[Semanal] Musaigen no Phantom World #13 (Final): o eterno mundo dos Phantoms ~ Netoin!

quarta-feira, 30 de março de 2016

[Semanal] Musaigen no Phantom World #13 (Final): o eterno mundo dos Phantoms

A capa tradicional.
Um encerramento digno...

Já é sabido que Musaigen no Phantom World foi um anime que, ao longo de sua exibição, não tinha conseguido manter uma linearidade objetiva, no que tange ao modo com o qual se desenvolvia o seu enredo. Em doze episódios, houveram diversas nivelações. Embora seja verdade que tal fato é comum para diversas obras, a verdade é que poderia se esperar mais deste título em particular, uma vez que a sua chamada podia ser vista como algo que chamaria muito a atenção. De toda a forma, para o bem ou para o mal, Ichijou e companhia chegaram ao capítulo derradeiro, com o clamor do triste evento na semana anterior e que, de uma vez por todas, a perigosa Phantom Enigma teria de ser derrotada.

De maneira bem interessante, este episódio acabou revelando a razão pela qual certos estudos e pesquisas eram feitos, baseando-se nos Phantoms como um todo, incluindo nisto os seus poderes. Curioso notar que, como tem sido comum em diversas obras, aqui também foram os próprios humanos que acabaram criando um tipo de existência quase perfeita, graças aos estudos realizados em longa data. Indo um pouco além disto, os experimentos feitos em tal criatura fizeram com que a mesma se "revoltasse", ao ponto de querer criar um tipo de ordem na qual tanto Phantoms quanto humanos obedeceriam à ela cegamente.

O descrito acima não é um projeto que cause alguma novidade, mas não deixa de ser ambicioso por isto. Por si só, a Enigma tinha o poder de chegar neste ponto com relativa facilidade, pois ela podia adquirir as habilidades especiais das pessoas e usá-las de acordo com a sua vontade e/ou necessidade. O poder extraído do Ichijou acabou servindo para esta causa, com total excelência. Seria óbvio demais se Musaigen no Phantom World trabalhasse unicamente isto em seus momentos finais, mas havia um outro ponto que merecia tanta atenção quanto este.

A poderosa Enigma.
A mãe do protagonista era, de fato, uma prerrogativa máxima de atenção. Ela acabou ficando exausta após os eventos do capítulo anterior e, diretamente, abalou não apenas o seu filho Ichijou como também a Ruru e todos os amigos deles. No que se trata da pequenina Phantom, a importância dela acabou tendo uma valia que ficou acima do que podia ser dito aqui como esperado (e novamente, a sequência de abertura do anime sempre havia mostrado tal "carta sobre a mesa"). Para o espanto do grupo formado também pela Mai, Minase, Kurumi e Reina, uma certa união acabou resultando na existência que poderia enfrentar, de frente, a até então indestrutível Enigma (por mais que a maneira que tal ação tenha se dado não fugira, de nenhuma maneira, do escopo que o anime tem apresentado desde o seu início).

O capítulo final acabou coroando, com positividade, a maneira com a qual os quatro últimos episódios deste anime foram trabalhados. Houve uma luta intensa, conversas sérias, chamadas para o fortalecimento e, sobretudo, a importância do elenco em geral ficou em evidência. Curiosamente, o Ichijou mostrou ser ainda mais representativo do que se podia ponderar. A definição sobre os Phantoms, como um todo, fez amplo sentido. Entretanto, fica aqui válido o aviso de que o anime acabou não presenteando como devia quem esperava por algum enlace mais romântico. entre alguns de seus personagens. As ideias neste sentido ficaram pairando pelo ar, mas não é algo que acabe entrando como ponto negativo.

Com a maior sinceridade possível, nobre visitante, a atual temporada tem apresentado finais bem dignos, e felizmente Musaigen no Phantom World não foi uma exceção à tal regra. Com uma chamada interessante e conclusão efetiva, Ichijou e seus amigos encerraram as suas aventuras (no anime, ao menos). Muito embora este humilde blogueiro acredite que uma segunda temporada para este anime não seja necessária ou prioritária, a verdade é que os Phantoms e os humanos possuem um longo caminho pela frente, na busca incensante pela compreensão e entendimento mútuo. Um final digno este, em absoluto.

E assim se segue...

Momentos finais...


"A triste situação vivida pela mãe do Ichijou..."


"A Ruru estando um pouco fora de si..."


"Conheça o poderoso urso hacker!"


"Grandes emoções no combate do grupo ante a Enigma..."


"Apenas não deixe que a imaginação lhe traia nesta imagem..."

Avaliação final para Musaigen no Phantom World...

O grupo se preparando para o momento derradeiro.
Passadas as palavras referentes ao episódio final, é chegado o momento de se falar da obra como um todo. Neste aspecto trivial, Musaigen no Phantom World foi um verdadeiro desafio. Até porque, como se fez citar em quase todos os posts semanais da obra, a inconsistência quanto ao enredo foi uma marca para o anime em si. Pode até soar exagerado este ponto, mas aventuras promovidas por Ichijou e companhia estiveram clamando, em boa parte da obra, por uma condução que desse um teor de seriedade um pouco maior para o título em si.

É bem verdade que os PVs iniciais já davam o indício concreto de qual seria, além da vaga teoria, o ponto de impacto neste anime (e maneira com a qual tal universo seria abordado). Contudo, ainda assim é possível aqui salientar que se podia esperar mesmo algo um pouco além do que acabou sendo mostrado. Não foi sofrível nem ruim, muito pelo contrário. Mas o chamado "gosto" poderia ter sido um pouco mais prazeroso neste aspecto.

Por sorte, tal obra caiu sob as asas da Kyoto Animation para receber sua animação. Tal estúdio costuma ser um primor na parte técnica e Musaigen no Phantom World não foi uma exceção à tal tradição. Desde os cenários até o desenho dos personagens, sobretudo na parte acústica também (que se não foi grandiosa acabou apresentando um trabalho bem feito), este título acabou recebendo um cuidado bem especial.

O Ichijou e sua nova força.
O elenco de personagens pode ter sido apresentado como extremamente comuns no início das aventuras, mas acabou mostrando a sua qualidade na medida em que os episódios iam avançando. O anime mostrou que, mesmo com um enredo que não possuiu uma linearidade objetiva, o trabalho pode ser muito representativo. Em especial cita-se aqui a Ruru, a Mai e o Ichijou, sendo este o trio que soube chamar para si boa parte das atenções durante a exibição da obra.

Levando-se em conta a maneira com a qual o anime foi tratado em sua reta final, fica válido o questionamento soba  razão pela qual o mesmo não ter sido assim cuidado desde o seu início. Independente de ter sido uma decisão à parte ou proposital, a verdade está no fato de que a obra poderia ter recebido uma avaliação final melhor e mais dinâmica, no caso de ter sido assim trabalhada desde os seus acordes iniciais. Contudo, torna-se necessário ressaltar que o anime conseguiu se sair bem ainda assim.

De maneira geral e justa, Musaigen no Phantom World merece uma recomendação positiva por parte do NETOIN!. Se faltou qualidade em simetria no anime não faltou emoção, mesmo que esta tenha sido repartilhada entre diferentes episódios e/ou momentos em especial. A Kyoto Animation mostrou seu incrível potencial técnico, uma vez mais. E o elenco possuiu uma boa representatividade. Para ter aquela descontração bem-vinda, sem a menor dúvida este anime acaba sendo uma ótima pedida.

Recordações...


Partida - as impressões iniciais do anime, em especial nos dois primeiros episódios, certamente fez com que parte do fandom perdesse um pouco do ímpeto para ver a obra...


Adversidades - o Clube de Caça aos Phantomssm teve de passar por muitos apuros para atingir um novo nível, tanto em batalhas como no reconhecimento por tais...


Sorrisos - em contrapartida, o anime apresentou ótimos momentos no decorrer de seus episódios, em especial os quatro últimos...

Musaigen no Phantom World
Temporada: janeiro'2016
Estúdio: Kyoto Animation  /  Total de episódios: 13

*** avaliação final do anime: 7,0 pontos de 10,0 possíveis ***


Grupo - a última visão do Clube de Caça aos Phantoms unido, prestes a realizar uma nova missão...

E na temporada de abril'2016...

Um sorriso angelical.
Um anime cuja história seja dócil, carismática, possuidor de um romance inocente e que, em meio à tudo isso, ainda mostre as alegrias e temores que se tem com apenas doze anos de idade. Uma época de descobertas na vida de qualquer pessoa, em espacial da simpática garota de nome Hanabi Ayase. Na companhia de suas colegas de classe, ela vivenciará as aventuras que tal momento da vida poderá lhe proporcionar, inclusive com a chamada para o primeiro amor.

O parágrafo acima não fez um resumo nítido do anime à ser pautado, mas te deu uma breve ideia sobre aquilo que deverá estar presente em tal obra, nobre visitante. Por tais razões citadas, 12-sai: Chicchana Mune no Tokimeki será o título à ser comentado semanalmente no NETOIN!, na temporada de abril'2016. Uma simplicidade com um ótimo toque de veracidade que serão pautados, a cada novo episódio, nesta humilde casa na internet.

Neste momento, você está sendo convidado à acompanhar esta obra por aqui, também.

12-sai: Chicchana Mune no Tokimeki - PV oficial


"Como se sentir, viver e ver o mundo com doze anos de idade..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Olá, Carlílio!

    Nossa, peço desculpas pelo meu atraso. De verdade, já tentei escrever algumas vezes aqui e o post não foi. Ou porque eu acabo fechando antes de terminar e enviar, ou sei lá. Foi mesmo um acidente, e espero que me desculpe. m(_ _)m

    Enfim, dito isso, eu concordo com a sua resenha de forma geral, também. Embora você tenha gostado mais da série que eu, pessoalmente, e por isso feito uma avaliação mais positiva, acho que podemos concordar que Musaigen no Phantom World ficou aquém das nossas expectativas, e como das nossas, as de muita gente também. É essa a impressão que tenho tido, pelo menos.

    Concordo que esse último episódio foi positivo, e um final digno. Por mais que a série tenha balançado um pouco aqui e ali, esse arco final me agradou também. Minha única crítica é realmente o fato de que foi inesperado, um pouco "ex machina".

    Realmente, não teve romance, apesar de ser um anime "de harém". Essa coisa de finais inconclusivos e falta de "conclusões" também é algo em que o estúdio tem pecado em suas séries, e que faz com que elas caiam no gosto de espectador, não acha? Fato é que as últimas séries que tiveram uma conclusão para os romances, por exemplo, tiveram essa conclusão no movie. E aí o movie é ótimo, mas a série já caiu no desgosto do pessoal. Amagi Brilliant Park, por exemplo, nem movie teve, então ficou inconclusivo. O que você acha disso? Faço algum sentido? ^_^;

    Enfim, parabéns pelo post, que achei muito bom! Agradeço de novo a visita e o comentário no meu post, e até a próxima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Como estás, nobre Chell?
      Fique tranquila, jovem.

      Acredito sinceramente que o nosso maior ponto de concordância está no claro fato de que este anime, Phantom World, teve um potencial sub-aproveitado demais, tanto no enredo quanto ao próprio elenco da obra.

      Porém, mantenho a ideia de que os quatro últimos episódios foram muitos bons e dignos. O último, por sinal, foi ainda mais envolvente.

      Quanto ao seu questionamento, nobre Chell, acredito que reina absoluto o ponto de vista único, que cada pessoa pode ter. Amagi Brilliant Park é um exemplo mais do que propício para o caso. Sentido tem nos eu ponto, não tenho dúvida alguma sobre isto, mas acalme-se jovem... hehe...

      No mais, eu que te agradeço pela visita e pronto comentário.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons