Curtas em geral - parte #196: gigantes invadindo o Crunchyroll! ~ Netoin!

sábado, 13 de abril de 2013

Curtas em geral - parte #196: gigantes invadindo o Crunchyroll!

Um olhar para o presente. Uma preocupação com o amanhã...

Um dos animes que mais tem chamado a atenção na atual temporada trabalha, de forma mais fictícia que o tradicional, a temática do apocalipse terrestre. O ambiente está em um mundo aparentemente na época medieval, cujas construções assemelham-se ao mais puro padrão europeu conhecido (Alemanha em foco). Grandes muralhas cercam a região onde a humanidade pode viver.

Isto tem uma razão muito forte para assim ser. Em Shingeki no Kyojin, os humanos estão sendo constantemente subjugados por criaturas gigantes e temíveis, os titãs. Para tais seres de considerável altura, a humanidade serve de banquete e, graças a tal fato, pouco restou de tal raça no planeta. Os pouco sobreviver dentro da área protegida pelas grandes muralhas, que impedem os titãs de atravessarem.

Mas como pôde ser constatado logo no primeiro episódio do anime (reveja a análise do NETOIN! ao clicar aqui), parece que mesmo o pouco que restou da humanidade deve estar com os seus dias contados. Tudo isto após a aparição de um titã ainda maior que os demais (pode-se, aqui, fazer uma assemelhação aos colossis do jogo Shadow of Colossus, para PlayStation2), que abriu uma fenda em uma das muralhas, sendo esta grande o suficiente para colocar a sobrevivência da humanidade em xeque após longos cem anos.

Hora do acerto de contas?

Apesar de grande parte da blogosfera animística mundial já estar trabalhando com afinco nas notícias acerca desta obra, a mais recente delas surgiu na madrugada desta data (treze de abril). O portal de streaming Crunchyroll irá disponibilizar, aos seus usuários, o anime Shingeki no Kyojin. É bem verdade que, na presente oportunidade, o pioneirismo neste tipo de transmissão para esta obra coube à outro site deste segmento, o da FUNanimation.

Entretanto, nem tudo é necessariamente uma boa notícia. O anime em questão estará disponível, pelo Crunchyroll, apenas em quatro locais de todo o globo (Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha e Irlanda). Em outras palavras, os usuários das demais nações não terão acesso ao streaming deste anime (estando, infelizmente, o Brasil em tal grupo). O link da notícia, com outros detalhes sobre o tema, poderá ser por você lido ao acessar o Crunchyroll (em inglês), clicando aqui.

A página do anime no referido site já está disponível. mas a mensagem que aparece mais abaixo, na coluna à direita da mesma, entristece um tanto. Independente disto, o fato é que tudo leva a crer que os serviços de streaming continuam à crescer. E obras como esta, possuindo streaming legalizado, só auxiliam a dar plena veracidade para tal afirmativa.

Amigo visitante, até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

  • 3Blogger
  • Disqus

3 Comentários

  1. Gozado, mudar de país lá no rodapé do Crunchyroll na época do "Shinkai day" daria certo - se a memória não me falha...

    Ironicamente, o único jeito de manter o Crunchy baratinho é "baixar a cabeça". Ou voltar ao fansubISM. Que remédio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Sinto que está equivocado, nobre Alberto...

      No Shinkai Day, o evento era aberto para todo o mundo, com exceção do Japão. Desta foram, mudar a nacionalidade no final do site em nada mudaria. Aliás, em nada muda mesmo, pois o Crunchyroll detecta o IP de onde acessa o internauta e, se for de um País no qual tal obra não está licenciada, não aparecerá vídeo algum (por mais que você mude a região no próprio site).

      E a negociação com os japoneses é deveras complicada. Para alguns, a transmissão por streaming "é foco de pirataria" e, por tal razão, muitas obras não conseguem licença para tal tipo de transmissão na rede. O próprio Shingeki no Kyojin, até aonde se consta, não era para aparecer no Crunchyroll...

      De qualquer forma, pode mandar as broncas, nobre amigo.


      Até mais!

      Excluir
  2. "E a negociação com os japoneses é deveras complicada. Para alguns, a transmissão por streaming "é foco de pirataria"... "

    Estranho isso, como os japoneses podem entender como foco de pirataria se é um serviço pago,e ja tem varios animes no acervo da empresa??

    Eu ja mandei email para eles dizendo que eles considerem "Shingeki no Kyojin" no Crunchyroll BR sei que isso não adianta quase nada,mas pelo menos eles respoderam que leram o meu email e responderam que "não dependem totalmente deles". Mandei por email tbm o forum dos brasileiros discutindo pq nao tem esse anime na nossa região e falei tbm se não vai passar em toda região" pq colocar no site todo e BR tbm as imagens do Shingeki no Kyojin sendo que não podemos ver?

    Não fiz só criticas,disse que a empresa é boa e muito inovadora,mandei o emai até para alavancar a idéia da empresa;

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons