01/05/16 - 01/06/16 ~ NETOIN!

terça-feira, 31 de maio de 2016

[N! Drops] Mai'2016 #25: a temporada do slice-of-life...

A capa da vez.
O cotidiano com preguiça e muita magia...

De fato, a temporada animística de abril'2016 não está sendo digna o bastante de uma medalha de ouro, mas seguramente possui as obras que se destacam de maneira bem particular, seja isto dentro de um gênero específico ou pelo conjunto que oferece (o chamado combo entre características técnicas e prerrogativas do enredo/elenco/afins). Tomando este dado como verdadeiro, é possível aqui citar dois animes que tem se saído muito bem ambos os casos enaltecidos, e de uma maneira mais do que convincente.

Dentro dos mais de vinte animes que este humilde blogueiro está acompanhando no já citado período, Flying Witch e Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge merecem o selo de destaques da temporada, tanto dentro de seus gêneros como fora dos mesmos. Por mais que exista o apreço pelo slice-of-life em si, nem todas as obras deste grupo conseguem manter uma atenção mínima ou elevar a que se faça existir. Contudo, as desventuras de uma carismática bruxa e o cotidiano de um rapaz mais do que preguiçoso cativam além do esperado, sendo isto fruto daquilo que ambos os títulos tem trazido ao longo de seus episódios já exibidos.

Em primeiro lugar, deve-se aqui conotar a serenidade dos enredos que as duas obras tem demonstrado possuir. Se Flying Witch ganha pontos pela calmaria em uma dócil ambientação interiorana, na qual a bruxaria em extinção (segundo o anime) acaba caindo nas graças até de uma garotinha que antes se amedrontava com tal possibilidade, Tanaka-kun embarca no conhecido modal do mundo escolar para mostrar que até mesmo um "poço de tédio" (referência a como o protagonista da obra se encara) possui muitas e boas qualidades. Nestes dois animes, os personagens centrais (Makoto e Tanaka, respectivamente) sabem realmente manter o foco em suas personalidades e no raio de ação que tais podem propagar.

O slice-of-life está muito bem representado na temporada de abril'2016.

Torna-se até curioso isto, mas estas obras em pauta também ganham muitos pontos pela apresentação visual que possuem. Não vai ser citado aqui algo além do necessário, mas os desenhos dos personagens e a harmonia dos cenários em Flying Witch e Tanaka-kun resultam em um tipo de harmonia perfeita, que já teve precedentes em temporadas passadas mas que ganharam nova dimensão nestes animes. Ainda no que tange a conhecida parte técnica, a ramificação acústica de ambos os títulos pode até soar bem simples, mas cumpre com brilhantismo o papel à elas ofertado.

Obviamente, nem tudo é bom em demasia. Para estes dois animes, certos rótulos se fazem espalhar constantemente na opinião do fandom em geral. No caso de Flying Witch, a frase que mais se vê na ativa é a que define o anime como sendo elogiado além de seu próprio merecimento (cuja prerrogativa está no trabalho desenvolvido no mesmo, sem grandes atrativos no caso). Por sua vez, a maneira com a qual o jovem protagonista de Tanaka-kun age causa certo desânimo para várias pessoas, que definem o anime como sendo chato e afins. Muito embora a minha pessoa entenda tais linhas opinativas (e as respeita), a verdade é que o gênero slice-of-life quase sempre foi assim "rotulado", sendo esta uma afirmativa que provém de muito tempo atrás até os dias de hoje.

De toda a forma, estes dois animes estão sendo muito representativos nesta temporada. Existe, além disto, a possibilidade de um deles (ou ambos) aparecerem no já tradicional post de destaques em aberturas e encerramentos, cuja próxima edição está programada para meados do mês de junho. Este humilde blogueiro está sempre exibindo um franco sorriso em Flying Witch e conseguindo rir e se divertir em Tanaka-kun. São obras que, mesmo sem haver a intenção, se complementam. E isto é mais do que positivo.

E assim se segue...

Imagens...
Clique nelas para vê-las em tamanho real...





"Isto é Flying Witch..."





"Isto é Tanaka-kun..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

[Semanal] 12-sai Chicchana Mune no Tokimeki #9: amigas...

A capa.
Uma amizade verdadeira...

Para a minha pessoa, os pontos mais positivos de 12-sai Chicchana Mune no Tokimeki continuam os mesmos, desde o início de sua exibição. É quase a união perfeita entre a simplicidade de sua arte com a honestidade que rodeia seu enredo, ambientação e elenco. Tratam-se de características que fazem imensa falta para diversas obras do ramo e que este título, em particular, consegue demonstrar muito bem como proceder com tal demanda.

Contudo, tudo isso que foi citado mais acima não significa, exatamente, que o anime não tenha pontos de melhoria. No capítulo desta semana, os mesmos ficaram em um alto nível de evidência, citação esta extremamente válida para a sua apresentação visual, que apresentou diversos momentos de pressa em sua confecção e execução. Traços, silhuetas, aproximação de imagens e uso de cores fizeram do episódio nove desta obra o menos cuidado, nesta área, de todos os capítulos da mesma, já exibidos desde o início de abril. É triste para este humilde blogueiro reservar o espaço de análise com tais palavras, mas isto se fazia necessário.

E ainda assim, 12-sai Chicchana Mune no Tokimeki não perdeu seu foco e, perante as negativas de seu visual nesta semana, prevaleceu o enredo rico em carisma e seus personagens que apareceram agradavelmente no mesmo. O alicerce central da história não esteve em nenhum dos dois principais casais que o anime apresentara, mas sim em uma dupla de grandes amigas, demonstrando o quanto os laços reais de compreensão e carinho são formidáveis e sinceros, mesmo com possíveis desentendimentos à ocorrerem com o tempo.

Uma amizade vivendo aquele momento de tensão...
Não por menos, o nome dado para o nono episódio do anime não poderia ter sido mais apropriado, sendo o mesmo batizado como "amigas". Decisão mais feliz do que esta seria sumariamente impossível. Com este cenário apresentado, tem-se as jovens Ayase e Aoi, que são colegas há algum tempo e que, nesta oportunidade, deixaram bem nítida a razão pela qual elas são grandes amigas na atualidade. Uma possui aquele sentido de querer cuidar e defender a outra, ao mesmo tempo no qual uma se sente determinada a seguir os exemplos dados diariamente por sua amiga, no que tange aos estudos e conduta "mais adulta".

Com a prerrogativa acima exclamada, ficou bem fácil deduzir que a harmonia em pauta não agregaria muito, a não ser que uma espécie de prova para dimensionar tal amizade se fizesse presente. E o anime fez um ótimo trabalho nisto, mostrando que os cuidados "exagerados" da Aoi quanto a Ayase iriam, cedo ou tarde, causar algum desconforto. O desejo da defesa maior propiciou o desentendimento e este, por sua vez, fez com que aquilo que mais unia as duas acabasse se fortalecendo, mesmo que com duras provações.

Tal como ocorreu no episódio anterior, e basicamente em todos de 12-sai Chicchana Mune no Tokimeki até o momento, prevaleceu o carisma do enredo, amparado por um elenco em que todos possuem vital importância, dos principais personagens até os "mais indesejáveis" (por assim exclamar). A amizade é um ponto vital de importância na sociedade, ainda mais quando uma certa idade está em evidência. Nisto, a obra está sendo muito feliz em retratar cada característica pertinente a temática citada. Que a obra siga assim, até o seu final.

Aguardar é preciso...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real...


Desespero - a Aoi resolveu o problema de matemática sem problemas, mas a Ayase mal conseguir iniciar a resolução do seu. Sendo assim...


Auxílio - a provocação dos garotos e a pronta ajuda da Aoi para/com a Ayase na situação...



Visões - a Aoi é um espelho para a Ayase, ao mesmo tempo no qual provoca a inveja de outras pessoas. Isso é algo perceptível, até na dócil imaginação da jovem protagonista do anime...



Origem - este foi o ponto que originou o início dos desentendimentos entre a Ayase e a Aoi. Uma provocação doa garotos, com um estímulo de defesa que acabou não funcionando muito bem...


Afastamento - uma separação momentânea...



Defesa - quando a Ayase viu a Aoi em apuros, tentou ajudá-la e, com isto, as duas deram início às pazes e retorno da mais tenra amizade entre elas...



Amizade - Aoi e Ayase...

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons