01/08/13 - 01/09/13 ~ Netoin!

sábado, 31 de agosto de 2013

To Aru Kagaku no Railgun S - Episódio #20

Alguém quer a Gekota rosa para si novamente...

Por um lado, To Aru Kagaku no Railgun S presenteia você com uma primeira metade de episódio forrada por momentos slice-of-life. Sendo ainda mais preciso na premissa aqui lançada, foram cerca de doze minutos onde tudo que ocorreu foram conversas que, entre uma palavra e outra, acabavam conotando com algo que aconteceria mais para frente neste mesmo capítulo do anime.

Mas de outro lado, o título recheou a cabeça de quem assistiu este episódio com aquela dosagem certeira de curiosidade. Tudo porque a Misaka Mikoto, aparentemente, se verá envolvida com o mais profundo de seus dilemas novamente. Basta recordar do arco das Sisters, no qual a Railgun se questionava constantemente sobre as suas ações e lamentava o envolvimento de outras pessoas em tais fatos.

Pode-se aqui dizer que a Febli virou o ícone de atenção do anime. Não há um traço de exagero em tal afirmativa, pois todas as atenções se voltaram para a pequena garotinha, com a propriedade equivalente a uma tempestade que está por cair. Recorde-se de que, na análise do episódio passado, minha pessoa havia ressaltado que existia uma possibilidade considerável de esta personagem estar escondendo alguma coisa. Tal presságio se tornara real.

Luta inesperada em meio a uma situação que estava por ficar desesperadora...

O vigésimo episódio do anime fez questão de mostrar uma nova variante para a Railgun e suas amigas Kuroko, Uiharu e Saten. Ao lado da Kongou, todas estas garotas se viram às cercas com os infortúnios causados por um tipo de teste (no qual a Misaka Mikoto está envolvida sem saber). E o presságio deste tipo de exame está centrado no fator de proteção mostrado no capítulo, o alvo de todas as atenções, sendo este a pequena Febli. Mesmo com o episódio começando de forma tão simplória e exaustivamente normal  (abusando do Genkota e da fofura proporcionada pela Febli), a sequência mostrou que o universo de To Aru Kagaku no Railgun S esconde truques bem poderosos em suas mangas.

E o maior destes truques de magos está na pesquisa que envolve a presença da Febli. Não apenas dela, como da colocação propícia da Railgun como alvo de testes. E uma conhecida personagem está diretamente envolvida neste perigoso círculo de análises, sendo ela a Nunotaba Shinobu. Com a pequena garota tendo passado mal durante algum tempo, a Misaka Mikoto acabou ouvindo palavras do médico que fizeram ressoar muitas dúvidas em sua mente.

No âmbito geral, este foi um episódio que acabou valendo muito pela sua segunda metade, tendo como grande ponto de citação o seu final. Não há muito para acrescentar sobre os dados técnicos do anime, que continuam intactos e muito bem trabalhados (em uma linha positiva de análise), mesmo após longos vinte capítulos animados. Toda a fofura proporcionada pela Febli está para correr paralelamente com verdades nunca antes imaginadas e, neste meio tempo, certos temores deverão tomar conta da Railgun uma vez mais. Possivelmente, o próximo reserva muitas surpresas desde agora.

Momentos...


Trio - Kongou e amigas tem se aproximado cada vez mais do grupo da Misaka Mikoto. Não para menos, um elo de ligação foi estabelecido, sendo este a pequena Febli. Mas a Kongou tem sido de uma serventia muito alta nestes episódios pós arco das Sisters...


Operações - Os testes iniciaram com força total. Por sinal, nem a Railgun e a Febli nem desconfiam de que elas estão servindo pela causa, com exímia propriedade...


Tentativas - Muito embora a Railgun esteja se entendendo com a Febli, isso não significa que a heroína terá vida fácil com a pequenina. Recuperar a Gekota rosa é apenas a ponta de um iceberg que tem tudo para ser ainda mais profundo...


Aprontando - A Shirai Kuroko é uma personagem que realmente nunca mudará e, de alguma forma, nem é necessário que isto ocorra. A prova disto foi na metade do episódio, quando as meninas se dirigiam a um banho público. A Kuroko nunca perde uma chance de ser pervertida com a Misaka Mikoto, mas...


Luta - Um robô apareceu para enfrentar a Railgun. Entre os enigmas da unidade, estava o fato de que não havia ninguém na cabine de controle do mesmo. À partir deste ponto a Misaka Mikoto passou a ter uma coisa em sua mente, estando tal pensamento atrelado a mais um incógnita para ela correr atrás...


Pesquisadora - Sempre com olhar sério e fixo, a Nunotaba Shinobu faz parte do grupo de pesquisas, que tem usado a Railgun em seus testes. A dúvida está focada sobre o quanto a personagem participa de tal ação. Além disto, ela já encontrara a Misaka Mikoto anteriormente, então...


Conversa - Kongou e suas amigas queriam apenas fazer algumas perguntas para o estranho rapaz, mas acabaram ficando á par de uma conversa muito séria que o mesmo estava tendo, via telefone. À princípio a Febli estava envolvida, mas a chance dos problemas serem maiores é bem real...


Hospital - O quarteto de protagonistas dormiu na área de espera do hospital, no anseio de ter notícias da Febli (que estranhamente havia adoecido, durante a luta da Railgun contra o robô). Entretanto, o que a Misaka Mikoto acabou ouvindo do médico poderá mudar totalmente o rumo deste anime até o seu final...

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Às compras com Sailor Moon...

Uma Luna para diversas ocasiões...

O post mais curto da história do NETOIN! até o momento, o que não significa que o mesmo seja irrelevante ou algo do gênero.

O recital para os fãs de Sailor Moon ("La Reconquista", em seu nome pleno) certamente faz a mente dos grandes amantes das aventuras das guerreiras lunares. Dezembro parece próximo e distante ao mesmo tempo para tais pessoas e isto se reflete no comércio de produtos que simplesmente atormentam mentes e bolsos, especialmente das jovens que anseiam em poder usar de itens com ligação direta à série Bisoujho Senshi Sailor Moon.

E alguns de tais produtos já se encontram com seus valores divulgados, estando entre eles o da imagem que estampa este post. À primeira vista não passa de uma pelúcia da gata Luna, mas na verdade vai muito além de um enfeite de quarto. É algo que cativa pelo saudosismo e chama a atenção pela usabilidade. Os preços não são exatamente amigáveis, mas já é possível fazer uma base de cálculos com os mesmos, especialmente se você pretende adquirir alguns de tais itens.

Para ver quais são os produtos e seus respectivos valores (na moeda corrente japonesa, o Yene) acesse o Crunchyroll em inglês, clicando aqui.

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Curtas em geral - parte #208: novidades no line-up do Crunchyroll...

Imagem do anime Love Lab.

O Crunchyroll tem aumentado gradativamente o número de animes disponíveis aos seus usuários, para as nações nas quais seus serviços atuam de momento. Por sinal, a grade brasileira acabara de receber a adição de mais uma obra que, a cada semana, receberá dois episódios ao invés de um. Mas isto você verá mais adiante, visitante.

Primeiramente, os usuários canadenses e norte-americanos receberam, na presente semana, a adição de duas obras às suas grades. E para se ter a ideia da dimensão de tais chegadas, uma delas provém do distante ano de 1999 (e de 2004 também), enquanto que a outra é um pouco mais recente e que, atualmente, possui uma nova temporada em exibição.

De acordo com o que pode ser notado no próprio Crunchyroll em inglês (ao clicar aqui), Jubei-chan é a obra mais antiga e que se fará presente aos usuários das citadas nacionalidades. Um anime simplório em seu enredo, onde uma estudante comum acaba reencarnando uma poderosa guerreira do passado, o que em si já dá a brecha para muitas situações inusitadas e confusões. O outro título que poderá ser visto pelos assinantes mais ao norte do continente americano é Rozen Maiden, ou melhor, as duas primeiras temporadas de tal anime.

O terceiro anime é aquele que poderá ser visto nos mais diversos Países, estando o Brasil entre eles. Trata-se de Love Lab, um dos animes que tem recebido boas críticas por parte bem considerável do fandom (e que este blogueiro não está vendo). À partir de 30 de agosto de 2013, a obra receberá a atualização semanal com dois episódios no Crunchyroll, e a regra de exibição será a conhecida do site, na qual os episódios estarão inicialmente disponíveis apenas para os assinantes do citado portal de streaming e, uma semana após, os usuários no modo gratuito poderão assistir ao anime.

Com um enredo peculiar mas chamativo em certos pontos, Love Lab é um convite direto para a dita comédia prazerosa, na qual o próprio nome do anime acaba servindo de spoiler direto para a sua trama. Nunca um ensaio de beijos em uma dakimakura poderia marcar tanto a vida de uma jovem estudante (Natsuo Maki). E com o seu "segredo" revelado, seria apenas questão de tempo para uma certa condição ser ofertada a tal moça, no intuito claro de que tal costume não caísse na boca de todas as estudantes do lugar. Certamente, este é mais um anime que poderá ser de seu apreço.

Até a próxima, visitante!

Acesse a página de Love Lab no Crunchyroll, clicando aqui

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Free! - Episódio #8

Uma ducha para refrescar a mente...

Verdadeiramente, Free! emplacou o espírito slice-of-life de ser da Kyoto Animation. Isto já se fazia presente na qualidade visual da obra, que por si não é discutível. Mas o oitavo episódio fez questão de deixar algo à mais em franca evidência. Uma característica muito peculiar nas obras animadas pelo citado estúdio.

O fato central é que o capítulo em análise focou muito mais no drama de seus personagens do que, por exemplo, nos anseios do público-alvo de tal obra. Isto não é algo ruim, independente de você fazer parte de tal público ou não. A verdade é que, neste episódio, os quatro protagonistas sentiram-se envolvidos pela derrota do Haruka ante o Rin (no capítulo da última semana), e tal sentimento serviu como um tipo de estopim para a busca desenfreada pela redenção do quarteto.

Entretanto, os resultados obtidos pelo grupo de amigos não foi muito bom. Isto acabou fazendo com que uma atmosfera triste ficasse impregnada entre todos. Não tinha como ser muito diferente disto, mesmo com todo o esforço do Nagisa em sua busca para encontrar o Haruka no local de competição, momentos após a prova do mesmo.

O Makoto esbanjou carisma. Ao próprio modo, o rapaz mostrou que sua personalidade pacífica e sucinta podia realmente fazer a diferença, de forma que acabou assim acontecendo. Palavras sinceras e suaves, dirigidas ao propósito de unir a equipe e de fazer, acima de tudo, que todos compreendessem os sentimentos do Haruka.

Makoto e a inesperada decisão do Haruka.

O Rei realmente tem muito para melhorar no campo da natação. Porém o personagem deixou em evidência que, a cada novo episódio, ele acaba se tornando o ícone da irreverência em Free!. O grande detalhe está em, ao menos aparentemente, o rapaz não se importar muito com tal afirmativa. O jovem estudioso está aprendendo com os resultados pouco satisfatórios e, cedo ou tarde, poderá surpreender nas águas da natação.

Por sinal, a Kou (Gou) acabou sendo a dona deste episódio. Ela inscreveu o pessoal no revezamento, sem os rapazes saberem disto. Dadas as circunstâncias que se fizeram apresentar durante o capítulo, pode-se aqui dizer que a ideia da jovem foi a melhor possível, pois acabou unindo o grupo em torno do ideal da competição, que estava em pedaços em razão dos resultados obtidos pelos jovens nadadores.

E durante o revezamento, o jovem Rin mostrou que se reconhece ainda o estilo de seus ex-companheiros de piscina, com relativo afinco. É bem verdade que ele passou nervoso ao ver o Rei nadar, mas o episódio finalizou justamente no ponto alto, quando o Haruka iria para a água. Isto acabou abrindo as possibilidades para o próximo episódio, no qual muita coisa haverá de ficar em evidência. Talvez não, de qualquer forma.

Em si, o oitavo episódio de Free! ousou apostar no sentimental de seu elenco. É possível aqui conotar que tudo correu bem, muito embora este capítulo possa ser considerado o mais triste e/ou dramático do anime até o presente momento. A próxima semana promete ser festiva em algum ponto. Mas pode-se aqui afirmar que a Kyoto Animation realmente aprecia aquela dosagem de drama em suas obras animadas, e Free! não foi uma exceção a tal regra.

Momentos...


Competição - O Makoto mostrou possuir um desempenho bem satisfatório em sua especialidade. Entretanto, o segundo lugar em seu grupo das preliminares acabou sendo insuficiente para avançar de fase...


Fixação - Após o apelo do Nagisa, o Haruka acabou indo ao local da competição para ver seus amigos nadarem. Obviamente, o rapaz deve ter ficado pensativo ao ver seus companheiros fazendo o melhor que podiam naquele instante...


Revelação - A Kou (Gou) acabou revelando a inscrição secreta que havia feito para o grupo, no que dizia respeito à competirem no revezamento. Pode-se dizer que, à partir de então, o episódio foi à frente graças a ação desta simpática garota...


Livre - O Haruka ainda muito pensava sobre a derrota ante o Rin. Além disto, ver seus companheiros mostrando empenho durante as provas fez o rapaz muito refletir, enquanto nadava sob a Lua...


Revezamento - O pessoal pronto e perfilado para a prova de revezamento. Um momento sublime do episódio iria ali se iniciar, e certo alguém estaria assistindo a tal evento com muita surpresa no olhar...


Pensativo - O Rin não acreditava muito naquilo que via acontecer. Seus ex-companheiros de braçadas na água estavam ali, competindo em uma prova de revezamento, sem ele no elenco. É bem verdade que o rapaz ficou extremamente nervoso ao ver o Rei nadar, mas o final acabou lançando muitas ideias sobre o próximo episódio...

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Aberturas de prestígio na temporada de julho'2013...

Uma imagem da abertura de Silver Spoon.

Sempre que uma temporada de animes se faz aparecer para você, é muito que se sintas apegado a uma abertura dos títulos nela transmitidos. Pode ser por um toque musical que seja de seu inteiro agrado, ou então pela animação que simplesmente possa lhe encantar. Inclusive, a união das duas características poderá determinar se tal sequência de abertura poderá aparecer entre as suas preferidas, ou não.

Independente da razão ou circunstância, o NETOIN! lhe apresenta o top'5 de aberturas da temporada de julho'2013. É uma seleção muito pessoal, separada com cuidado dentre os onze animes que este humilde blogueiro está vendo no presente período. É a chamada para a troca saudável de opiniões, bem como de estabelecer um elo mais conciso com você, nobre visitante desta casa.

Desta forma, se farão seguir as indicações deste blog como as aberturas preferidas da presente temporada de animes. Visitante, tenha uma boa leitura.

As indicações

Ela está com cabelo curto, e linda por sinal...

5º lugar - Monogatari Series Second Season 

A música "Chocolate Insomnia", cantada pela sempre fascinante Horie Yui, desperta o interesse pelo anime logo em sua apresentação inicial. As cenas que saltam a tela, com um destaque especial para a Senjougahara Hitagi com cabelo curto, combinam harmoniosamente com o áudio que se segue em paralelo. A união de forças perfeita que clama pela sua atenção. Veja aqui a abertura em questão.

4º lugar - Kami Nomi zo Shiru Sekai III

As aberturas desta série costumam ser bem peculiares, principalmente no que tange ao ritmo mais moderno de suas melodias. Em sua terceira temporada, a sequência visual acaba deixando uma impressão muito boa, seguida por uma música que acaba combinando integralmente não apenas com a abertura em si, como também com todo o ideal do anime. Agora, é hora de tentar salvar a Kanon! Veja a sequência aqui.

3º lugar - Uchouten Kazoku

Definitivamente, a sensação de se estar assistindo Sayonara Zetsubou Sensei é total com este anime. Tendo como nome "Uchouten Jinsei", o tema de abertura de Uchouten Kazoku é tão maluco quanto a própria obra que visa apresentar. A sequência visual mescla aparições estáticas dos personagens com cenas em timelapse, que se fazem seguir ao fundo. Tenha certeza de que, ao passar por esta abertura, você verá um anime tão surreal quanto a mesma. Assista aqui a sequência inicial.

2º lugar - To Aru Kagaku no Railgun S (segunda abertura)

A série To Aru sempre desponta com temas de abertura memoráveis, geralmente viciantes ao serem ouvidos pela primeira vez. E não é diferente com a segunda abertura de Railgun S. No caso, fripSide comanda todas as ações com a ótima música "Eternal Reality". E a abertura é realmente chamativa em sua animação, com ótimas sequências de ação. A união de acústica e visual acabam formando um trabalho muito bem feito, que poderá ser por você apreciado ao clicar aqui.

1º lugar - Silver Spoon

A meiga voz da cantora Miwa ganha aqui muitos pontos de satisfação, com a sua relaxante e carismática música "Kiss You". Uma escolha muito apropriada na opinião de minha pessoa, tendo em vista toda a ambientação proposta pelo anime em questão que, acima de tudo, fica na mais clara evidência durante a sequência de abertura do mesmo. Visualize aqui a ótima abertura de Silver Spoon.

Este blogueiro anseia que tenhas gostado deste post e, no aguardo de sua opinião e possível lista de aberturas em destaque, é feita aqui a despedida do momento.

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

ISML'2013: o colar Topázio tem uma nova dona!

ISML'2013.

O International Saimoe League'2013 teve, no último final de semana, o encerramento de sua Fase Regular. Após os cinco colares terem sido disputados, foi possível mensurar os nomes das trinta e duas contestantes qualificadas para as finais de cada divisão (sendo dezesseis delas para cada um dos dois grupos). Antes de falar mais sobre a Fase Final que irá iniciar-se me breve, concentremo-nos na rodada extra que valia o colar Topázio, o último em disputa neste ano.

Dentre as sete finalistas pelo colar citado, a Mashiro Shiina (Sakurasou no Pet na Kanojo) apresentava a maior vantagem na luta pelo mesmo, sendo a contestante que abiscoitava a maior quantidade de votos, provenientes das sete rodadas regulares disputadas. Em seu encalço apareciam a Eucliwood Hellscythe (Kore wa Zombie Desu Ka) e a Aisaka Taiga (Toradora!). Entretanto, com as votações obtidas na rodada extra o cenário final acabou mudando um pouco, provando que a teoria nem sempre é concreta (ao menos, não no universo do ISML).

A Misaka Mikoto (To Aru series) foi a segunda contestante mais votada em tal rodada. Aplicando-se as regras conhecidas do SDO, a Railgun finalizou o colar Topázio em uma honrosa terceira posição. Dito isso, a Eucliwood Hellscythe foi a terceira mais votada neste turno extra pelo colar onde, graças às regras aplicáveis, acabou finalizando a disputa na segunda colocação. A Aisaka Taiga teve apenas a quarta maior quantidade de votos na rodada extra, o que a fez terminar a disputa pelo colar Topázio justamente no quarto posto geral.

A vencedora do colar Topázio, no ISML'2013.
- Fonte: site do ISML -

O título ficou de posse da Mashiro Shiina, que já havia aparecido com amplo favoritismo para a disputa e "apenas" manteve o mesmo na rodada final. Foi a mais votada no turno extra e, aplicando-se as regras de SDO, acabou com uma folga de quase vinte mil pontos à frente da segunda colocada. O colar Topázio, que já teve a Aisaka Taiga (no ISML'2010) como a grande vencedora, coroou nesta oportunidade uma personagem das mais carismáticas, que apareceu para todos em outubro de 2012, quando iniciou-se a exibição de Sakurasou no Pet na Kanojo.

Agora terá início a Fase Final, cuja primeira etapa estará restrita a cada divisão (Nova e Stella). Serão dezesseis contestantes em cada lado, duelando no conhecido cruzamento olímpico, para se saber quem será a grande vitoriosa em cada uma delas. A disputa aparecerá de uma forma conhecida, onde a 1ª colocada de uma divisão enfrentará a 16ª da mesma divisão, a 2ª colocada enfrentará a 15ª e assim sucessivamente. As perdedoras vão sendo eliminadas e as vencedoras avançam à próxima etapa, mantendo-se o molde do cruzamento olímpico. Entretanto, vale aqui mencionar que as oito primeiras de cada divisão se farão presentes no top'16 final, que valerá a Tiara do ISML'2013. Em outras palavras, quem perder na primeira rodada das finais em cada divisão (Nova e Stella) estará automaticamente eliminada da briga pelo prêmio maior do ano.

Mas não apenas de finais se falará neste post. Como se mantém a tradição ano após ano, o ISML sempre apresenta na última colocação da Fase Regular uma personagem sem nenhuma vitória. Em todos os duelos disputados, apenas derrotas. No ano passado, duas personagens finalizaram o torneio desta forma (uma em cada divisão) e, no ISML'2013, apenas uma contestante não soube o significado da palavra vitória durante a Fase Regular. E a primazia coube, neste ano, à uma das representantes da franquia Monogatari, sendo ela a Araragi Tsukihi. Integrante da divisão Nova, a personagem saiu derrotada em todos os trinta e cinco duelos disputados. Um recorde que ninguém almeja, mas que no universo do ISML sempre há alguém que o ostenta.

Domingo, 8 de setembro de 2013, iniciará a Fase Final por divisão!
Acompanhe no site oficial do ISML, ao clicar aqui

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

domingo, 25 de agosto de 2013

Kotonoha no Niwa e seu vislumbre emocional...

O logo da obra.

Difícil conceituar as obras de Makoto Shinkai sem levar em conta uma característica muito importante. A mesma se centraliza no dito fator sentimental, a cláusula de escape humana para a maior parte das situações do cotidiano, e que ficou bem em evidência na obra que será tratada neste texto.

Não é difícil imaginar, ou simplesmente ponderar, as ações que uma pessoa pode ter dependendo apenas de seu estado emocional ou fluxo de vida. A abrangência é ampla, da mesma forma que as mais diferentes ramificações disponíveis para se fixar em tal tema. Na obra em questão, Makoto Shinkai conseguiu definir tudo isto e lançar na face de quem assistiu a obra com extrema leveza e singularidade.

Isto tudo sem mencionar a animação em si, característica mais do que presente nas obras deste verdadeiro mestre, que não ousa esconder as suas reais motivações ao fazer uma nova obra. É algo que se deve conotar com  força e graciosidade, levando sempre em consideração o fato de que trabalhar com as emoções humanas, às vezes, poderá levá-lo a uma aventura indescritível.

Nobre visitante, conheça agora um pouco mais sobre Kotonoha no Niwa, a nova obra de Makoto Shinkai (o mesmo criador de Byousoku 5 Centimeter e de Kumo no Mukou; Yakusoku no Bashô). Tenha uma boa leitura.

Contando a história...

O ápice do primeiro encontro.

Kotonoha no Niwa (na tradução literal chama-se "O Jardim das Palavras") o faz um convite bem especial, para acompanhar a história de confiança e amor crescente entre duas pessoas que, pelas razões mais diferentes possíveis, possuem as suas vidas marcadas por um dia muito especial, no qual se encontraram em um grande e belo parque situado em meio à imponência dos arranha-céus da grande metrópole. Tudo isto acompanhado diretamente pelo fator climático, sendo este a chuva, que acabou se tornando o símbolo maior desta obra.

A história da obra gira em torno de um jovem com quinze anos de idade. Ele vive junto de seu irmão mais velho e de uma mãe que, entre outras coisas, aparenta estar desacreditada com a própria vida. O nome dele é Akizuka Takao. O rapaz estuda para ser um grande designer de calçados. Pode parecer um sonho surreal, à primeira vista, mas na verdade um grande sonho do rapaz se faz ali carregar.

Quando não está na instituição de ensino, Takao está com a sua família em casa. Com as características já citadas anteriormente, pode-se dizer que o rapaz possui uma vida normal e tranquila. Isto tudo começou a mudar em um dia muito chuvoso, no qual ele acabou indo procurar abrigo em um grande e belo parque. Lá, uma moça estava sentada em um dos bancos cobertos, apreciando a chuva que caia com vontade daquele céu forrado por nuvens.

O belo parque, em meio à civilização.

A moça chama-se Yukino Yukari. Ela tem vinte e sete anos de idade. À primeira vista tratava-se de alguém que estava unicamente procurando abrigar-se da chuva, em meio a tempestade que caia na cidade. Aos olhos do rapaz este era o pensamento inicial. Porém, as primeiras palavras que ela soltara naquele momento, antes da despedida, ressoaram muito na mente do Takao, cuja vontade cresceu em querer ver a moça novamente.

Desde tal dia, Yukino e Takao passaram a se encontrar naquele mesmo parque, sempre sob a mesma situação climática, onde conversavam bastante e se conheciam um pouco mais à cada nova oportunidade. Parecia que eles conseguiam se distanciar do mundo quando juntos estavam naquele lugar, sem nada deixar à passar desapercebido. Era o momento no qual ambos podiam ser felizes naquela cidade.

Entretanto, um desconhecia totalmente o que estava à acontecer com o outro. Em especial no que dizia respeito à Yukino, cuja profissão o Takao desconhecia. Muitas verdades e momentos de grande sentimento estavam à espera destas duas pessoas que, mesmo sem saber, teriam muito à aprender um com o outro à partir de então.

Evidências e características gerais...

A fuga do trabalho era uma realidade para a Yukino.

Depois de ter lido os parágrafos mais acima, é possível que você se questione sobre a qualidade da obra. Podes pensar, inclusive, que Kotonoha no Niwa vise unicamente falar do cotidiano de duas pessoas, que se encontram casualmente em manhãs chuvosas naquele mesmo lugar com pouco conteúdo à acrescentar em suas palavras. Na verdade, a obra vai muito além deste mero escopo e, à partir daqui, você saberá um pouco mais sobre o contexto geral adotado por esta animação.

No primeiro plano há o ciclo do crescimento vivido pelo Takao. Ele possui seus próprios sonhos. Ver o seu irmão se mudando para morar com a namorada (uma vertente comum no mundo atual) e sua mãe desiludida neste escopo o faz querer algo mais para si próprio. Sua rotina é famosa casa-escola-trabalho, sem grande distinção. De certo ele nunca imaginara que, de uma forma tão impactante, manhãs chuvosas passariam a significar tanto na vida dele.

E no segundo plano a fuga da realidade, vivida pela Yukino. Ela é uma verdadeira incógnita na forma humana, durante boa parte da obra. Ela demora muito para demonstrar o que pensa e o que realmente sente, chegando a incomodar o Takao em certo momento com tal comportamento. Porém, ela possui uma cláusula de escape muito forte para assim agir, pois os dois sempre estiveram um ao lado do outro sem muito disto saber.

O jovem Takao mostrando um pouco de seu sonho...

Em si, a obra não apenas fala dos anseios humanos como mostra demonstra os mesmos na mais plena evolução. Um conjunto de detalhes acaba fazendo uma diferença singular na obra que, ostentada pelos planos de visão já citados, acaba criando uma ambientação dócil e satisfatória para a causa em si. Foram manhãs representativas que esta dupla de protagonistas acabou vivenciando, algo que certamente estará vivo em suas memórias para todo o sempre.

Dito isso, uma das grandes recordações que a obra confere a quem ela assistir está em uma singela cena, quando o Takao usa os pés da Yukino como modelo para tirar medidas exatas, visando a confecção de um calçado feminino. A moça acabou se sentindo tão à vontade com tal momento que apenas observava absorta o rapaz trabalhando com seu caderno e lápis, fazendo os contornos de pés e traçando cálculos na busca por uma boa confecção de calçados para os mesmos..

Foi um momento singular, mas de compreensão maior do que se podia esperar. Sem elegância mas com autoridade no ensejo, o anime acabou fazendo valer a experiência do Makoto Shinkai em traduzir, através de suas obras, aquilo que se pode entender por sentimento humano nas ocasiões mais inusitadas possíveis. Entretanto, os momentos de grande atenção não se limitaram apenas a este supracitado.

Satisfações à flor da pele no anime.

Transcrevendo em poucos detalhes, Kotonoha no Niwa lhe convida a acompanhar uma verdadeira lição de confiança entre duas pessoas, estreitamente ligadas pelas manhãs chuvosas e pelo ápice do momento mais singelo que pode haver no sentimentalismo humano. O mesmo enquadra-se com perfeição nesta obra, quando Takao e Yukino estão na residência da moça. As palavras proferidas pelo rapaz foram de grande sinceridade para aquele momento, com todas as honrarias possíveis.

Entretanto, descobrir pouco à pouco o que ocorria com a Yukino em seu vínculo profissional foi tortuoso para o jovem, sob os mais diversos escopos (até que, durante algum tampo, a moça deixara de frequentar tal parque). A "fuga da realidade" vivida pela moça tinha uma grande explicação para existir, mas isto não fez com que aquele enlace que crescia entre os dois terminasse ali, de uma forma ínfima e superficial. Nem mesmo quando o Takao soube do que se tratava e que, ainda mais importante do que isto, o cenário de todo o imbróglio era a própria instituição onde ele estudava.

Normalmente, o conflito entre verdades e mentiras acaba sendo muito desastroso para o pleno convívio humano. Saber de certos acontecimentos poderia fazer com que, em tese, o Takao desistisse de procurar pela Yukino, com relativa propriedade. Talvez a própria moça resolvesse não mais conversas com o jovem estudante, por mais que isso pudesse fazer doer a mente dela por algum tempo. As emoções humanas podem trazer a paz interior, mas também podem machucar com rispidez.

Objetivamente

A conciliação.

Tecnicamente falando, Kotonoha no Niwa não decepciona em nenhum momento. Ao todo, foram quarenta e seis minutos de um verdadeiro vislumbre visual, no qual cada cor e cada traço trabalharam juntos na mais plena harmonia. Não muito distante disto, a parte acústica da obra foi recheada de insert songs instrumentais, que ressoam junto à beleza da ambientação da mesma. É raro uma obra contemplar tais características com tamanha qualidade, mas este anime assim o fez.

Impossível não se apaixonar pela história promovida por esta obra. Na verdade, as emoções transbordam na medida com a qual você acaba se envolvendo com toda a trama. Não é um anime feito para você chorar, mas sim para se refletir sobre as mais diferentes circunstâncias emocionais da vida. A dupla Takao e Yukino soube mostrar isto com eficácia, perfazendo toda a qualidade da obra e os elogios que a mesma merece.

Por tudo que foi aqui descrito, o NETOIN! lhe recomenda muito assistir Kotonoha no Niwa. Obra esta que, sem dúvidas, poderá ser merecedora de sua plena atenção e consequente satisfação, amigo visitante.

Kotonoha no Niwa - Review de anime número #107 do NETOIN!

Alguns momentos para você...


Sofrimento - A Yukino aparentava viver dentro de uma doma. E na mesma sobravam mentiras e dúvidas. A vida da moça estava muito distante de ser boa, e algo ainda a incomodava mais do que tudo. Ela não se sentia bem com a situação, mas aparentemente pouco fazia para mudar tal cenário...


Aula #1 - Quando o Takao usou dos pés da Yukino para tirar algumas medidas, começou a ocorrer algo formidável entre os dois. Isto porque a primeira real troca de olhares com algum sentimento mais profundo se deu naquele momento, no qual o rapaz demonstrava um pouco dos resultados de seu árduo estudo...


Aula #2 - A Yukino estava vislumbrando aquele momento de demonstração do Takao, no que tangia a sua futura carreira profissional. Ela se sentiu muito confortável com tal ação, se mostrando disposta a auxiliar o rapaz totalmente. Era um momento de paz para ambos...


Urbanismo - Makoto Shinkai sempre gostou de deixar em evidência seu apreço pela ambientação urbana. E isto não foi diferente em Kotonoha no Niwa. O conjunto de luzes e cenários foi extremamente lindo de se notar nesta obra em particular...


Conflito - Impossível descrever como você se sentiria ao ouvir certas coisas de sua pessoa amada. O Takao teve de passar por tal provação, logo após ter descoberto que a Yukino dava aula naquela mesma escola onde ele ia todos os dias...


Tempestade - A chuva se tornou o símbolo maior desta obra, sempre presente naquilo que fazia conotar o encontro entre os dois protagonistas de sua história. A água que do céu caia era uma verdadeira benção para as almas do Takao e da Yukino...


Lágrimas - Os momentos finais de Kotonoha no Niwa resguardaram muito daquilo que pode ser definido como sentimento humano. Em outras palavras, a dupla Takao e Yukino forneceu uma valiosa lição sobre confiança, acima de tudo...


Veja o trailer de Kotonoha no Niwa (portal YouTube), clicando aqui

Veja a página de reviews do NETOIN! ao clicar aqui


O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

sábado, 24 de agosto de 2013

To Aru Kagaku no Railgun S - Episódio #19

 Olhares penetrantes...

To Aru Kagaku no Railgun S, em seu décimo nono episódio, deixou uma característica em evidência. A mesma centralizou-se em uma história trabalhada de forma calma e totalmente descompromissada. Muito embora isto não ajude a definir algo sobre o capítulo ter sido bom ou ruim, torna-se mais correto afirmar que a descontração tomou conta das ações e que, de alguma forma, o dito episódio conseguiu agradar.

Os fatos foram os mais diretos possíveis. A pequena Febli (que apareceu no episódio anterior), conseguiu se entender bem com todas as outras personagens. Entretanto, quando a Misaka Mikoto tentava dela se aproximar, o que se podia notar era o medo no olhar da garotinha. Desnecessário citar que a Shirai Kuroko não perderia um momento como este para tentar, de alguma forma, rir de sua querida onee-sama.

Aliás, a Saten conseguiu se tornar a estrela deste episódio, principalmente nos momentos nos quais ela se fez aparecer tomando conta da pequena Febli em seu apartamento. Obviamente, a Uiharu não perdeu a chance e ajudou a amiga no necessário, muito embora a estranha garotinha tenha aparentado ser bem comportada (isto em um primeiro momento).

Um segredo para ser revelado...

Deve-se salientar, contudo, que o foco deste episódio esteve no fato da Misaka Mikoto tentar se aproximar da Febli. Procurar entender o temor que a garotinha tinha por ela era o real fator de insegurança da Railgun, que foi quebrado em apenas um momento. Graças a uma ação bem esperada de uma personagem como a Shirai Kuroko, que mostrou o poder de um sex appeal em franco crescimento para a sua amada colega de quarto.

Entretanto, a Febli esconde um grande segredo. O mesmo é muito evidente, mesmo ao se analisar o fato da garotinha desconhecer tal informe. Partindo do princípio que ela teme a Misaka Mikoto (por alguma razão), a Febli deve pertencer a alguma organização. E com propriedade, o final deste episódio deixa tal sentença aqui lançada em clara evidência.

No âmbito geral,  To Aru Kagaku no Railgun S tem apresentado uma qualidade visual simplesmente digna de nota. O mesmo acaba valendo para a trilha sonora, sempre competente. O décimo nono episódio, contudo, foi de uma grande e irrefutável calmaria. Às vezes não se tem a impressão que um estonteante arco havia se encerrado poucos episódios atrás. Mas o anime segue em sua empreitada, e aguardar pelo capítulo da próxima semana é necessário.

Momentos...


Decepção - Por alguma razão, a Febli possui um grande medo da Misaka Mikoto. Na imagem acima, a Kuroko soube mostrar bem o que pensa ao presenciar o primeiro desencontro entre a Railgun e a garotinha...


Pensamento - A Misaka Mikoto queria, realmente, se aproximar da Febli. Pode-se dizer que todo o episódio (ou boa parte do mesmo) teve tal pretexto em existir. Mas a Railgun não imaginava o que viria pela frente...


Janta - A dupla Saten e Uiharu estavam cuidando da Febli por uma noite. Entre alguns acontecimentos bem pertinentes e que merecem citação, estava o momento da refeição, que mostrou bem algumas vertentes da realidade conhecida...


Gekota - A railgun mostrou, neste episódio, que possui alguns comportamentos bem típicos de uma pessoa mais "comum". Entre eles estava a coleção de pequenas Gekotas para se colocar nos dedos das mãos. Sim, a Misaka Mikoto tem sentimentos comuns...


Esperança - A Misaka Mikoto só apareceu nos momentos em que, de alguma forma, envolviam a Fabli. E disparadamente, este capítulo foi o que deixou a Railgun mais deslocada em todo o anime, até o presente momento...

Momentos com muitos sorrisos...


Febli - Uma criança de poucas falas e de atitudes bem normais (exceto quando estava próxima à Misaka Mikoto). Esta é a Febli, que aparenta esconder um grande segredo por detrás de sua aparição...


Kongou - A aparentemente metida (e orgulhosa) garota da Cidade-Escola também acabou se rendendo aos encantos da pequena Febli. E diga-se de passagem, ela conseguiu uma vitória que a Misaka Mikoto almejou, mas não obteve um claro êxito...


Misaka - Ela realmente achou que havia ganhado a confiança da Febli. Ela pensou ter alcançado seu grande objetivo com a pequenina. Mas o sorriso da imagem acabou sendo substituído por outra coisa, se bem que o final do episódio acabou recompensando-a apropriadamente...

Momentos com fanservice...


Banho - A Saten assumiu a responsabilidade em cuidar da pequena Febli. A Uiharu aceitou ajudá-la. Em dado momento, a garota chamou a pequena para a tomar banho e...


Sex appeal - Definitivamente, a Shirai Kuroko está voltando para as suas raízes mais conhecidas. E na cena em questão, a membro da Judgement quis realmente tentar algo mais direto com a Railgun, apelando para a inocência no olhar. O resultado foi...

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons