[Fim de Temporada] Yuri Kuma Arashi... ~ NETOIN!

terça-feira, 31 de março de 2015

[Fim de Temporada] Yuri Kuma Arashi...

A grande chamada.
As mensagens de uma vida...

Na temporada de janeiro'2014, o fandom de obras com conteúdo shoujo-ai e yuri acabou tendo a presença do anime Sakura Trick (comentado semanalmente aqui no NETOIN!) para saciar, mesmo que em partes, aquela vontade e anseio de ter uma obra voltada para tal. Com um enredo simples, focado no dia a dia de duas estudantes (que se gostavam e beijavam muito) e suas amigas, o anime soube agradar em um bom ponto, embora seu produto final pudesse ter sido ainda melhor do que acabou sendo.

Agora em 2015, o mesmo fandom teria mais um anime ao seu dispor. Desta vez, tratava-se de uma obra que levava a assinatura do Ikuhara, a mente por detrás de títulos como Utena e Mawaru Penguindrum. O destaque maior, agora, é o chamado "romance proibido" que, por meio de uma premissa nonsense e até exagerada, acabou ganhando contornos sérios e vislumbrantes. E desta maneira apareceu e se desenvolveu Yuri Kuma Arashi que, ao longo de seus doze episódios, fez a mente de quem o assistia trabalhar mais do que o necessário.

E quando se fala em trabalho mental não é algo à toa. A obra usa de muitas simbologias para emanar suas mensagens em diálogos e ações. Elas não são de fácil captação e compreensão, e isso fica muito óbvio logo nos primeiros minutos do episódio inicial. A verdade é que, na medida em que as personagens iam sendo apresentadas, a chance de você ficar olhando para a tela ficar se questionando sobre o que estava acontecendo ali, naquele momento, era cada vez mais real.

Pobre Lulu...
Na concepção básica de Yuri Kuma Arashi, ursos e humanos não possuem convivência pacífica. Após a explosão de um tipo de planetoide, seus fragmentos caíram na Terra e os mesmos fizeram com que os ursos atacassem impiedosamente a humanidade. Esta, para poder continuar a viver, criou um grande muro com a finalidade de separar as duas formas de vida e estabelecer um meio termo em solo terrestre. Tudo isto soa diretamente como um enredo nonsense e abstrato, mas acaba fazendo parte (mais para frente) da verdadeira mensagem que o anime se propunha a trazer.

Simbolismos vieram e passaram em grande e incalculável velocidade. Termos como "névoa", o "Beijo Prometido" e o "mel" foram citados no início do anime como simples adornos do enredo. Mas este tipo de definição acabou sendo muito falsa, pois ambos tiveram muita amplitude e inserção ao universo da obra. Se você pensar bem, amigo visitante, desde a existência do dito muro até a concepção de tais termos houve uma convergência singular para um mesmo ponto em comum. E, no resumo mais direto possível, Yuri Kuma Arashi falou sobre o amor e como este sentimento tem de vencer certas barreiras para ser amplamente vivenciado. No caso desta obra, ante o preconceito existe ao sentimento homossexual.

A representatividade das ursas e das humanas foi muito forte. O Ikuhara acabou sendo muito inteligente, em demonstrar a linha de pensamento e análise do tema descrito no parágrafo acima com tais personagens. E quando se faz uma referência ao elenco da obra, pode-se aqui afirmar que o mesmo possui um poder para reter-se atenção muito alto, graças não apenas às suas ações, como também pelos diversos momentos nos quais o emocional tomou conta. Expressões e diálogos foram bem competentes na obra como um todo.

O último e derradeiro julgamento. Agora para a Kureha.
O último episódio, em especial, foi feito para trazer a tona o real significado da palavra "emoção". A chamada complementar para o amor fez com que duas das principais personagens deste anime, a ursa Ginko e a humana Kureha, experimentassem dóceis momentos de aproximação acompanhadas daquele sentimento se desprendendo fervorosamente. A Lady Kumaria em sua aparição fez jus a um clamor, trazendo consigo a surpresa e o devido espanto em seu visual e representatividade. Merecia a Lulu ter tido o seu melhor momento neste episódio, contudo (e felizmente) a sua devoção pela causa amorosa acabou não sendo em vão. A singela mensagem, nos acordes finais deste episódio, sacramentaram "o todo" do anime com uma sensação maior do que a do dever cumprido.

Yuri Kuma Arashi foi um anime de visual estilizado em seu ambiente e desenho dos personagens, o que acabou resultando em uma apresentação deveras bem-vinda. Talvez a animação, em si, pudesse ter sido bem melhor trabalhada (sendo este um ponto de atenção). Na parte acústica este anime não fez um papel que se considere memorável, mas foi muito feliz nas melodias presentes. Os temas musicais de abertura e de encerramento podem ser aqui colocados como os grandes destaques nisto, além de alguns acordes que se fizeram entoar durante os episódios.

Difícil aqui mensurar se este anime, Yuri Kuma Arashi, pode realmente ser recomendável para todos. Para a minha pessoa, a obra em análise pode sim ser vista com boas notas e menção, desde que se tenha em mente que a proposta base de seu enredo exige calma para análise. Além disto, a obra possui muita simbologia e momentos nos quais se faz exigir muito raciocínio para que se tente desbravar as mensagens deixadas pelo Ikuhara. Ao final do todo, o NETOIN! lhe indica Yuri Kuma Arashi com satisfação, em especial pelo título em si te desafiar constantemente à compreensão de seus eventos e também da busca pelo real significado do amor.

Um viva para as ursas deste anime...

Momentos mágicos...


"O momento do acerto final..."


"A arma letal se preparando para o disparo..."


"Não sou sua amiga! Só vim para te devorar! Growl, growl!"


"No passado, Kureha e Ginko já possuíam um laço de amizade..."


"Em seu julgamento passado, a Kureha já tinha um sólido sonho..."



"A surpresa reservada pela Lady Kumaria..."


"O Beijo Prometido!"


"Ginko e Kureha, juntas!"


"Lágrimas sentidas..."

Um ciclo que se reiniciará...
Yuri Kuma Arashi
Temporada: janeiro'2015 - Total de 12 episódios

*** avaliação final: 7,5 pontos de 10,0 possíveis ***


"O chamado da Lady Kumaria... Yuri, approved!"

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons