01/02/13 - 01/03/13 ~ Netoin!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Curtas em geral - parte #189: vem aí o Daisuki!

O logo oficial do Daisuki (divulgação).

Os serviços de streaming estão vivendo um interessante momento de crescimento nos últimos meses. No que tange à temática central deste blog, nomes como Crunchyroll e Netflix são mais do que conhecidos e presentes. Há também o Crackle, que tem mostrado em sua grade gratuita algumas animações como Astro Boy e Blood+. Entretanto, surgiu nesta semana mais um anime que deverá causar o seu alvoroço particular neste meio.

Diretamente de Tóquio, no Japão, aparecerá em abril um novo site com streaming de animes. O nome do mesmo é Daisuki, sendo o seu ideal algo muito próximo do que pode ser visto nos nomes citados no parágrafo anterior, especialmente no que diz respeito ao Crunchyroll. O novo portal já contará com uma equipe de peso como aliados pela sua causa e, diga-se de passagem, o alarde já é mais do que certo em torno do mesmo.

Isto se deve unicamente ao fato de nomes como TMS Entertainment Co., LTD, Aniplex Inc, Sunrise Inc e Toei Animation Co., LTD estarem no plantel de parceiros do Daisuke. Aliás, segundo consta no PDF presente no site oficial do portal, o capital de investimento no mesmo se deu por sete empresas do ramo, sendo que quatro delas já foram aqui citadas. Por si, isto já prova o empenho por detrás deste projeto, que é datado de outubro'2012 e cujo início das atividades está previsto para abril'2013.

Puella Magi Madoka Magica estará no plantel do Daisuki.

Uma vez que se faz saber das parcerias do Daisuki, você poderá ficar muito interessado em ficar à par dos nomes de alguns animes que poderão estar presentes no novo portal de streaming. Desta forma, o nobre visitante deverá ter em mente de que títulos do naipe de Puella Magi Madoka Magica, Lupin the 3rd e The Prince of Tennis possuem grandes possibilidades de estarem disponíveis no portal, tão logo ele entre em atividade. Em outras palavras, tratam-se de nomes consideráveis e que merecem forte atenção. Além disto, o novo portal também contará com uma loja online para a venda de produtos baseados nas séries que venham à ser nele exibidas.

Obviamente o início das atividades do Daisuki não abrangerá a muitos Países, mas poderá ser questão de tempo para que praças como a brasileira possam vir à ser atendidas pelos seus serviços. Este blogueiro já sente muito à vontade atualmente no Crunchyroll e, certamente, a chegada de mais um serviço oficial para streaming de animes virá não apenas para somar, como também para diversificar a gama de possibilidades de escolha para o público internauta.

Tudo isto acaba dando mais uma pitada certeira de veracidade ao post sobre a prisão de uploaders no Japão (reveja-o aqui), pois os serviços oficiais aparentam estar chegando para ficar. Você poderá conferir um pouco mais sobre o Daisuki ao acessar o seu site oficial (em japonês), clicando aqui. E assim uma questão fica no ar: como você avalia tudo isto, nobre visitante?

Até a próxima!

Veja a chamada no blog parceiro Anime Kenkyuukai, ao clicar aqui

O NETOIN! está por aí, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Especial: são três anos de Elfen Lied Brasil no ar! Parabéns!

Você não viu nada errado...

As apresentações se farão necessárias neste post. O título, em si, já faz um belo trabalho de chamada e deixa à você, nobre visitante do NETOIN!, a certeza de que o texto de hoje não orbitará sob a estrela de nenhum anime ou mangá. De igual forma, você lerá mais adiante um post que também não trará nenhuma notícia, nem tão pouco fará uma chamada mais tradicional ou nem falará sobre o International Saimoe League.

Não haverá nenhuma review de anime aqui. Nem uma simplória análise sobre algum título da atual temporada. O assunto será sobre blogs parceiros, mas não estará sendo apresentado nenhum em específico.  Na verdade, com humildade e sinceridade, o tema de hoje estará orbitando sob uma estrela que brilha forte na blogosfera (assim como tantas outras), mas que tem a atenção especial deste humilde casa desde que uma parceria foi formalizada em 4 de janeiro de 2011.

Amigo visitante, hoje você estará convidado a acompanhar um texto muito especial sobre o blog parceiro Elfen Lied Brasil, que na data de 28 de fevereiro está completando saudáveis três anos de atividade.

Uma breve história...

Imagem do blog Elfen Lied Brasil, quando a parceria foi formalizada em 2011.

O Elfen Lied Brasil teve um início de trajetória tão despretensioso e comum, quanto ao da maioria dos blogs que se encontram em atividade (estando o NETOIN! incluso neste meio). A ideia original por detrás de tal espaço na internet era apenas a de mostrar, para quem quisesse ver, algumas pessoas colocando para fora todo o carinho que sentiam pela série japonesa Elfen Lied.

Tendo sendo escrito por uma antiga redatora chamada "A Bozoka", o post de abertura do blog parceiro foi tão simplório e direto quanto se podia fazer esperar (leia-o ao clicar aqui). Uma vez que o intuito do Elfen Lied Brasil era bem básico, o texto que deu início às atividades do blog também assim acabou sendo. A nobre Roberta Caroline fez a sua estreia dias após, apresentando uma série de tirinhas bem simples e aconchegantes, cujo tema das mesmas era o anime de Lucy e companhia (veja aqui tais tirinhas).

Em si, a trajetória inicial do blog em questão esteve em apresentar posts curtos em sua maioria, mostrando curiosidades, desenhos e até algumas piadas prontas sobre Elfen Lied. O mangá, em publicação no Brasil naquele ano, era comentado edição pós edição (como neste texto sobre o quinto volume da obra) com boa desenvoltura por parte da Roberta, que sentia-se muito realizada com tal título em suas mãos. Mas foi o mesmo ano de 2010 que reservou o início de uma mudança de concepção de trabalho.

"Lilium", a suprema música tema de Elfen Lied: destaque no blog parceiro.

Após um contato com o jovem Denys (do também blog parceiro Gyabbo!), o Elfen Lied Brasil passou à abandonar alguns posts que estava à fazer (baseando-se em downloads de materiais como álbuns musicais e mangás) e adotou outras vertentes. Entre o final de 2010 e o início de 2011, o blog aniversariante passou à experimentar uma vertente até então inusitada de postagens, não apenas passando à falar de outros animes e mangás, como também comentando sobre algumas atualidades acerca do sempre crescente fandom animístico.

Por sinal, o blog administrado pela amiga Roberta ganhava outros ares gradativamente. Continuou à ser levado como um hobbie, mas era perceptível a mudança gradual para algo um pouco mais sério e de alto impacto. A parceria em momento de festividade começou a apresentar textos chamativos e de impacto, contando com análises de animes por temporada, chamadas para publicações e curiosidades acerca da animação e cultura japonesa.

Aliás, tudo aquilo que se faça remeter ao gore, terror e ero-guro sempre tiveram um espaço reservado em tal blog parceiro. Um convite para atestar tal afirmativa está no post sobre Suehiro Maruo e seu ero-guro perspicaz e forte (leia o texto aqui). Mais adiante houve a análise de uma obra bem expressiva, que era rotulada como o Circo Ero-Guro de Midori (acesse-o aqui). A obra School Ningyo, quando comentada no blog em cartaz, mostrou que a paixão pela administradora do mesmo pelas temáticas mais obscuras realmente não conheciam fronteiras (leia aqui), o que pode ser atestado também no post sobre Château Rouge, cuja história une o ero-guro e o yuri mais sanguinolento possível (veja aqui o texto).

Hoshi wo Ou Kodomo, de Makoto Shinkai, foi analisado pelo jovem Pedro.

Outro redator de impacto para o Elfen Lied Brasil, e que aparece até hoje no mesmo, já apresentava sinais de grande qualidade em seus textos desde longa data. Este era (e ainda é) o Pedro S. Ekman. A review de Toki wo Kakeru Shoujo já demonstrava muito na qualidade de seus textos e no modo como mostrava as suas ideias sobre uma obra (veja o post aqui). Amigo visitante, com a citação deste post é possível notar que, mesmo ao se valer do nome conhecido, o blog parceiro em questão não possuía unicamente textos sobre obras mais pesadas ou de chamada à gêneros como o terror e o horror.

A própria Roberta fez questão de deixar tal citação em evidência quando publicou, entre outros textos, uma review bem simpática e chamativa do OVA Kowarekake no Orgel (leia ao clicar aqui). Vieram muitos outros posts similares na sequência, como a análise de Shinryaku! Ika-Musume. À rigor, o Elfen Lied Brasil foi mostrando que fugir da obviedade e aumentar as ramificações de atuação era um passo muito saudável e prazeroso à ser dado, no que tange ao crescimento do blog como um todo.

Por sinal, da segunda metade de 2011 em diante, o blog parceiro em questão realmente cresceu cada vez mais, de forma até vertiginosa e impactante. Sinal de um trabalho sendo reconhecido por internautas, autores de outros blogs e sites e também de todo um sentimento de zelo que, atualmente, a nobre amiga Roberta e o jovem Pedro buscam levar adiante no aniversariante Elfen Lied Brasil.

Comentários deste humilde blogueiro

Steins;Gate foi avaliado, episódio pós episódio, pela nobre Roberta em 2011.

A amiga Roberta, nas proximidades do encerramento de 2010, havia comentado em um post desta humilde casa o seu anseio em formalizar uma parceria entre os dois blogs. Por razões até hoje desconhecidas, tal comentário foi para na caixa de spam do NETOIN!, sendo apenas visualizado muito tempo depois. Tanto que, quando tais palavras puderam realmente ser lidas, esta humilde casa e o blog aniversariante já haviam se tornado parceiros em vias de uma outra tentativa feita.

Minha pessoa enxerga com alegria toda a satisfação em ter o Elfen Lied Brasil como sendo, atualmente, um dos mais antigos blogs parceiros do NETOIN!. Mas não é unicamente por isto que se faz existir tal sentimento, mas também pelo fato de que o espaço da Roberta na internet é realmente digno de nota, merecedor de elogios e, acima disto tudo, algo que deve ser sumariamente respeitado.

Este humilde blogueiro não poderia deixar escapar a oportunidade (apesar do momento festivo) de mostrar como um blog pôde evoluir tanto, ao sair de uma "zona de conforto" para ser algo muito maior. Era feito unicamente para se ter a chamada interação natural com outros fãs da obra Elfen Lied pela internet afora, mas que atualmente é visto como um dos representantes mais conhecidos da blogosfera animística brasileira, sem o menor receio de haver qualquer exagero na presente afirmativa.

Deadman Wonderland também foi avaliado em 2011, no Elfen Lied Brasil.

Talvez você esteja se questionando sobre o porque do post de aniversário do Elfen Lied Brasil sair aqui, e não em seu espaço de origem. Na verdade, a nobre Roberta não costuma se sentir muito à vontade quando é para falar do aniversário de seu espaço na internet. Como este humilde blogueiro já havia feito tal ação em 2012 (relembre aqui), então uma nova homenagem se faz aparecer neste momento.

Nobre visitante, não há o menor anseio por recompensas com este texto. Trata-se apenas de um gesto de reconhecimento para com o blog parceiro em questão, que muito tem ajudado no crescimento cujo NETOIN! tem experimentado há quase dois anos. Mas não apenas por isto, pois também o Elfen Lied Brasil é um espaço digno de nota e que, certamente, trás muitas alegrias para os seus atuais redatores.

Por tudo que foi aqui apresentado, ficam registrados oficialmente os desejos de um feliz aniversário ao blog Elfen Lied Brasil, por parte do NETOIN!. Que a nobre Roberta e o jovem Pedro continuem a levar adiante tal espaço na internet. Felicitações.

Até a próxima, nobre visitante!

O Netotin não ficaria de fora da festa...

Navegue um pouco pela história do Elfen Lied Brasil:

Leia a coluna Crítico Nippon do Elfen Lied Brasil, clicando aqui

O blog parceiro Elfen Lied Brasil se encontra também no Facebook e no Twitter

O NETOIN! está sempre por aí, via Facebook e Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Curtas em geral - parte #188: uma garota nada popular ganhará anime...

O mangá da garota nada popular...

Amigo visitante, alguma vez você já se sentiu com um tipo de mal estar tão grande da sociedade, ao ponto de culpar a mesma por você não ser uma pessoa popular? Independente de sua resposta a tão curiosa pergunta, este blogueiro lhe sugere uma rápida mudança de escopo, mas com total manutenção neste mesmo tema.

Imagine uma cidade bem comum, pode ser a que você vive atualmente. Agora, pense que em meio a todos os habitantes deste mesmo lugar, existe alguém que culpa a sociedade que o cerca por não ser conhecido entre os demais. Pode lhe soar muito estranha tal ideia, ou até moderadamente curiosa, mas na verdade tal plot é o alicerce que sustenta a história de um web mangá que, há poucos dias, recebeu o anúncio de que ganhará uma versão animada para a sua história.

O nome de tal obra consegue ser minimamente peculiar, sendo o mesmo Watashi ga motenai no wa dou kangaetemo omaera ga warui!. Para auxiliar um pouco mais na compreensão, a tradução em português de tal nome ficaria próxima à isto: "Não importa como você olhe, a culpa é sua que não sou popular!". Definitivamente, você pode começar a sentir o poderio dramático pessoal que este nome incorpora.

Imagine o que virá pela frente...

Segundo se faz constar no Crunchyroll (em inglês), logo após a terceira edição do web mangá desta obra, foi anunciado um anime para tal título que, no entanto, não possui nenhuma vã previsão de lançamento. Mas é bom que você saiba, por hora, quem é a garota que ousa culpar os demais por não ser tão conhecida quanto aparenta desejar. E com a maior seriedade do mundo, minha pessoa torce para que você não conheça ninguém próximo à tal escopo na vida real...

Conheça, desta forma, Kuroki Tomoko. Ela é uma jovem estudante, detentora de olhos que chegam à ser tenebrosos de tão profundos, podendo até lhe causar certo temor em pouco tempo. Ela pode ser descrita como solitária e possuidora de uma imaginação extremamente fértil, capaz de perpetuar em sua mente muitos desejos pervertidos. Em suas tentativas de estabelecer um convívio social mais aberto, a Tomoko chega a fazer vários cumprimentos sem grande necessidade. Mas parece que tudo isto começou à mudar um pouco, quando ela resolveu conhecer as redes sociais.

Definitivamente, a indústria do entretenimento japonês sabe tirar proveito de fragmentos de sua própria sociedade, para a criação das mais diversas obras. A história que tem a Tomoko como protagonista não é uma exceção para tal afirmativa (ao contrário, pois a torna ainda mais verdadeira). Entretanto, não há maiores detalhes de momento para tal anime. Assim que houverem maiores novidades sobre tal obra da animação japonesa, o NETOIN! buscará trazê-las para você, amigo visitante.

Até a próxima!

Acesse o site oficial das aventuras da Kuroki Tomoko, ao clicar aqui

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Curtas em geral - parte #187: prisões no Japão por...

Kyuubei está feliz ou não!?

Esta edição da seção Curtas em geral falará sobre algo realmente sério e que pode, diretamente ou não, fazer com que você pense sobre toda uma situação, nobre visitante. Em pauta está tudo aquilo que se faz ligar com o chamado upload de arquivos, mas especificamente aqueles que possuem direito autoral.

Recorde-se de que, em janeiro de 2012 (mais especificamente em sua segunda quinzena) uma série de notícias com leis internacionais sobre compartilhamento de arquivos sacudiu a internet de forma vertiginosa. No que tange ao fandom animístico em específico, o rebuliço teve igual poder de alcance. Leis norte-americanas e europeias (mais conhecidas pelas siglas SOPA e PIPA, por exemplo) poderiam causar uma grande mudança na forma como a internet é usada atualmente.

Mesmo com tais leis não sendo aprovadas (ao menos não até segunda ordem), existem Países que adotaram um controle mais rígido e sistemático sobre a questão dos uploads de arquivos. O Japão é uma destas nações e, no conhecido arquipélago, este tipo de ato poderá render uma dor de cabeça imensurável a quem for descoberto fazendo-o.

De 2012 para cá, as ações para combater tais uploads tem se intensificado muito em solo japonês. Recentemente mais uma ação ocorreu no citado lugar, no intuito de fazer com que as leis locais sejam cumpridas como se faz presumir. Segundo se faz constar no Crunchyroll (em inglês, com base original em nota na ACCS) um total de vinte e sete pessoas foram presas, por estarem disponibilizando na internet diversos animes, mangás e jogos (a listagem completa pode ser conferida ao clicar na palavra Crunchyroll mais acima).

Se até a Konata ficou assim...

Ao se notar a quantidade de links anexos sobre este tema, no próprio Crunchyroll, se faz possível ter uma dimensão ainda mais aprofundada sobre como a questão está sendo tratada no Japão. Se você está pensando que isto influencia unicamente os usuários de tal nação, fique à par de que tudo isto poderá (em um certo espaço de tempo) ser sentido em, basicamente, todo o planeta.

Quando se faz falar de direitos autorais, deve-se ter a consciência do porque para o mesmo ser tão falado atualmente. Aos poucos, o Japão vai dando os seus sinais de alerta para os seus habitantes, que usam da grande rede mundial de computadores de uma forma que a lei local julgue como errada. Não obstante à isto, não pense você que o Brasil esteja fora do alcance de tais fatos (aliás, nenhuma nação do globo está, especificamente).

É muito normal que hajam as mais diferentes interpretações para o que tem ocorrido em solo japonês sobre tal tema. Entre as quais costuma-se, deixar em xeque, a representatividade de tais ações e o quanto que as pessoas, num todo, se preocupam realmente com tal fato ou não. Em tempo, há tanta divergência sobre o modo de interpretar tais ações no Japão que, ao mesmo tempo que alguns tem medo de que tal tipo de lei venha para o ocidente, outros julgam como coerente a decisão e esperam que este lado do globo também passe a ter o mesmo rigor de ação.

É bem verdade que, atualmente, há sites como o Crunchyroll e o Netflix que tentam fazer a coisa funcionar dentro dos parâmetros legais (agindo de acordo com as leis vigentes), mas nem todos os internautas se sentem à vontade (ainda) para tanto. Com isto, o NETOIN! propõe uma troca de opiniões sobre o tema.

O que você, nobre visitante, tem para falar sobre tal tema? Deixe as suas palavras na área de comentários deste post, ou encaminhe a sua opinião para o e-mail oficial do blog, que é [blognetoin@gmail.com]. Opine com assertividade, e até a próxima.

O NETOIN! está sempre com você: Facebook / Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Análises em Geral - parte #64: o mangá de Another e o suspense em sua narrativa

A capa de Another, pela Editora JBC.

Saudações, visitante. O NETOIN! apresenta mais uma análise inicial de um mangá publicado em solo brasileiro. A obra da vez  é trazida aos fãs das publicações japonesas por meio da Editora JBC e que, certamente, dividiu muitas opiniões quando o anime de tal obra se fez exibir na primeira temporada de 2012.

É claro que o anime desta obra teve muitos pontos fracos, mas também apresentou as suas peculariedades positivas. No geral, a animação não correspondeu a expectativa inicial da maior parte do fandom, que classificou tal obra de mediana para baixo. Ainda assim, a mesma chamou a atenção principalmente dos iniciantes em animes japoneses, que viram em tal título algo realmente chamativo e de grande valor.

Desta forma, você está convidado à conhecer um pouco sobre o mangá de Another, que está sendo publicado no Brasil e que cujo anime acabou recaindo na descrição feita no parágrafo mais acima.

Uma história com suspense...

Visão parcial da edição brasileira do mangá Another.

A premissa por detrás da história de Another é regida por eventos ocorridos nos distantes anos setenta do século passado. O interessante nisto é que, nos tempos mais atuais, uma escola vive de forma muito evidente um tipo de "maldição" que faz existir nela, justamente por tais eventos em tão distante época. Tenha em mente de que tal acontecimento se faz valer da premissa do surreal e do mistério, onde o suspense presente diz respeito unicamente ao fato de "não acreditar (ou aceitar) que tal evento tenha ocorrido".

No ano de 1972, um estudante da escola Yomiyama (turma 3-3) acabou falecendo por razões totalmente inexplicáveis. Em razão disto e com muito receio em suas mentes, os alunos e professores da citada turma preferiram continuar com o dia a dia de suas vidas naquela sala unica e simplesmente fugindo da realidade. Em outras palavras, passaram a fingir que nada havia acontecido.

Por mais que o plot possa soar como bem básico, o fato é que Another carrega tal ocorrência como alicerce de sua história no tempo presente, na qual aparecem o estudante recém transferido Sakakibara Kouichi (de 15 anos de idade) e uma estranha aluna chamada Misaki Mei. Se estavas a imaginar que a "fuga da realidade" se deu unicamente nos anos setenta, fique à par de que a Mei é a vítima da vez de tal lenda escolar.

Logo após ser transferido, o jovem Kouichi acabou sendo hospitalizado e, com isso, demorou para frequentar as aulas. Ainda no hospital se deu o seu primeiro contato com a Mei, que estava indo realizar uma tarefa pessoal por lá. Na escola, o rapaz notou o modo estranho com o qual todo o pessoal (e não apenas os integrantes de sua turma, que é a 3-3) tratavam a existência da Mei. Após ficar à par de tal lenda escolar, ele resolveu mergulhar no assunto com vontade e nele seguir até o final, para que tais ocorrências não mais atingissem a escola como até então.

O problema maior é que, no tempo presente, os acontecimentos do passado cismam fortemente em atormentar o pessoal da escola, o que faz as ações do Kouichi ficarem ainda mais restritivas. Isto sem mencionar a própria Mei, que acaba vendo alguém que pode confiar no rapaz, mesmo alertando-o que seu destino poderia vir à ser o mesmo dela na escola. Se ficou instigante para você, então só pela história Another tem tudo para ser de seu pronto agrado, visitante.

A publicação

As páginas coloridas do mangá Another, em detalhe.

Agora que você já conhece um pouco mais do plot que cerca o universo de Another, está na hora de ficar à par de como se saiu a publicação brasileira deste título em seu primeiro volume. O que se pode definir, logo de início, é que o valor de capa para este mangá é realmente alto, mas ao mesmo tempo de muito bom grado e realmente qualitativo à qualidade de sua impressão.

A capa é mais simples em seu material do que, por exemplo, pode ser notado quanto ao mangá Card Captor Sakura em sua republicação. Ainda assim é uma capa bem feita e possuidora de uma arte muito bonita, onde a Misaki Mei aparece com certa "sensualidade visual" na mesma. Ao abrir o mangá, você estará convidado a visualizar seis páginas coloridas no mesmo.

Tais páginas visam seguir a padronização da publicação original, e nisto pode-se dizer que a Editora JBC realizou um bom papel. A qualidade das mesmas está realmente muito boa. Entretanto, este blogueiro aproveitará o momento para ressaltar o quão desconfortável foi ler os diálogos naqueles balões de fundo preto, mas aqui se faz ressaltar mais necessariamente uma questão de gosto pessoal do que, propriamente, de algo que se deva generalizar ou levar adiante como "verdade absoluta" sobre a obra em si.

As páginas consideradas normais (preto e branco) foram impressas no mesmo material das páginas coloridas (o papel brite de 52 gramas). Entretanto nota-se que tais páginas são bem comuns, bastando tocar nelas para sentir a diferença sobre as páginas coloridas deste mangá. Isto não entrou como um demérito na avaliação deste blogueiro, mas certamente fará com que muitos questionem o valor de capa desta publicação.

Quanto aos diálogos em si, minha pessoa não constatou nada que tirasse o crédito da obra ou que, de alguma forma, possa ter deixado em evidência algum descontentamento para quem já tenha lido a publicação japonesa. Aliás, no que tange às cenas que se fazem presentes logo neste primeiro volume, deve-se aqui ressaltar que certo evento do primeiros momentos da versão animada de Another aparece no mangá em grande e tenebroso estilo (relatando positivamente).

Objetivamente

Uma cena de impacto, presente no primeiro volume de Another.

A publicação brasileira de Another acabou soando como muito positiva para este blogueiro. Como se trata de uma obra curta (pois terá apenas quatro edições), então a sua aquisição por completo é mais do que certa e, com isso, a garantia de um post de avaliação final da obra, após o último volume ter sido devidamente lido, está garantida aqui no NETOIN!.

Entretanto, deve-se ter me mente que, aos olhos de minha pessoa, o mangá desta obra soube passar um clima de mistério bem melhor que a sua contraparte animada em 2012. Claro que isto é algo muito relativo, e que talvez você não dê uma importância maior por ser uma opinião bem pessoal. Mas fique ciente de que, falando-se bem objetivamente, o suspense se fez garantir muito bem neste primeiro volume de Another.

Vale lembrar que o valor de capa deste mangá é de treze Reais e noventa centavos (R$13,90). Sua tiragem será mensal e maiores informações sobre o mesmo você poderá ter no site da Editora JBC, ao clicar aqui.

Até a próxima.

O NETOIN! está com você no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Um drama, um robô e um desafio: Robotics;Notes, episódio dezoito!

Kai e Aki, no mesmo quarto de hotel: sem nada para especular, certo!?

O mais recente episódio de Robotics;Notes carregava uma premissa que soava como bem interessante. Na mesma, o enredo do anime voltava o seu curso para a cidade de Tóquio, onde haveria a grande exposição de robôs. Um cenário mais do que perfeito para que a Aki e o Kai relembrassem os primórdios da exibição deste título em outubro'2012, quando a citada dupla ditava as regras sobre a obra.

De certa forma, tal "retorno ao passado" pôde ser enfaticamente constatado. O drama pessoal vivido pela Aki sobre a sua irmã mais velha, a Misae, é um ponto do enredo deste anime que chama a atenção. Entretanto, uma grande desconfiança se fez presente sobre como tal possível reencontro poderia ser trabalhado, muito disto em razão do como que certas temáticas foram tratadas em episódios anteriores.

À rigor o episódio em si não decepcionou, mas também mostrou-se estar muito aquém de ser digno de elogios. Não se trata de um tipo de "falácia ao léu", mas sim de uma constatação bem dosada sobre a forma com a qual o episódio trabalhou, especificamente duas temáticas das mais importantes para o enredo da obra animada. De um lado estava a Aki e a história do sonho da sua irmã, e do outro estava a Eskeleton e uma certa desavença com a Misae.

A real Airi, tão simpática quanto a sua versão computadorizada.

Mas agora é o momento de fazer algumas citações sobre como o episódio acabou se desenvolvendo. E a primeira vista vem à tona o fanservice, mesmo que muito leve, protagonizado pela Aki (que fica muito mais apresentável com o cabelo solto). Por mais que desta vez ela o Kai dormirão dignamente em um hotel, algo foi aprontado para eles e os dois amigos terão que dividir uma cama de casal, o que certamente causou grande estranheza, com aquele momento apoteótico da timidez japonesa em seu esplendor.

Este humilde blogueiro teve apenas em tais cenas um momento de alegria no episódio, pois a sequência do mesmo acabou mostrando facetas horríveis do ser humano. A começar pelo robô que estava na expo sendo alvo de críticas, por parte de muitos dos presentes ao evento. A Aki acabou sendo vítima da fúria de um dos manifestantes, sendo esta a primeira cena na qual minha pessoa quis verdadeiramente saltar pela tela. Entretanto, nem de longe este acabou sendo o momento de maior desconforto no episódio.

A irmã da Aki foi a protagonista da cena de maior vínculo para a racionalização, para todo o episódio. O Kai havia visitado a real Airi, que estava no hospital. Acabou encontrando-se com a Misae ao acaso, e decidiu lhe falar algumas coisas presas desde os últimos eventos do anime. Durante o passeio dentro do carro dela, o Kai fez inúmeros questionamentos sobre a conduta da Misae para com a sua irmã, a Aki. O rapaz não conseguia entender o porque de tamanho tratamento frio da moça ao seu lado para a sua amiga de infância. Entretanto, uma resposta apareceu.

Fragmentos de ação, novamente...

A resposta dada pela Misae foi tão verdadeira quanto se podia esperar, e tão forte quanto não se podia aguardar. Parece até que um sentimento ambíguo está sendo aqui registrado, mas na verdade a Misae apenas disse o que realmente pensa sobre as ações de sua pequena irmã. O Kai, imóvel em sua reação, nada mais pôde fazer a não ser ficar divagando com a própria mente sobre o que havia acabado de escutar da boca da moça. Além de ter que esconder a conversa de sua amiga, a Aki, o jovem Kai passou à muito pensar sobre o que estava ocorrendo ali.

E os momentos finais do episódio fizeram questão de temperá-lo ainda mais. Não bastou a Misae finalmente se reencontrar com a Aki após longos sete anos, pois foi preciso um revólver ser sacado contra a Misae. Com isso, Robotics;Notes fez questão de apresentar mais uma de suas várias chamadas para um momento de ação que, para os mais céticos, será jogado totalmente para escanteio no próximo episódio.

Literalmente, o anime parece ter abdicado do fator suspense (que instigava a surpresa) para entregar-se ao gênero slice-of-life (que não condiz com a sua ambientação). Em si, o presente episódio de Robotics;Notes acabou não sendo ruim. Mas só em imaginar que ele poderia ter sido muito melhor, dá aquele sentimento de desânimo pairando no ar. O anime tem abdicado de coisas que não deveria fazê-lo, e isto poderá ser fatal daqui até o seu derradeiro momento final.

Momento fansevice do episódio. Estrelando a Aki.

Até a próxima, amigo visitante.

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Curtas em geral - parte #186 - Pesquisas no Brasil, escolhas no Japão...

Por favor, não façam isto em suas casas...

Saudações, amigo visitante. Nada melhor do que aproveitar o momento de breve maresia para apresentar mais uma edição da seção Curtas em geral, o espaço no qual as chamadas tem de ser tão curtas quanto o próprio nome faz assim definir. E como em boa parte do Brasil o calor tem reinado absoluto, nada mais justo do que a image de capa desta oportunidade pertencer à carismática Konata de Lucky Star, sempre bem à vontade...

Conhecendo o mercado de mangás brasileiro
Formulário para fevereiro'2013

A empreitada do blog parceiro Anime Portfólio entra em seu quarto mês consecutivo de atuação. O nobre Evilásio Júnior tem levado muito à sério o seu ideal, que está totalmente direcionado sobre o público consumidor brasileiro de mangás. Como já se faz saber, as editoras nacionais deste segmento não divulgam seus números de vendagens e, por tal razão, o citado blogueiro acabou tendo a ideia de realizar tal pesquisa.

Não estando atrelada a nenhuma editora em específico, o Anime Portfólio tem mostrado um empenho muito satisfatório com tal ideal, no qual os resultados já obtidos mostram que não existe uma linearidade plena entre os consumidores de mangás publicados no Brasil. Contando com o apoio dos blogs Animecote, Mangatom e Only Good Animes, além logicamente do NETOIN!, a pesquisa clama uma vez mais por sua participação. Para fazê-lo bastará você clicar no link mais abaixo, nobre visitante.


A Aoi, de Vividred Operation. Sua preparação para o combate tem sentido...

Uma novidade está para surgir...

Algo está para surgir em solo brasileiro, no que tange ao fandom da cultura pop japonesa num todo. Esta frase serve perfeitamente de premissa para um ideal, no qual este blogueiro ficou à par recentemente. Antes do boom da internet em seu resplendor, as revistas eram a melhor forma dos fãs da citada cultura se atualizarem sobre o meio. Mesmo sendo verdade que ainda existam publicações em andamento, é inegável ressaltar o quão poderosa a internet tem sido para a propagação de tais informes.

Mas quando uma ideia é posta à prova, tudo é possível de aceitação. E o respeito pela mesma aumenta consideravelmente, à partir do momento em que a opinião do público se faz ouvir antes de qualquer decisão ser prontamente tomada. Como a pessoa que entrou em contato pediu sigilo, a única informação que lhe pode ser verdadeiramente dada é de que você terá até o dia 28 de fevereiro para preencher a uma pesquisa de opinião. Os resultados da mesma servirão de base para a consolidação de um novo projeto que está por estrear. Então, se quiser cooperar, bastará preencher a pesquisa que se fará seguir no link abaixo, nobre visitante.

Pesquisa de opinião - Um novo projeto à caminho

As quarenta personagens preferidas
da atual temporada de animes

Se no Brasil as pesquisas ditam as normativas da vez, no Japão o que ocorre é algo mais diferenciado. Tendo sido realizado pelo conhecido 2ch, um tipo de pesquisa foi realizada para definir um top de personagens. Até aqui, não há nada que soe como muito diferente. Entretanto, tal pleito serviu para eleger as quarenta personagens preferidas da atual temporada de animes.

Pode ser um projeto ambicioso ou não, mas a questão é que os japoneses realmente sabem criar pleitos dos mais variados dentro do conhecido fandom. Amigo visitante fique à par de que, em tal listagem, o anime Vividred Operation obteve o maior número de personagens no top'40 da temporada. Obviamente, outras obras de similar caracterização também abiscoitaram uma boa fatia de tal top. Se está curioso para saber mais sobre tal lista, bastará você acessar o link mais abaixo.


Até a próxima.

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Uma cerejeira mágica e vários amores em Da Capo III...

Os olhares se voltam para alguém...

Se Vividred Operation desponta com uma honestidade gritante em sua proposta (como mostrado no post anterior), Da Capo III acaba se convertendo em uma continuação serial das mais interessantes na atual temporada de animes. Como este blogueiro já salientou em dada oportunidade, o anime possuía um desafio muito severo e importante, sendo o mesmo equivaler-se ao longínquo primeiro Da Capo lançado.

Com sete episódios já exibidos, o que se tem é um título consistente na sua premissa, que não tem apresentado nenhuma falha em seu enredo ou no encaminhamento de cada novo capítulo. À rigor, o anime ainda está um tanto aquém do Da Capo original, mas tem se apresentado como superior aos demais (já encontrando-se par e passo com o que representou Da Capo II).

Talvez um dos grandes pontos positivos no anime até aqui esteja no protagonista da série, o jovem Kiyotaka. Por se tratar de uma obra que tem o harém como um de seus gêneros primários, a espera lógica seria por um verdadeiro "mala sem alça" (ou minimamente bobo) personagem como centro das atenções das garotas no anime. O que se tem em Da Capo III é um rapaz extremamente pouco ousado em suas ações com tais personagens, mas que tem se apresentado com um comportamento bem normal e digno para um anime do tipo harém.

A Sakura e o Utamaru, sempre reivindicando os seus espaços no anime.

Os episódios que vão do quarto ao sétimo foram dedicados, cada qual, a uma personagem em específico. Talvez isto possa ser interpretado como um tipo de mini arco que atua em blocos segmentados, no intuito de manter a história da obra coesa. Se partir do princípio que tal afirmativa esteja correta, o que poderá se constatar é que Da Capo III tem conquistado importantes pontos positivos, com isto, para a sua avaliação final.

No que tange a cada personagem trabalhada de forma mais isolada junto ao protagonista, o que você pode esperar é unicamente o esforço ser feito justamente ao se tocar no ponto mais fraco de cada uma destas personagens, o que varia do ego inflamado de algumas até ao excesso de sentimento carinhoso que outras nutrem pelo Kiyotaka. Mas o rapaz em si age totalmente na defensiva, o que acaba irritando severamente algumas das garotas em vários trechos de tais episódios.

Como não poderia deixar de ser, em momentos esporádicos algum início de confusão está para acontecer, fruto de mal entendidos que beiram a banalidade neste anime. Se ao acaso você estiver à procura de encrencas maiores ou daquela "apimentada certeira" na obra, infelizmente Da Capo III poderá lhe proporcionar um tombo extremamente doído, pois todo e qualquer evento no anime tem se resolvido da forma mais branda e pacífica possível.

A Aoi parece estar muito animada. Por que será!?

Inegavelmente, a afirmativa lançada no último parágrafo poderá fazer com que o anime seja deixado de lado por várias pessoas, pois o fator de curiosidade praticamente inexiste em tais cenas. Falta aquele ímpeto estratégico em Da Capo III, que a própria série já soube trabalhar muito bem em outras obras antecessoras à esta, como o Da Capo II. O sentimento de frustração pode vir à aparecer no anime, mas ainda assim a obra num todo consegue ter mais pontos positivos à se destacar do que negativos para se citar.

Entretanto, nada é perfeito. Ao assistir o sétimo episódio deste anime, você poderá acabar notando uma queda visível na qualidade de animação do título, em uma comparação direta com os seis capítulos anteriores. Fique a par de que a história presente em tal episódio é boa, fazendo jus à honestidade na qual o anime tem trabalhado o seu enredo, mas que a queda no visual causa um contraste desfavorável. Soma-se à isto o fato do anime aparentar "querer correr" com o seu desenvolvimento episódico. Não é algo totalmente ruim, mas sim um fato que poderá dar margens a alguns problemas na reta final deste título.

No âmbito geral, Da Capo III continua sendo muito agradável de ser acompanhado semanalmente. Muito embora a premissa central do anime seja muito básica, nota-se que a mesma é bem trabalhada na execução da obra. Este blogueiro aguarda, acima de tudo, para alguma definição ou conclusão sobre a cerejeira mágica da Ilha Hatsume que, entre outras características, é a real força motriz deste anime. O acompanhamento da obra está garantido.

Amigo visitante, até a próxima.

Da Capo III pode ser visualizado no Crunchyroll Brasil, ao clicar aqui

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Em Vividred Operation, o moe pede passagem...

Akane e Aoi em mais um momento "tenso" no anime...

Definitivamente, Vividred Operation é o sério candidato a ser o anime mais moe desta atual temporada, não havendo um resquício sequer de exagero nesta afirmativa. Se os três episódios iniciais (que já foram aqui comentados) não foi uma prova suficiente de tal fato, os três capítulos seguintes deixaram isto à clara vista para quem quiser ver.

Isso não pode ser visto como um demérito para a obra que, desde os seus passos iniciais, tem mostrado querer trilhar o caminho do moe em sua magnitude. Mas serve como referência bem honesta sobre o anime, que busca apoio em um público alvo bem determinado e presente no fandom mais atual. Somando à isto o fato do anime conseguir empolgar em vários momentos com o seu enredo, poderá ser dito sem nenhum exagero que Vividred Operation é extremamente honesto quanto aquilo que deseja mostrar.

Entretanto, ainda existem os momentos nos quais este anime fere a visão deste humilde blogueiro, estando os mesmos presentes em certos closes estratégicos em certa área dos corpos das jovens personagens. Obviamente é algo proposital, mas aqui se faz ressaltar uma opinião muito mais pessoal de minha pessoa do que propriamente algo que venha à servir como fator de qualificação ou desqualificação da obra em si.

As expressões faciais que tudo traduzem sobre a Akane e a Himawari...

No que tange aos episódios em si, o quarto deles mostrou continuar com a sequência de apresentação do elenco de heroínas. Na presente ocasião, uma garota mais similar ao modo hikikomori de ser passou à integrar o grupo de combatentes. Com uma expressão ligeiramente fria em seu rosto, a Shinomiya Himawari foi apresentada no anime, no qual a sua história (brevemente contada no episódio em questão) auxiliou no processo de entendimento do porque de seu franzimento inicial.

A jovem Himawari é demasiadamente inteligente. Em seu lar fazia espionar as ações das garotas com um certo "conforto hikikomori". Mas lhe chamou a atenção o fato do singelo mascote delas ter aparecido de forma um tanto quanto abrupta, e falando como um ser humano (recorde-se do avô da Himawari). No contexto geral, um episódio que se iniciou e encerrou com duas batalhas, mostrando no seu decorrer a Himawari em seu esplendor ligeiramente mais sério.

Por sua vez, o quinto episódio consolidou a entrada em um momento mais chamativo no anime. Isto se deve ao fato do mesmo ter se centralizado na personagem Kuroki Rei, sendo esta a garota que costuma tentar atrapalhar os planos das jovens guerreiras. À bem da verdade, o episódio colocou em xeque as razões pelas quais a Rei age de tal forma. É importante citar, neste contexto, que ela anseia em destruir o grande gerador de energia mundial, mas que não vê necessidade na existência dos Alones para que tal tarefa seja por ela cumprida. Algumas dúvidas pairaram no ar em razão de tal afirmativa, o que fez de tal episódio ser um dos melhores de Vividred Operation até o momento.

A Rei ao chão. Momento fanservice!?

Se está a se comentar sobre um anime cujo efeito moe prevalece com grande equivalência, não poderia deixar de existir um episódio ao melhor modo praia de ser. E o sexto capítulo da presente saga fez absoluta questão de mostrar tal concepção de enredo. Deve-se deixar claro que todas as meninas apareceram juntas, em razão de um evento escolar. Aparentemente, o avô da Akane resolveu aprontar algo para fazer alguns "testes" na equipe.

Desnecessário enfatizar que tais testes se realizaram sob um cenário paradisíaco e acolhedor. Para os fãs mais ardorosos, as vestimentas das personagens seguiram o manual (tal como um episódio de praia solicita). Para este blogueiro foi um capítulo que pouco agregou na história e no contexto do anime em si, mas que acabou mostrando o poder de "certas tradições" no mercado animístico atual.

No âmbito geral, Vividred Operation continua sendo um anime muito interessante de ser seguido. É bem verdade que seu enredo consegue ser muito raso, mas a exploração do mesmo é tão honesta quanto a premissa que se faz demonstrar desde o seu primeiro episódio. O anime merece créditos justamente em razão disto além de, evidentemente, demonstrar possuir um grande potencial para o shoujo-ai em seu esplendor.

Amigo visitante, até a próxima.

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Um blog chamado Universo Japonês...

Imagem do blog Universo Japonês (divulgação).

Nestes seis anos de jornada ativa, o NETOIN! tem formado parcerias com vários blogs e sites sobre a cultura japonesa em si. Tal temática forma a maior parte de área de trabalho dos blogs parceiros desta casa. Mas alguns destes preferem ser mais audaciosos e trabalhar a cultura oriental como um todo, ou seja, tendo não apenas o Japão como foco de atuação.

Desnecessário enfatizar o quanto isto é representativo. Porém há cuidados que devem ser tomados. Entrar na blogagem já é sinônimo de pleno conhecimento de tal atenção. Com base neste enunciado, se faz apresentar para você um blog parceiro que busca trabalhar sobre a cultura oriental presente em várias nações, nas mais diferentes formas, fazendo com que todas elas sirvam na plenitude de pilares de sustentação do blog à ser apresentado.

Neste momento, o nobre visitante estará conhecendo um pouco mais sobre o blog Universo Japonês, que é o mais novo parceiro do NETOIN!. Uma jovem de nome Lívia, que é a administradora do blog em questão, fez o contato sobre parceria e o mesmo foi aceito após se notar todo o trabalho que se faz levar adiante em seu espaço na internet. Fique à par de que o esmero à ser notado em tal parceria formalizada é direto e impactante.

Em sua página de apresentação, o Universo Japonês deixa bem claro a sua maior intenção, que é a de transmitir informações precisas e reais sobre os países Asiáticos em suas culturas, não buscando foco apenas no entretenimento em si, mas também transmitindo ideias sobre a realidade que os cerca. Tudo isto busca fidelizar o visitante do blog parceiro com informações precisas e chamativas sobre tal região do globo terrestre.

Em si, o blog parceiro trabalha também com animes e mangás, mas dado o seu foco real é possível ver páginas e muitos textos dedicados aos doramas, à música oriental, às tradições e as mais diversas vertentes daquilo que se pode subentender como cultura. Além disto, o blog parceiro possui dois canais de vídeos (um no YouTube e outro no VideoLog) que disponibilizam clipes musicais legendados em português para a devida apreciação. Soma-se à tudo isto mais dois fatores, sendo um deles a cooperação existente para os canais de vídeos, existente entre o Universo Japonês e também outro blog parceiro desta casa, o J~Mixture. Se fazer presente na Liga Extreme United é outro fator de importância sobre o blog parceiro, no que tange à união de vários sites e blogs para o estreitamento cada vez maior entre o Brasil eos Países asiáticos.

Contando com posts bem escritos e promovendo uma experiência de leitura muito boa, somado à todos os fatores já expostos nos parágrafos acima, o Universo Japonês é um blog que faz por merecer a sua visita.

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

Parceria com o blog Otaku Connection!

Imagem do blog Otaku Connection (divulgação).

Formalizar novas parcerias é algo que sempre anima este humilde blogueiro. Sempre existe a questão do auxílio mútuo, de uma maior abrangência de alcance e também do aprendizado constante. O fato do NETOIN! estar na ativa durante longos seis anos não significa que de tudo o blog sabe, nem que tudo o blog vê. Por tais razões, além de várias outras, é que cada blog parceiro é respeitado com grande seriedade neste humilde espaço na internet.

Na presente ocasião, você conhecerá o mais novo blog parceiro desta casa. Muito embora o alicerce central do mesmo esteja baseado na cultura pop japonesa, é possível observar que o trabalho realizado sobre tal temática no blog em questão é de muito agrado e de ótima aceitação.

Amigo visitante, neste momento você está conhecendo o blog Otaku Connection. O contato para a parceria ser formalizada foi feito pelo jovem Pedro Paixão, que faz parte do corpo de administradores do blog que está sendo aqui apresentado. E pode-se notar que um grande trabalho é feito na nova parceria do NETOIN!.

Os posts presentes no Otaku Connection conseguem unificar o útil ao agradável, por intermédio de uma linguagem bastante simples e muito prática. Na abordagem dos mesmos diversos sub-temas se fazem presentes, formando as mais variadas seções do novo blog parceiro que demonstra possuir um grande apreço pela área na qual atua, ao longo de mais de dois anos em plena atividade.

O blog em questão possui, em outras características, um podcast próprio chamado Crazy Cast, sendo que o mesmo poderá acabar sendo de seu apreço, visitante. As outras seções também merecem destaque, pois buscam fidelizar os visitantes do blog das mais variadas formas, tentando atingir a maior parte de gostos possíveis.

Por tudo que foi aqui citado, o Otaku Connection é um blog que merece a sua visita.

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Blogosfera em ação! - edição #3

Ichiban Brasil: mais uma edição se aproxima...

Esta edição da seção Blogosfera em Ação estará devidamente apimentada. De uma extremidade à outra do post, o nobre visitante terá acesso à algumas informações bem interessantes que tem rondado a imensidão da blogosfera nos últimos dias. De um evento que está por se realizar até a chamada para o retorno de um ex-blogueiro às atividades na área, você terá muito para conferir aqui.

Provavelmente você não está à par, mas o Ichiban Brasil está para se iniciar neste ano. A ideia central do mesmo está na eleição, tanto entre os blogs participantes como também entre os visitantes, da escolha dos destaques entre animes, mangás, seiyus, personagens e demais categorias que se farão presentes sobre a temática em si. Será a quarta edição do evento que, como conta a sua história, foi idealizado pelos nobres Denys do Gyabbo! e Leo Kusanagi do Mithril, sendo que a grande responsabilidade em levar o evento adiante continua nas mãos destes dois jovens amigos. Haverão novidades em breve, mas antes você poderá relembrar como foi o Ichiban Brasil em 2012.

NETOIN! - Ichiban Brasil'2012 - chamada / resultados dos jurados / resultados do público

O Crítico Nippon do blog parceiro Elfen Lied Brasil resolveu atacar uma vez mais nos domínios da nobre Roberta Caroline. Desta vez, o intuito foi aplicar aquela pitada de humor bem dosado em sua mais nova postagem. O sempre sério Pedro (sendo ele o Crítico Nippon) resolveu trabalhar em um texto sobre Dragon Ball Z Abridged, que se trata logicamente de um tipo de sátira feita com a clássica série de Gokku e companhia. Os vídeos estão presentes no YouTube, e o texto do jovem Pedro fez questão de deixar à vista clara algumas características bem chamativas sobre o referido trabalho. Para saciar a sua curiosidade, siga mais abaixo...


Quando acaba uma votação, outra se inicia. E quando esta termina, a jovem Kimono Vermelho tende à pular de alegria. Muito embora a rima tenha saído totalmente sem querer, o que vale aqui é o fato do Desafio de Janeiro'2013 já conhecer o tema que será trabalhado, bem como o sexo do protagonista e em qual pessoa será feita a narrativa do conto, cuja publicação está prevista para o mês de abril próximo. Então é chegado o momento de se ficar à par destas informações e, desta forma, aguardar com ansiedade pela publicação do conto no blog da nobre blogueira.


Uma personagem de Saki Achiga-hen: um blogueiro que volta à atividade...

Continuando com a chamada de uma ponta à outra da blogosfera, o alvo é uma vez mais o blog parceiro Gyabbo!. A razão para tanto está em um tipo de "experimento" feito pelo jovem Denys, no qual o já conhecido checklist dos mangás publicados no Brasil ganhou uma pincelada estratégica. Em dois posts (cada um dedicado às Editoras Panini e JBC, respectivamente) você lerá as considerações do amigo blogueiro, mas uma pequena surpresa estará à sua espera no momento em que clicar em qualquer imagem de capa disponível nos dois posts. Se ficou curioso, aproveite para acabar com tal vontade agora mesmo.

Gyabbo! - Checklist dos mangás no Brasil (fevereiro'2013) - Editora Panini / Editora JBC

Mais um podcast. A segunda gravação deste ano e junto dela uma certeza se fez carregar, estando a mesma guardada na premissa de que " O Padrinho" poderia ser mais poderoso se realmente quisesse fazê-lo. O que conta de verdade é a diversão, e o presente podcast poderá lhe render muitas risadas amigo visitante, por mais que a intenção inicial do mesmo não fosse esta. Trata-se do AnimecoteCast em sua vigésima primeira edição, que teve como tema as impressões iniciais da atual temporada de animes. Além deste humilde blogueiro e do jovem Beboop (responsável pelo blog parceiro Animecote) um seleto grupo de pessoas da blogosfera atual se faz presente no podcast. Fica feito o convite para você, nobre visitante.


Por fim, mas não menos importante, o blog parceiro Raiburari chamou a atenção de todos para a notícia que pode ser considerada, por muitos, como a maior novidade da blogosfera animística brasileira desta semana que se passou. Isto se deve ao fato do nobre Leandro Nisishima (antigo dono do saudoso Subete Animes e do Missão Incubator) estar voltando à blogar sobre a cultura japonesa, muito embora o mesmo tenha deixado claro que seus posts serão esporádicos e sem aquele "fator de obrigatoriedade" no ar. Mesmo com o fechamento do Subete Animes, é do conhecimento de boa parte da atual blogosfera o trabalho que o nobre Nisishima realizou em épocas passadas e que, agora, se faz estar na ativa novamente. Então este é o momento propício para as boas vindas ao jovem amigo.


Esta foi a terceira edição desta seção, nobre visitante. Não se esqueça de que seu comentário sobre a mesma é muito importante, muito embora o maior fator de relevância esteja em você visitar os blogs aqui indicados e ver, por si, se este humilde blogueiro exagerou em algum ponto da postagem ou não. Uma nova edição desta seção está prevista para breve, mas de momento ficam registrados os anseios em contar com a sua visita uma vez mais.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Entre um fim e o reinício - Robotics;Notes episódio dezessete!

Na disputa entre robôs e amigos...

O último episódio de Robotics;Notes tratou de apimentar um pouco mais as ações do anime, muito embora o mesmo tenha se focado no drama pessoal de seus personagens. Alguns fatos que ocorreram neste capítulo deixaram, em franca evidência, que a possibilidade da obra animada deixar de lado aquilo que se pode entender por "slice-of-life" dramático é quase nula.

Definindo por partes. Em primeira instância tem-se a morte da Mizuki-san no episódio anterior, que deixou exposta a singularidade com a qual uma "queima de arquivo" é devidamente tratada. Além disto, o acidente sofrido pelo Hidaka (o bom amigo Mister Pleiades) acabou trazendo ainda mais problemas para a Aki e seu clube de robótica.

Um adendo é necessário neste momento, pois o clube de robótica dissolveu-se após tão graves incidentes. Ver a Aki agindo com inesperada quietude e lapso de senso comum, nesta parte do episódio, acabou colocando muitas ideias na cabeça deste blogueiro, sobre o que viria à se passar na mente da garota. A cena da Junna pedindo desculpas pessoais ao pai do Hidaka (ma mais tradicional forma japonesa possível) poderá levar você à diversos questionamentos sobre a ação da jovem karateka.

Kai e Aki em um momento de união...

A grande pergunta pode ser feita no porque da Junna ter se sentido culpada, doravante o grave acidente que acometeu o Hidaka. Mediante a algumas lamentações, o Kai "lançou" a verdade na pequena karateka de uma forma que a Aki reprovou (provavelmente a ex-presidente do clube não iria contar o ocorrido para a pequena karateka). Mas foram os dois principais protagonistas de Robotics;Notes que estiveram lado a lado na, possivelmente, principal cena de todo o episódio.

Com a Frau aparecendo pouco (e timidamente) neste capítulo, a verdadeira faceta da Aki entrou em cena uma vez mais. Em seu intuito queria deixar claro, para o Kai, que não iria desistir de seu antigo sonho e que, contra tudo e contra todos, iria batalhar até o fim sobre o mesmo. Para este humilde blogueiro, o rapaz iria ajudar a sua amiga de uma forma ou de outra, mas preferiu "dramatizar" um pouco lançando-a em uma partida desafiadora, na qual a Aki acabou saindo vitoriosa.

Aparentemente, o sonho da Aki tem mais adeptos do que ela poderia imaginar. Entretanto, o foco maior de todo o episódio ficou restrito aos seus momentos finais, após a sétima parte do Relatório Kimijima ter aparecido para todos. Como não podia deixar de ser, a aparição de tal documento fez com que mais uma incógnita aparecesse no anime, mas esta em proporções realmente globais.

Relatórios espalhados pelo globo terrestre...

Aparentemente, fracções do relatório espalharam-se por diversas partes da Terra. Obviamente, nenhuma explicação foi dada de forma contundente. Tudo que se pôde observar foi um Kai simplesmente abismado (e "petrificado") com tal evento. Talvez tenha algo co-relacionado com o Clube dos 300 ou com as explosões solares que estão próximas de ocorrer (este blogueiro não se esqueceu do relógio no final do décimo episódio). De toda a forma é mais uma incógnita que chega ao anime junto com a frase: "Proteja os Relatórios Kimijima, Kai".

O décimo sétimo episódio de Robotics;Notes não quis ousar, nem ao menos resgatar tudo aquilo que foi mostrado no PV antes do início das transmissões em 2013. O foco acabou sendo, uma vez mais, o drama pessoal vivido pelos personagens. Muito embora tenha havido competência nas explanações e nos eventos, não se pode deixar de lado a ausência de ação (e da Frau, logicamente) pela qual o anime clama tanto para que se faça presente. Deve-se considerar que a Aki em movimento, ao seu melhor modo, é algo que fazia falta ao anime. Porém, a Frau acabou ganhando uma maior representatividade graças à vários episódios que se fizeram exibir.

É provável que o próximo capítulo desta saga venha a falar mais da companhia Eskeleton e dos Relatórios Kimijima. É também quase evidente que, por outro escopo, o próximo episódio venha à mostrar "apenas" a Aki e amigos quebrando as regras e levando a construção do robô mais adiante. Uma união sensata das duas temáticas, entretanto, poderá vir à ser a resolução mais acertada para o dito episódio. Aguardar é preciso.

Até a próxima, nobre visitante.

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons