Um filme chamado "Mimi wo Sumaseba": leveza, beleza e emoção! ~ Netoin!

terça-feira, 12 de julho de 2011

Um filme chamado "Mimi wo Sumaseba": leveza, beleza e emoção!

"Mimi wo Sumaseba".

Talvez este humilde blogueiro seja pertencente ao grupo que pode ser melhor definido como "old school", dada a idade da pessoa que escreve este texto. Pode ser também que, as percepções deste mesmo ser para as obras animadas sejam um pouco estranhas ou diferentes demais, pela razão citada anteriormente.

Mas um ponto merece questionamento próprio: como pode uma animação tocar tão forte sentimentalmente, sem esforçar-se para que tal ato ocorra?

É bem verdade que já houveram muitos reviews de diferentes tipos de animes nesta humilde casa. Mas, este filme em especial merece ser comentado com várias honrarias.

Amigo visitante, esteja convidado à conhecer um pouco sobre "Mimi wo Sumaseba".

Personagens simples e admiráveis...

Cena suspeita!? Pode explicar, Shizuku?

A animação "Mimi wo Sumaseba" ( "Whisper of the Heart", em inglês ) é do distante ano de 1995, produzida pelo competente estúdio Ghibli. Este citado estúdio costuma brindar os fãs de animação japonesa com histórias surpreendentes e fantasiosas. No caso em questão, o mundo se passa em mundo o mais próximo possível da realidade, com situações bem reais, e personagens igualmente reais.

Para se ter uma melhor ideia, a protagonista é uma jovem adolescente. Todos sabem que é nesta fase da vida ( a adolescência ) que as grandes descobertas pessoais são feitas e, para a protagonista deste filme animado, não há exceção à tal regra.

O nome da moça é Tsukishima Shizuku. Uma jovem estudante que, com seus 14 anos de idade, já tem um certo receio de seu futuro. Adora ler. Visitas a biblioteca da escola são até comuns. Mas, em certa oportunidade, ela percebe um fato muito curioso...

Amasawa Senji.

Shizuku acaba percebendo que os livros que ela empresta da biblioteca foram devolvidos anteriormente por uma mesma pessoa. Alguém que gosta das mesmas histórias que ela? Seria fascinante. Contudo, o primeiro encontro com esta pessoa não foi aquilo que pode ser definido com a expressão "que felicidade".

Quem emprestava os livros antes dela era o jovem Amasawa Senji. Este rapaz, no primeiro encontro ( totalmente ao acaso ) com a Shizuku deu a impressão de ser alguém não muito legal. Porém, com o passar da animação, o que se nota é que o Senji é um rapaz muito esforçado e com a visão voltada para o amanhã.

Senji e Shizuku passam à conversar mais. A trocar mais ideias. Nesse meio tempo várias descobertas são feitas e, de uma forma harmoniosa, a naturalidade da adolescência salta à sua frente.

Um pedaço da vida real ao seu alcance visual...

Fragmento de uma memorável cena em "Mimi wo Sumaseba".

Esta animação não busca confrontar realidade e ficção, nem tão pouco dar lições de moral, por mais que as mesmas viessem à ser verdadeiras. Em "Mimi wo Sumaseba", tudo gira em torno na realidade da vida que chega para a Shizuku em forma de dúvidas: são os anseios da garota para o seu próprio futuro...

Os anseios da garota ficam mais conflitantes ao passo e que sua amizade com o Senji se torna mais forte. A razão para isso é simples: Shizuku vê no rapaz alguém muito determinado e com a cabeça feita, o que causa nela um certo desânimo por não ter um futuro traçado para si mesma.

Assim sendo, Shizuku conta com a sua amiga Harada Yuuko para confiar informações pessoais. Entre estas, está seu desejo em buscar um caminho para o seu próprio futuro, espelhando-se rigorosamente em Senji e em algumas outras coisas relativas à uma certa loja de antiguidades...

Colegas da Shizuku: fatos de uma rotina...

Como que você se sentia ao estar gostando de alguém sem perceber, ou ao menos, sem afirmar com convicção? Tenha em mente que é desta forma que a Shizuku passa à se sentir em um momento muito importante da animação, e talvez até o próprio Senji esteja assim. E tal raciocínio conta muito em determinado momento, onde um jovem se declara à Shizuku...

Recorda-se da loja de antiguidades que foi citada anteriormente? Nesta loja, a Shizuku conhece Nishi Shiro, o dono do estabelecimento, que passa à lhe contar certas histórias à partir de alguns objetos presentes em sua loja. Um deles em especial faz com que a Shizuku tenha esta loja como referência, por achar que ali iniciam-se as histórias, onde o toque mágico do estúdio Ghibli entra em cena.

Mas os conflitos internos da Shizuku parecem apenas aumentar. Por mais que a jovem seja um tanto quanto estabanada e às vezes um pouco rigorosa consigo mesma, a Shizuku reflete apenas aquele anseio que se esconde dentro de cada pessoa, especialmente quando está sendo tratada de uma época da vida como é a adolescência.

Em frente à loja de antiguidades: deste ponto em diante...

Uma declaração de amor? Uma visão do futuro? Um sonho à ser realizado? Por que um pode e outro não pode? Quantas e quantas dúvidas, similares ou ligeiramente diferentes destas, você já não teve ( ou as tem )? Assistir "Mimi wo Sumaseba" até pode ser interpretado como um tipo de "tapa na cara", mas esta não é ( nem de longe ) a intenção desta animação...

O filme lhe dá um convite para ver um pouco do dia-a-dia da Shizuku. Este mesmo convite lhe dá o direito de, dadas as circunstâncias e devidas diferenças, se colocar no lugar dos protagonistas desta animação, em especial na da jovem que busca um caminho à seguir. Vir às lágrimas até pode ocorrer...

Objetivamente

Country Road...

Este filme é digno de aplausos e de muitos elogios. E não há exagero algum em tal afirmação, pois "Mimi wo Sumaseba" se compromete à algo que cumpre, com honrarias.

Esteja ciente que se trata de uma animação de 1995. Em comparação com os padrões da época ( alguém pode citar "Magic Knight Rayearth" ), o fator capricho e vislumbre visual é notório. É uma beleza de encher os olhos. Sonoramente, o filme não decepciona. Que tal escutar "Country Road" em inglês na abertura, e em japonês no encerramento da animação?

E falando em tal música: ela é a responsável por um dos momentos mais marcantes em todos os animes que este humilde blogueiro já viu. Vale muito a pena ver tal cena e revê-la, quantas vezes foram necessárias ou se simplesmente assim desejar...

Se tiver a oportunidade, assista à este filme. Em "Mimi wo Sumaseba" você não deve esperar por um mundo de fantasia, mas sim esperar que a dita fantasia venha para você em forma de anseios, com perguntas e respostas no jogo da vida real, com um toque sentimental adoravelmente vívido.

Recomendado na totalidade.

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Seleção de vídeos presentes no YouTube sobre "Mimi wo Sumaseba":

* Trailers do filme: aqui;
* A memorável cena - cantando "Country Road": aqui;
* Assista "Contry Road" sendo entoada - gravação de uma apresentação: aqui.

  • 11Blogger
  • Disqus

11 Comentários

  1. Muito bacana mesmo esse filme, como um fanboy do Ghibli (não só do Miyazawa, do estúdio mesmo) devo admitir que minha opinião é influenciável e tenho um amigo que não gostou do filme, mas eu indico fortemente ele e para ter uma experiência mais completa também indico Neko no Ongaeshi, uma história em que temos o Baron como personagem.

    ResponderExcluir
  2. Mimi wo sumaseba é uma pequena obra de arte do diretor Yoshifumi Kondou. A canção originalmente se chama "Take me home, Country Roads", de John Denver, é um country que foi tão popular que até está presente no Videokê. (E se 1995 lhe parece distante, saiba que a música tema original vem de 1971!).

    Quando foi lançado, Mimi wo sumaseba era antecedido pelo curta On Your Mark, na verdade um video-clipe da dupla Chage & Aska escrito e dirigido por Hayao Miyazaki em pessoa. Recomendo que procure pra assistir, pois On Your Mark é um animê primoroso, e com apenas 6 min. e 40s.

    Parabéns pelo registro desse grande trabalho, que merece ser mais divulgado por aqui.

    Abraços!
    Alexandre Nagado
    http://nagado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. ótimo texto, devo dizer que ainda não vi tal filme, mas agora esta adicionadop a minha lista de animes, prefiro ver os filmes mais antigos por um grande motivo, "me acostumei com eles" embora Mimi wo Sumaseba seja um titulo um tanto desconhecido aparenta ser ótimo, e comparando com os atuais o tma originalidade é mais forte. Enfim, verei e tirarei minhas próprias conclusões ^^
    abraço
    Daegar

    ResponderExcluir
  4. Quase nunca me arrependo das indicações que vejo por aqui. E pelo enredo é com certeza um que vai entrar na minha lista de assitiveis.

    ResponderExcluir
  5. Saudações

    Estou com o tempo meio corrido nesta semana, mas faço questão de responder aos comentários.

    *animeportifolio: sim, já sei que tu é um fã incondicional do estúdio Ghiblli. E "Mimi wo Sumaseba" realmente é uma obra maravilhosa. Assistirei a "Neko no Ongaeshi" e depois comentarei, ok?

    *Alexandre Nagado: muito agradecido por suas palavras, Nagado. Se a música é dos anos 70, só posso dizer que ela continua maravilhosa desde então. E sim, procurarei escrever mais sobre obras deste naipe, na medida do possível. Grato.

    *Daegar: por favor, assista à esta animação e comente sobre ela. Aguardo desde este momento pelo seu texto.

    *@açougueiro@: quase nunca se arrependeu? Isso me deixa muito contente. Espero sim que "Mimi wo Sumaseba" venha à ser de seu agrado tão logo o assista.

    Obrigado à todos pelos valiosos comentários.

    ResponderExcluir
  6. Os comentários do Carlírio me conquistaram. Vou baixar, assistir e volto pra comentar.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma excelente recomendação Carlírio. Como é de praxe nos filmes do Miyazaki, "Se você ouvir atentamente" é filme muito bem levado e gostei particularmente dos momentos de puro slice of life do filme heheheeh. Me identifiquei completamente com essa fase confusa na vida da Shizuku. Eu já passei por isso e meus pais não foram tão compreensivos assim não >______< O lado fantasia eu gostei bastante também, por um momento achei que fosse virar um "Alice no país das Maravilhas", mas nem foi. E a música marcante Country Road, assim como as outras combinaram super bem com a ideia que o filme quis passar. É bem simples né? E muito gostoso de se assistir num final de semana.

    ResponderExcluir
  8. Saudações


    Roberta, "Mimi wo Sumaseba" é de uma tranquilidade que realmente assusta. E foi justamente tal atmosfera que me atraiu na animação.

    Country Road... Não sai mais da minha cabeça tal música... E vai ficar assim durante um bom tempo...

    Até mais!

    ResponderExcluir
  9. Um daqueles Ghibli que ninguém afirma ser o melhor, mas figura entre os favoritos de quase todos.

    ResponderExcluir
  10. Saudações


    Kauê, só sei frisar o quanto "Mimi wo Sumaseba" é ótimo.

    Excelente, eu diria.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  11. Acabou de sair o Bluray desse filme.
    Agora só falta Kiki.

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons