01/11/13 - 01/12/13 ~ NETOIN!

sábado, 30 de novembro de 2013

Análises em Geral - parte #72: Puella Magi Madoka Magica Rebellion e Akemi Homura...

O logo da obra.

Poderia ser uma história de amizade e amor, mas a conversão foi para outra extremidade.

Advertência!
Este texto pode conter alguns spoilers referentes ao terceiro
filme de Puella Magi Madoka Magica

Um dia, talvez, venha à ser possível que a compreensão de séries (por parte de minha pessoa) possa ser expandida à níveis mais elevados. De igual maneira, poderá ser possível condensar uma ideia em poucas linhas ou então transformá-las em um longo post. A ideia a ser passada será a mesma, ao menos em uma vã teoria. Mas à rigor, a ênfase daquilo que se tenha visto e queira transmitir aos demais tem de ser feita, com humildade e honestidade.

Puella Magi Madoka Magica, anime este que se fez aparecer na primeira temporada de 2011 e que, desde então, não parou de causar seu alvoroço. Em sua história, seres extra-terrestres conhecidos como Incubators transformavam garotas normais em verdadeiras guerreiras mágicas. Mas este era o preço em troca de ter um desejo realizado, não importando qual fosse o mesmo.

Com seus próprios ideais, os Incubators transformaram muitas jovens (não apenas na Terra) em garotas mágicas. Havia um ponto de extrema atenção nisto pois, ao acumular pensamentos e sentimentos negativos, estas mesmas jovens acabavam se transformando em perigosas bruxas (fato este que era desconhecido pelas mesmas). Não é difícil imaginar, com isto em mente, que amigas acabavam se enfrentando. Não se pode chamar isso de equilíbrio propriamente dito, mas pode ser definido como um provável destino.

Kaname Madoka.

Ao longo de sua série televisiva, Puella Magi Madoka Magica apresentou todos os ingredientes possíveis para definir um possível desastre. Não apenas isso, como realmente amigas acabaram se dispersando, morrendo, transformadas em bruxas ou tendo que viajar constantemente no tempo, com o intuito de evitar que certos acontecimentos (ou um em específico) viesse à tona uma vez mais.  A última ação por sinal coube à Akemi Homura, detentora de longos cabelos negros e extremamente quieta no próprio canto. O ensejo dela, no fundo de seu coração e da alma, estava em salvar a Kaname Madoka se tornar uma garota mágica.

Leitura recomendada:

Contudo salvar a sua jovem amiga era um pretexto para algo maior por parte da Homura. Ela nutria sentimentos muito fortes pela Madoka. A melhor amiga da moça de cabelos cor-de-rosa era a Sayaka, que realmente não gostava da Homura e de suas ações, principalmente após o falecimento da Mami. A guerreira de nome Kyouko queria, unicamente, atingir seus objetivos. Ao final da série televisiva, o anime brindou à todos com um final apoteótico e de grande vislumbre, no qual um universo foi criado e que a realidade das garotas mágicas havia mudado consideravelmente.

Kyuubei.

É a partir deste ponto que inicia-se a jornada do terceiro filme de Puella Magi Madoka Magica, onde uma nova realidade alternativa estava em trâmite. Neste conceito de mundo não haviam bruxas. As guerreiras lutavam contra outros inimigos e ele, o Incubator Kyuubei, estava ali para guiá-las. Levando em consideração o final da série televisiva da obra, a Madoka não deveria estar presente neste novo universo (ao menos não em sua forma física).

De maneira interessante e de grande chamada curiosa, a moça de cabelos cor-de-rosa vivia normalmente nesta nova dimensão. E lutava contra o mal ao lado de todas as outras garotas, com exceção inicial da Homura. Ela, de alguma forma, acabou fazendo um novo loop dimensional em sua vida e foi parar naquele mundo. Em uma realidade na qual algo não estava realmente certo.

A Mami estava viva e consciente de seus poderes. Ela possuía uma amiga ao seu lado, sendo esta a temível criatura da série televisiva (que levou a guerreira de encontro à morte). A Sayaka era a mesma de sempre, mas lutando com afinco. A Kyouko também lá estava, sempre comendo algo e sendo uma grande combatente. E a própria Madoka estava entre elas, também servindo de seus poderes contra o mal. Era uma realidade não condizente com os pensamentos da Homura, com que ela tinha em mente, nem tão pouco com o que ela sentia.

Ela é quem você está pensando ser, visitante.

Não fica difícil imaginar como estava a mente da Homura, em meio a aparente "paz" que se notava seu redor. Era tudo muito estranho e de todos ela desconfiava menos, é claro, de uma certa personagem. Dentre todas as ideias que pairavam em sua mente, a guerreira dos loops temporais anseava apenas pela verdade absoluta. Em sua mente, a Homura queria fazer o que mais tinha vontade, de uma vez por todas. Aquele mundo não estava correto, principalmente depois do que ela viu (vide série de televisão) e do sacrifício que a Madoka incorporou para reformular esta ideia no universo.

Não. A Akemi Homura não ficara louca. Sua sanidade mental em nenhum momento merecia ser testada. Seu instinto era apenas um, o de mostrar para todas as outras guerreiras que aquele lugar era uma mentira, que a vida delas era uma falsidade sem tamanho e, por fim, poder ter quem queria para si. Para ela, a Madoka havia se sacrificado demais e não era digno, em nenhum ponto, que um lugar fantasioso como aquele fosse criado (principalmente após a entrega que ela, Madoka, se prestou para salvar à todos).

Contudo, a guerreira de longos cabelos negros não esperava por algumas surpresas. A maior delas veio diretamente da Sayaka. Digna de nota e de muitos elogios, a garota mágica de vestimentas azuis continuava com seu forte temperamento e linguajar apurado para qualquer situação, mas a mente dela estava viva demais. Quantas lembranças. Se a Homura já havia se espantado com a Mami, ela simplesmente traçou outros paralelos após ver a ação da Sayaka.

Akemi Homura em maus lençóis.

Pensamentos de diferentes níveis se fizeram pairar na mente e no coração de Akemi Homura. A jovem acabou se entregando aos seus sentimentos. Mas a ação não se deu da melhor forma possível. Batalhar contra o mundo que a rodeava, seguido pelas palavras de cunho egoísta e verdadeiro proferidas pelo Kyuubei, foi o máximo que a guerreira pôde suportar. Conficionar-se dentro de si foi o que ela fez. Não havia mais volta.

"No mundo de todos, faça o que todos fizerem."

O ditado popular, proveniente de muito tempo atrás, pode ser aqui usado de alguma forma. Tudo que a Akemi Homura queria era ter o chamado "timing perfeito" para poder seguir com a sua ação maior. O seu sentimento mais profundo pela Kaname Madoka não era mais o singelo (e até certo ponto puro) amor. Para ela, a jovem amiga de cabelos cor-de-rosa tinha de passar a ser sua propriedade, mas não apenas na Terra como em todo o universo conhecido.

Sim, isto poderá ser chamado por você de uma atitude egoísta, mesquinha e talvez até desleal. Todas aquelas mentiras (na visão da Homura) fizeram a citada garota entrar em um estado pane com ela mesma. O limiar entre certo e errado não mais pertencia à ela definir ou tentar conceituar. A Homura estava oficialmente entregue aos seus desejos mais profundos. Pará-la, de certo, não estava mais no direito de ninguém, nem mesmo da Madoka.

O futuro seria um novo início?

As pessoas se transformam, dependendo de fatores como seus sentimentos e as suas realidades de vivência (e convivência). Atitudes podem acabar se equivalendo ou simplesmente continuarem em seu prosseguimento conhecido deste o início. Defender a Homura é complicado, muito embora compreendê-la seja muito mais plausível de aceitação. No terceiro filme da série, Rebellion, aquele que em teoria daria os números finais para a obra, a guerreira dos loops temporais acabou sendo a verdadeira antagonista de toda a história. A distância entre o final perfeito e o dito aceitável caberá à cada um julgar em sua própria forma e consciência.

Não cabe aqui incriminar a personagem por algo, e isto nem de longe seria uma atitude digna o bastante. Puella Magi Madoka Magica Rebellion, o terceiro filme da consagrada série do anime, lançou a vista de muitas pessoas uma nova imagem para a garota mágica que, seguramente, estava até então entre as mais consagradas pelos fãs da obra. Ela não perderá a primazia com tamanha facilidade (ao menos não na opinião de minha pessoa). Contudo, é mais do que correto afirmar que os rumos traçados por este filme venham à fazer com que todo o escopo conhecido de tal obra possa ser revisto por muitos, seguramente.

Ao final da mesma uma nova porta se fez deixar aberta, que não será transpassada ou trabalhada pela sua mente original. Os ditos certo e errado caminharam juntos neste filme. A Homura entregou-se aos seus sentimentos (cabe aqui você dar o adjetivo que bem desejar, amigo visitante) e à partir deles executou a maior de suas ações. As forças do bem e do mal podem vir à possuir as suas imperatrizes, ao menos no universo da série Puella Magi Madoka Magica.

Até a próxima, visitante.

Material de apoio, via YouTube

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Coppelion - Episódio #9: vivendo de esperanças...

Isto é uma surpresa!

Particularmente, Coppelion parece querer viver de esperanças.

O nono episódio do anime foi teve o propósito claro e direto de servir para ponte. Entre outros fundamentos e perspectivas possíveis, as ações apresentadas no mais novo capítulo deste anime estiveram concentradas em três linhas, onde uma trabalhava o perigo natural, enquanto que outra existia em razão das irmãs Ozu e, por último, a outra facção dos problemas que ficou resguardada ao planejamento de uma fuga.

Em si, tal saída do local conhecido por "Planeta" carregava algo importante em si, estando o mesmo atrelado à jovem Ibuki. A moça, grávida, está passando por momentos complicados em sua gestação e necessita de pronto cuidado e atenção. A Taeko, como integrante da força de resgaste nitidamente liderada pela Ibara, deveria assumir uma responsabilidade pela qual não se encontrava bem preparada psicologicamente. Graças a uma conversa curta e direta com a Aoi, a garota recobrou as forças em sim, pois uma nova vida humana poderia surgir à qualquer momento.

Em meio a tal cenário, o Haruto continuava a questionar a Ibara sobre sua sina de querer salvar os humanos. A líder do trio de Coppelions na antiga capital nipônica foi totalmente direta e condizente em sua opinião sobre tal fato. As irmãs Ozu, que despertaram após a derrota no episódio passado, estão com muita sede de vingança e a chance de elas atrapalharem os planos do grupo em fuga é bem real.

Isto é a preocupação.

A dita Zona se espalha rapidamente pela incógnita Tóquio. Graças à isto a fuga de "O Planeta" é mais do que essencial. Uma alusão à Arca de Noé foi bem estabelecida. Além disto, a Aoi teve que enfrentar um grande dilema próprio no episódio, pois seu medo em não poder ser útil era algo que a prendia naquele quarto. O simpático robô conhecido do local executou com perfeição om seu trabalho.

Uma pergunta que martela a mente de minha pessoa está, justamente, atrelada sobre o que Coppelion realmente tem como meta. É bem verdade que o anime melhorou consideravelmente nos últimos três capítulos (em especial o da semana passada), mas a obra acaba mostrando que possui um ritmo demasiadamente cadenciado para um anime de onze episódios. Em um aspecto sucinto isto pode representar um cenário preocupante, mas ao mesmo tempo tem sido muito interessante ver a forma como a qual a obra tem trabalhado o seu enredo.

Em si, o nono episódio de Coppelion foi bom. Levando em consideração que está por se tratar de um capítulo de transição, então a tarefa acabou sendo bem cumprida. Lança-se neste momento as boas perspectivas quanto ao que deverá ocorrer no próximo estágio do anime. Seguramente, muita emoção deverá aparecer. E que ela venha com vontade.

Trívia em Coppelion #9


Natureza - A névoa se espalha de forma muito rápida por Tóquio, e isto muito preocupa os sobreviventes de "O Planeta"m além das três Coppelions em missão na antiga capital. Este é o resultado direto de um fragmento da inconsequência e ganância humana, na qual a própria natureza acaba acelerando o processo de castigo. As irmãs Ozu fizeram a sua parte para tanto, mas a questão está um pouco além desta...


Amizade - Aoi e o simpático robô. Ela é um ser vivo criado em laboratório. Ele é o resultado da tecnologia humana. Nos últimos três episódios, os dois personagens muito conversaram e trocaram seus anseios próprios, um com o outro (ele é um robô que tem sonhos). A confidência de palavras fez a diferença entre eles, em especial no que tange à jovem Aoi...

Momentos...


Fuga - As irmãs Ozu não seriam derrotadas com a "facilidade" demonstrada na semana anterior. Por sorte, os responsáveis pelo anime trabalham tal aspecto muito bem...


Gravidez #1 - A Ibuki contemplava pela última vez (ao lado da Taeko) aquele céu azul na cúpula de "O Planeta". Palavras de esperança foram ali ditas, antes que mais grande dose de dor atingisse a futura mãe...


Ayame - Eis a senhora que havia sido salva pelo trio de Coppelions episódios atrás. O papel dela neste episódio (e possivelmente no próximo também) será tão importante quanto s epode presumir. Que o diga a Taeko...


Gravidez #2 - A jovem Ibuki continua com muitos problemas. Seu pai e a Taeko fazem o que podem para auxilia-la neste momento difícil. A revelação da jovem, sobre o pai de sua criança, acaba chamado a atenção para algo ainda maior...


Festa - Sim, houve uma confraternização neste episódio. O pessoal está para deixar "O Planeta" para sempre, então o mais indicado é realmente ter uma festa de despedida digna...


Surpresa - A Aoi ficou realmente afoita em dois momentos seguidos no episódio. Primeiro ao ver que seu amigo robô iria nesta nova jornada com eles. A segunda quando a Ibara lhe falou da presença das irmãs Ozu. O choque foi completo para a moça...


Chamada - Uma nova aventura terá o seu início. Muitos problemas estão no aguardo de todos, mas a força motriz deles está na persistência. Que o diga a Ibara...

Até mais!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Kyoukai no Kanata - Episódio #9: no limite do sentimento...

O desespero visual ao celular.

Quando a ação e a curiosidade cativam de forma convincente...

Definitivamente, Kyoukai no Kanata entrou no saudável bloco da ascendência em sua qualidade nos episódios e no modo como o roteiro se faz prosseguir. A obra tem assim estado desde o sétimo capítulo e, na presente ocasião, a dita Calma parece ter feito com que certos acontecimentos pairassem sobre a cidade.

Não há aqui razões para grande perplexidade, mas o fato é que o anime tem prosseguido de uma forma muito positiva. Atestar esta afirmativa com coerência é possível ao analisar a ação, presente em mais da metade deste episódio. O jovem Akihito esconde em si um poder assombroso, possivelmente desconhecido pelo próprio, que pode até levar a Terra para sua destruição. É com isto em mente que o Mundo Espiritual trabalha, enviando seus seguidores para executar um serviço bem meticuloso.

Por sua vez, a Kuriyama está dividida. Ela ponderou em boa parte do capítulo antes de ir para uma ação mais protelada. Dentro dela um claro sentimento pelo rapaz que é metade humano e Youmu cresce de forma assustadora, mas isto é algo que ela evita admitir ao mesmo tempo. Talvez a palavra "teimosa" se encaixe para ela, mas isto está longe de ser o real ponto de discussão.

Um olhar tenebroso.

A Mitsuki e o Hiromi também lutaram, e não foi pouco. Entretanto, o citado rapaz está explicitamente convicto das ações que terá de realizar, caso sejam necessárias. Entre as quais está matar o Akihito conforme a situação venha à pedir. Eis um ponto claro de chamada para este episódio, pois o protagonista da série pode sim perder sua vida, unicamente enquanto a Calma estiver na cidade. Porém parece que alguém já foi incumbido de tal tarefa. E não se fala aqui da Sakura.

A Izumi parece ter um forte apelo em suas ideias. As palavras por ela ditas foram fortes o bastante para deixar a Kuriyama complexada emocionalmente. Lança-se aqui a questão se ela, Izumi, sabia ou não dos sentimentos que a garota controladora do próprio sangue nutre pelo rapaz metade Youmu. Muito embora tal questionamento pareça ser bobo ou inoportuno, o fato real é que a Kuriyama mostrou-se estar bem decidida a levar adiante uma difícil missão.

Kyoukai no Kanata teve muito apelo direto em seu nono episódio. Foi bem chamativo, propenso à atenção e digno de nota. Não foi espetacular ou fantástico, mas esteve acima de qualquer expectativa para a minha pessoa. Muitas intrigas ainda pairam no ar, mas fica cada vez mais evidente que o anime buscará sanar todas elas até o seu encerramento. E no próximo episódio, a cor branca determinará todas ações.

Trívia em Kyoukai no Kanata #9


Humor #1 - Mesmo em um episódio que pode ser considerado como extremamente sério, a Kyoto Animation fez questão de deixar a sua marca bem registrada. Em um momento no qual Kuriyama e companhia adentraram no apartamento do Akihito, mais precisamente. Alguns objetos do rapaz acabaram vistos, mas muito disto não deveria gerar a surpresa que acabou ocorrendo...


Humor #2 - A Kuriyama necessitava de apoio e a Sakura fez questão de ajudá-la. A imagem acima pode tentar distorcer as palavras aqui lançadas, mas foi exatamente isto que acabou ocorrendo. A jovem controladora do próprio sangue sequer encontrava forças para falar o que precisava, quanto mais sair do estado petrificado no qual estava. O humor contrastou-se com as lágrimas lançadas pela Kuriyama em questão de poucos segundos...

Momentos...


Luta - A dupla Mitsuki e Hiromi estava tendo seus próprios problemas no início deste episódio. Um Youmu que não deveria dar trabalho, dentro da normalidade da situação, fez os dois personagens suarem muito para derrotá-lo...


Indignação - Não há palavra que possa descrever melhor um personagem que, no início do anime, parecia ser o completo oposto daquilo que dele pode ser visualizado por agora...


Olhares - A Sakura contemplava o céu nublado, como quem imaginava o que estava por ocorrer muito em breve. As ações dela são muito mais determinantes do que se pode imaginar...


Fragilidade - O Akihito estava à mercê de algo que pode ser deduzido como "sorte", em um certo momento do episódio. Sua forma humana não era mais total. E pensar que ele tem um tremendo poder em seu corpo...


Ação - A Kuriyama começou a protagonizar o embate mais esperado em todo o episódio (talvez no anime como um todo). Por fora muita valentia. Por dentro muita solidão e incerteza...


Confronto - O Akihito é um Youmu realmente excepcional em batalha. Não deu trégua para a Kuriyama em nenhum momento. Mas algo não estava certo...


Execução - Enquanto a semente do Sombra Vazia era recolhida por um certo representante do Mundo Espiritual, a Kuriyama estava prestes a realização a pior de suas ações possíveis. Ao menos a imagem leva para tal dedução...

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

[N! 7 Anos] Aniversário do NETOIN! com presente para você!

A chamada do aniversário.

Faz muito tempo que a minha pessoa possuía o anseio de realizar uma ação com um intuito diferenciado para o NETOIN!.  Não sendo um fator muito curioso ou que soe como algo inimaginável, diversos blogs e sites parceiros já exploração este tipo de ação antes, na qual eram sorteados mangás ou itens com alusão direta para a cultura japonesa.

E o site está para completar sete anos de atividade, sendo este um tempo consideravelmente alto. Desta forma, e após muito ponderar sobre a realização de tal ação, finalmente chegou-se ao consenso e, pela primeira vez em sua história, o NETOIN! fará uma promoção para você amigo visitante.

Não é um projeto ambicioso, mas certamente chamará a sua atenção para algo realmente bom. Dentre todas as possibilidades possíveis, minha pessoa imaginou o que seria mais atrativo para aqui colocar como premiação. Após pedir um auxílio através da rede social Twitter (a qual trouxe ótimas ideias de todos que auxiliaram), então chegou-se ao veredicto final sobre o que seria colocado como sorteio.

A grande chamada!

Está no ar a promoção: "Sete anos de NETOIN! com presente para mim!"

As regras são bem simples. Compreendê-las de acordo validará a sua participação neste evento, amigo visitante. Então, por favor, siga as instruções mais abaixo.

* obrigatoriamente você tem que residir em solo brasileiro;
* para participar você tem de seguir o Twitter oficial do NETOIN! (clique aqui) e/ou curtir a Fanpage do mesmo no Facebook (veja-a aqui);
* para quem segue o Twitter do site terá de fazer o seguinte tweet ao menos uma vez (não esqueça a hashtag):

Estou concorrendo a um mangá nesta promoção: 
[Sete anos de NETOIN! com presente para mim!]. Veja em 
http://www.netoin.com/2013/11/n-7-anos-aniversario-do-netoin-com-presente-para-voce.html " #netoin7anos   
  
* para quem curte a Fanpage do site no Facebook, bastará compartilhar a imagem da promoção no próprio perfil (a mesma está presente em chamada na Fanpage do site);

Além de seguir as regras acima há uma ainda mais importante, sendo esta a que realmente dará início ao seu processo de participação na promoção, visitante.

* você terá que, obrigatoriamente, comentar neste post de chamada da promoção. O mesmo deverá ser feito contendo seu nome (para efeitos caso seja sorteado, mas no primeiro momento podes colocar seu "pseudônimo" junto ou à parte), seu nickname usado no Twitter e/ou Facebook (especificando a rede social), cidade que vive e e-mail para contato, como no modelo abaixo:

Carlírio Gomes dos Santos Neto
Twitter: @cnetoin
Facebook: Carlírio Neto
Curitiba/PR
E-mail: carlirio@gmail.com

Comentar aqui no post é importante pois, após o término do período de inscrição na promoção, cada participante receberá um número (começando pelo "um"), que será atribuído ao primeiro comentário (e seguindo aos comentários seguintes, sucessivamente na ordem crescente de valores). Este número será o seu passe para a promoção, cujo sorteio será realizado por intermédio do site Random Number Picker (acesse-o aqui).

A primeira pessoa sorteada ganhará o mangá Aventuras de Menino, que foi publicado no Brasil pela Editora L&PM. E o segundo participante contemplado levará a primeira edição do mangá Shingeki no Kyojin, que está sendo publicado em solo brasileiro pela Editora Panini. Estas premiações, vale ressaltar, não possuem vínculo algum com nenhuma das editoras citadas, entrando ambas como verdadeiros presentes à serem sorteados para você, caso sejas contemplado.

Importante também ressaltar que cada participante só poderá tecer um comentário aqui. Sendo sorteado na premiação, haverá a verificação se seguiu o procedimento no Twitter e/ou no Facebook. Caso não o tenha feito em um dos dois, um novo sorteio será realizado. Também haverá novo sorteio se, no prazo de quarenta e oito horas à partir da divulgação, o contemplado não responder aos contatos para a entrega de seu prêmio.

Validade de inscrição na promoção é de 
27/novembro/2013 até 16/dezembro/2013
O sorteio será feito em 17/dezembro/2013, às 20 horas (de Brasília/DF)
Os premiados serão divulgados no post de 18/dezembro/2013, aqui no NETOIN!

Gostou da ideia, amigo visitante? Prestigie-a, participe e compartilhe esta ação do NETOIN! para você. Quem sabe, esta seja a primeira de várias.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons