[N! Drops] Fev'2014 #11: um novo desafio para Kill la Kill... ~ Netoin!

domingo, 2 de fevereiro de 2014

[N! Drops] Fev'2014 #11: um novo desafio para Kill la Kill...

O sufoco após uma árdua batalha...

Kill la Kill entrou, oficialmente, em sua nova etapa. O universo do anime já havia entrado em polvorosa com os dois últimos episódios exibidos, nos quais se fez ocorrer a Incursão às Três Cidades. No meio desta trama, apareceu um antigo desafeto da senhorita Satsuki e também foi revelado o real poder de combate da Ryuuko. Os planos da Nudist Beach começaram a aparecer com grande força, da mesma forma que suas instalações foram destruídas com relativa facilidade por um dos Quatro Grandes da Academia Honnouji. Até este ponto, não há nada que seja um segredo ou um ponto para grande reflexão.

Eis que o episódio dezesseis surgiu. Ele apareceu com muitas responsabilidades estando, entre tais, mostrar as novas sequências de abertura e de encerramento do anime, bem como colocar à toda prova o enredo que o mesmo tende à trabalhar daqui em diante. Explicar tudo que se fazia ocorrer com as ditas fibras de vida podia ser considerada a maior prioridade sistemática. O lado positivo disto tudo é que o citado episódio realmente entregou tudo que foi aqui citado, sem deixar nada para trás.

Entretanto, o fato de ter entregado tudo não significa que o resultado final tenha sido aceito com propriedade por todos. A relevância aqui é única e direta pois, se ao acaso você esperava por alguma seriedade mais tangível ou linearidade consistente no enredo de Kill la Kill, a verdade poderá lhe soar muito amarga e decepcionante do que poderias imaginar. De outra forma, se você assiste ao anime tendo amplo conhecimento de nível alto de nonsense (mesmo nas partes que poderiam ser intituladas como mais sérias), então as explicações dadas cairão no seu agrado com muita satisfação.

Amigas que se entendem até em pensamentos...

Esqueça, por agora, de definições tangentes à famosa e debatida suspensão de descrença. Ela não entrará em foco aqui, pois aceitar ou não as explicações dadas pelo episódio vão facilmente além da explicação que a minha pessoa dissertou no parágrafo anterior. Na verdade, o nível de nonsense de Kill la Kill achou o momento certo para definições acerca do enredo e ele, o nonsense, será o responsável direto pela glorificação do anime como um todo, ou então de sua queda sem precedentes. Tudo isto porque os artifícios mostrados pelo décimo sexto episódio não ultrapassam linhas, mas sim as ignoram.

Na opinião restrita de minha pessoa, a apresentação de elementos acerca da evolução humana por base de uma forma de vida extraterrestre não é uma novidade, mas a premissa acabou encaixando-se como uma luva para o enredo da obra em análise. Houveram explicações acerca disto e ramificações para a mesma, que colocarão tanto a Ryuuko como a própria Satsuki em vertentes bem próximas daqui por diante. Entretanto, não houve um sinal de brilhantismo para o anime em si. Aparentemente, Kill la Kill já mostrou qual a causa que irá abraçar e isso poderá levar muitos a opinarem com seriedade à respeito.

De toda a forma, o anime deverá continuar a divertir bastante. Por mais que as explicações desafiem a lógica ou causem alguma estranheza para você, nobre visitante, pode ter a absoluta certeza de que o nonsense se encarregará de todo o resto para a obra, até que chegue o seu episódio derradeiro (em março'2014). A grande dúvida, entretanto, está em saber se o nonsense terá fôlego para manter o anime até tal momento. Ou não.

Imagens...


"Hora da natação com o pessoal da Nudist Beach..."


"Quando o preciosismo tem um fundamento para existir..."


"O ritual de purificação..."


"Durante a explicação, as poses do professor são quase únicas..."


"Não, Mako... Você não é uma alienígena..."


"Na hora da verdade sobre o Senketsu..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Aceitável como você cita a nível do nonsense as explicações. Mas também espero que o nível da obra não caia( esse nível que ela tem que não considero dos melhores, mas diverte bem). Mas as piadas uma hora vão acabar, ai vai estar o problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações

      Kil la Kill tem trabalhado muito bem tais artifícios, nobre.
      Eu espero que os mesmos não cheguem ao fim com facilidade.


      Até mais!

      Excluir
  2. Acho interessante c lembrar do humor como um dos pontos fortes da obra, justamente por que é algo bem elaborado. Mas - talvez por que kill la kill tenha realmente me surpreendido, tanto nessa temporada quanto na anterior - eu vejo muito mais do que entretenimento nesse anime. Eu não vou me prender a argumentos defendendo o fanservice e os absurdos da história (principalmente quanto à ideia de roupas ET's - ahushaushuash, mas o que.foi.essa.ideia?! XD). Até mesmo pq isso é o óbvio: kill la kill é sim um anime pra entreter, e tem elementos para tal proposta, mas não fica apenas nisso. As referências utilizadas, o modo como a história é conduzida, a interação dos personagens, suas personalidades. Talvez seja algo muito subjetivo esse entendimento de que a obra é muito mais do que humor. De qualquer forma, eu defendo essa ideia. O que vi até agora em Kill la Kill me agradou bastante, e muitos eps remeteram a críticas e proposições que só me instigaram a continuar a assistindo. Concordo com seu post - sobre o fato do humor ser um ponto forte - mas ao mesmo tempo, eu particularmente vejo mais densidade na obra.

    ~devo ressaltar a cena do ep 16, da Satsuki com a sua.. mãe..: aquilo foi tão repentino, que só com os próximos eps eu poderia ter uma conclusão mais... completa XD. o mais chocante é como a cena não se desvia do propósito do roteiro, e até mesmo o modo como a Satsuki ouve a crença da própria mãe é utilizado como parte da explicação. Fanservice com insinuação de incesto - e muitos dizem que não falta mais nada acontecer em kill la kill. Mas olha.. depois dessa, ainda tenho minhas dúvidas XD . É claro que a credibilidade disso tudo é algo discutível - assim como a de muitas outras cenas, mesmo que estas outras não tenham o mesmo o nível polêmico (?!). Ainda assim, foi um ótimo ep.

    Aliás, sempre bom lembrar: a trilha do Sawano tá simplesmente genial. E modo como está sendo utilizada é incrível. Tá que certo que Blumenkranz embalou incesto, mas isso são detalhes XD ou como você mesmo diz: ~~momentos~~. Eeee eu não vou nem me demorar pra comentar sobre a nova OP.. Demais!!!! Viciante!!! Caçando "ambiguous" - GARNiDELiA full tds os dias.

    Espero que continue acompanhando kill la kill, nobre.
    To sempre lendo suas impressões aqui.
    até (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações

      Parece que a nova abertura dividiu opiniões mesmo, nobre Adrielle.
      Entretanto, o novo encerramento teve a Mako reinando absoluta e então parece que está tudo ok.^^

      Hum...
      Entendo-lhe perfeitamente. Na verdade eu consigo ver [pouca coisa séria] no enredo de Kill la Kill, e isto é algo que guardo comigo desde o início de exibição do anime.
      Entretanto, como já foi possível notar, a obra consegue explorar algumas temáticas com uma facilidade imensa, sempre aguerridas pelo nonsense e casualidades ainda mais fora do comum. xD
      Sim, a chamada dos ETs acabou não sendo tão bem recebida assim à nível fandom, mas para o que a obra vinha mostrando em seu enredo e prosseguimento, é bem plausível tal mensuração.

      Esta parte que citaste do episódio unir o extravagante e o necessário ao mesmo tempo, em meu ponto de vista, justamente pelas características que tu bem citou em seu comentário, Adrielle.

      Ah sim, estou acompanhando Kill la Kill e pretendo ir até o fim com o anime.
      E doravante à isto, é certo que novos posts deverão aqui aparecer sobre esta obra...^^
      Grato por seu apoio.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons