01/02/12 - 01/03/12 ~ NETOIN!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

É hora do duelo: Yu-Gi-Oh!

Yu-Gi-Oh!

Saudações, amigo visitante. O NETOIN! lhe agradece por mais esta visita, convidando-o para ler a octogésima quarta review de anime da história deste blog. Por mais que este espaço na internet seja conhecido pelos textos sobre animes de drama, às vezes variações são benéficas e bem-vindas.

O título da vez será uma obra extremamente conhecida dentre os fãs brasileiros de animação japonesa. Ela é aclamada por alguns e rotulada por outros como um tipo de "anime caça-níquel". E tal título consegue colocar elementos suaves e pesados em sua história, ao mesmo tempo e sem pestanejar.

Toda esta pequena apresentação diz respeito a um anime que apareceu no início dos anos 2000 e que, de tempos em tempos, é reprisado na televisão. Muitos produtos foram vendidos graças á exibição desta animação que contou, inclusive, com o seu mangá sendo publicado em terras brasileiras.

Trata-se de Yu-Gi-Oh!, o anime que muito fala de amizade e do "coração das cartas" mas que, ao mesmo tempo, faz ligações com temas sombrios e pesados. Este blogueiro espera que a review seja de seu agrado, amigo visitante. Boa leitura.

Conhecimentos iniciais...

Muto Yugi, o protagonista da série.

Yu-Gi-Oh! é um anime que pode ser interpretado das mais diferentes formas. A sua primeira temporada, que é o tema central desta review, foi exibida no Japão entre os anos de 2000 e de 2004, contando com 224 episódios ao todo. Alavancando uma verdadeira febre entre os fãs de um bom jogo de cartas ao melhor estilo Trading Card Game, esta animação foi proveniente do mangá homônimo ( que foi publicado no Brasil, como frisado anteriormente ).

Entender a história que rege o universo de Yu-Gi-Oh! não é uma tarefa das mais difíceis, mas exige certa atenção. Segundo a mesma, conta-se que há cinco mil anos um grande faraó protegeu e salvou o seu povo da destruição. Nesta época, todas as batalhas entre os grandes sacerdotes eram regidas por intermédio de criaturas poderosas, que desencadearam um conflito sem precedentes. Então um grande faraó aprisionou este poder em objetos conhecidos como as Relíquias do Milênio, que se espalharam pelo território egípcio. Desnecessário dizer que, com o tempo, a cobiça atraiu várias pessoas acerca de tais objetos, com a premissa do poder absoluto e incontestável.

Nos dias mais atuais um jovem garoto foi presenteado pelo seu avô, Muto Solomon, com um item estranho e aparentemente raro. Era uma urna que lembrava a cultura egípcia e, dentro dela, havia um quebra-cabeças para montar. Este jovem, chamado Muto Yugi, montou o item dentro de algum tempo sem nunca imaginar o poder que estava para libertar. Até porque, o presente que recebera de seu avô era uma das Relíquias do Milênio.

Mazaki Anzu ( Téa Gardner ), uma grande amiga do Yugi.

À partir do dia em que montou o quebra-cabeças, a vida de Yugi não foi mais a mesma. Isto porque um ser passou a dividir o seu corpo. Este ser era um antigo faraó egípcio, chamado Yami Yugi. O jovem garoto, que cultivava uma grande paixão por um jogo de cartas chamado Monstros de Duelo, passou à contar com a sua "contraparte" em grandes momentos no decorrer do anime.

Vale lembrar que Yugi era um rapaz com poucos amigos, dado o seu comportamento cautelar e timidez. Uma jovem de nome Téa Gardner foi uma das primeiras pessoas que o jovem conheceu, além de outros dois rapazes que eram bem diferentes antes de conhecer o Yugi. Estes eram Joey Wheeler e Tristan Taylor, antigos encrenqueiros que se tornaram amigos de Yugi após um interessante evento escolar. Juntos, os quatro jovens passaram à formar um sólido vínculo de amizade e de confiança, onde um sempre esteva pronto para ajudar o outro em qualquer situação.

Com isto, Yu-Gi-Oh! estava disposto à provar que não queria se mostrar como um anime que serviria apenas para propagar uma marca e alavancar a venda de itens referentes à mesma, mas sim apresentar-se com um algo mais. Apesar da aparente ambientação pacífica, Yu-Gi-Oh! escondia muitos mistérios e eventos mais fortes e profundos em suas essências, os quais serão comentados mais adiante.

Sagas e algo mais...

Solomon com sua alma aprisionada: o início da primeira saga...

Como já pôde ser visto, Yu-Gi-Oh! possuía uma premissa inicial básica. Mas com o passar dos episódios, o que se fez notar uma caminhada diferente para o enredo do mesmo, onde todos os acontecimentos passaram à conciliar as lições de amizade e valores pessoais com menções constantes à realidades paralelas e até para outros indicativos, sugestivos à temas abrangendo as almas e as trevas.

A apresentação de um obstinado e relutante rapaz, de nome Kaiba Seto, conseguiu dar um toque mais sério e essencial à série que estava, até então, presa à amizade dos quatro jovens já citados. O personagem conseguiu dar o "calor" que o anime estava precisando, regado à tons arrogantes porém criteriosos. E na sequência veio a primeira saga do anime que, em seu final, marcou a real inclusão dos temas mais profundos ao anime. Esta era a saga do Reino dos Duelistas.

Em tal saga, o Yugi buscava recuperar a alma de seu avô, que foi aprisionada graças ao poder de uma das Relíquias do Milênio, que era ostentada pelo então criador do Monstros de Duelo, o conhecido Maximillion Pegasus. Com os seus anseios pessoais que ligavam de forma chamativa os conceitos de "certo" e de "errado", Pegasus pretendia possuir a Relíquia do Milênio que estava de posse do Yugi. Além disto, o jovem Joey buscava vencer a competição do Pegasus para poder pagar a operação de sua irmã, Serenity Wheeler.

Yugi e Joey, em um dos duelos da saga de Pegasus.

Bakura Ryo acabou conhecendo Yugi e seus amigos ao acaso. Entretanto, durante a saga de Pegasus, ele se mostrou como possuidor de uma das mais terríveis Relíquias do Milênio, o que convertia o jovem em uma personalidade demoníaca conhecida como Yami Bakura. Pouco à pouco, Yu-Gi-Oh! passou a demonstrar que seguiria um caminho mais sério e cheio de citações não apenas ligeiramente ligadas à antiga civilização egípcia ( que era uma constante no anime ), como também à provas cada vez mais fortes sobre até aonde poderia ir a amizade que envolvia os jovens já conhecidos.

Conhecidos como fillers, os eventos de ligação entre as sagas se fazem presentes em Yu-Gi-Oh! onde, mesmo neles, algo mais sério cisma em acontecer. Entre a saga do Reino dos Duelistas e a da Batalha da Cidade, novos personagens foram apresentados ( como os inicialmente irritantes Rebecca Hopkins e Duke Devlin ).

Em si, a saga da Batalha da Cidade conseguiu ser longa o bastante, mostrando uma faceta cada vez mais profunda do aclamado jogo Monstros de Duelo. Se o jovem Kaiba era obstinado na organização de tal evento para provar ser melhor que o Yugi, havia alguém que ali estava para querer dominar o mundo, sendo este um antigo guardião egípcio de nome Ishtar Marik que, por sinal, era também dono de uma das Relíquias do Milênio. Nesta saga o conceito do Domínio das Trevas ganhou força, onde aqueles que duelavam e eram derrotados em tais domínios, tinham as suas almas capturadas.

Kaiba Gozaburo, o pai adotivo dos irmãos Seto e Mokuba.

A inserção das três mais poderosas cartas de Monstros de Duelo também marcou a saga da Batalha da Cidade: tratavam-se dos três Deuses Egípcios. Sequencialmente, uma saga ainda mais sombria tomou conta do universo de Yu-Gi-Oh!, onde um homem de nome Dartz recrutava várias pessoas ( entre eles a Mai Valentine, grande conhecida à partir da saga do Reino dos Duelistas ) para lutar sob o seu propósito, utilizando de pequenas distorções nos sonhos de seus "seguidores" para atingir o seu objetivo que era, para variar, a dominação do mundo. O Lacre de Orichalcos era a simbologia mais do que perfeita para tal ideal e demonstração de cobiça.

O anime foi marcado por outros eventos na sequência do último citado. No geral, tudo passou à fixar-se no porque da alma do antigo faraó egípcio estar aprisionada no mundo atual. Não se sabia se era alguma anomalia temporal, ou se apenas era a alma do Yami Yugi que estava à habitar a Relíquia do Milênio do jovem Yugi. Por sinal, o nome deste antigo faraó era Atem.

Um grande ponto positivo deve ser enaltecido. Durante todo o anime, Yu-Gi-Oh! mostrou as razões para cada personagem ali estar e, não se limitando à isto, explicou o porque das ações de cada um dos integrantes de tal obra. Não muito pela história ser complexa ( até porque, como se faz notar, complexidade não se encaixa no contexto deste anime ), mas sim pela facilidade atribuída pela mesma para que cada personagem pudesse se mostrar verdadeiramente.

Características marcantes

Pegasus versus Yugi.

Yu-Gi-Oh! pode ser considerado, sem exageros, como o anime que teve uma das melhores dublagens já feitas no Brasil. No que diz respeito ao material visual em si, deve-se ter em mente que a versão exibida em solo brasileiro foi proveniente dos Estados Unidos ( 4Kids ). E muitas diferenças se fazem notar com tal dado de importância.

Desde o tema de abertura até as insert songs, Yu-Gi-Oh! teve muitas mudanças em comparação com o original japonês. Muitas frases dos personagens e cenas do anime sofreram cortes e/ou foram alteradas para se ajustar ao padrão norte-americano. Para se ter uma ideia, o que era mencionado como Domínio das Trevas na versão que veio ao Brasil era definido, diretamente, como a morte do duelista no original japonês.

Os próprios nomes dos personagens sofreram alterações, para que ficassem mais familiarizados com a cultura ocidental. No início desta review você pôde conferir o nome original da Téa. Fique à par, por exemplo, que os nomes originais do Joey e do Tristan são na verdade Katsuya Jonouchi e Honda Hiroto, respectivamente. Há quem julgue isto apenas como um fator de adaptação aceitável, ao mesmo passo em que existem pessoas que não toleram tal tipo de modificação na obra.

Parte da turma reunida.

Um outro ponto que merece ser comentado sobre o anime diz respeito aos seus personagens. Por muitas vezes o tema da amizade é trabalhado de uma forma que, em realidade, pode facilmente deixar algumas pessoas enjoadas e ( de alguma forma ) até irritadas com o anime. Mesmo com a inclusão de personagens do calibre de Kaiba Seto e Yami Bakura, com seus comportamentos e personalidades fortes, os fatores amizade e moralidade são densamente citados.

Por outro lado, Yu-Gi-Oh! faz questão de mostrar para todos eventos que podem deixar alguns com certo medo e/ou receio da obra. Falar abertamente de temas como as trevas, mesmo que com diversas conotações, pode afastar prováveis espectadores da série e leitores do mangá. Cabe aqui apenas deixar claro que Yu-Gi-Oh! não é, por tal razão, um anime que possa ser considerado infantil.

Por fim vale mencionar que, principalmente no início do anime, as regras para a execução de uma partida em Monstros de Duelo não devem ser levadas em consideração para serem usadas na vida real. É bem verdade que, mais para frente, o anime exibe algumas regras e definições mais reais ( como o sacrifício de monstros fracos para a evocação de outros mais poderosos ) mas, ainda assim, é algo que deve ficar sumariamente restrito ao anime e ao mangá da obra.

Objetivamente

O Mago Negro ( Dark Magician ) e a Maga Negra ( Dark Magician Girl )
formam uma ótima dupla.


Com o todo que foi aqui mostrado, Yu-Gi-Oh! pode ser considerado um anime que procura entreter de forma convincente e chamar a atenção para o jogo em exibição, ao mesmo tempo. Em outras palavras, o anime diverte e vende ( indiretamente ) produtos relacionados. Ao contrário de algumas obras que possuem o propósito comercial fixo, as aventuras de Yugi e sua turma conseguiram uma diferenciação delas neste aspecto.

Sendo o anime então produzido pelo Estúdio Gallop ( em companhia do Nihon Ad Systems ) pode-se dizer que a apresentação visual de Yu-Gi-Oh! é competente e eficaz o bastante. Os efeitos nos duelos são interessantes e podem prender a atenção com facilidade, especialmente entre os mais jovens espectadores. Na parte acústica o anime não consegue se destacar, por mais que seus efeitos sonoros sejam normais.

Por tudo que foi aqui mostrado, Yu-Gi-Oh! é facilmente um anime recomendável. Tendo a oportunidade, assista-o sem grandes hesitações. Sim, pois agora é a hora do duelo!

[ made in NETOIN! ]

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Curtas em geral - parte #124: lançado o teaser do segundo filme de Nanoha...

A chamada para o novo filme de Nanoha.

Esta edição do Curtas em geral estará totalmente centralizada em um anime. Não para menos, após dois anos, a continuação de Mahou Shoujo Lyrical Nanoha ganhará o seu filme. Irá tratar-se, desta vez, da série A's.

O primeiro filme, lançado em 2010, baseou-se totalmente na primeira temporada do anime em questão. Se existia quem imaginava que o resultado final poderia não ser satisfatório, logo o citado receio pôde ser convertido em satisfação, pois o filme primou não apenas pela melhora na animação ( em comparação com a série original ), como também soube manter o foco nos principais eventos de Mahou Shoujo Lyrical Nanoha, condensando a primeira temporada com um grande nível de qualidade.

Uma visita ao portal de streaming Crunchyroll deixou o fato com sua evidência ainda mais clara. O filme, que será lançado no mês de julho, teve o seu teaser ( vídeo curto de divulgação ) liberado pelo site oficial da série. O pouco que se pode notar no curto tempo de amostra é o suficiente para deduzir algumas coisas sobre o novo filme.

A pequena Nanoha, uma vez mais, no campo de batalha.

O nome oficial do filme é Mahou Shoujo Lyrical Nanoha: The Movie 2nd A's. Como já se fez citar neste texto, todo o escopo estará voltado para os eventos pertinentes à fase A's do anime, que trouxe aos fãs de Nanoha e companhia batalhas ainda mais intensas e a apresentação de novos personagens que, num todo, mantiveram um ótimo equilíbrio para o anime em si nos quesitos ação e drama.

Recordar-se de Mahou Shoujo Lyrical Nanoha A's é um convite a um dos mahou shoujos de maior prestígio da última década. A história deste anime, que iniciou-se à partir dos últimos eventos registrados em sua série predecessora, mostrou uma Nanoha que começou a amadurecer ainda mais rapidamente, contando com a Fate que passara a deixar fluir os seus sentimentos de uma maneira mais convidativa.

Entretanto, a aparente calmaria deu lugar à duras batalhas. A aparição de um grupo de guerreiras, que juntas formavam um tipo de ordem conhecida por Cavaleiros Velka, deu ares muito interessantes para a série A's. Tratavam-se de seres possuidores de um poder muito maior do que se podia imaginar, fazendo com que a Nanoha, a Fate e os integrantes da Administração do Tempo e Espaço passassem à se fortalecer mais, mesmo com o todo que estava em risco.

Signum e Fate: responsáveis por grandes duelos presentes na série A's.

Tudo em razão dos Cavaleiros Velka estarem protegendo uma jovem, sendo que ela detinha ( mesmo que sem saber direito ) o poder do enigmático Livro das Trevas. Este item representava um grande perigo para todos no universo ( e para a sua possuidora ). Com isso, a Terra passou à se tornar um campo de batalha em prol de algo que, de maneira chamativa, tinha uma íntima ligação com a razão por detrás das lutas da série predecessora à A's.

Com o lançamento do teaser e a confirmação da data de exibição nos cinemas japoneses, que será o dia 14 de julho, Mahou Shoujo Lyrical Nanoha: The Movie 2nd A's tem todos os ingredientes em suas mãos para mostrar um resultado final tão satisfatório ( se não ainda maior ) do que os apresentados pelo filme lançado em 2010.

Este blogueiro tem uma grande expectativa para este filme. Nanoha é uma das séries de mahou shoujo que não negam a sua essência e que vão além, justamente por procurarem mostrar um algo à mais no claro intuito de apresentar mais fatores de interesse. Resta apenas aguardar para ter as primeiras impressões, que tendem à aparecer nos blogs e sites japoneses com a opinião de quem tiver visto a animação nas grandes telas dos cinemas.

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site oficial de Mahou Shoujo Lyrical Nanoha: The Movie 2nd A's, clicando aqui.

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

Kurokyo, um novo blog parceiro...

Imagem do blog Kurokyo ( divulgação ).

Saudações, amigo visitante. O NETOIN! tem o prazer de trazer para você mais uma parceria formalizada. Pode até parecer um tipo de post rotineiro, mas é um dos mais prazerosos que este humilde blogueiro gosta de fazer.

Dando início aos trabalhos, o blog à ser apresentado é também direcionado a animação e a cultura japonesa. Trata-se de um espaço na internet recém criado, mais precisamente, neste mês de fevereiro. Mas isso não significa que tal blog já não tenha demonstrado qualidade, pois os textos que já estão presentes nele falam por si só, esbanjando categoria.

Com base no que foi descrito, se faz apresentar para você o blog Kurokyo. Ele é administrado por uma jovem de nome Luana ( que assina as postagens do mesmo com o pseudônimo de "Kuroi" ). E quando se fez citar a palavra qualidade, esta realmente cai bem para este novo blog parceiro.

Com base na premissa do prosseguimento de um trabalho, a Luana tem desenvolvido ótimos posts no Kurokyo. Todos eles traduzem as opiniões mais sérias possíveis da jovem blogueira, que dizem respeito tanto aos animes quanto aos doramas. Um bom exemplo disto está no seu texto onde ela explica o que é uma personagem tsundere.

Como se pôde notar em tal citação, a administradora do novo blog parceiro faz uso de uma linguagem bem simples e direta, que poderá cativar facilmente quem visitar o seu espaço na internet.

Sendo assim, o blog Kurokyo faz por merecer a sua visita.

[ made in NETOIN! ]

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

ISML'2012: e temos as primeiras qualificadas à Fase Regular...

ISML'2012.

E o International Saimoe League, em sua presente edição, tem finalizada a primeira parte da Fase Preliminar. Recorde-se que, com a divisão estabelecida para o evento deste ano, a gama de possibilidades aumentou consideravelmente. Contudo, há um ponto que merece forte e impactante comentário.

Tenha ideia de que, no momento, a ideia da divisão estabelecida não significou muita coisa em termos de diversidade de personagens. Como já se faz saber o gosto dos votantes no ISML, previa-se algo muito próximo do que acabou sendo concretizado, mas nada que visse à ficar similar ao resultado final obtido.

Vale ressaltar que foram qualificadas doze personagens para cada divisão ( Nova e Stella ), o que totaliza vinte e quatro contestantes que avançaram diretamente à Fase Regular do ISML'2012. E entre tantos nomes, há apenas duas personagens novas dentro da competição. As outras qualificadas são bem conhecidas no universo do ISML estando, entre elas, prováveis candidatas à ficar com a Tiara deste ano ( clique aqui e leia a nota no blog oficial do ISML ).

Mas não há motivos para grandes alardes, pois ainda haverão mais duas partes da Fase Preliminar que darão mais vinte e quatro vagas para cada divisão à Fase Regular, totalizando mais quarenta e oito nomes. Desta forma, o acompanhamento continuará intenso e cada voto para a sua personagem preferida será determinante sobre o futuro da mesma dentro do ISML'2012.

As primeiras vinte e quatro qualificadas às Regulares.
- Fonte: site do ISML -

A divisão Nova era a que mais tinha chances de mostrar nomes novos avançando à Fase Regular, logo no início da contenda. Das doze primeiras qualificadas, apenas duas são realmente novatas na competição. Ambas são provenientes do anime Boku wa Tomodachi ga Sukunai, sendo elas a Hasegawa Kobato e a Kashiwazaki Sena. Elas conseguiram avançar por antecipação às Regulares, no mesmo barco em que estão personagens como a Tachibana Kanade, a Homura Akemi e a Gokou Ruri.

Pode-se dizer que, ao analisar os doze nomes qualificados às Regulares, o da Homura Akemi certamente chama mais a atenção. Ela poderá fazer frente aos nomes mais fortes da divisão Nova que já avançaram no ISML'2012. De igual forma, a Victorique de Blois e a Yui conseguiram qualificar-se no momento certo. Notar a presença da Kousaka Kirino e da Kuroi Mato pode fazer você pensar sobre o quão diferente é o pensamento do fã de animes no lado ocidental do globo terrestre.

Pelos lados da divisão Stella não há nenhuma grande novidade aparente. De certa forma, os doze nomes qualificados por antecipação à Fase Regular já eram esperados. Muito provavelmente as novidades desta divisão aparecerão na sequência da Fase Preliminar mas, de momento, fica o registro das personagens que descansarão por um bom tempo antes de voltarem ao campo de batalha.

As atuais campeã e vice-campeã do ISML fizeram valer as suas forças e estarão nas Regulares ( Mikoto Misaka e Shana, respectivamente ). A dupla de Fate/Stay Night também estará presente ( Saber e Tousaka Rin ), o mesmo valendo para as representantes de Bakemonogatari ( Senjougahara Hitagi e Sengoku Nadeko ). A Nagato Yuki, que fez grande papel no ISML'2011, passou ao lado da Suzumiya Haruhi para a Fase Regular. Isso para não falar da Nakano Azusa, da Akiyama Mio, da Aisaka Taiga e da Hinagiku Katsura.

Não se desespere, Ika Musume...

Como já foi frisado anteriormente, ainda haverão mais duas partes da Fase Preliminar. A segunda delas terá início no dia 11 de março e, até tal data, ocorrerão duas rodadas chamadas de Seeding Round. O intuito delas é ajustar as personagens, tanto as já qualificadas para a Fase Regular quanto as que participarão da Fase Preliminar II, em futuras rodadas e chaveamentos.

Desta forma, a Seeding Round não terá peso algum no que diz respeito à qualificação ou não de novas personagens. O voto contabilizado servirá apenas para os novos agrupamentos no prosseguimento deste ISML. Para as contestantes que avançaram à Fase Regular por antecipação, a Seeding Round tem o intuito de ajustar as primeiras rodadas da etapa que terá início apenas em 6 de maio de 2012.

Para este humilde blogueiro, renovam-se as esperanças para que certas personagens avancem à Fase Regular por intermédio das próximas etapas da Fase Preliminar. Este é o caso da Kaga Rin ( Usagi Drop ), da Testarossa Fate ( Mahou Shoujo Lyrical Nanoha ), da Ika Musume ( Shinryaku? Ika Musume! ), da Taneshima Poplar ( Working!! ), da Ichinose Kotomi ( Clannad ), da Yune ( Ikoku Meiro no Croisée ), da Nano ( Nichijou ) e da Naruko Anjou ( Ano Hana ).

O ISML'2012 terá o seu pronto prosseguimento. A questão de momento é: quais serão as novas qualificadas à Fase Regular?

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site do International Saimoe League, clicando aqui.
Postagens de apoio: as novas regras do ISML ( aqui ) e o início da Fase Preliminar ( aqui ).

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Conhecendo o blog Kanzenban...

Imagem do blog Kanzenban ( divulgação ).

Apresentar blogs parceiros continua fazendo parte dos posts mais tradicionais, dentre os que se fazem presentes aqui no NETOIN!. Na atual oportunidade lhe será apresentado um blog bem novo, que já tem mostrado trabalho, amigo visitante.

Trata-se de mais um blog que se trata de animação e cultura japonesa. Como já foi anteriormente mencionado é um novo espaço na internet que, muito embora tenha surgido com ares humildes, evidencia-se que há uma projeção maior para o mesmo.

O nome do novo blog parceiro é Kazenban. O seu proprietário atende pelo pseudônimo de "Plant". Mas não pense que se trata de um blogueiro que possa ser enquadrado como novato, pois ele possui diversos blogs sob a sua administração, entre os quais destaca-se o blog A jornada de Jack.

Entretanto, o Kanzenban não é a primeira investida do "Plant" na área da cultura japonesa. Isto porque ele já possuía um outro espaço na internet de nome OtaKrazy Blog. Por razões que podem ser compreendidas no primeiro post do Kazenban, foi aberto o novo blog.

Tenha em mente que a linguagem utilizada no novo blog parceiro é bem simples e direta. São poucos os posts, mas já se faz perceber até aonde o jovem "Plant" deseja chegar com o seu blog.

O que esperas? Acesse o Kazenban você também!

[ made in NETOIN! ]

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Ação Magazine? Podcast com avaliação e muito mais!

A chamada do blog parceiro CAST! Mangá ( divulgação ).

Saudações, amigo visitante. Uma chamada muito especial se fará neste momento pois, uma vez mais, este humilde blogueiro foi convidado para participar de uma edição do podcast pertencente ao blog parceiro CAST! Mangá.

O tema deste podcast remete a publicação nacional Ação Magazine. Em agosto de 2011 o citado blog parceiro fez um podcast sobre a primeira edição da revista em questão ( clique aqui para acessá-la ) sendo que os participantes convidados pelo jovem "Kiri", na ocasião, foram o Diógenes do blog Chuva de Nanquim e este humilde blogueiro do NETOIN!.

Neste novo podcast, que tem como tema a segunda edição da Ação Magazine, as mesmas pessoas que participaram da edição antecessora uniram as suas forças, uma vez mais. E tenha plena ciência, amigo visitante, de que se trata de um ótimo podcast.

Antes de mais nada, tenha em mente de que o podcast está recheado de opiniões sinceras e diretas sobre a publicação em pauta. Aos fãs de determinado mangá muito conhecido, fica válido o aviso de que certas palavras não devem ser levadas à sério.

O tigre não!

Um detalhe das páginas da Ação Magazine ( divulgação ).

A primeira observação que merece destaque está na divisão estabelecida, nos quase cinquenta e nove minutos de duração deste CAST! Mangá. Tudo inicia com as opiniões mais detalhadas e sinceras sobre cada uma das histórias presentes na segunda edição da Ação Magazine, que são: Rapsódia, Expresso, Madenka, Jairo e Tunado.

É um grande engano imaginar que tal parte do podcast tenha sido muito certinha e centrada. Na verdade não apenas a sinceridade nas palavras reinaram, como também uma grata e bem-vinda descontração.

Na sequência do podcast vem a avaliação da publicação como um todo. Aqui fez-se valer o senso crítico dos participantes do podcast, pois muito foi falado sobre as diferentes características da obra, indo desde a capa até as seções internas presentes na Ação Magazine.

Também houveram questionamentos sobre o futuro da publicação nacional em pauta. Entre razões para alguns acontecimentos e a situação atual da obra em si, este CAST! Mangá destacou-se pela diversidade de ideias apresentadas.

Entretanto, você deve estar se perguntando sobre o slogan do podcast ( o tigre não! ). A resposta está no podcast e caberá à você descobrir do que vem à se tratar. Pode acreditar que a razão para tanto é plausível de entendimento e reconhecimento pela causa, na qual este humilde blogueiro e os nobres amigos participantes do podcast gostariam que a figura do tigre voltasse nas próximas edições da Ação Magazine.

Objetivamente

A segunda edição da Ação Magazine, tendo a capa como foco ( divulgação ).

Aparentemente, a segunda edição da Ação Magazine está bem interessante. Apesar de alguns percalços que foram citados durante o podcast, a publicação conseguiu surpreender pela identidade apresentada em algumas histórias e pelo início mostrado nas histórias Rapsódia e Expresso.

A chance de você gostar de Rapsódia poderá ser proporcionalmente igual à sua paixão ou não por jogos de RPG. Este blogueiro simplesmente adorou a história e sentiu-se muito cativado pela mesma. No que diz respeito ao fator gostar, vale mencionar que Expresso possui uma ambientação interessante o bastante que poderá prender a sua atenção.

Por sua vez, Madenka segue da mesma forma apresentada na primeira edição da Ação Magazine, o que é muito bom. A história de Jairo conseguiu sintetizar alguns sentimentos humanos, em especial a raiva ( por uma razão muito óbvia ), mantendo a excelente qualidade na narrativa e no fator imersão à história. E Tunado pode agradar quem curte um enredo regado à carros e corridas, por mais que não tenha sido da preferência deste blogueiro.

Entretanto, existe uma preocupação sobre as próximas edições da Ação Magazine. Os últimos acontecimentos fizeram aparecer tal dúvida, que acabaram lançando um desafio para a mesma. Não é o fim ( na visão deste blogueiro ), mas certamente é um ponto de grande atenção.

No geral, fica o convite deste blogueiro. Escute o podcast, que está realmente muito bom. Sendo de sua vontade compre a Ação Magazine, leia-a e tenha as suas próprias conclusões.

Para escutar ou fazer o download do CAST! Mangá #15,
sobre a Ação Magazine #2, basta clicar aqui.

[ made in NETOIN! ]

----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site oficial da Ação Magazine, clicando aqui.

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Análises em Geral - parte #49: um pouco de Solanin para todos...

As capas da edição brasileira de Solanin ( divulgação ).

Amigo visitante, seja bem-vindo ao NETOIN!. Que esta estadia seja muito proveitosa para você pois, à partir deste momento, você está sendo convidado a acompanhar mais uma análise de mangá publicado no Brasil.

Quando se faz citar mangás no Brasil, deve vir à cabeça alguma obra sendo publicada pelas editoras mais tradicionais. Até esse ponto não há qualquer exagero nesta linha de raciocínio, pois a mesma possui respaldo.

Entretanto, a obra que será aqui comentada apareceu em terras brasileiras por intermédio de uma editora que, muito embora seja conhecida por outros tipos de publicações, resolveu aparecer com as suas primeiras investidas na linha de mangás. O resultado final, na opinião deste blogueiro, aparecerá neste texto.

E o mangá em questão chama-se Solanin. Uma obra que pode prender facilmente a atenção e cativar como poucas histórias conseguem. Contudo, não é uma leitura que possa agradar à todos, mesmo com a sua grande qualidade.

Quer saber um pouco mais sobre esta obra? Então o texto que irá se seguir poderá ser útil. Este blogueiro recorda à você que a postagem é opinativa e que, em nenhum momento, deve ser interpretada como um tipo de verdade absoluta. Portanto, caso queira comentar ao final do texto, sinta-se à vontade para fazê-lo.

Tenha uma boa leitura.

A história de Solanin e sua publicação nacional...

Os mangás de lado, destacando-se suas lombadas ( divulgação ).

Escrita por Inio Asano, Solanin é uma obra muito conhecida em diversos locais do mundo. Sua publicação original ( ou seja, no Japão ) é datada de 2005 e 2006, contendo dois volumes ao todo. A obra apareceu em outros Países, tais como a França e os Estados Unidos. Em 2011, Solanin veio ao Brasil por intermédio da Editora L&PM, muito conhecida por suas publicações estilo pocket ( de bolso ) e sempre primando pela qualidade ( tanto física quanto na leitura em si ) das mesmas.

A história de Solanin é um convite para a realidade, passada de uma forma expressiva e muito natural. Nela se faz apresentar uma jovem de nome Inoue Meiko, que trabalha como assistente em um escritório. Em si, a Meiko não é uma garota forrada de bom comportamento e palavras dóceis, pois ela passa por grandes provações em sua vida.

Aliás, não é apenas a Meiko que possui tais problemas. Seu namorado de nome Taneda Naruo ( com o qual divide o mesmo teto ) também passa por grandes questionamentos em sua mente. Este casal, que vive em Tóquio oriundos do interior japonês, procura respostas para muitas questões desde o início do mangá.

Como se pode imaginar, Meiko e Naruo possuem diferentes linhas de pensamento. Para tanto, basta mencionar o quanto que a moça se mostra responsável ( ao seu modo, ressalta-se ) e a forma que o rapaz tem de ver as coisas ao seu redor ( onde a vida tem de ser uma aventura, com certos riscos ).

Entretanto, Solanin não fica propriamente preso ao dia a dia do já conhecido casal. Outros personagens, que se fazem presentes, ajudam muito à garantir todas as medidas possíveis de alegria e de tristeza no prosseguimento da obra. Impossível não notar a presença impactante da dupla Billy e Kato que, com as suas rotinas tão similares, conseguem dar tantos ares diferenciados para a obra como um todo. Uma jovem de nome Ai também coopera bastante pela causa.

Passagem do volume 1 de Solanin ( divulgação ).

No que ainda diz respeito à história da obra, o grupo apresentado conheceu-se na faculdade. Juntos chegaram à formar uma banda. Mas, atualmente ( na linha cronológica do mangá ) os rapazes se encontram duas vezes ao mês para ensaiarem um pouco, sem tanto compromisso. Nesta banda está um importante elo de ligação em Solanin, seja na amizade entre estes jovens, seja no relacionamento do casal Meiko e Naruo.

É bem verdade que o slice of life pode ser o gênero primário da obra. Mas há espaço para a comédia ( como se pode imaginar ) e para o drama, caracterizado especialmente por um acontecimento que tende à mudar a vida de todos os personagens citados, o que acaba dando espaço para a inclusão de um novo integrante na história de Solanin.

Agora que a história já se faz conhecer, você pôde ter em mente o quanto que a mesma é especial. E a Editora L&PM ( L&PM Editores ) fez a sua parte primorosamente, pois a publicação de Solanin está impecável.

O material usado pela citada editora é bem diferente do costumeiro ( entenda-se por outros mangás em circulação ). O formato pocket, que até fazia o medo de várias pessoas, acabou sendo muito bem-vindo para o mangá. Interessante citar que as páginas ( não há nada colorido, caso questione-se sobre isso ) são costuradas em pequenos blocos, estando estes devidamente grudados para a formação de cada um dos dois volumes da publicação. O nível da tradução é excelente, propiciando uma experiência de leitura muito proveitosa e harmoniosa.

A editora, com isso, lançou com brilhantismo o selo L&PM Pocket Mangá. Uma publicação tão honesta quanto primorosa em todos os sentidos possíveis, fazendo jus para cada centavo investido na aquisição da mesma.

Uma opinião reflexiva...

Passagem do volume 2 de Solanin ( divulgação ).

O mangá em questão se trata de uma história fictícia mas que, na verdade, pode ser a síntese do que alguém pode estar vivendo em algum lugar deste mundo, neste momento. Não existem muitas palavras que possam definir, com grande exatidão, o quão primorosa é a proposta lançada por Solanin. Mas algumas coisas merecem citação para fazer valer uma reflexão pessoal e sincera sobre a obra como um todo.

Este blogueiro teve diferentes sentimentos em vários trechos do mangá. Houveram momentos nos quais risadas sinceras fizeram-se entoar ( inclusive em diferentes proporções ), sendo muitas delas graças à dupla Billy e Kato. Cenas da citada dupla em ação fazem valer cada palavra aqui citada como elogio para a mesma. Algumas passagens levaram ao raciocínio profundo, especialmente nas tomadas de decisões propiciadas pelo casal Meiko e Naruo, onde a diferença entre a manutenção do relacionamento e uma separação chegou à ser mínima.

Mas foram as partes mais dolorosas da obra que chamaram a atenção deste humilde blogueiro. Toma-se como exemplo uma passagem na qual o Billy é o centro das atenções, em seu trabalho rotineiro em uma farmácia, pois trata-se de um momento humano e filosófico, de conduta e de princípios, onde o emocional pode falar mais alto ( por mais que possa não parecer ).

Em outra vertente dramática aparece a Meiko que, com sua aparência frágil que esconde a real idade que ostenta, consegue consolidar a sua importância na obra. Um trecho do segundo volume dá veracidade à tal afirmativa por si só, servindo de exemplo de conduta e de responsabilidade.

Solanin se trata de uma história de vida. O mangá prende a atenção sem necessitar de grande esforço para tanto. A juventude é complexa, os sentimentos humanos são complexos e a vida, principalmente, é complexa o bastante. Desde as mais simples decisões, passando por amostras de sentimentos verdadeiros até chegar a consolidação do caminho à se seguir na vida, Solanin dá claros sinais de ter sido uma escolha saudável e atraente ( ao lado de outra obra, Aventuras de Menino ) por parte da Editora L&PM.

Objetivamente

As capas traseiras da edição nacional de Solanin ( divulgação ).

Muitos julgam Solanin como uma obra obrigatória, não apenas pelas características da obra aqui apresentadas, como também por todo o cuidado que a mesma recebeu em sua publicação nacional.

Contudo, a história do mangá pode não ser do agrado de todos. Por ser tratar de fatos da vida, sendo mostrados com todos os requintes de realidade possíveis, Solanin pode acabar não sendo de seu gosto ( pelo ritmo imposto, comum em uma obra de tal segmento ). Este humilde blogueiro, na abordagem do mangá, procurou deixar esta característica ( do gênero ) em destaque.

Solanin ganhou pontos incontestáveis pela sua história, pela narrativa e pelo grupo de personagens. A publicação brasileira foi a melhor que este blogueiro teve em mãos, próxima da perfeição. Não há aqui nenhum desmerecimento quanto a nenhuma outra ( obra e editora ) já publicada, mas o trabalho da Editora L&PM tem de ser citado e repassado adiante.

Sendo assim, a recomendação para Solanin é muito positiva. Amigo visitante, caso tenha sido de seu agrado a história aqui comentada, a compra desta publicação passa a ser muito válida.

[ made in NETOIN! ]

----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site da L&PM Editors clicando aqui.
Leia um trecho do volume 1 de Solanin aqui ( site da L&PM ).
Leia um trecho do volume 2 de Solanin aqui ( site da L&PM ).
Acesse o site oficial de Solanin no Japão ( pela Young Sunday ) ao clicar aqui.

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

ISML'2012: análise inicial da Fase Preliminar...

ISML'2012.

O ISML'2012 está vivendo o início de sua Fase Preliminar. Já foram computados os dois primeiros dias do primeiro estágio desta etapa do torneio. Muito do que se viu traduz, de forma ampla, o gosto do público participante do ISML.

Cabe aqui fazer uma análise bem direta, no que diz respeito ao citado público. As pessoas que costumam votar no ISML possuem um gosto diferenciado de quem vota no Anime Saimoe Tournament e no Korea Best Moe. Isto fica evidenciado ao se notar os nomes das personagens que se destacaram nos dois dias iniciais desta Fase Preliminar.

Além disto, pode-se destacar que alguns nomes continuam com a força costumeira dos fãs. De igual forma ( e graças a criação das divisões Nova e Stella ) outros nomes apareceram como gratas e importantes surpresas. Há também as personagens que pouca força desmontraram e que, dificilmente, passarão disto.

A Anjou parece não ter muita popularidade no ISML...

As personagens mais votadas na divisão Nova foram: Tachibana Kanade ( N1 - 5415 votos ), Yui ( N4 - 4441 votos ) e Eucliwood Hellscythe ( N3 - 4399 votos ). Personagens como a Kuroneko, a Kousaka Kirino e a Hasegawa Kobato também tiveram expressivas votações.

É certo que passarão as campeãs de cada chave, diretamente, para a Fase Regular. Contudo, a primeira Fase Preliminar ainda contará com duas rodadas ( de grupos aleatórios ). Mas os números apresentados já podem evidenciar muita coisa à respeito.

Definitivamente, a Tachibana Kanade não deverá ter problemas em, após as três rodadas, já assegurar o seu passaporte antecipado para a Fase Regular. Entretanto, outros nomes não tiveram o mesmo apelo por mais que, na teoria, poderiam apresentar uma força maior com uma votação mais expressiva do que a apresentada.

Este é o caso, por exemplo, da Naruko Anjou de Ano Hana. Com um total de 1446 votos, ela ficou a sexta colocação no grupo Nova #8. A Yune ( Ikoku Meiro no Croisée ) terminou na última posição do grupo Nova #4, tendo ao seu favor 1183 votos. Ambas estarão em novos grupos na segunda rodada, assim como todas as outras personagens. Mas pode-se adiantar que, para elas, a vida no ISML'2012 não será nada fácil...

Kuroi Mato continua com muitos votos na Fase Preliminar.

Na divisão Stella, as personagens mais votadas foram: Shana ( S4 - 5422 votos ), Mikoto Misaka ( S1 - 5371 votos ) e Aisaka Taiga ( S5 - 5360 votos ). Nomes como Nakano Azusa, Nagato Yuki e Suzumiya Haruhi também tiveram um retrospecto elogiável.

Por mais que seja sabido que esta primeira Fase Preliminar contará com três rodadas, você poderá cravar que, dificilmente, ao menos uma das três personagens mais votadas da divisão Stella não pegará uma das vagas antecipadas à Fase Regular.

Algumas considerações importantes devem ser feitas. Animes como Clannad receberam uma ótima votação por parte de suas personagens presentes. Por outro lado, animes como Mahou Shoujo Lyrical Nanoha mostraram sérias amostras de desgaste, onde Takamachi Nanoha e Testarossa Fate acabaram tendo uma votação abaixo das expectativas iniciais.

Outras considerações se fazem necessárias, em razão de algumas personagens da divisão em questão terem mostrado um desempenho que pode ser julgado como acima do esperado. A Ichinose Kotomi ( Clannad ) obteve 2434 votos no grupo Stella #10, ficando com uma importante terceira colocação em tal grupo. Este também é o caso da Saten Ruiko ( To Aru Majutsu no Index ), com um total de 2049 votos no grupo Stella #2.

A Homura Akemi teve um bom início no ISML'2012.
Campeã no grupo Nova #12 com 3723 votos.

Triste mencionar que houveram personagens com menos de mil votos conquistados neste início de Fase Preliminar. Isso ocorreu nas duas divisões ( Nova e Stella ), envolvendo personagens nas quais se esperava um "carisma" maior por parte do público votante.

Na divisão Stella, a Kamio Misuzu de Air TV teve 966 votos no Stella #3. A Kouzuki Kallen de Code Geass teve 955 votos no Stella #9. Já na divisão Nova, a Takakura Himari de Mawaru Penguindrum teve apenas 754 votos no grupo Nova #1. Uma das personagens mais aclamadas da atualidade, a Ayase Chihaya ( de Chihayafuru ) obteve 963 votos no grupo Nova #3. E a listagem encerra com a presença de Amami Haruka ( The Idolmaster ), que contou com 929 votos no grupo Nova #9.

Mas a Fase Preliminar teve apenas uma rodada encerrada. Restam duas para serem disputadas. Muita coisa ainda poderá mudar, com a pergunta ficando no ar: quais serão as doze primeiras qualificadas, diretamente, para a Fase Regular do ISML'2012?

[ made in NETOIN! ]

--------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site do International Saimoe League, clicando aqui.
Veja a postagem anterior da Fase Preliminar do ISML'2012 ( referência ), clicando aqui.

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Curtas em geral - parte #123: mangá de Hero Tales no Brasil!

A capa do volume 1 de Hero Tales, pela Editora JBC ( divulgação ).

Saudações, caro visitante. Com a alegria de costume, o NETOIN! lhe recebe uma vez mais nesta humilde casa na internet. E esta postagem, pertencente à seção Curtas em geral, levará até você uma informação muito interessante sobre mangás.

A Editora JBC está trazendo, para o mercado brasileiro de mangás, uma nova publicação. À rigor, trata-se de uma obra que leva o nome de uma conhecida mangaká, sendo ela a Arakawa Hiromu. Desta vez seus traços ditarão o prosseguimento da publicação, que se chama Hero Tales ( Contos de Herói, na tradução literal ).

O trabalho da Hiromu é bem conhecido, especialmente pela obra Fullmetal Alchemist. Inclusive, deve-se citar que Hero Tales foi feito paralelamente à história das aventuras de Elric Edward e companhia.

A história desta publicação se passa em uma nação baseada na China. Assim sendo, a Hiromu partiu para o citado País asiático na companhia do roteirista de Hero Tales, Huang Jin Zhou. A viagem tinha a pesquisa dos costumes e das construções locais como propósito.

No release oficial de Hero Tales ( que pode ser aqui acessado ) conta-se um pouco sobre a história da obra. Fique à par de que a mesma está ambientada em um período de guerra, onde existe a busca pela definição nos rumos de um grande Império.

Com um personagem principal que é esquentado e muito convencido ( mas possuidor de grande senso de justiça ), Hero Tales possui todos os arquétipos necessários para fazer com que você fique imerso em uma grande aventura.

A venda do mangá começará em março'2012. Serão cinco volumes ao todo, com publicação no formato tankobon, com o preço de capa no valor de dez Reais e noventa centavos para cada volume. A periodicidade desta obra será mensal.

Está dada a dica. Se gostas de uma boa aventura, provavelmente Hero Tales será de seu agrado.

[ texto - made in NETOIN! ]
[ de e-mail - Editora JBC ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Curtas em geral - parte #122: Puella Magi Madoka Magica no Crunchyroll...

Kyuubei olha e diz: "contrato firmado".

Definitivamente, Puella Magi Madoka Magica conseguiu atrair a atenção de grande parte dos fãs de animes ao redor do globo. Se boa parte destes fãs torceram o nariz nos dois primeiros episódios do anime em janeiro'2011, a sequência mostrou ser bem mais recompensadora.

É necessário enfatizar, de igual forma, que o anime não atraiu apenas bons olhares. Por razões diversas, houveram pessoas que não gostaram do título citado. Estes se dividiram entre quem não gostou realmente do anime e, criteriosamente, entre quem não gostou do fandom acerca da obra.

A série, aclamada por muitos como o melhor anime de 2011 e candidato à clássico, chegou recentemente ao lado Ocidental da Terra, com o licenciamento nos Estados Unidos. Se tal frase for analisada singularmente, poderia se esperar uma leva de novidades sobre a obra, no que diz respeito à sua exibição não apenas na terra do Tio Sam, como também no restante do continente americano.

Mami na clássica cena do terceiro episódio...

O que pode ser dito, neste momento, é que Puella Magi Madoka Magica será exibido via streaming. A responsabilidade foi assumida pelo Crunchyroll ( veja a nota no fórum do citado portal, clicando aqui ).

É muito provável que tal transmissão consiga causar algum alarde, por mais que tenha se passado um ano desde o início da exibição original do anime. Poderá ser um tipo de teste para averiguar o quão ainda esteja em alta a popularidade da obra em questão, da mesma forma que a presente frase opinativa não passe apenas de um devaneio por parte deste humilde blogueiro.

Entretanto, os motivos para alegria não são extensivos como se poderia imaginar. Isto se deve ao fato de Puella Magi Madoka Magica ter a sua transmissão validada apenas para a América do Norte. Ao se tentar acessar a área destinada ao anime no portal Crunchyroll, tudo que os IP's de fora de tal região do planeta verão será uma mensagem de erro.

Talvez, com o passar do tempo, o streaming do anime seja expandido para outras áreas ( como a sul americana ). Mas ainda é Madoka e companhia. O que pensas sobre isso?

[ made in NETOIN! ]

O autor do NETOIN! é...
Carlírio NetoCarlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons