01/09/11 - 01/10/11 ~ NETOIN!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Em "Midori no Hibi", o poder do amor faz o impossível acontecer...

O logo do anime...

Diversos animes com temáticas simples, e prosseguimentos minimamente diversos, já tiveram reviews publicadas neste humilde blog. Do mais cultuado ao mais desconhecido, tais tipos de histórias são também do agrado deste blogueiro.

O anime à ser comentado pega carona em um pouco de cada gênero. Muito embora ele possa ser classificado como harém, também pode ser colocado dentro de outros gêneros, tais como: romance, ecchi, comédia e nonsense. Uma verdadeira mistura, cujo sabor final é você quem definirá...

Amigo visitante, sinta-se convidado à conhecer um pouco sobre "Midori no Hibi".

Personagens...

Seiji e Midori: não é difícil entender o despontamento da jovem...

Em "Midori no Hibi" você é levado a saber como é a vida de um jovem rotulado como malvado pela sociedade ( por assim dizer ) . Um rapaz bom de briga, ruim nos estudos, mas que demonstra ( no decorrer da série ) possuir certas qualidades: esta é a descrição de Sawamura Seiji. Este rapaz é muito conhecido por sua força descomunal, abruptamente concentrada em seu punho direito, o que fez ele receber um apelido bem sugestivo: "cachorro louco Sawamura", o dono da "mão direita do demônio".

Mas esta mesma mão direita passará a causar muitos problemas para o jovem Senji, isto porque uma garota gosta muito dele, às escondidas. Devido a grande timidez que possui, uma garota de nome Kasugano Midori não consegue, de forma alguma, sequer dar um "oi" para o seu amado. A Midori é muito quieta e, no decorrer do anime, ela demonstra seus sentimentos pelo Seiji serem muito maiores do que um "simples gostar"...

Ainda no encalço do Seiji, há dois lados que merecem forte destaque. O primeiro é o apreço e a idolatração, sendo estes oriundos de seu amigo Miyahara Osamu, que vê em Seiji um modelo à ser seguido. O segundo é o retrato fiel do desgosto e da seriedade em excesso, protagonizados pela jovem Ayase Takako, que é a representante da classe do Seiji.

A Midori feliz...

E na intenção de piorar um pouco as coisas para o lado do Seiji, ele possui uma irmã mais velha cujo comportamento não é, nem de longe, o mais propício para alguém que tem tal status familiar. Ela é a Sawamura Rin que, além do já descrito anteriormente, ainda é possuidora de uma força maior que a do próprio Seiji...

Há também alguém muito estranho neste meio. Um colega de classe do Seiji que é o esboço do otaku hardcore ( no próprio teor da frase ), sendo este o Takamizawa Shuichi. Além dele, há uma garotinha da vizinhança que não perde a chance de provocar o Seiji quando pode, a Tsukishima Shiori. E um rapaz que há muito tempo guarda fortes sentimentos pela Midori, sendo ele o jovem Shingyoji Kouta.

Com tal elenco, procure imaginar o que está a sua espera neste anime...

Compreendendo a situação...


"O que você faz no lugar da minha mão direita?"

Recorde-se do relatado parágrafos acima, quando a Midori foi brevemente descrita. Ela é a razão dos problemas do Seiji. Isto porque, do nada e sob alguma circunstância incerta, a moça amanheceu, em um belo dia, no lugar da mão direita do rapaz. Imaginar algo assim é demasiadamente impossível, mas o anime tenta ilustrar tal acontecimento ao seu modo...

Para Seiji, uma luta passa a ser travada a partir de então. Ele, que sempre foi rejeitado pelas garotas ( por possuírem um medo dele similar aos dos outros brigões da área ), recebe uma declaração de uma jovem que está no lugar de uma de suas mãos. Novamente, o senso comum inexiste e dá lugar a mais pura bizarrice...

Seiji, conhecido pelo poderio de seu punho direito, passa a enfrentar um dilema: como lidar com tal situação? Como esconder das pessoas na rua, e dos colegas na escola, o que está no lugar de sua mão direita? Pode parecer estranho e até duvidoso, mas o Seiji tenta esconder a Midori e até consegue fazê-lo, em inúmeras oportunidades.

A Rin ama o Seiji, verdadeiramente...

Mas tudo vai para o vácuo quando a sua adorada irmã mais velha, Rin, descobre o seu segredo durante uma típica visita a casa do rapaz ( é ver o anime e entender como se consolida a "típica visita" ). O mais notável é o modo como a própria Rin reage no momento e no após de tal descoberta...

Entre tantos outros problemas ( como uma inesperada troca de papéis ), não se pode esquecer em nenhum instante que o Seiji é mal rotulado pela sociedade ( ou ao menos na escola ) por sua fama de brigão. Para a Takako, o Seiji é um rapaz que quer apenas se aparecer ao demonstrar a sua força por aí, socando os outros sem motivo algum ( na visão dela ). E assim o continua tratando até certo momento...

O Shuichi é um fã hardcore da Midori, em diversos sentidos...

Além disso, soma-se o fato do Seiji mostrar-se como sendo um rapaz cauteloso e de brio, ao perder uma briga de propósito. O fez não apenas para salvar o seu amigo Osamu ( que é um verdadeiro "mala sem alça", quase sempre metido em alguma encrenca ), como também para não ferir a Midori. E nisso a atenção da Takako muda de foco totalmente...

E o que dizer do rapaz da sala de aula que é um otaku bem no teor máximo da palavra? O Seiji passa também por situações estreitamente constrangedoras em razão do modo como o Shuichi chega até ele, em razão única e total da Midori, encarada como uma figure sensacional pelo seu fã incondicional...

Há uma razão para tudo isso!?

A Midori, em sua versão "mão direita"...

Não espere que "Midori no Hibi" lhe dê uma explicação, por mais simplória que seja, para o fato da Midori estar viva no lugar da mão direita do Seiji. Por outro lado, o corpo da garota ainda existe, totalmente parado e inerte, em sua casa ( como se a Midori estivesse em estado de coma, ou algo próximo a isso ).

Levando o descrito acima ao pé da letra, o que se pode interpretar é que algo do tipo paranormal pode ter acontecido onde, graças aos sentimentos da garota, a mesma acabou se materializando em uma das mãos do rapaz. Mas esta é apenas uma teoria entre outras existentes...

Os acontecimentos que se sucedem no anime conseguem divertir, dado o fato da ênfase estar justamente na Midori. Do lado do Seiji fica claro o poder de um ditado bem popular, que diz: "não julgue um livro pela capa".

Takako: metida, séria e orgulhosa. Mas...

E tal ditado parece ganhar uma força imensurável através das ações da Takako. Sim, a garota que é metida e arrogante muda radicalmente de papel depois de um certo acontecimento. À bem da verdade, ela ganha um estímulo para se soltar na vida...

Contudo, por mais que hajam noções ( por mais rasas ou mínimas que sejam ) de moral ou de vida ( vide os dois parágrafos acima ), elas não ocorrem no anime de uma forma bela. O efeito ecchi é um fator preponderante em "Midori no Hibi", onde nem a própria Midori escapa. A Rin é bem desbocada neste quesito. E a Takako...

No contexto geral, o anime procura saciar algumas vontades. Para este humilde blogueiro, o anime diverte, e seu prosseguimento não chega à ser nenhuma surpresa. O fato da Midori estar no lugar de uma das mãos do rapaz até pode fazer parte disso...

Objetivamente

Ficar vermelho por que, senhor Seiji?

Assistir "Midori no Hibi" pode ser algo muito interessante de se fazer, principalmente se estiveres na busca de algo desbocado, nonsense, no ímpeto da diversão.

Visualmente, o anime não é uma obra prima, passando longe de tal feito. Contudo, o apresentado pelo título não interfere na experiência em assisti-lo. Falando nas músicas, os temas de abertura ( "Sentimental", cantada por CooRie ) e de encerramento ( "Mou Sukoshi, Mou Sukoshi", cantada pela Atsumi Saori ) são muito legais e combinam perfeitamente com a atmosfera do anime.

Em resumo, o anime cumpre o seu propósito. Ele não é espetacular, mas é interessante de se ver. O que conta nele, em demasiado, é o sentimento da Midori intervindo na rotina do Seiji.

Se tiver a oportunidade assista a "Midori no Hibi", que é recomendado. Aproveite e descubra algumas coisas sobre o passado do Seiji e também sobre a mudança de comportamento da Takako...

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site oficial de "Midori no Hibi", clicando aqui.

Veja outras dicas de reviews de animes, que podem ser do seu agrado à partir deste texto: "Potemayo", "Nagasarete Airantou", "Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan" e "Rizelmine".

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

É a vez de apresentar o "JWave"!

Imagem do "JWave" ( divulgação ).

O ano de 2011 tem sido de grande prosperidade para o "NETOIN!", uma vez que o número de visitantes tem aumentado consideravelmente ( para os padrões desta casa ). As parcerias formalizadas ao longo deste ano também merecem forte destaque.

Aliás, uma destas parcerias foi formalizada recentemente. E trata-se de um dos sites/blogs mais conhecidos atualmente, no que diz respeito ao trabalho feito com podcasts.

Amigo visitante, esta casa apresenta para você a parceria feita com o "JWave". Ele foi fundado em dezembro de 2008, tendo o seu campo aberto para a área de podcasts quase um ano depois, em 2009. Uma equipe está à frente do "JWave", atualmente mais centrado nos podcasts, muito embora tenha em seu histórico muitas postagens de grande relevância.

O campo de ação do "JWave" está distribuído nas culturas pop, nerd e japonesa. Com isso, busca levar conteúdo à estes públicos alvos o que acarretou, com o passar do tempo, no reconhecimento que o novo parceiro do "NETOIN!" tem recebido pela internet.

O que espera? Faça uma visita ao "JWave".

[ made in NETOIN! ]

domingo, 25 de setembro de 2011

Análises em Geral - parte #37: uma pequena maravilha chamada "Ikoku Meiro no Croisée"...

"Ikoku Meiro no Croisée".

A temporada de animes que está por encerrar-se deixou para trás títulos que procuraram satisfazer uma boa parte dos fãs de animação japonesa. Da luta ao drama, da comédia ao terror: nada foi esquecido. Títulos que caíram no gosto do pessoal globo afora somaram-se aos animes que o público preferiu tomar certa distância, onde o gosto pessoal tende à prevalecer.

Um título em especial chamou a atenção positivamente para este humilde blogueiro. Um slice-of-life descompromissado e casual, porém extremamente elegante em sua apresentação e muito fofo em sua concepção.

Amigo visitante, saiba um pouco agora sobre as impressões deixadas pelo anime "Ikoku Meiro no Croisée".

O anime em si...

A Yune, com o seu encantamento sublime...

O anime faz um convite muito gentil para quem quiser assisti-lo: uma volta pela culturalmente conhecida Paris do século XIX. A capital francesa, sempre tão inspirativa para multidões ao redor da Terra, é o cenário perfeito para um anime que procura unir sensibilidade e beleza em um alto grau de concepção.

Mas um ponto interessante é que a estrela maior deste anime é uma pequena japonesa, que carrega consigo até a França todos os costumes de seu País: esta é a jovem Yune. Sua educação tão refinada soma-se harmoniosamente a sua inocência tão presente. A Yune chega ao País europeu acompanhada de Oscar Claudel, que a trouxe do Japão para viver em solo parisiense.

Oscar é o dono da Enseignes du Roy. Lá ele trabalha com o seu neto, Claude Claudel. E muito embora o anime tenha a premissa calma e pacífica em sua história, saiba que o começo do mesmo já mostra um certo choque cultural vivenciado pela dupla Claude e Yune.

Claude e Yune: uma cena maravilhosa do anime...

Tal choque, em boa parte, e devido à inocência e educação da Yune expostas à seriedade e aparente rigor nas palavras do jovem Claude, que não consegue conter suas emoções em meio à uma certa atrapalhada da pequena japonesa, o que vale um sermão nada recomendável do jovem anfitrião local.

Com o passar dos episódios, o Claude passa a entender um pouco mais o modo de viver da Yune e, porque não enfatizar, até da própria sociedade japonesa, tendo como base para tanto o que a Yune conta sobre o seu País. Mas isso não significa, necessariamente, que os problemas não mais existam ou que as indiferenças cessaram. Para o Oscar, fica o sentimento honrado em ter trazido a pequena Yune do Japão para viver em sua terra, por razões que ficam bem claras no decorrer da obra animada.

As irmãs Blanche e a Yune.

O anime mostra uma realidade da época facilmente aplicável aos dias atuais, sendo esta o choque entre classes sociais. Neste quesito entra em cena duas representantes da conhecida e prestigiada família Blanche. Tal família é dona da Galerie du Roy, onde está localizada a Enseignes du Roy ( local no qual trabalha a família Claudel ). Neste quesito o anime apresenta as irmãs Camile e Alice Blanche.

A Camile é a mais velha, e guarda consigo um grande sentimento. Todavia isto que ela sente não pode vir à tona, uma vez que a dita barreira social imperava forte, e o amor que a Camile sente por um certo rapaz, desde a sua infância, impede que este mesmo amor possa seguir em frente.

Por sua vez, a Alice adora a cultura japonesa. Com a chegada da Yune em solo francês, a jovem representante da família Blanche vê uma ótima oportunidade de ficar mais à par do Japão, além do que ela guarda consigo um sonho estranho com relação à Yune...

A primeira experiência da Yune tomando café...

O anime não lhe intimidará, em nenhum instante, à ponderar sobre o certo e o errado. De igual forma, "Ikoku Meiro no Croisée" não quer que você se mate para pensar sobre as questões sociais em si ( que são bem óbvias na obra ). O anime deseja apenas que você se sinta imerso agradavelmente em sua história, seja nas passagens hilárias que envolvam a Yune, seja pelo carisma de seus personagens ( sendo este um ponto extremamente elogiável no anime ), seja pelo modo de ser do Claude e da Alice...

Um ponto à se discutir está no fato de "Ikoku Meiro no Croisée" ser extremamente fofo, em todos os sentidos ( e mesmo em suas passagens mais sérias ). Seja no visual, nas falas ou no comportamento de seus personagens, o anime não deixa isso de lado em nenhum instante. Obviamente nem todos se sentem à vontade para assistir um anime que se negue em deixar de ser bonito e simpático acima da média, por isso esse dado importante tem de ser salientado.

Quanto aos idiomas francês e japonês no anime: apenas assista, relaxe e que o detalhe presente de foram impactante ao longo do início deste título não lhe cause ideias erradas...

Objetivamente

Claude, Yune e Oscar. Presentes em um primoroso anime...

Se estás a procura de um anime extremamente caprichado visualmente, pode ter certeza de que "Ikoku Meiro no Croisée" saciará esta sua vontade. Desde o belo traço dos personagens, passando pelo uso das cores e culminando com o capricho elogiável de seus cenários, o anime tem um ponto de grande destaque neste quesito.

Se for falar de efeitos sonoros, o anime cumpre um papel justo. Não há algo em destaque, mas os temas de abertura e de encerramento refletem bem todo o panorama e ambientação apresentados no título em questão.

Entretanto, salienta-se uma vez mais que o anime é bonito até demais. Se isso não é de seu gosto pessoal, aconselha-se pensar duas vezes antes de assisti-lo.

E por tudo que foi aqui mostrado, "Ikoku Meiro no Croisée" é um anime que merece ser assistido. Se tiver a oportunidade, faça-o. E desde agora, este humilde blogueiro fica na torcida para que o mangá desta obra seja, um dia, publicado no Brasil.

Notou as pontas soltas no texto? Foram propositais...

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site de "Ikoku Meiro no Croisee", clicando aqui.

Fotos, amizade e tranquilidade: isto é "Tamayura"!

"Tamayura".

Animes que narram a história do puro e simples são melhor conhecidos como pertencentes ao gênero slice-of-life. Nele, o que reina é o chamado diário aberto, onde todos os acontecimentos pertinentes à um personagem ( ou a um grupo destes ) são contados de forma calma, porém direta.

Contudo, o slice-of-life pode carregar junto de si algum outro gênero para servir de apoio. Neste quesito, uma boa comédia, um drama ou o mais puro nonsense são pratos cheios para a causa. Muitos animes do gênero do slice-of-life já tiveram reviews publicadas neste humilde blog. Mas...

O título que será tratado agora consegue ser um pouco diferente. Ele chama a atenção, positivamente, pela sua simplicidade e delicadeza na história, ao mesmo passo que a protagonista e suas amigas formam o esboço perfeito de ambiente humano amigável.

Amigo visitante, esteja convidado à conhecer um pouco sobre o anime "Tamayura".

Personagens...

Do alto para baixo, da esquerda para a direita:
Hanawa Kaoru, Sakurada Maon, Sawatari Fu "Potte" e Okazaki Norie.

O título "Tamayura" é uma série em OVA com quatro episódios, que foi ao ar entre setembro e dezembro de 2010 no Japão. A ambientalização desta obra se dá em uma calma cidade japonesa, na qual a protagonista do anime vive com sua mãe e sua avó.

No que diz respeito à protagonista, ela é muito amável. Possui um jeito muito simples de ver as coisas que ocorrem e consegue, ao mesmo tempo, ter lembranças de alguém importante que partiu sem abalá-la de forma compulsiva. Esta é a pequena Sawatari Fu.

Fu ( que também é chamada de "Potte" ) simplesmente ama tirar fotos. Quando mais jovem, ela adorava ficar ao lado deste alguém tão especial que partiu, tirando fotografias. O problema é que em vários momentos a Fu se concentra demais nas fotos, esquecendo de ter um certo cuidado consigo mesma. Para a sorte dela, uma garota está em seu encalço para livrá-la de perigos como este...

Momoneko-sama e Fu. O mascote da série dificulta muito
para a garota tirar uma foto dele...

Esta garota é a Hanawa Kaoru ( chamada de Kao-chan ). Ela é muito direta na hora de falar com os outros, mas sempre mantendo os bons modos e um sorriso estampado na face. Aparenta ser a mais adulta do grupo e simplesmente aprecia os mais variados aromas existentes. Ela chega, inclusive, a identificar as pessoas mais conhecidas por ela através do cheiro a uma curta distância.

Mas para balancear a aparente calmaria mostrada pela dupla Fu e Kaoru, há uma garota energética e risonha. Ela fala bastante ( até um pouco além do que deveria ) e adora coisas muito fofas e doces.

O parágrafo descreveu como é a jovem Okazaki Norie. Por adorar coisas fofas, ela acaba por apreciar muito as fotos tiradas pela Fu. Em especial uma onde aparece o irmão mais novo da protagonista, Sawatari Kou. Se por um lado a Norie fala demais, por outro há alguém neste meio que fala pouco. Bem pouco...

A Norie, em seu estado natural ao lidar com coisas fofas...

Esta pessoa que não fala quase nada é a Sakurada Maon. Uma jovem extremamente quieta e na dela, mas instintivamente observadora. Adora assoviar, chegando a usar de tal ação para substituir palavras, gerando um ponto interessante de atenção nesta animação.

O mascote da série é um gato chamado Momoneko-sama. Extremamente gorducho e fofo ( literalmente ), este felino está na maior parte do tempo dormindo em "Tamayura". E quando não está em seu momento de soneca, está andando por aí...

Mais personagens se fazem aparecer ao longo dos quatro episódios deste OVA, mantendo o bom patamar da história e fazendo com que a mesma flua de uma forma consistente, desde o início do primeiro episódio até o final do quarto episódio.

Um prosseguimento muito calmo...

Maon assovia, Kaoru e Fu observam: é a Norie cansada depois
de tanto se mover e falar...

Cabe aqui ser ressaltada uma definição interessante, no que diz respeito ao nome da obra: tamayura é o nome dado a certos borrões brancos, de diferentes tamanhos, que costumam aparecer em algumas das fotos tiradas pela pequena Fu. Se partir do princípio que a protagonista utiliza-se de uma câmera antiga para tirar suas fotos, então a chance de aparecer tamayuras em suas fotografias é muito boa.

E esta mesma câmera guarda algo muito especial para a Fu: este objeto é lembrança direta daquele alguém especial para ela, enfatizado no início deste texto. E essa pessoa tão importante para Fu é o seu pai, falecido há cinco anos ( cronologia do anime ).

A Fu busca nas fotos retratar o seu dia a dia, de sua família e de suas amigas. Pequenos movimentos da natureza, como um dente de leão planando suavemente à sua frente, são motivos mais que suficientes para uma foto. São momentos por demais inesquecíveis para ela.

Fu pensando nas fotos à tirar do Momoneko-sama...

Em "Tamayura" não existem segredos à serem desvendados. Há apenas a busca constante da Fu em fazer mais amizades. É verdade que ela possui as suas três amigas já aqui apresentadas, mas a pequena "Potte" sempre teve dificuldades até para se apresentar em sala de aula...

O ambiente mostrado no anime é calmo e pacífico. Neste sentido, é quase uma utopia animada o que se vê em "Tamayura".

A Fu vive com sua mãe e com sua avó, tal como já foi mencionado anteriormente. Ela ajuda ambas no restaurante, que tem como especialidade verdadeiras delícias adocicadas, o que acaba se transformando em um local de visitação mais do que obrigatório para a Norie...

Esta é uma paisagem das mais memoráveis...

Ainda no que remete à Norie, o irmão da Fu também é motivo de apego. O pequeno Kou é um rapaz mas que, nas fotos tiradas por seu pai e pela sua irmã, mais parece uma mocinha sendo esta, inclusive, a primeira impressão que a Norie teve ao ver uma de suas fotos...

Atente para o fato de muito do que pode ser observado em "Tamayura" está ligado intimamente a ideia da busca por um certo lugar. Trata-se de um lugar que trás lembranças para a pequena Fu. Lugar este hoje lembrado por um desenho feito pelo pequeno Kou em épocas passadas...

Objetivamente

As amigas juntas para uma foto...

Em "Tamayura" tudo é muito calmo e tranquilo. O tempo, às vezes, parece negar-se em passar. E isso não é um demérito: é um grande elogio para a série, uma vez que ela promete entregar uma história de jeito "x", sendo que em seu final ela entrega este mesmo "x", de forma harmoniosa e muito natural.

Se observar atentamente o traço e apresentação visual de "Tamayura", você notará que a obra animada não decepciona. O mesmo pode ser aplicado aos poucos efeitos sonoros presentes e às belas canções de abertura e de encerramento desta animação.

Em resumo, "Tamayura" é um convite singelo à distração em forma de paz. É uma história para se apreciar sem a menor pressa, pois assim notar a beleza mostrada nesta obra animada será muito mais fácil e prazeroso.

Se tiver a oportunidade, assista a este OVA. Descubra você também que lugar é esse que a Fu tanto está querendo encontrar, além de saber o porque de seu apelido ser "Potte". Recomendado!

[ made in NETOIN! ]

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Análises em Geral - parte #36: mais uma temporada irá começar...

O trio de ferro por parte deste humilde blog é este...

Não é do costume do "NETOIN!" apresentar textos centralizados nas temporadas de animes. Isso já ocorreu anteriormente, mas nunca se tornou uma tradição ou presença marcante nesta casa...

Contudo, este humilde blogueiro resolveu correr atrás e mostrar para você, amigo visitante, quais serão as cinco apostas do "NETOIN!" para a última temporada de animes em 2011. Tratam-se dos títulos que levam o selo de confiança total: por suas histórias, seus personagens, suas ambientações, entre outras características.

Se faz necessário lembrar que dados mais técnicos não serão aqui apresentados, de modo que haverá um pequeno guia de links, ao final desta postagem, para que você possa ter acesso à outras abordagens feitas em outros blogs sobre a temporada que está para se iniciar.

Quais são estes animes!?

Imagem de "Un-GO".

Dando início aos trabalhos, há apenas um anime que não é uma continuação direta que está no grupo de recomendações diretas desta casa. Com um plot que era desconhecido até pouco tempo atrás, "Un-GO" chamou a atenção deste blogueiro desde o primeiro instante no qual se ouviu falar deste anime.

O site do anime era muito vago em sua concepção inicial, mas não menos curioso e interessante de se ver. Isto se devia ao fato de certos elementos sumirem aos poucos do cenário à mostra, dando um ar investigativo ao mesmo. Importante mencionar o fato de que eram vários cenários mostrados, que alternavam a cada vez que se entrava no site.

E o dito fator investigativo parece que se fará presente no anime. Sua ambientação será o Japão pós Segunda Guerra Mundial, e uma série de acontecimentos estranhos estão à ocorrer no País. Dois personagens deverão ser os protagonistas da obra, onde um deles é o detetive Yuki.

Dada a premissa e o clima de mistério, "Un-GO" dá as caras como sendo uma grande aposta para a nova temporada de animes. Entre a aposta e o cumprimento dela há um vale à ser passado, mas talvez isto não seja um problema para este título...

Imagem de "Tamayura".

O gênero slice-of-life ( entenda-se melhor como uma história do cotidiano ) é muito apreciado por este humilde blogueiro, e o mesmo não poderia deixar de estar presente entre os ditos destaques para a nova temporada. Ainda mais quando o título proposto possui uma história totalmente calma e tranquila...

Este título é o anime "Tamayura ~hitotose~". A história dele gira em torno da pequena e simpática Sawatari Fu, que é simplesmente obcecada por fotografias. Infelizmente a Fu possui um pequeno problema: ela tem uma certa dificuldade para fazer novas amizades, e acaba se atrapalhando quando vai tentar consolidar uma.

A Fu usa de uma antiga máquina para tirar fotos. Isso é a realização para ela, até porque é um bem deixado pelo seu falecido pai. Os OVA's de "Tamayura" exploraram um pouco isso. E mesmo com um plot que pode ser considerado tão básico, os OVA's em questão são muito agradáveis de se ver.

Destaque também para as outras garotas presentes na obra ( veja aqui no site do anime ), como a Sakurada Maon, que se comunica com as suas amigas por meio de assovios ( bem irritante para alguns, muito kawai para outros ). E menção nobre para o simpático mascote da série, o bichano Momoneko-sama.

Provavelmente o anime deverá dar prosseguimento ao que foi mostrado nos OVA's. Mesmo que siga à partir do ponto zero, "Tamayura ~hitotose~" tem todos os requisitos para ser um destacado título dentro de seu gênero, o que viabiliza uma avaliação positiva do anime.

Imagem de "Ika Musume".

Comédia é algo que sempre vai muito bem, principalmente quando não é forçada ou arbitrariamente escrachada. Então "Shinryaku!? Ika Musume!" acaba sendo uma outra excelente pedida para a temporada que está para se iniciar.

Será uma continuação direta da série predecessora ( que foi ao ar justamente na última temporada de 2010 ), que na época foi comentada aqui no "NETOIN!". Como se trata de uma obra descompromissada, a diversão é garantida.

À título de menção, saiba que neste anime tudo gira em torno de uma personagem que anseia em se vingar da raça humana, devido aos maus tratos que esta tem com as águas dos oceanos. Assim sendo, a Ika-Musume vem à terra firme para colocar seu plano em prática mas, na verdade, isso não ocorre...

Aliás, nem teria como ocorrer. A Ika-Musume passou toda a temporada predecessora aprendendo ( bem na marra ) como vivem os humanos, e se surpreendendo à todo instante com o que via. Certamente esta continuação não deverá ficar distante disso, e assim "Shinryaku!? Ika Musume!" merece forte menção para a nova temporada.

Imagem de "Working!".

Para este humilde blogueiro, o anime que será agora comentado foi uma das gratas surpresas de 2010. E com o advento de sua sequência, tudo fica ainda muito melhor. Prepare-se para mais momentos interessantes com o grupo extremamente diversificado que trabalha no restaurante familiar Wagnaria.

Sim, é a vez de falar sobre "Working'!!". Como já foi mencionado, será uma continuação direta da série predecessora. E nesta sequência o conhecido grupo de personagens dará as caras uma vez mais, para mostrar à todos do que um slice-of-life com pitadas de humor é capaz...

Em certa oportunidade foi aqui comentado sobre as impressões deixadas por este anime ( clique aqui para ver o texto ). Se a ideia original for mantida, a segunda temporada tem tudo para ser tão interessante e tão bem recebida quanto a primeira. Ver novamente a kawai Taneshima Poplar e turma em ação será algo cômico...

Contudo, cabe aqui uma séria ressalva a ser feita: da mesma forma que "Working'!!" pode continuar em seu bom caminho ele também poderá desandar, isso se certos eventos e piadas começarem à se tornar muito repetitivos...

Tirando o aviso do parágrafo acima, "Working'!!" é um anime de grande apreço e que, na temporada anterior, mostrou merecê-lo.

Imagem de "Shakugan no Shana".

Por último, mas nem por isso menos importante ( é bem o contrário ), é a vez de se comentar sobre o que deve estar à espera da Flame Haze mais amada que existe. É o momento de "Shakugan no Shana" e sua fase derradeira: "Shakugan no Shana III Finale".

Neste anime é mostrado como é a briga dos Flame Hazes na busca constante de manter a ordem na Terra, por meio da manutenção saudável do equilíbrio da existência. Isto porque há os Tomogaras que, comandados pelos Guzes, alimentam-se do chamado poder de existência presente nos seres humanos. Cabe aos Flame Hazes ( que são conhecidos taxativamente como ferramentas de caça ) acabar com os Tomogaras para manter o equilíbrio pois, caso contrário, o futuro da Terra seria mais pura anarquia...

E neste contexto está a Shana. Ela passou a primeira temporada buscando aperfeiçoar-se não apenas como guerreira, mas também como uma garota que é. Na segunda temporada, auxiliou o jovem Mistess ( um Torch - humano já morto por um Tomogara - que possui um tesouro dentro de si, no caso, o Reiji Maigo ) Sakai Yuji a controlar melhor os seus poderes. O que está a espera dos dois na terceira temporada?

Como é a temporada derradeira, espera-se que as pontas deixadas ao final da última temporada sejam fechadas. Este humilde blogueiro prevê que, possivelmente, o início desta temporada deverá ser igual ao da segunda ( em ritmo lento e muito cadenciado ). Mas guarda-se uma grande estima por esta série, e espera-se que "Shakugan no Shana II Finale" venha a encerrar o anime como ele merece: com chave de ouro.

Estes foram os destaques do "NETOIN!" para a próxima temporada de animes. Não ache estranho o fato de ter faltado muito anime aqui à ser comentado, pois o real intuito foi apenas comentar sobre as obras à serem indicadas pelo blog.

Mas é muito provável que, o texto do anime no qual esteja à buscar detalhes, esteja em um dos blogs indicados para visitação mais abaixo.

Qual é a sua expectativa, amigo visitante?

[ made in NETOIN ! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Veja outras opiniões sobre a nova temporada nos seguintes blogs:

* Chuva de Nanquim;
* Elfen Lied Brasil;
* Gyabbo!;
* MBB Anime Kenkyuukai;

*
Mithril;
*
Raiburari;

*
Subete Animes ( por Qwerty );

* Tsundere;
* Video Quest ( por Fábio "o Urso" );
* Video Quest ( por Leonardo Kitsune );
* Video Quest ( por Walker Rah ).

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Especial: o Japão no Brasil!

Uma chamada especial...

O Brasil possui uma grande colônia japonesa, e isso é sabido de longa data. A cultura da terra do Sol nascente está presente em diversos locais de nosso País, nas suas mais variadas formas e atendendo a um grupo cada vez maior de pessoas.

Não se faz aqui alusão apenas aos fãs de animação e mangás ( que é a temática do "NETOIN!" ), mas também aos que adoram a cultura japonesa como um todo. Gostam também das músicas, das vestimentas, de costumes em particular, da arquitetura e urbanismo, da religiosidade, da culinária, entre outras características de grande importância.

Nesta postagem você verá um pouco de como se apresenta o Japão em algumas cidades do Brasil em sua forma física. Em outras palavras, pelas construções. Este humilde blogueiro possui algumas fotos de locais que já visitou, de forma que agora elas serão mostradas à você, amigo visitante.

Bairros, praças, estátuas, portais...

Em Ourinhos/SP...

Recentemente, este blogueiro teve uma curta presença ( questão de poucas horas ) na cidade de Ourinhos/SP, que fica muito próxima da divisa com o Estado do Paraná. E bem na praça da rodoviária, há uma homenagem feita ao centenário da Imigração Japonesa no Brasil.

Segundo a placa que está ao lado da homenagem, houve um concurso na cidade intitulado "Arte no Espaço Urbano". O autor da homenagem vencedora fez a palavra força em kanji.

Trata-se de uma bela homenagem ao fato ocorrido em 2008 ( o Centenário da Imigração ).

Em Registro/SP...

A segunda cidade citada nesta postagem é Registro/SP, que está localizada na porção paulista do Vale da Ribeira, tendo como principal via de acesso a BR-116 ( Rodovia Régis Bittencourt ). A cidade possui uma grande presença da colônia japonesa, que pode ser melhor vista através de suas festividades e eventos anuais.

A foto acima mostra um pouco da presença japonesa em Registro/SP. Trata-se do Torii, localizado na Praça Beira-Rio, em um dos pontos de maior visitação desta cidade.

Em Registro/SP...

Atente para a foto acima. Trata-se de uma homenagem típica aos mortos, no costume nipônico. Ela está localizada às margens do Rio Ribeira do Iguape, e há toda uma razão criteriosa e justa para isso...

Tal razão está na homenagem feita em consolo às vítimas do Rio Ribeira do Iguape. Inclusive um dos eventos da cidade é realizado ás margens deste rio, o Tooro Nagashi, realizado na data de 2 de novembro.

Segundo consta na Wikipédia, o Tooro Nagashi é um culto ecumênico em homenagem às vítimas deste rio.

Em Registro/SP...

Ainda em Registro/SP, a rodoviária da cidade reserva as suas surpresas. A primeira delas está no acesso dos ônibus que ali chegam, pois a entrada é feita através de um belo portal oriental.

A segunda é um monumento erguido próximo ao citado portal. Nota-se nele a representatividade de uma ave feita com origami, ressaltando uma conhecida característica da cultura japonesa.

Em Paranaguá/PR...

Agora é a vez de Paranaguá/PR. A cidade possui também as suas homenagens pertinentes à presença japonesa no Brasil. Este humilde blogueiro apresenta para você, amigo visitante, uma delas, que está localizada próxima à rodoviária da cidade.

É a Praça do Japão de Paranaguá/PR. Segundo consta na placa informativa no local, a Praça do Japão foi erguida em 1986, sendo revitalizada e reinaugurada em 2007. Foi feita em homenagem à cidade irmã Awaji, localizada na província japonesa de Hyogo.

Em Miracatu/SP...

E continua o passeio. Desta vez, o destino é a cidade de Miracatu/SP, uma pequena e simpática cidade localizada também na BR-116. E mais uma vez, uma homenagem feita ao Centenário da Imigração Japonesa se faz presente e, coincidentemente, uma vez mais próxima a rodoviária da cidade.

Trata-se da Praça Centenário da Imigração Japonesa no Brasil Eiji Nagata, inaugurada em maio de 2010.

Em Curitiba/PR...

O destino da vez é Curitiba/PR. A capital paranaense possui significativa presença japonesa na cidade. Cláudio Seto é o nome mais lembrando entre os fãs de cultura japonesa locais, responsável pelo advento de vários festivais culturais de temática japonesa em solo curitibano.

E a Praça do Japão pode ser facilmente figurada como o principal marco da colônia japonesa em Curitiba/PR. Situada no bairro do Batel, a praça possui um clima muito calmo ao seu redor, o que propicia bons momentos de descanso e de leitura no local.

Em Curitiba/PR...

A Praça do Japão também chama atenção por sua beleza. Na pequena construção nela localizada é possível comprar algumas lembranças e, em algumas oportunidades, ter acesso à parte superior da mesma, o que proporciona uma vista magistral de toda a praça.

Em alguns momentos do ano feiras gastronômicas são ali realizadas. Além disso, alguns matsuris em anos passados já foram realizados na Praça do Japão, inclusive alguns eventos de menor porte chamados de mini-matsuris.

Em São Paulo/SP...

É chegada a vez de São Paulo/SP. A capital paulista, uma das dez maiores cidades do mundo, é também possuidora da maior colônia japonesa no Brasil.

Um bairro reflete muito bem a maciça presença japonesa na cidade: o bairro da Liberdade ( conhecida pelo diminutivo de Liba ). Há construções ( desde apenas fachadas externas às feitas na totalidade ) que remetem facilmente à ambientalização urbana japonesa neste bairro.

Em São Paulo/SP...

Tudo que se imaginar sobre o Japão está presente no bairro da Liberdade. Desde lojas que vendem artigos para fãs de animes e mangás, vestuário, condimentos e objetos orientais até a restaurantes que oferecem um vasto cardápio para atender os gostos mais variados.

Você estará enganado se achar, contudo, que somente no bairro da Liberdade existem traços da cultura japonesa. É bem verdade que no citado local está a presença maciça, mas a capital paulista reserva surpresas nos mais variados sentidos...

Objetivamente

Em Curitiba/PR...

Esta postagem teve um intuito todo especial: mostrar as diferentes formas de como a cultura japonesa está presente em alguns locais do Brasil: em cidades pequenas e grandes, bairros inteiros ou monumentos em especial...

Interessante notar que as homenagens aqui mostradas foram feitas por diferentes razões. De igual forma, deve-se destacar o quanto que a presença japonesa é forte nestes 103 de imigração em solo brasileiro.

Mas o que foi aqui mostrado é apenas um pedaço disto tudo pois, com toda a sinceridade, o todo da presença japonesa no Brasil é ainda muito maior...

Por esta razão, este humilde blogueiro faz um convite para você, amigo visitante...

Você mora em uma das cidades aqui mostradas ou em alguma
cidade que
não se fez presente nesta postagem, mas que possui
traços da cultura japonesa?
Tem fotos disto?
Gostaria de auxiliar com o propósito temático?


Então envie as suas fotos para [blognetoin@gmail.com],
com o seu nome
e o da sua cidade, explicando no e-mail do que se
trata sobre o tema.
Todos os créditos sobre as imagens serão preservados
onde, futuramente, uma postagem
será aqui feita
mostrando estas fotos enviadas.


Espera-se que esta postagem tenha sido de seu agrado, amigo visitante. E desde este momento o blog "NETOIN!" conta com a sua participação para esta futura postagem especial.

Até a próxima!

[ made in NETOIN! ]

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Conhecendo o "Moon Stitch"!

Imagem do blog "Moon Stitch" ( divulgação ).

O ano de 2011 tem sido muito gratificante no quesito parcerias. E o "NETOIN!" tem o orgulho de apresentar para você, amigo visitante, mais uma delas recentemente formalizada.

Atente para o fato do blog à ser apresentado não se limitar a um objetivo. Em foco, o novo parceiro desta humilde casa tinha um propósito inicial estabelecido, que depois foi ramificado. E a temática de tal blog está centralizada na cultura japonesa ( animes e mangás ) e jogos.

O nome deste blog que está sendo apresentado é "Moon Stitch". Sua administradora chama-se Josi e ela conta com dois amigos que também ali publicam seus textos: Asuna e André "Yokoelf". Desta forma, os três formam a equipe do blog.

Quando foi citado que o blog tinha uma ideia inicial, esta se tratava na exposição de trabalhos nerd-artesanais ( segundo consta no "Moon Stitch" ), o que incluía diretamente objetos relativos à cultura japonesa ( animações/mangás ) e jogos. E hoje o "Moon Stitch" já conta com reviews de animes e textos diversos sobre o tema, sem deixar de lado a proposta inicial anteriormente citada.

Contando com uma experiência de leitura prazerosa, de linguagem direta e jovem, o "Moon Stitch" é mais um blog que faz por merecer a sua visita.

[ made in NETOIN! ]

domingo, 18 de setembro de 2011

ISML'2011: a Shana venceu o colar Rubi. E a disputa pelo colar Diamante terá início...

A Shana, em seu estado mais natural...

O ISML'2011 se aproxima do final de sua Fase Regular. A edição deste evento tem chamado a atenção por diversos fatores, desde a mudança de algumas regras até a quebra de certas tradições, que este humilde blogueiro tanto já comentou por aqui...

Seis colares já foram disputados. O colar Rubi teve sua disputa encerrada dias atrás. E, na data de hoje ( 18 de setembro ), terá início a disputa do colar Diamante que, entre outras coisas, mostrará para todo o planeta quais serão as dezesseis finalistas deste ano.

Contudo, se faz necessário comentar um pouco sobre o encerramento do colar Rubi, onde sete personagens estavam na disputa, concentradas em levar a primazia para as suas casas. Nomes tradicionais e nomes novos estavam no mesmo barco...

Como ficou a rodada extra pelo colar Rubi.
- Fonte: site do ISML -

Tal como mostra a imagem acima, a disputa ficou mais precisamente entre a Shana e a Katsura Hinagiku. Apesar de que, num primeiro olhar, tem-se a falsa impressão de que a Flame Haze apenas passeou na rodada extra, válida pela posse do colar Rubi. Na verdade, isso não ocorreu...

Por mais que a Shana tenha tido mais de 400 à frente da Katsura Hinagiku, o SDO da representante de "Hayate no Gotoku!" era bem maior ( 63% contra 51% ). Aliás, o SDO da Flame Haze era menor do que outras três concorrentes ( cada uma com 57% ), sem contar a própria Katsura.

Sendo assim, a diferença de votos acabou se transformando no fator dominante da rodada extra, impactando diretamente na pontuação final ( tal como a imagem mais acima mostra, no lado direito ).

Todas as campeãs do colar Rubi.
- Fonte: site do ISML -

Com isso, a Shana finalmente venceu um colar neste ISML. É óbvio que este blogueiro ficou contente, até porque a personagem em questão faz parte do trio de ferro pessoal deste ISML ( as outras integrantes são a Tachibana Kanade e a Fate Testarossa ). Mas, se a diferença de votos tivesse sido um tanto menor, a Katsura Hinagiku é quem provavelmente teria comemorado...

O histórico mostra uma divisão interessante entre as vencedoras do colar Rubi. Apenas a Misaka Mikoto não poderia conquistá-lo, em virtude das regras estabelecidas para o ISML'2011. As outras três estavam presentes na rodada extra.

Classificação geral após a disputa pelo colar Rubi.
- Fonte: site do ISML -

Ao se observar a classificação geral deste ISML, pode-se notar com certa facilidade que todos os nomes presentes da 1ª à 11ª colocações são das personagens já qualificadas para o top'16 onde, à rigor, a disputa do colar Diamante não passa de um tipo de aquecimento para a Fase Final do ISML'2011.

Para as contestantes Yui, Nakamura Yui ( ambas de "Angel Beats!" ) e Charlotte Dunois ( de "Infinite Stratos" ), o caminho para a classificação ao top'16 não é difícil, ao menos na teoria, uma vez que elas dependem unicamente dos próprios esforços ( lê-se: votos ) para alcançar tal objetivo.

Entretanto, a grande batalha será travada pelas personagens presentes entre a 15ª e a 21ª colocadas. Com uma diferença de pontos razoavelmente baixa entre uma e outra participante, é natural pressupor que a guerra será intensa entre elas. Para Sanzen'in Nagi, Fujibayashi Kyou e Hiiragi Kagami, somente uma sequência de vitórias ( entenda-se por passar de forma invicta pelas sete rodadas do colar Diamante ), junto a uma combinação de resultados favorável, poderá fazer com que uma delas chegue ao top'16 deste ano.

Qualquer nome situado da 25ª colocação para baixo ( ou seja, na área vermelha ) não tem mais a mínima possibilidade de chegar ao top'16 do ISML'2011.

As campeãs do colar Diamante, até 2010.
- Fonte: site do ISML -

Com a vitória da Shana no colar Rubi, a mesma não poderá concorrer ao colar Diamante, independente da campanha que fizer ao longo das sete rodadas. O mesmo vale para as outras cinco personagens que já venceram os colares anteriores.

Entretanto, uma boa campanha no colar Diamante vale muito para todas as personagens, mesmo para aquelas que já estão classificadas para o top'16 ou que já venceram um dos seis colares disputados. Isto por causa da classificação geral, cujas colocações obtidas determinarão o chaveamento para a disputa da Fase Final.

Além disso, o embate mais esperado deste ISML ocorrerá durante o colar Diamante. Isso é uma clara menção para o duelo entre a Misaka Mikoto e a Tachibana Kanade que, além da invencibilidade, deverá determinar quem ficará com o primeiro lugar na classificação geral.

Soma-se a isso o fato de ver a situação desesperadora da Laura Bodewig, que busca não entrar para o grupo das últimas colocadas do ISML. Recorde-se de que, desde a primeira edição em 2008, a última colocada da Fase Regular nunca venceu um duelo sequer...

E você? Está preparado para votar?

[ made in NETOIN! ]

---------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site do International Saimoe League, clicando aqui.

sábado, 17 de setembro de 2011

Especial: o encontro dos blogueiros em São Paulo/SP!

Avenida Paulista, na noite de 10 de setembro.
O canto inferior direito revela o grupo em caminhada...

Tudo começou com uma conversa descontraída, meses atrás, por meio do Twitter. Várias pessoas trocavam ideias aqui e ali sobre como seria bom se o pessoal que gosta de animação e cultura japonesa pudesse se encontrar, algum dia em algum lugar, para trocar opiniões, divertir-se e se conhecerem.

Pois bem. O dia 10 de setembro de 2011 passa, oficialmente, à ficar gravado na memória de muita gente. Neste dia, blogueiros de três regiões do Brasil se encontraram na capital paulista para se conhecerem, trocar ideias sobre a animação japonesa, jogar conversa fora...

Esse foi o primeiro encontro de blogueiros que, até pouco tempo atrás, parecia apenas algo restrito à troca de mensagens no Twitter. Este humilde blogueiro se fez presente ao evento, aproveitando o período de férias do trabalho.

Amigo visitante, o que acha de saber um pouco sobre como se desenvolveu este grande encontro de fãs de animação e cultura japonesa?

O encontro de blogueiros e amigos...

Melonpan à vista...

Após uma viagem tranquila ( saindo de Curitiba ), este humilde blogueiro chegou à capital paulista por volta das seis e meia da manhã do dia 10/09. Um café da manhã rápido ( na verdade, uma salada de frutas ) e, com a chegada de um amigo, começou ( para este blogueiro ) as atividades, rumo ao bairro da Liberdade.

No local de concentração da colônia japonesa em São Paulo outros amigos foram surgindo. E nada melhor do que um café da manhã para fortalecer o espírito. No caso deste blogueiro, um melonpan ( delicioso por sinal ).

Uma caminhada rápida a uma estação de metrô para conhecer o resto do pessoal. E de lá para o restaurante. No caso, o Sukiya.

Denys, Diogo e o "aposentado" Leandro.

O pessoal reunido no Sukiya...

Obviamente, o pessoal presente na hora do almoço não foi o todo do evento em si. Até porque, teve quem compareceu apenas para o almoço, e teve quem se fez presente apenas nos eventos seguintes. Além, é claro, de quem se fez presente do início ao fim...

No geral, pessoas que nutrem o mesmo gosto comum pela cultura japonesa, mas cada uma com as suas próprias visões e modos de pensar sobre a mesma. Se para um o anime "x" é digno de aplausos, para outro esta mesma obra é ridícula e não merece atenção.

As conversas amistosas e as risadas foram uma constante. Mas tudo isso não passou de um breve ensaio para o que estava à surgir logo após...

Fábio "o Urso" e Leonardo "Kitsune" no palco...

Diogo e Denys no palco...

Era o momento do karaokê. Sim, esta foi uma das partes mais interessantes de todo o grande encontro de blogueiros. Foram três horas inteiras de temas de animes, tokusatsus e, pasmem, até de músicas sertanejas ( a leitura de e-mails do VQ #15 não deixa mentir ).

Este humilde blogueiro não subiu ao palco ( não foi o único ), mas a grande maioria das cerca de vinte pessoas presentes o fizeram, e com entusiasmo. Os amigos Diogo ( do "MBB Anime Kenkyuukai" ) e Fábio Sakuda ( do blog "XIL" e da Ação Magazine ) tiveram, de igual forma, uma grande performance.

Perto do final, o pessoal já estava pronto para a última parte ( subdividida em três ) do grande encontro de blogueiros. E, diga-se de passagem, o que não faltou nesta parte foram petiscos, refrigerantes, cervejas e risadas, muitas risadas...

Torre de refrigerantes?

Era a vez do otakubar. Se estiver imaginando que todos se esbaldaram em cervejas, a campainha de resposta errada estará soando para ti neste momento. Sucos e refrigerantes tomaram boa parte das festividades ( adiantando que este humilde blogueiro não suporta cervejas ).

Entre petiscos, bebidas e pizzas, houveram risadas. Aliás, muitas risadas. É simplesmente incrível notar o quanto que as pessoas podem fazer outras irem aos prantos de tanto rir e, de certa forma, sem notarem. Na verdade talvez notem...

Em si, o otakubar serviu para mostrar o quanto que as pessoas podem se divertir quando querem. É óbvio que exageros não são tolerados, e é sempre bom se esquivar dos mesmos...

Objetivamente

Almoço de domingo no Porque Sim, na Liberdade.
Da esquerda para a direita: Carlírio Neto, Diogo e Denys.

O grande encontro de blogueiros pode ser considerado um sucesso. É bem verdade que nem todos que indicavam que iriam comparecer não o fizeram, por diferentes razões. Mas, num todo, este humilde blogueiro muito se divertiu ( mesmo com o comportamento deveras quieto e tímido ).

Conhecer tantas pessoas divertidas foi espetacular. De igual forma, estar em um grupo que, à rigor, possui o gosto similar pela cultura japonesa foi algo fascinante. Grandes conversas foram feitas com pessoas como Fábio "o Urso" ( do "Video Quest" ), Sandra Monte ( do "Papo de Budega" ), um dos rapazes do "Troca Equivalente", Qwerty ( novo responsável pelo "Subete Animes" ), Diogo ( do "MBB Anime Kenkyuukai" ), Denys ( do "Gyabbo!" ), Dih ( do "Chuva de Nanquim" ) entre tantos outros, incluindo-se pessoas que não possuam um blog mas que gostam da cultura japonesa, tal como o Leonardo ( @leonardodna ).

Há especulações sobre uma próxima edição para 2012. Enquanto isso não ocorre, o que vale é que o grande encontro de blogueiros se realizou. Este humilde blogueiro aguarda com ansiedade por uma nova edição deste evento, esperando por mais pessoas e que todos possam se divertir novamente, além de trocar ideias sobre a animação e cultura japonesa.

Esse é o recado. Amigo visitante, até a próxima!

[ made in NETOIN! ]

----------------------------------------------------------------------------------------------

Blogs/sites representados no evento: NETOIN!, MBB Anime Kenkyuukai, Gyabbo!, Papo de Budega, Chuva de Nanquim, JWave, Mithril, Subete Animes, Mangás Undergrounds, Troca Equivalente, Video Quest, Henshin!.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons