Ao Haru Ride - Episódio #1: lembro de você... ~ Netoin!

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Ao Haru Ride - Episódio #1: lembro de você...

O logo da obra.

O tempo não apaga um sentimento da mente e do coração...

Deve ser deveras interessante relembrar de épocas passadas, especialmente no que diz respeito à antiga escola, amigos e muitas situações que certamente foram vividas. Em alguns casos as lembranças são tão impactantes que, honestamente, a chance de lacrimejar com tais foge à mínima compreensão. Parece o enredo perfeito para a personagem certa, com todos os créditos possíveis e imagináveis.

Porém, o descrito acima não serve na totalidade para a jovem Yoshioka Futaba. Ela tinha poucas amizades, sempre ficava quieta em sala de aula e, em razão de tais características, era mal julgada por quase todos. Aparentemente ela não se importava com isso. Até que, em um certo momento, apareceu alguém que soube fazer certos sentimentos nela virem à tona. Mesmo que no mais profundo silêncio, esta jovem garota parecia estar muito interessada em um rapaz chamado Tanaka Kou.

Ele conseguia ser ainda mais quieto do que ela, o que poderia ser visto como mentira por muitos, em ampla seguridade. Mas algo parecia combinar muito além de tal semelhança, no que tange à estes dois jovens. Parecia ser o casal perfeito, o primeiro amor que surgia para ambos. Entretanto, uma palavra dita em um momento de raiva serviu como um tipo de estopim para que certa pretensão começasse a ruir. Mais para frente notou-se que, na verdade, tal tiro de misericórdia para certas ideias acabou vindo de outro acontecimento que não este, primariamente.

Um reencontro...

Três anos se passaram. Agora a Futaba resolveu fazer valer suas ideias de quando era mais criança. Come bastante para afastar qualquer garoto que  queira ser um candidato à pretendente dela. E mesmo com suas amigas lhe chamando a atenção para se cuidar, ela se diz contente por não se envolver com garotos. Sua gana pela mudança se deu, também, ao notar uma colega atual de classe que muito lembra a própria Futaba de antes, sendo deveras sozinha e com os demais subjugando-a erroneamente (o nome dela é Makita Yuuri). Quando certas coisas aparecem, a chance de muito refletir sobre as mesmas é direta e sucinta.

Mas o mundo dá muitas voltas. Três anos acaba sendo um tempo muito pequeno para fazer com que certas lembranças, e sentimentos, se perdessem com tal passar do tempo. E quem poderia imaginar que, ainda assim, um certo rapaz se lembraria de uma garota de suas épocas primárias. Entretanto, tal jovem não atende mais pelo seu conhecido nome dadas questões familiares mais complexas. Agora ele é Mabuchi Kou. E o reencontro dele com a Futaba teve direito à quase tudo, indo desde uma visita ao templo até um desentendimento no intervalo do colégio, originado em um tipo de banca de lanches.

Ao Haru Ride mostrou, em seu episódio inaugural, ser a mistura concisa de um slice-of-life com um bom romance que cresce à passos distintos. Os temas musicais principais, alinhados aos efeitos sonoros simples e carismáticos, fazem com que a sintonia sobre o que você está assistindo seja ainda maior. Não obstante à isto, o visual ajuda muito na experiência que o anime visa proporcionar com seu enredo, repleto da mais pura simplicidade argumentativa que esbanja sentimento, conflitos internos e um fator carisma até um tanto exagerado. Esta dupla, Futaba e Mabuchi (Tanaka) tem muito para aprender mas, seguramente, tem muito mais para mostrar à todos.

E que prossiga a carismática obra...

Trívia em Ao Haru Ride #1...


Apreensão - a Futaba, quando mais jovem, havia exclamado que odiava todos os garotos. Notando de maneira tardia por alguns segundos, seu amigo Tanaka acabou ouvindo tais palavras. O encontro antes marcado acabou não se realizando. A garota associou isto ao fato de ele ter lhe ouvido naquele momento, mas na verdade a razão para o rapaz não ter aparecido foi outra. Desconsolada, a jovem acabou descontando a raiva em sua adorável pelúcia. Enfaticamente não há nada de estranho nisto tudo, nem tão pouco soa errado ou indigno. O que ocorre, na realidade, é o fato de que a vida é movida por momentos, que clamam por atenção à todo instante e que merecem amplo destaque. Saber tratar isso, de maneira humilde e sincera, é mais do que uma ação bem-vinda...

Momentos...


Passado #1 - a chuva se encarregou do trabalho aparentemente mais difícil, que era fazer com que os dois protagonistas da obra se encontrassem. De maneira solo...


Passado #2 - um momento de coragem, sempre necessário. Tanaka não conseguia achar as palavras para fazer o pedido sucinto à sua amiga, mas acabou conseguindo. Ela, por dentro, era pura felicidade...


Nome - já na adolescência, após três anos, a Futaba acabou ouvindo um nome singular que para ela era deveras perceptivo e que trazia certas lembranças à mente...


Reencontro - sem haver um reconhecimento distinto, tudo que a moça ouviu do rapaz foi que o pão que ela carregava era feio...


Templo - desta vez não havia nada de chuva. O tempo estava claro. E os dois bons amigos de épocas passadas puderam, enfim, conversar. E algumas surpresas ocorreram neste meio todo...


Conversa - certas palavras não foram esquecidas, sendo as mesmas até citadas uma vez mais. Porém, os sentimentos também souberem prevalecer, mesmo que ainda às escondidas...


Anseios - em uma recordação do passado, a Futaba parecia querer refazer alguma coisa de tal período...


Engano - após um certo mal trato por parte de uma das senhoras que vendia lanches na escola, o antigo amigo da Futaba fez questão de diferenciar o certo do errado, para o espanto de todos que pré-julgavam a garota, incluindo as amigas dela...


Premissa - o que aguarda por estes dois ainda é incerto. Mas paira no ar a mensagem sobre aquilo que é mais verdadeiro do que qualquer outra coisa. Esta dupla tem muito tempo para se conhecer melhor e, consequentemente, maravilhar à todos com  tais momentos que haverão de chegar...

Ao Haru Ride - Semanalmente com comentários para você, aqui no NETOIN!

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 3Blogger
  • Disqus

3 Comentários

  1. Parabéns pelo site muito legal, estava navegando no google e encontrei ele de cara vlw galera!

    visite meu site também amigos http://www.apkmais.net/

    ResponderExcluir
  2. Esse anime é simplesmente muito fantástico, eu meio que perco a cabeça as vezes e quero bater em todo mundo dai rsrs, mas todos são tão fofos, super agradeço pelo projeto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Já agradecendo a sua visita e comentário, realmente devo concordar contigo, Karine...

      Ao Haru Ride é deveras ótimo. Uma pequena pérola da animação japonesa nesta temporada, sem dúvida alguma.

      Grato!


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons