[N! Drops] Nov'2014 #77: Shigatsu e seus protagonistas, sete episódios depois... ~ Netoin!

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

[N! Drops] Nov'2014 #77: Shigatsu e seus protagonistas, sete episódios depois...

O logo da obra em destaque...
Drama e emoção...

Shigatsu wa Kimi no Uso é um anime que, até o momento, tem despertado a emoção latente por parte de quem o assiste. Longe do status da perfeição, a obra tem encaminhado muito bem a sua mensagem central, estando esta pautada no conceito mais íntimo de confiança. No caso, esta palavra ganha uma dimensão um pouco mais profunda pois está pautada no autoconhecimento, que acaba indo um pouco além do fator crer na palavra de outras pessoas.

O jovem protagonista Kousei é o personagem que busca se conhecer mais, enaltecendo um reencontro com o vínculo mais sincero do seu passado. Seu talento musical, no caso com o dom do piano, acabou sendo guardado em algum lugar da mente de tal rapaz durante dois longos anos. Flagelos sentimentais acabaram dominando o seu coração na essência. Reiniciar sozinho é algo que ele nunca buscou, até porque estava ótimo para si o conceito de uma "nova vida". E nestes sete capítulos iniciais, o rapaz tem visto que enfrentar os próprios temores é algo que ele deveria ter feito por si, há muito tempo, pois com isto novas descobertas tem surgido à sua frente.

Contudo, alguém sempre tentou ajudá-lo da melhor maneira possível. Neste quesito entra a jovem Tsubaki, amiga de infância do Kousei e que tem acompanhado de perto a tristeza do rapaz. Sempre ativa e dona de muita energia, esta moça carrega consigo um sentimento especial. Ao longo dos sete episódios iniciais deste anime, a Tsubaki vem notando que querer levar adiante uma ação poderá ser deveras perigoso para ela, ao mesmo passo em que seu emocional tende à convergir para outra direção. Para ela, o seu gesto de amizade pode ter representado, de alguma maneira, o maior engano que a mesma pode ter levado adiante, por mais que suas intenções fossem as melhores possíveis para tanto.

Uma visão que dá o alento para este anime...
Ter apresentado a Kaori para o Kousei pode ter sido o tal engano por parte da Tsubaki. Ao menos, apenas em partes. Ela sempre buscou fazer com que seu amigo voltasse a ter admiração pela música, que é o grande ponto forte dele. E a chegada da talentosa violinista Kaori poderia, em tese, alavancar tal anseio da jovem em citação. Tem funcionado a ideia, mas a mesma tem apresentado algumas ramificações não esperadas. Dona de um talento nato para o violino, a Kaori possui muita espiritualidade ao mesmo tempo no qual leva adiante suas ações com normativas muito mais infantis no processo.Por mais que a primeira visão do Kousei não tenha sido das melhores para ela, ajudar o citado rapaz a redescobrir (e não mais largar) o seu talento para o piano tem sido a sua prerrogativa de momento.

Em meio à isso tudo aparece a figura do Ryouta, amigo da dupla Kousei e Tsubaki que acaba tendo algum interesse amoroso na Kaori. Mas tal ensejo acaba parando aí, notoriamente. Embora ele seja sempre alegre e sorridente, além de gostar de esportes (e fazer parte do time de futebol da escola em especial), o Ryouta não é dos personagens mais confiáveis quando o assunto é garotas. Ele fica extremamente fascinado com alguma facilidade por qualquer moça bonita que lhe apareça na frente. Embora o rapaz seja emotivo em alguns momentos, a verdade está no fato de que nestes sete episódios ele tem servido como um tipo de divisor de águas entre o drama e a comédia na obra, graças às suas falas e expressões quase únicas. Provavelmente ele terá uma importância maior do que se pode imaginar para o anime em si.

De maneira geral, Shigatsu wa Kimi no Uso já fez a devida apresentação de seu elenco principal com exímia categoria. Não desamparou nenhum deles e ainda fez questão de preparar o ambiente para o grande desafio que estará na espera do Kousei. Ratifica-se aqui que ele e seus três amigos (em especial a Kaori e a Tsubaki) é que ficarão à espreita de tudo que deverá ocorrer no anime, do oitavo episódio em diante. Uma grande competição, drama à altura esperada e belas melodias estarão no repertório desta obra.

Aguardar é preciso...

Até a próxima!


"As lágrimas da sinceridade..."


"Uma serenidade não muito sincera..."


"Momento da melodia em pauta..."


"O foco da obra..."

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Oi Carlírio! Só descobri a existência desse anime depois de ler as impressões da temporada da Nath lá no ELBR. O fato de ter música no meio me agradou, e os comentários positivos seus e dela sobre a obra terminaram de me convencer a dar uma chance, ^_^.
    Do ponto de vista dos relacionamentos, a trama segue bem os clichêzões dos shoujos escolares. Eu quase não assisto/leio esse tipo de obra, mas já vi ou li cenas muito semelhantes à algumas das encontradas em Shigatsu wa Kimi no Uso. Os personagens também são bem infantis em vários momentos mas, bom, eles têm 14 anos, então é perdoável e compreensível.
    O que faz a série brilhar para mim mesmo é a relação do Kousei com a música, esse difícil recomeço que ele está tentando enfrentar, procurando vencer os traumas deixados pela mãe dominadora e a falta de confiança. Gosto muito quando, em um dos últimos episódios, a Kaori pergunta se ele está sofrendo, e ele responde que sim, está, mas que toda criação é um sofrimento, e que o resultado é sempre muito compensador. Assisto a série muito mais esperando o desenvolvimento pessoal do Kousei do que dos relacionamentos entre as personagens, apesar de ter esperanças de ainda ser positivamente surpreendida nesse aspecto em algum momento. Ah, e pela música também, claro, ^_^. No mais, acho a arte desse anime belíssima, apesar da qualidade da animação flutuar ao longo dos episódios. Espero ansiosa pelo desenrolar do concurso de piano nos próximos episódios. Me pergunto qual será a reação dos "rivais" do Kousei ao descobrirem que ele não é mais a máquina de tocar piano de antigamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Seja bem-vinda à este espaço, Angélica. Apareça aqui sempre que bem desejar.

      Como posso contextualizar o vosso comentário? Acredito que não seja necessário fazer tal ação, uma vez que a maior parte esmagadora de suas palavras são de meu irrefutável apreço, também.

      Minha única ressalva está pertinente à animação, sendo esta uma característica na qual eu não consegui notar nenhum ponto contrário ainda...

      Eu anseio muito pelo desenvolvimento do romance na obra, nobre. Mas está bem claro que o foco deste anime está mais direcionado ao desenvolvimento do Arima Kousei, sendo que tal fato está distante de ser um ponto negativo.
      No que tange à rivalidade no piano, faço das suas palavras as minhas. Quero muito ver o prosseguimento disto tudo e agir de acordo. Aguardo por fortes emoções neste aspecto/característica.

      Uma vez mais, agradecido à ti imensamente.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons