Análises em Geral - parte #31: as dicas para o primeiro amor presentes em "30-sai no Hoken Taiiku"! ~ Netoin!

sábado, 9 de julho de 2011

Análises em Geral - parte #31: as dicas para o primeiro amor presentes em "30-sai no Hoken Taiiku"!

Anime para "trintões"? Não é bem assim...

A animação japonesa sempre desponta com algo diferente, temporada pós temporada. Títulos que exploram temas sérios, confusos, sobre o cotidiano ( entre tantos outros ) sempre se fazem aparecer. Alguns dos animes que seguem tal linhagem caem no gosto dos fãs de animação, mas também há os títulos cuja aceitação não é tão boa assim...

O que dizer de um anime que abrange a questão da virgindade? Sim, um anime que fala sobre um casal de virgens que buscam conhecer melhor um ao outro e, com isso, deixar a virgindade para trás. Um detalhe à ser notado: neste casal, ele e ela tem 30 anos de idade.

Em "30-sai no Hoken Taiiku", este é o ambiente. Ele chama-se Imagawa Hayao, e a moça de toda a história tem como nome Andou Natsu. Ambos, como realatado anteriormente, nunca namoraram na vida e são virgens. Eles vivem em apartamentos distintos, onde a bagunça masculina e a arrumação feminina tomam a cena.

A questão, entretanto, está justamente no fato de estes simpáticos personagens nunca terem tido experiências amorosas, e nem tão pouco uma relação sexual propriamente dita. Graças à timidez do Imagawa e ao medo da Andou, sair do lugar ( da "estaca zero" ) é impossível. Os dois, que não se conheciam diretamente, passaram à conversar um pouco mais graças à uma certa ajuda...

Momento chibi: presença garantida no anime...

Mas tal ajuda é das mais bizarras possíveis. Isso se deve ao fato do auxílio vir dos céus, para ambos. Como objetivo, os chamados "deuses do sexo" devem fazer com que Imagawa e Andou deixem de ter o receio que possuem quanto ao sexo e, mediante isso, percam as suas virgindades.

As tais divindades são: Daigorou e Macaron ( que buscam ajudar o Imagawa ), e Pi-chan e Kuu-chan ( que tentam ajudar a Andou ). Realmente este quarteto faz o que pode, às suas formas, para ajudar os "trintões" na busca pela realização sexual. Mas aí está um fato importante que merece ser observado...

Imagawa e Andou são auxiliados de uma forma extremamente hilária. Além disso, as situações nas quais o simpático casal é envolvido ( por envolvimento direto do quarteto de deuses ), coloca em xeque alguns fatos que ocorrem na vida real. Tudo regado à um humor escrachado, que tende à não agradar à todos uniformemente.

A personificação do medo da Andou sendo abraçada...

Alguns tópicos são imensamente trabalhados em "30-sai no Hoken Taiiku". Entre eles, está ( obviamente ) a timidez. Tal tópico é focado principalmente no auxílio ao Imagawa, que possui o temor do "não" gravado em sua testa, para quem quiser ver. Pelos lados da Andou, o medo de se aventurar no amor é o seu ponto culminante ( onde recai a timidez ).

Deve-se ter em mente ( e isso merece ser ressaltado ) que o anime usa e abusa de situações sexualmente cômicas. Vale lembrar que está sendo comentada uma obra onde o humor não é do tipo leve, ao contrário, é do tipo que pega muito pesado em várias situações e, graças à isso, o anime poderá não agradar-lhe adequadamente.

Deixando o humor de lado mas centralizando-se nas situações presentes na obra animada, "30-sai no Hoken Taiiku" abusa também na arte dos momentos constrangedores. Momentos estes protagonizados, em boa parte, exclusivamente pelos "deuses do sexo". Mas não se preocupe, em nenhum momento, com os diálogos presentes nestes casos: há uma "censura amiga" presente, que aparece de diferentes formas ( como uma fala extremamente rápida, por exemplo ).

Uma chamativa imagem...

O interessante no anime está justamente no realce cômico dado aos diversos momentos protagonizados pelo Imagawa e pela Andou que, certamente, podem ser facilmente colocados na vida real de várias pessoas.

A obra possui uma animação bem feita. Simples, porém bem feita. A arte é básica, mas dá consistência e, na sinceridade, isso é que deve ser levado em consideração. Cores usadas aos montes, mas de uma forma chamativa. Sons? Músicas? Tudo muito normal. Um anime em que tudo combina, harmoniosamente.

Em resumo, "30-sai no Hoken Taiiku" é um anime que começa de uma forma e se eleva, pouco à pouco. Deve-se estar preparado para diversas situações, onde a maior parte é regada a um humor pesado, contando com momentos não muito engraçados. Há alguma seriedade, mas é pouca.

Quer saber como ficam o Imagawa e a Andou?

[ made in NETOIN! ]

------------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site oficial de "30-sai no Hoken Taiiku", clicando aqui.

  • 5Blogger
  • Disqus

5 Comentários

  1. LOL! Achei que vc ia detonar a série. Mas não, vc fez um comentário bem equilibrado. Adorei seu artigo, e olha que não gosto do anime nem a pau.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, adorei a sua resenha e se eu já não tivesse um pré conhecimendo do anime, colocaria na minha lista com certeza. Contudo, eu temo que o embrulho do presente brilhe mais do que o conteúdo. Eu não sei, mas acho que a culpa pode ter sido minha. Esperava algo como uma comédia româtica, mas sem soar surrealista demais e isso me incomodou, além dos anjos que achei bem chatinhos D: D:
    Ótima análise e essa pergunta no finalzinho matou ein, o que aconteceu com eles? Até :)

    ResponderExcluir
  3. Saudações

    Agradeço muito aos comentários de ambos.

    Na veradde, "30-sai" é um anime bem descompromissado, sem maiores delongas.

    E sim Roberta: a pergunta é proposital ao extremo...

    Até mais!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela coragem Carlírio, pontos da juventude para você por ter assistido a essa série até o fim.
    Só um pergunta, ela é realmente educativa? Se for, acho que vou assistir a ela. XD

    ResponderExcluir
  5. Saudações

    Olá Lucas.

    Tal como comentei na postagem, o anime tem muito da realidade nele, mas com um tom cômico exagerado em várias oportunidades. Além das situações de constrangimento, em parte, causadas pelos "deuses do sexo".

    Ela tem o real intuito de educar. Porém, deve-se saber assimilar "o todo" que a obra mostra.

    Até mais!

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons