Volta ao Passado - A batalha das Sailors em meio ao gelo... ~ Netoin!

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Volta ao Passado - A batalha das Sailors em meio ao gelo...

Eis a grande guerreira lunar!

Sailor Moon em sua fase clássica foi um marco, não apenas para a Naoko Takeuchi (a dona da obra) como também para uma grande legião de fãs das guerreiras lunares pelo mundo afora. Originalmente exibida em 1992 na televisão japonesa (tendo chegado ao Brasil pela antiga Rede Manchete, em 29 de abril de 1996), com um total de quarenta e seis episódios, as aventuras de Serena (Tsukino Usagi no original) e companhia ganharam a atenção e vislumbraram muitas pessoas em solo brasileiro.

Mesclando o bom humor da época com pitadas de drama e aquele saudosismo comprometido em um mahou shoujo que acabou sendo diferenciado para o seu período, Sailor Moon mostrou uma relativa e impregnada seriedade em seus últimos quatro episódios. Mais especificamente no quadragésimo quinto capítulo, no qual as guerreiras lunares partiram ao pólo norte para enfrentar a terrível Rainha Beryl. Entretanto, nem tudo foram flores para elas.

Da forma mais honesta possível, este episódio em questão reuniu toda uma carga dramática ao anime que, anteriormente, só pôde ser notada quando da revelação de quem eram Sailor Moon e Tuxedo Mask. Pauta-se aqui a essência do anime, que estava em ser um mahou shoujo mais descomplicado e alegre (em uma comparação direta com o mangá, mais frio e sério). Essência esta que foi substituída pelo drama e pela dor no episódio em análise.

Teve lugar para o humor neste episódio...

Chegar ao pólo norte foi relativamente fácil para as guerreiras lunares. O difícil foi aguentar toda a pressão inicial lá estabelecida. Além do frio desconcertante (e que fez a Serena entrar em pandarecos) havia a questão da surpresa. Em um grande conflito (uma guerra) isto é parte determinante da estratégia de combate. A Rainha Beryl, tendo conhecimento da chegada de suas inimigas, clamou pela presença de corajosas guerreiras para recepcioná-las de acordo. Com esta intervenção surgiu a dor para cada uma das Sailors que ali pisavam.

Não houveram momentos de alegria. Excetua-se aqui a Serena e toda a sua inocência (ou quaisquer outro adjetivo que você deseje usar para definir a personagem), que caiu facilmente em uma armadilha inicial e que mostrou, à partir de tal momento, que a missão dela e de suas amigas estaria muito além de resgatar o Príncipe Endymion e parar com as ambições da Rainha Beryl. A chamada para os temores de cada uma ganhou essência e força, na medida que cada uma das cinco asseclas das forças malignas iam senso apresentadas e devidamente confrontadas.

Minha pessoa se recorda bem do que sentiu quando viu tal episódio pela primeira vez. Moderadamente falando houve sim um sentimento de tristeza, na medida que cada uma das guerreiras lunares partia ao confronto com as suas adversárias e que demonstravam, acima de tudo, possuir uma força ao combate e à segurança da Serena (que teria um desafio incrivelmente maior mais para frente). De risadas à tapas, passando por termos mais fortes e até por revelações sentimentos, este episódio acabou sendo o preferido (opinião pessoal) de tal anime durante um bom tempo.

Um combate simplesmente chamativo.

Deixando de lado a questão do gosto de minha pessoa e de tal recordação, é chegado o momento de falar da representatividade da aclamada disputa do bem contra o mal presente neste episódio de Sailor Moon. Embora o mesmo tenha se pautado na questão básica (que seria "eu sou do bem e você é do mal" com todo e qualquer artifício presente) a mesma foi incrivelmente bem trabalhada. Houve uma carga emocional muito expressiva em cada diálogo, especialmente quando a Serena se deparava com o que acontecia a cada uma de suas amigas.

É bem verdade que o tempo pune e, neste caso, a animação de Sailor Moon se mostra tão datada quanto simples e, para alguns, até superficial. Mas isto não é importante pois, à rigor, a experiência contida em rever tal episódio mostra como não eram necessários certos "malabarismos" para fazer com que o enredo ou uma mensagem presente no mesmo viesse à tona de maneira direta. Cada expressão facial das personagens demonstrava isso. E a derrota da Rei foi, essencialmente, a que mais marcou neste segmento.

Não há muito mais que precise ser exclamado sobre este capítulo em seu esplendor. É bem verdade que, atualmente, assistir ao mesmo não faz com que a minha pessoa tenha a mesma emoção do que no distante ano de 1996. Mas seguramente existe um sentimento saudosista presente pois, como se faz exclamar por aí, a primeira vez não se esquece. E este episódio em particular de Sailor Moon merece forte menção em razão disto.

Momentos...


"A primeira armadilha nunca se esquece..."


"Uma lição que a Serena jamais esquecerá..."


"Sailor Júpiter..."


"Uma ação irrepreensível para acalmar a Serena..."


"Sailor Mercúrio..."


"Sailor Vênus..."


"O olhar desacreditado de Serena mostra que o momento não era bom..."


"Sailor Marte..."

Sailor Moon (clássico) - Episódio #45
"As guerreiras morrem em um trágico combate"

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Quando assisti esse episódio lá por volta de 1996-97, quase que chorei.
    Nunca tinha visto tanto drama em um desenho.

    Boa lembrança Carlírio.

    :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações

      Esta passagem de Sailor Moon foi realmente digna.
      E confesso que, na época, me emocionei com tais ocorrências do episódio.


      Grato, nobre.

      Até mais!

      Excluir
  2. Olá!!

    Sailor Moon foi um anime que eu assisti aos trancos e barrancos e que lembro muito pouco. n_n''

    Preciso sinceramente voltar a assistir ao anime, para matar a saudade e ver coisas inéditas que não devo ter visto...

    Fiquei curiosa com o episódio citado.

    Até breve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações

      Efetivamente, este episódio foi um dos melhores da série clássica de Sailor Moon, nobre.

      Quando o assistir poderás notar isto de forma bem direta...^^

      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons