Umezu Kazuo no Noroi: um festival de pescoços e algo mais... ~ Netoin!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Umezu Kazuo no Noroi: um festival de pescoços e algo mais...

A chamada...

Caro visitante, o NETOIN! lhe agradece por mais esta visita.

Esta review de anime faz parte da série de postagens especiais em comemoração ao aniversário de cinco anos do blog, que está se aproximando cada vez mais. Entretanto, tal como se fez prometer na chamada oficial, algo muito diferente está para aparecer...

É certo que o NETOIN! se faz conhecer pelas reviews de animes de drama, pela cobertura do ISML entre outras características. Mas, às vezes, se faz necessário explorar um pouco de universos mais diferenciados. Partindo desta ideia, o primeiro review desta série especial se tratará do gênero horror/terror.

Sendo a obra dividida em duas histórias, este humilde blogueiro tentou condensar aquilo que notou ser de maior impacto na obra que será analisada. Trata-se da tragédia japonesa ao seu melhor estilo, com direito à sustos, provações e muito líquido vermelho...

Um convite inesperado e surpreendente, dentro dos padrões costumeiros deste humilde blog. Amigo visitante, esteja convidado à saber um pouco sobre Umezu Kazuo no Noroi onde, literalmente, cabeças devem rolar...

Um OVA e duas histórias...

Os sonos desta jovem nunca mais serão os mesmos...

A obra animada Umezu Kazuo no Noroi vem do início dos anos noventa. Uma época onde, muito provavelmente, o terror era terror de verdade: dar medo, levar à pesadelos, deixar a imaginação cada vez mais forte e coisas deste gênero. E isto nas duas histórias. Sem a necessidade de adentrar aos termos mais objetivos que podem explicar o medo em si, este OVA ( com menos de cinquenta minutos ) dá uma clara amostra sobre o que foi comentado no início deste parágrafo.

A primeira história possui interessantes fragmentos pujantes aos sentimentos humanos. De nome "Revelado pela câmera de vídeo", a inveja em forma de inocência toma forte consciência. E isto chega ao ponto do anseio de uma garota se tornar realidade de uma maneira não muito convencional.

Uma estudante comum chamada Masami leva uma vida normal, com sua aparência normal e o que mais se imaginar. Até este ponto não há nada demais. Isto até uma aluna transferida ir parar no mesmo colégio onde estuda a Masami. Aliás, tal aluna acaba ficando na mesma sala de aula que a jovem Masami...

Rima é o nome da estudante transferida. Ela é detentora de uma beleza sem igual. Logicamente, isto chama a atenção dos garotos da sala de aula, valendo-se daquela máxima sobre a beleza de um rosto feminino ter um poder de atenção extremamente elevado ( sim, isto é um elogio ). Em épocas escolares, principalmente, isto é um fato que ocorre com alguma facilidade.

O segredo dela está em seu pescoço...

Muito embora a Rima chame a atenção à sua volta, aparentemente isto não causa efeito na Masami. Ao menos, não o efeito usual. Logo após a primeira troca de olhares entre as duas garotas, a Masami passou à guardar uma impressão muito negativa da aluna transferida, por razões até então desconhecidas...

A situação só piorou para a Masami após isso, pois fortes pesadelos e noites mal dormidas passaram à fazer parte de seu cotidiano. Como se tudo isto não bastasse, uma estranha ferida apareceu em seu pescoço, causando muita aflição para a jovem...

Contando com a ajuda de seu amigo Umezu, a Masami teve uma destas noites estranhas gravada em vídeo. O rapaz assistiu ao vídeo e o pavor tomou conta dele. Sem nada entender, Masami alimentou sua crença pessoal de que tudo estava ligado à Rima que, para ela, era uma vampira e a causa central de todos os seus problemas.

Para este humilde blogueiro, o que se viu uma história de luxúria pessoal envolta pelo sobrenatural. Isto porque, em seu íntimo, a Masami nutria uma grande inveja pela beleza da Rima. Este sentimento nela escondido deve ter servido de estopim para que uma estranha entidade a possuísse. Assim sendo, os pesadelos e o aumento da ferida no pescoço da Masami significavam apenas algo muito óbvio...

Estariam elas indo brincar com o perigo!?

A segunda história deste OVA também tem no sobrenatural seu ponto de impacto. Diferentemente da aventura anterior, nesta aqui a imprudência e a curiosidade em excesso é que ditam as regras, levando as envolvidas à conhecer o significado do pavor e do medo de uma forma nada amigável.

Intitulada "A mansão assombrada", a história apresenta as jovens Nanako e Shy Miko. As duas estão na maior bagunça ( literalmente ), assistindo à uma verdadeira bateria de filmes. Em um momento de repouso ( troca de filmes ), a Nanako observa algo pela janela do apartamento que chama muito a sua atenção. Trata-se de uma antiga mansão.

Para entender apropriadamente o prosseguimento da trama, basta saber que a Shy Miko é bem tímida e medrosa, enquanto a Nanako é hiperativa e mais divertida. Desnecessário enfatizar que, após ver a mansão, a Nanako alimentou em si o anseio em explorar a construção.

Apesar de toda a relutância por parte da Shy Miko, ela e a Nanako acabam indo explorar a mansão, de noite. Basta ligar certos fatores para se ter uma ideia plena e concisa de que a ida para esta mansão pode não render bons resultados...

Mais um pescoço chamando a atenção...

Em primeiro lugar está o fato da mansão ser abandonada. Como preza os costumes globais conhecidos, construções abandonadas dão margem para a criação de diversas histórias, muitas delas envolvendo algum acontecimento anormal. Em segundo lugar, as jovens foram explorar a dita mansão de noite. Isto é o que pode ser chamado de combinação perfeita...

O teor do perigo aumentou ao passo que a Shy Miko e a Nanako acabaram encontrando duas amigas que estavam para adentrar à mansão. As quatro garotas ingressam à construção abandonada, sem fazerem a mínima ideia ( ou talvez a Shy Miko tivesse tal conhecimento ) de que as suas vidas não seriam mais as mesmas, em diversos sentidos...

Na mansão, o psicológico das quatro jovens é abalado de uma forma muito brusca e violenta. Não é oferecido para elas um tempo mínimo para raciocinar à respeito. De certa forma, nem poder sentir medo adequadamente elas puderam. Elas só tiveram tempo para se horrorizarem e usufruírem de momentos nada convidativos.

Novamente, o medo prevalece. Parece que há uma força descomunal por detrás desta palavra. De uma estranha forma, até que tal força existe...

A expressão do medo...

O medo em sua forma mais convidativa...

As duas histórias presentes no OVA Umezu Kazuo no Noroi mostraram algumas das facetas que podem originar o medo. Aliás, tal sentimento provém da incerteza em enfrentar ou de tentar entender aquilo que seja definido como desconhecido. Impreterivelmente, obras que abordam a questão do sobrenatural ( como a presente review ) em muito enaltecem a questão do medo.

Desde simples expressões faciais até os gritos mais antológicos e estéricos, o medo pode sim ser caraterizado como uma forma que a pessoa tem de expressar alguma incerteza. No caso dela ter a certeza, então o medo serve como estopim para escapar da mesma, uma vez que não se queira enfrentá-la.

Vale sempre recordar que o medo pode ser oriundo, inclusive, do arrependimento. As histórias contidas neste OVA deixaram esta questão à vista clara, especialmente "A mansão assombrada", que acabou confrontando a curiosidade de suas personagens com o receio sempre presente transmitido pela Shy Miko. Por sua vez, "Revelado pela câmera de vídeo" faz o medo vir à tona por intermédio de um sentimento hostil escondido e atrativo à quem queira dele se aproveitar.

De qualquer forma, o medo em si possui um poder muito grande. O OVA, em si, mostrou algumas das circunstâncias nas quais o temor pode prevalecer com variados requintes de crueldade. O dito sobrenatural, presente nas duas histórias, serviu como âncora para o medo mostrar o seu potencial. É um sentimento dos mais temíveis.

Objetivamente

Quando a verdade estarrecedora é descoberta, esta
expressão facial torna-se muito comum...


Umezu Kazuo no Noroi não é nenhuma obra de arte sendo que, na sua essência, nem se dá ao mínimo trabalho de tentar chegar à algo assim. Contudo, trata-se de uma animação bem honesta, levando-se em consideração o que ela busca desenvolver dentro de seus tramas propostos.

Tecnicamente, a animação não ajuda muito, mesmo que você compare este OVA com outras produções do início dos anos noventa. Por mais que a animação seja simplória, a mensagem consegue ser passada com propriedade. Na parte acústica, não há nada que possa ser colocado como digno de lembrança. Contudo, os efeitos sonoros executam bem o trabalho de estar par e passo com a ambientalização e o enredo deste OVA.

Como resumo, fica forte menção às duas histórias contidas neste OVA. Reina a simplicidade na apresentação visual, mas a força contida na mensagem central é forte o bastante para fazer com que a animação ganhe merecidos pontos positivos de avaliação.

Por tudo que foi aqui descrito, Umezu Kazuo no Noroi é recomendado. Tão logo tenha a oportunidade, assista-o. Mas jamais se esqueça que, com base nas duas histórias deste OVA, brincar com o desconhecido pode ser muito perigoso...

[ made in NETOIN! ]

--------------------------------------------------------------------------------------------

Veja a análise de Umezu Kazuo no Noroi no blog parceiro Elfen Lied Brasil, clicando aqui.

  • 3Blogger
  • Disqus

3 Comentários

  1. Boa review, gostei muito. Este anime me lembrou um pouco do jeito do mestre Junji Ito, sempre mechendo com o inimáginavel e o psicológico de cada pessoa.

    Adoro animes neste estilo e tratarei de dar uma olhada.

    Com certeza é perceptível que não é uma obra de arte mesmo. mas acredito que em uma lista de top10 animes dos anos 90, ele mereça no mínimo menção honrosa. :D

    ResponderExcluir
  2. Verdade, Mateus. Lembra bastante Junji Ito, mas espero, na verdade é ao contrário. Natural que se assemelhe, já que Umezu é a grande influência de Ito.

    Adorei (fiquei muito contente de ver Umezu aqui no seu blog)a review Carlírio, expressou bem o que esse OVA tem a oferecer. E muito obrigado pelo link ao meu post =)

    ResponderExcluir
  3. hhee fiz esse ficar um pouco popular por ca

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons