático, que apresenta uma das maiores populações do mundo. Este país é uma das grandes potências do mundo moderno e referência em tecnologia, o que acaba atraindo pessoas de várias partes do mundo para ali conseguirem trabalho e estabilidade.

Miko com feixes de arroz. Haru Matsuri, o Festival de Primavera, na
cidade de Nara. Foto de Gorazd Vilha.


O Japão é hoje, além do descrito acima, um país de contrastes. Sua cultura, rica em beleza e concepção, divide espaço com a cultura proveniente do mundo ocidental. No entanto, a cultura antiga e milenar não é esquecida, mas sim praticada de formas diferenciadas entre os mais jovens e os mais velhos: enquanto os primeiros vão aos templos pedir por proteção, os segundos vão aos mesmos templos pedir por uma boa morte. Não é estranho para eles japoneses, mas para muitas das culturas ocidentais pedir por uma boa morte é algo muito diferente...

O trabalho continua a ser levado com muita seriedade, mas linha igual segue a paixão japonesa pelo seu esporte mais popular, o beisebol. Outras modalidades esportivas são praticadas pelos nipônicos, entre as quais estão o vôlei, o rugby, o hockey e mais recentemente o futebol ( e seu crescimento acelerado desde o início dos anos 90 ). Isso sem mencionar o judô e o sumô...

A mudança de mentalidade e de direcionamento de idéias é algo muito comum em qualquer lugar do mundo, e nisso o Japão não é exceção. As formas como os jovens se vestem e passeiam pelas grandes cidades japonesas ( como Tóquio e Osaka ) são muito diferentes e chamativas. Ao mesmo passo, os mais velhos tentam manter os costumes tradicionais de suas vestimentas, como o uso dos kimonos.

Nisso, um ponto bastante peculiar deve ser notado: o Japão será um país de idosos. Isso pode ser reflexo da atual baixa taxa de natalidade, pois a maioria dos casais nipônicos são adeptos de ter um filho apenas. Este evento pode levar o Japão a outro provável acontecimento, que será a diminuição de seu número de habitantes.

Tóquio à noite. O show das luzes de neon, alinhado ao tráfego intenso
de pedestres e de veículos.


Assim como passear pela cidade de São Paulo significa visualizar uma quantidade gritante de edifícios ( verdadeiros arranha-céus ), andar por Tóquio pode significar ( além disso ) visitar o "velho" e o "novo". A capital japonesa, que ( assim como São Paulo ) está entre as cinco maiores cidades do mundo atualmente, convida a quem ela visita a observar as novas tendências arquitetônicas deste país, ao mesmo passo em que se pode desfrutar das antigas tendências arquitetônicas nipônicas, o que pode ser observado em templos e antigos castelos.

No Japão, é muito comum as ruas das cidades serem mais estreitas e as casas ocuparem um espaço físico menor, o que não vem a significar necessariamente um desconforto. Converter automóveis para este tipo de vida é algo que em pouco tempo poderá ser realidade no Japão.

A vida de dekassegui no Japão

Anseios como melhores condições de vida movem pessoas a buscar por melhores condições de trabalho. No caso específico do Brasil, isso é um fato bastante conhecido. Inclusive, muitos são os brasileiros que, apesar do momento estável e pacífico da economia nacional, preferem buscar pelos anseios citados em outras nações do globo. Países como os Estados Unidos, a Alemanha, a Inglaterra e a Espanha são destinos certos. O Japão também é um destes destinos.

Uma longa jornada de trabalho, que para muitos é compensadora o bastante.

Muitos são os filhos descendentes de famílias japonesas que vieram viver no Brasil que hoje estão na terra natal de seus entes passados. Eles se dividem entre os que buscam no Japão uma fonte de juntar dinheiro para depois viver melhor no retorno ao Brasil, e entre aqueles que buscam fincar suas raízes em solo japonês.

Existem alguns sérios empecilhos. Os principais e de maior impacto são o idioma local e a cultura diferenciada. As escolas são um belo exemplo deste fato onde, em muitos casos, se faz necessário a existência de salas de aula distintas para os filhos de famílias brasileiras que ali vivem. No entanto, os brasileiros costumam ser bem vistos entre os japoneses pois, como foi anteriormente citado ( no início desta matéria ), são povos de culturas diferenciadas porém exuberantes.

As condições de trabalho e qualidade de vida falam mais alto, uma tendência colocada sempre à risca, e geralmente aprovada. Para tanto, muitos são os esforços necessários. Turnos de trabalho que podem chegar a doze horas diárias não são difíceis de se encontrar, com um pagamento mensal bastante bem-vindo pelo funcionário brasileiro praticante da dita jornada. As outras doze horas são dividas entre o descanso e o curto tempo com a família. Apesar disso, estes brasileiros dizem que isso vale a pena, que não se arrependem, que no Japão querem ficar.

O brasileiro que vive no Japão pode ter um contato com seu país natal em vários locais, onde são vendidos não somente produtos do Brasil, como também de outros países sul-americanos. A cidade de Oizumi é considerada como a mais brasileira das cidades japonesas, onde muitos são os locais especializados em vender produtos brasileiros.

Hoje, são mais de 300 mil o número de brasileiros que vivem no Japão. A força motriz é a qualidade de vida. Ainda mais do que isso, a vontade de "fazer dinheiro" impulsiona muitos a irem até o Japão.

Um pouco da cultura japonesa que invadiu
o Brasil...


O bairro da Liberdade, na cidade de São Paulo.

Já foi mencionado que o Japão é um país que faz contraste direto entre o "velho" e o "novo". Muito de sua cultura milenar espalhou-se pelo mundo. O Brasil é um dos alvos.

Os animes não são a única influência direta da cultura japonesa ( mas respondem bastante pela mesma ). Suas músicas também o fazem. Vários são os cantores e grupos conhecidos de J-Music.

Além disso, os festivais que ocorrem tradicionalmente no Japão se fazem presentes também em solo brasileiro. Em cidades como São Paulo e Maringá, que são grandes redutos de japoneses, a realização dos festivais ao estilo nipônico segue o nosso calendário de estações do ano. Essas festividades costumam seguir à risca os moldes tradicionais de sua terra de origem.

Mais recentemente, os conhecidos quadrinhos japoneses ( mangás ) também ganharam seu espaço em terras tupiniquins.

Considerações finais

O grupo "Savage Genius". Entre as suas músicas mais conhecidas, estão os temas de abertura e de encerramento do anime "Uta-Kata".

Assim encerra-se esta matéria especial sobre o centenário da imigração japonesa no Brasil, que envolveu três blogs parceiros no ideal de levantar informações sobre este assunto, e levar as mesmas para os visitantes de tais blogs.

O "The Key of the Broken Hearts", o "Subete Animes" e o "NETOIN!" agradecem muito à quem acompanhou esta matéria desde a sua primeira parte, publicada no início de abril. Levantar dados sobre a história japonesa, o andar dos fatos paralelamente entre o Brasil e o Japão, e como estão estes países hoje em dia não foi uma ação das mais fáceis, porém foi das mais prazeirosas e gratificantes.

Novamente, é aqui ratificado um imenso agradecimento a quem acompanhou esta jornada desde o seu início. Com certeza, novos horizontes irão se abrir à partir deste e você, visitante, sempre estará a par da situação e das novidades.

Muito obrigado, e até a próxima!

[ por Carlírio Neto, do blog "NETOIN!" ]

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Confira a matéria também no "The Key of the Broken Hearts" e no "Subete Animes".

Essa matéria não seria possível se não fosse pela vontade e pelo anseio ao redor do tema do centenário da imigração, entre os donos dos três blogs participantes.

domingo, 1 de junho de 2008

Mais um parceiro novo do "NETOIN!"...

Imagem do blog "Tsundere".

Recentemente, mais um blog tornou-se o mais novo parceiro do "NETOIN!": trata-se do blog "Tsundere", que é administrado por três jovens conhecidos por "Deathy", "iBeul" e "sami".

O "Tsundere" é um blog voltado para a cultura japonesa, em especial sobre o universo otaku. No referido blog podem ser encontrados textos dos mais variados, sempre apresentados com uma linguagem franca e direta.

Além disso, o "Tsundere" apresenta muitas curiosidades sobre o que acontece no Japão, no que diz respeito à fatos relevantes sobre a sua idéia de publicação. De fato, o blog em questão cumpre com maestria este papel, sem exageros.

Dê uma olhada você mesmo, e faça uma visita ao mais novo parceiro do "NETOIN!".

[ made in NETOIN! ]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons