[N! Drops] Ago'2014 #42: a Sailor Marte soube encantar! ~ Netoin!

sábado, 2 de agosto de 2014

[N! Drops] Ago'2014 #42: a Sailor Marte soube encantar!

Eis que surge a Sailor Marte!

A guerreira das chamas apareceu com estilo e responsabilidade...

Muito embora possa não parecer, Sailor Moon Crystal já estreou tem um mês e meio. Foram apenas três episódios ao ar (uma vez que a transmissão da obra é quinzenal) e, neste meio tempo, a Tsukino Usagi já recebeu a companhia da estudiosa Mizuno Ami, sendo ela a Sailor Mercúrio. Foram dois capítulos que seguiram o enredo do mangá diretamente, chegando a ser possível constatar algumas diferenças entre esta série em exibição e a clássica, de 1992.

No episódio passado, de duas semanas atrás, foi bem interessante ver como certos elementos do anime foram atualizados para o nosso tempo presente. Destaque para o fato do disquete, que a Ami usava no cursinho preparatório, ter sido substituído por um CD (além de outras características). Isso foi bem representativo. E levando em consideração o terceiro capítulo, que foi exibido na data deste post, é bom possível dizer que Sailor Moon Crystal está realmente com vontade de mostrar muito mais. Tudo isto porque uma grande e importante personagem apareceu agora, mostrando seu misterioso poder e possuindo uma aura ainda mais adulta do que a mostrada vinte e dois anos atrás.

Trata-se da Hino Rei. Ela, a garota de longos cabelos negros e sacerdotisa de um templo em Tóquio, fez sua estreia no anime em pauta. Seu semblante inicial, misturando o que se pode definir como adulto (pela intensidade de olhar e uso das palavras) e triste (por tudo que lhe ocorreu), praticamente mostrou qual seria o papel da Rei neste episódio. Sua apresentação no anime foi regada a um momento no qual ela foi acusada de algo que não teve participação direta (além do fato do incidente ter ocorrido nas adjacências do templo onde ela fica), que viria à confrontar uma antiga lenda urbana conhecida como "o ônibus amaldiçoado das seis horas".

Estando atribulada com esta situação, na qual uma pequena visitante do templo havia se envolvido, a Rei basicamente estava descrente com tudo e todos. Por sua vez, a Usagi tratou logo de confortá-la (pois vê-la ao longe no ônibus não bastou) e de defendê-la contra as falsas acusações. A química que uniu as duas foi das mais bem-vindas, muito embora todas as situações e diálogos tenham causado à minha pessoa muitas confrontações com as lembranças oriundas das fases clássica deste anime.

Brincar com fogo é perigoso, mesmo para o Jadyte.

Na série de tantos anos atrás, Rei e Usagi já mostraram que a falta de compreensão e entendimento entre elas seria uma prerrogativa duradoura durante todo o anime, o que se mostrou muito válido até nas fases subsequentes da obra. Em Sailor Moon Crystal não ocorreu a mínima fração de desentendimento entre elas (ao menos não neste episódio). É bem verdade salientar que a jovem de coques em seu loiro cabelo ainda manteve aquele conhecido comportamento estabanado em vários momentos, mas a guerreira das chamas esteve mais adulta do que as lembranças de tal personagem poderiam assim definir.

A melhor parte deste episódio coube à transformação da Hino Rei. Das três sequências presentes até o momento, a dela (Sailor Marte) foi a melhor em boa escala e progressão. As poses dela deram grande menção aos eu comportamento e modo de pensar, até porque a Rei é uma das mais poderosas guerreiras lunares, sendo que tal característica se mostrou tão verdadeira quanto se poderia pressupor. Durante todo o terceiro capítulo, a personagem em destaque mostrou ser bem forte nas adversidades que apareceram, além de ter um senso de responsabilidade essencialmente alto e notório.

Além de todo o foco na Sailor Marte, este episódio teve também a participação bem proveitosa dos inimigos desta série. A Rainha Beryl experimenta, aqui, ser dona de um comportamento mais calculista e menos ranzinza (além do fato de suas unhas serem tão largas quanto a lembrança ressoava na mente). Três de seus quatro generais também tiveram seus papéis, com destaque claro para o Jadyte. Os guerreiros do mal Nephrite e Zoisite apareceram, mostrando possuírem grande curiosidade acerca do tão perseguido Cristal de Prata.

Se tecnicamente este episódio apresentou uma qualidade um tanto quanto inferior à do anterior, de quinze dias atrás, o enredo trabalhado junto à estreia da Rei foi o melhor possível. Sailor Moon Crystal terá, agora, uma pequena pausa nas apresentações das novas guerreiras (as Sailors Júpiter e Vênus anseiam em participar logo do anime). Mas a Hino Rei mostrou como se faz para ser a estrela maior de um episódio, com todas as características possíveis e imagináveis.

Um salve para a Sailor Marte...

Momentos...


"Por quê aquela menina está me encarando assim?"


"Como ela é linda!"


"Presságios de um grande perigo que se aproxima..."


"Mamoru! Você me viu falando com a minha gata?"


"Usagi falhando miseravelmente em tentar defender a Rei das falsa acusações..."


"O olhar sombrio no temido ônibus das seis horas..."


"É o momento da transformação!"


"A Sailor Marte e sua elegância ao final da transformação..."


"Jamais queira ter a Sailor Marte como uma inimiga..."

Dicas de leitura aqui no NETOIN!

Dicas de leitura no blog parceiro Alchemist Nany

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Olá, Carlirio!

    Poxa, antes de mais nada eu surtei aqui quando você linkou meu blog na palavra "química" CHESSUS ACENDE A LUZ, COMO ASSIM? HAHAHAHAHAHA Muito agradecida por esta lembrança, assim como também as recomendações de leitura que você citou!

    No mais, eu juro que fiquei na dúvida se a Usagi e a Rei brigam bastante no mangá, eu li faz muito tempo (em 2009 precisamente), e este episódio foi bem mais sério que eu esperava, mas como você disse, foi bem melhor que o anterior por conta disso.

    A apresentação da Rei foi perfeita, gostei demais e só teria sido melhor se ela tivesse soltado um railgun, mas não tem problema! Misaka aprovou o uso de sua voz para dar vida à defensora do fogo e da paixão até porque aquela transformação dela foi suprema e aquela musiquinha meu Deus HDHSAKHDSKAJHDKSAJHDKSAJAS SOCORRO! Agora é esperar a Júpiter Meltdowner que não preciso pedir mais nada da animação! GO, SAILOR SENSHI! GO, TO ARU UNIVERSE! GO, NETOIN! HAHAHAHAHAHA XD

    https://a.disquscdn.com/uploads/mediaembed/images/1201/9623/original.jpg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Foi uma homenagem digna ao blog digno de minha digna amiga. Tudo digno, bem dosado e merecido.

      O que eu tenho visto do mangá, até o momento, mostra que a dupla Usagi e Rei possuem sim desavenças, mas em um grau de escalada incrivelmente inferior à do anime clássico. Aliás, o mesmo tem provado ser, graças à Crystal, uma verdadeira adaptação à parte do roteiro central (do que quaisquer outra coisa).

      A Rei teve uma aparição digna, respeitosa e crível. Acredito que ela ainda terá mais episódios como "dona de todas as atenções". Faltou, infelizmente, a Toei ter mantido a qualidade mostrada no epsiódio #2 (o que não ocorreu). No mais, é sempre bom ver a Sailor Marte em ação!

      Júpiter Meltdowner? Ficou sugestiva a nomenclatura, sabia? Gostei da referência direta, nobre.

      Go! Go! Go! Go! Go! AN!


      Até mais!

      Excluir
    2. Poxa, obrigada pela homenagem e pelas informações também, Carlirio. No aguardo aqui das tretas da Usagi com a Rei \o/ Hahahhahaha

      O mangá é muito, mas muito mais sério que o anime clássico e a adaptação de Crystal está ótima mostrando isso muito bem.

      E nem me fale, uma pena que a animação falhou muitas vezes, mas mesmo assim o roteiro superior a tudo que foi mostrado fez isso ser aceitável.

      HAHAHHAHAAHA MARS RAILGUN E JUPITER MELTDOWNER SÃO AS MELHORES! <3

      Bom, chega de surtos por hoje, Carlirio... ou não. Até mais >D

      https://a.disquscdn.com/uploads/mediaembed/images/1202/4999/original.jpg

      Excluir
    3. Saudações

      Homenagem bem... Bem digna.

      Exatamente, nobre.
      Sailor Moon, no mangá, é bem mais sério e propício a um universo mais escuro do que o anime conhecido que, ao longo de seus cravados 200 episódios (1992-1996), teve seus momentos de tensão mínimos.

      Sim!
      Quero ver como será a primeira desavença entre a Usagi e a Rei com irrefutável estilo. Ao menos, a senhorita Sailor Moon continua estabanada e isso conta bastante.

      Concordo.
      De igual maneira, espero que a Toei reveja seus conceitos sobre estas falhas que, como tu colocou no seu blog, são inadimissíveis para uma série na qual cada novo episódio sai dentro de quinze longos dias.

      Essas nomenclaturas... São excelentes! Eis a sugestão direta para um nick-name no Twitter por tempo limitado à ti...

      Surtos são bem-vindos, pode acreditar (muito embora eu possa parecer predizer o contrário disto).

      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons