A Editora JBC faz mudanças em sua linha de mangás... ~ Netoin!

quarta-feira, 13 de junho de 2012

A Editora JBC faz mudanças em sua linha de mangás...

Uma chamada da Editora JBC.

Saudações, amigo visitante. Na data de 12 de junho, a Editora JBC realizou uma coletiva para interessados e convidados na Fnac situada na Avenida Paulista, em São Paulo/SP. Este blogueiro recebeu o convite para comparecer ao citado evento ( sendo que agradece muito pelo mesmo ) mas, dadas circunstâncias atuais, a ida para a capital paulista não se fez viável neste momento.

Entretanto, representantes de alguns dos blogs parceiros desta casa estiveram lá presentes, onde há quem já opinou ( ou quem ainda irá opinar ) sobre a coletiva em si. Os blogs em questão são o Chuva de Nanquim, o Troca Equivalente e o Video Quest. Todos os presentes, além das pessoas responsáveis pelos citados blogs, puderam presenciar um momento onde a Editora JBC deixou à vista clara suas pretensões para daqui em diante.

Não que possa ser chamado de coincidência, mas um e-mail foi enviado pela Editora em questão sobre mudanças em suas linhas de mangás, paralelamente ao evento que se fazia realizar na capital paulista. À partir de tal texto, alguns questionamentos que se faziam existir acabaram sendo respondidos. Mais do que isso, a JBC deixou as suas intenções bem claras.

Você poderá ler a nota oficial da Editora JBC ao clicar aqui. Tenha certeza de que muitas são as questões que valerão uma troca saudável e sincera de opiniões, não apenas entre os fãs brasileiros de mangás, como também entre quem queira ter um ponto de vista mais apurado sobre o tema.

Bakuman e a nova edição de Card Captor Sakura.

Analisando por partes, a explicação dada pela Editora sobre o aumento no valor dos mangás por ela publicados já era bem certeira há semanas atrás. Se analisar de forma criteriosa, o fato de ter ficado desde o ano de 2006 sem nenhum tipo de reajuste no preço de capa não deveria, teoricamente, servir de motivo para as pedradas que a JBC recebeu em razão de tal acréscimo. Contudo, fãs e consumidores não se sentiram satisfeitos com o reajuste, em razão da forma com a qual a Editora JBC estava à publicar as obras japonesas.

Valendo-se da nota oficial, a própria Editora deixou bem visível a sua intenção de trabalhar de uma maneira diferente com os mangás. Para um melhor entendimento, o aumento que se fez surgir agora ( anunciado com antecedência em abril ) é devido também à mudança no papel que será usado nas impressões de certos títulos. Obras como Bakuman, Saint Seiya e Evangelion estarão inclusas no novo pacote de reajuste, onde o valor de capa será de onze Reais e noventa centavos ( R$11,90 ) já à partir do presente mês.

Trabalhar com valores diferenciados e impressões diferenciadas, de acordo com a chamada estrutura de cada título, será a nova meta que a JBC irá seguir. Para melhor exemplificar a ideia, o mangá "X" poderá custar menos que o mangá "Y", em razão do primeiro não dispor de páginas coloridas ou de alguma outra característica que cause algum impacto. Em resumo: uma verdadeira mudança na grade de preços será aderida pela Editora JBC.

Entretanto, algumas novidades se fizeram presentes durante a coletiva na Fnac. Na verdade, uma nova publicação e detalhes acerca da nova investida com Card Captor Sakura ficaram em evidência. Para tanto, este blogueiro indica a leitura do blog parceiro Chuva de Nanquim, que fez uma cobertura especial da coletiva promovida pela JBC.

O tempo é de mudanças. Amigo visitante, o que esperas das mesmas?

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site da Editora JBC ao clicar aqui.

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Humm...

    Vejamos, primeiro o Del Greco puxa o carro do posto. Agora essa coletiva pra mostrar o Cassius Maedar, ex-Conrad Editora.
    E o preço dos mangás e o uso de papel e blabla...
    Bom, eu posso estar equivocado, mas isso de um tipo de papel pra o título x e papel diferente pro título y já está sendo feito, não?
    Acerca dos preços, saudades da época quando os mangás JBC custavam 2,90. Bem no comecinho. Eu não entendo como os mangás podem chegar ao pico de 11,90.
    Nada mudou do ínicio dos mangás JBC até hoje, como o preço sobe tanto?
    Penso eu que pode ser o caso não-dito, mas comentado por alguns do meio editorial sobre a suposta Máfia das Gráficas.
    Mas isso eu não tenho como ter certeza e pelo visto, a JBC não quer tocar nesse vespeiro.
    Por sinal, li o post lá no Chuva de Nanquim, quer dizer que agora vão trazer RG Veda do Clamp? Se passar batido não digo nada!
    E sinceramente, edição especial de Sakura Card Captor?
    Meu...Elefantes brancos andam tomando outras formas!
    E nada de material nacional por essa editora?
    Que pena! Continuar dando dinheiro pro Lancaster e pra meia dúzia que ainda tentam fazer gibi nacional então!
    É isso!

    ResponderExcluir
  2. Saudações

    Consigo entender seu ponto de vista, The Fool. Entretanto, a minha opinião é um pouco diferenciada da sua em alguns pontos.

    No que diz respeito aos preços, a JBC aparenta ter formado terreno de alguns meses para cá sendo que, agora, assumiu tal ideal oficialmente. Dizer se isso dará certo ou não é outra história, então se faz preferir não arriscar um palpite.

    No segundo plano, seria sumariamente impossível manter os preços das publicações de onze anos para cá ( ou não? ). Também considero alto o pico de [R11,90] à ser praticado mas, ao mesmo tempo, analisar alguns [custos operacionais] é preciso, desde material até chegar aos licenciamentos. Tudo deve gerar custos. Pensar nos dois lados da moeda ( empresa e consumidor ) considero muito complicado ( me enquadro em tal perspectiva )mas é essencial.

    Quanto ao material nacional: [http://www.editorajbc.com.br/2012/06/01/a-calorosa-aventura/]. Ela se encaixa em tal aparato de [trabalho nacional], bem aplicado. Contudo, também acho que seria deveras interessante a Editora em questão passar à publicar algumas obras [estilo mangás] feitas por brasileiros, genuinamente.

    Quanto às citações, estou no aguardo de novidades.

    Sabe The Fool, eu prefiro não colocar a "mão no fogo", nem por nada nem por ninguém, enfaticamente. Contudo, prefiro ver como as coisas se seguirão.

    Grato por seu comentário.


    Até mais!

    ResponderExcluir
  3. Depende Carlírio, a JBC quando começou na brincadeira era uma editora mantida por japoneses que fazia publicações para japoneses e descendentes.
    Daí veio o "boom" do anime na TV, veio a Conrad por causa do sucesso da revista Herói, e a JBC topou a brincadeira.
    Virou isso aí.
    Ok, eles investem alguma coisa em literatura, mas a cereja do bolo deles não é isso.
    Fora que...Ah, deixa pra lá. Se eu for parar pra falar mal da JBC não paro mais! >_>
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. pra mim o preço está bom comprei hikaru n o go hoje e a gualidade é muito melhor do que era antes

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons