Análises em Geral - parte #25: sobre os animes "Fractale" e "To Aru Majutsu no Index II"... ~ Netoin!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Análises em Geral - parte #25: sobre os animes "Fractale" e "To Aru Majutsu no Index II"...

Nessa, do anime "Fractale".

Esta edição do "Análises em Geral" mostrará para você, visitante, alguns parágrafos sobre dois animes que terminaram suas exibições recentemente.

Um destes animes fez parte da primeira temporada deste ano, a de inverno. O outro, por sua vez, teve seu início ainda em outubro do ano passado, e contou com duas partes bem distintas.

O primeiro anime à ser tratado será "Fractale" e, na seqüência, será a vez de "To Aru Majutsu no Index II".

Altos e baixos em "Fractale"...

Clayn e Nessa: imagem comum em "Fractale".

O título "Fractale" tem o pique de um anime promissor. Sua apresentação visual é bonita, e tende a chamar atenção. Para este humilde blogueiro, este é o grande trunfo deste título.

Entretanto, visual pouco conta se a estória do anime não for interessante. Procure você imaginar que vive no mesmo planeta Terra, só que séculos à frente do nosso. Neste período futurista, um sistema rege a vida de todos, sendo este o Sistema Fractale. Graças à tal sistema, os humanos não precisam trabalhar e vivem de forma cômoda ( até um pouco demais ).

Contudo, algo está errado: há pessoas que renegam viver em meio ao sistema. Estas pessoas vivem em vilas que lembram ( e muito ) as nossas cidades atuais. Elas tem que trabalhar, plantar, limpar, cozinhar, ou seja, viver como as pessoas que seguem o sistema não vivem.

Phryne: muitos segredos...

Entenda que o Sistema Fractale, aparentemente bom, na verdade possui um outro propósito. Soma-se à isso o fato das pessoas que renegam este sistema fazerem uso de métodos não muito convencionais para batalhar contra a situação. Limiar entre o bem e o mal?

Atuando de acordo com o enredo apresentado, temos o personagem principal, Clayn. Trata-se de um jovem que leva a sua vida sem problemas junto dos Dopels de seus pais ( Dopels podem ser melhor interpretados como hologramas que substituem um humano ). Contudo, sua vida vira do avesso após envolver-se, sem querer, com a misteriosa Phryne, uma moça de comportamento inicial estranho.

Aliás, o comportamento de Phryne é tão estranho ao ponto de sair da casa de Clayn deixando um item para ele. Na curiosidade, o rapaz analisa o item e dele sai uma Dopel de nome Nessa. Ela é uma Dopel diferente das demais por possuir forma humana e, além disso, tem até um tipo de lema próprio, definido pela expressão "odiar o ódio e amar o amor".

Phryne e Clayn.

As aventuras pelas quais passaram este trio de personagens foram várias. Porém, este blogueiro sentiu um potencial pouco explorado neste título. Por exemplo: por mais que você tenha lido parágrafos acima sobre o Sistema Fractale, na verdade pouco se explica sobre o mesmo durante a passagem do anime. E o dito sistema é um alicerce do enredo.

Há cenas de batalha e de confrontos ( não são muitas, mas há ). Mas elas conseguem ser um pouco superficiais. Em uma visão bem pessoal, tais cenas não ficaram ruins ( longe disso ), mas poderiam ter recebido um acabamento melhor. A abertura do anime poderá chamar a sua atenção, por ser um pouco diferente e interessante ( e a música da mesma é boa ).

Sendo assim, "Fractale" pode ser um bom anime para você assistir. Agora, caso estejas esperando algo muito além para este título, por favor tome distância. Há uma ótima leitura recomendável por parte deste humilde blogueiro, de origem no blog parceiro "Subete Animes" ( texto de Panina Manina ), onde você poderá ver um ponto de vista diferente à respeito de "Fractale".

E quanto a "To Aru Majutsu no Index II"?

A Index e um de seus cânticos...

Continuação direta do anime que fez parte da última temporada de 2008, "To Aru Majutsu no Index II" inicia-se de uma forma mais "leve". O primeiro arco já mostra o cartão de visitas da série para quem a esteja assistindo, sem hesitar.

O plot do anime possui um foco mais acentuado. Aparentemente, a Igreja está atrás daqueles que desafiam, de alguma forma, o seu poder. Graças aos eventos da série original, Kamijou Touma acaba tornado-se o alvo da vez. E não apenas ele, pois até a Cidade Acadêmica corre grande perigo.

Se você estiver imaginando que o Touma resolveu parar de ajudar os outros por conta do que foi citado acima, então é melhor que revejas os seus conceitos sobre este personagem. O primeiro arco, referente ao ataque das freiras, demonstra bem tal fato.

Pequena demonstração do poder da Misaka Mikoto...

A Index, tão pouco utilizada na série predecessora, aparece mais nesta seqüência. Contudo deve-se ressaltar que, para uma personagem que dá o seu nome para o anime ( em outras palavras: protagonista ), ainda aparece menos do que poderia.

Completando o trio especial deste anime, a Misaka Mikoto deixa mostrar que está balançando cada vez mais para o lado do Touma, e isto deixa a Kuroko com vontade de acertar as contas com o azarado rapaz. Poderia enfatizar que se trata apenas da Misaka, mas a verdade é que existe uma gama considerável de garotas que, pouco à pouco, passam a demonstrar algum interesse no Touma.

Ao assistir este anime, você poderá notar com calma que o mesmo possui dois segmentos, divididos quase que pela metade da série: na primeira parte, o anime desenvolve-se de forma lenta, mas na segunda a velocidade frenética dos acontecimentos ( e de igual forma os combates ) volta à tona.

Não tem como negar o forte espírito que o Touma possui...

Seria um grande exagero enfatizar que "To Aru Majutsu no Index II" venha à ser um anime perfeito. Infelizmente, não é. Porém, este título diverte muito e prende a atenção de quem o assiste na medida exata.

Trilha sonora? Continua com a mesma linhagem da série original, ou seja, ótima. Apresentação visual? Continua muito bem trabalhada. Enredo? Por mais que já tenha sido aqui descrito ( parágrafos acima ), pode-se resumir também como sendo ótimo.

Se for de sua vontade, veja este anime assim que tiver a oportunidade. Entretanto, é desnecessário enfatizar que você tem de ter visto a primeira série antes de assistir a esta, para assim poder entender melhor o fluxo dos acontecimentos.

[ made in NETOIN! ]

---------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse os sites oficias do anime clicando em seus nomes: "Fractale" e "To Aru Majutsu no Index II".

  • 3Blogger
  • Disqus

3 Comentários

  1. Acho que você foi o único blogueiro a fazer uma análise desses dois animes, ao menos, foi o único que eu vi falando relativamente bem deles. Pelo visto o pessoal não gostou muito, ou então, como é o meu caso, nem acompanhou. E, para ser sincero, eu ainda não animei em vê-los.

    ResponderExcluir
  2. Saudações


    Sabe Feiquiman, acredito que estejas certo ( muito mais por "Fractale" do que por "To Aru Majutsu no Index II" ).

    Mas o caso de "Fractale" é bem mais difícil, pois também não vi muitos textos favoráveis sobre ele.

    Obrigado por sua visita e seu comentário.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  3. Eu realmente entendo e em parte, concordo e muito com as críticas, principalmente as da Panina no Subete, pois ela sabe que o anime é BOM, seu descontentamento vem do potencial desperdiçado. Fractale não é ruim, só não é tão grande quanto ele se mostra (ou pelo menos passa essa idéia, que pretende ser) inicialmente. É apenas um anime comum, nada demais e que talvez nem fique marcado em ninguém. Sinceramente eu gostei, ainda que seria muito gostoso desvendar o sistema Fractale e todos aqueles personagens mau explorados. De qualquer forma foi uma aventura bobinha e divertida e poderia ter caido nas graças de todos se a direção não tivesse tido a clara intenção de enganar o espectador, insinuando uma trama que parecia muito mais do que realmente foi. Clain e Nessa ficaram muito a margem da história também...mas enfim, Vejo as mesmas críticas de Fractale, em Lost, muitos queriam saber os mistérios da ilha, mas a história era sobre um grupo de sobreviventes, sendo a ilha apenas coadjuvaste. As pessoas queriam explorar e saber mais acerca dos sistema Fractale e ideologias, mas história focou apenas nos personagens e uma resistência superficial a esse sistema. Enfim, nas mãos do mestre Miyazaki, isso viraria uma obra prima, por sua honestidade e simplicidade em suas obras. O artista pode pagar um preço alto quando não consegue ser suficientemente claro ao passar sua idéia, Fractale ta ai pra comprovar ;)

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons