01/12/18 - 01/01/19 ~ Netoin!

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Uma mensagem de ano novo...


Um momento para se pensar...

Doze anos de atividade deste blog. Muitos períodos nos quais poucos posts aqui apareceram. De igual maneira, igual mensuração é feita a quantidade de textos seguidos que já foram publicados neste humilde espaço na internet. Tudo isto, desde 22 de dezembro de 2006, sem nunca nenhuma gana mais pessoal ter sido iniciada.

O Netoin! teve um 2018 conturbado, mais do que o ano anterior, sendo este um retrato de como foram estes últimos doze meses para o humilde blogueiro que, neste momento, lhe redige este post. Tal como foi mostrado no post de aniversário, em algum momento o alerta de "pare" chegou a aparecer, mas não foi efetivamente concretizado. Com isso, trabalhos ficaram em estado de pausa, dando brechas consideráveis para dúvidas e devaneios.

Para 2019, o novo ano, este blog buscará voltar a atividade que já apresentou outrora. Não será de imediato, logicamente, mas a ideia é de que os próximos doze meses sejam bem interessantes para o Netoin!, nobre visitante. E que isto possa ser alegre e humildemente compartilho contigo, de maneira justa e saudável.

Com este pequeno texto, o Netoin! (e seu mascote Netotin) desejam um Feliz Ano Novo para você, amigos e entes queridos. Dois mil e dezenove reserva, desde agora, grandes desafios em diversos âmbitos e esferas. O sucesso pessoal deste blogueiro aparecerá neste blog (e o efeito contrário também) e, assim, espera-se que tudo corra bem por daqui em diante, para todos.

Paz...


"Um grande e digno 2019 para você!"
~netin!

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ #netoin12anos ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

[Fim de Temporada] Gaikotsu Shotenin Honda-san


Aventuras do cotidiano no trabalho...

O ano de 2018 foi, para este humilde blogueiro, de mesma intensidade animística aos doze meses de 2017. A discrepância, basicamente, inexistiu. O total de animes vistos, a serem separados entre bons e ruins, foi bem próximo. Com base nisto tudo, esta seção do Netoin! haveria de fazer uma análise sincera e objetiva de uma obra que tenha cativado, com maestria, ao longo de sua exibição. Não apenas o anime escolhido se encaixa perfeitamente nisto, como (e principalmente) tal título se manteve sempre assim, sem um mínimo de declínio na sua qualidade.

Esta honraria caberia a alguns títulos bem específicos. Mas a escolha acabou sendo de um anime recém encerrado que, como alicerce central de seu enredo, buscou contar um pouco do dia-a-dia de quem trabalha em uma livraria. Dentro deste contexto, cada episódio trouxe duas temáticas, e todas elas souberam abranger muito (se não todos) os mais diversos tópicos do cotidiano neste local. E tudo isto foi narrado sob a perspectiva de um dos seus colaboradores, conhecido pelo singelo nome de Honda.

Com isto, chega-se ao nome do anime, que é Gaikotsu Shotenin Honda-san (no português aproximado seria algo como Vendedor de Livros com Cara de Caveira Honda-san). Obviamente, isto vai de encontro com o visual do simpático protagonista que é, efetivamente, uma caveira ambulante. Aliás, cabe aqui ressaltar que cada colaborador da livraria retratada neste anime se apresentou de uma maneira bem diferenciada, cujos nomes estiveram bem próximos disto também.

Honda-san, o simpático protagonista do anime.

Basicamente, Gaikotsu Shotenin Honda-san buscou ser simples em sua narrativa, com explanações básicas sobre a ambientação nele retratada. E isto funcionou muito bem, principalmente graças a dois fatores bem importantes, presentes na obra ao longo de sua exibição. O primeiro deles foi como cada personagem incorporou perfeitamente a sua função dentro da livraria contando, inclusive, com os esterótipos ligados às suas atividades mais corriqueiras. Por sua vez, o segundo fator esteve ligado a duração de cada episódio deste anime, tendo este sido de apenas onze minutos e que acabou funcionando muito bem (sendo uma adaptação de web mangá, também esta ideia foi a mais acertada possível).

Diversas situações, das mais comuns até àquelas conhecidas como bem raras, tiveram espaço em Honda-san. Entre tais, os maiores destaques se deram com o atendimento ao cliente, sob varias óticas (e diferentes tipos de pessoas a serem atendidas). Um dos destaques foi quando o Honda teve de atender a um estrangeiro, e este era brasileiro (em uma situação difícil para o protagonista, cuja finalização acabou sendo a melhor possível). Nem tudo foi apenas de bons momentos, pois a clientela mais exigente e/ou estressada também teve vez no anime.

Quando se fala aqui do cotidiano no trabalho, obviamente os acertos e desentendimentos entre os colaboradores também foi pauta em vários momentos deste anime. As situações mais simples, tanto quanto as mais inusitadas e complicadas, acabaram servindo de tópico. Vários personagens se destacaram nisto, como a Armour (chefe de uma das seções da livraria), o Kamibukuro (um dos colegas de trabalho do Honda) e a Pest Mask (uma das líderes do lugar), dentre todos os integrantes deste elenco que soube demonstrar grande poder de carisma.

A interação interna é importante.

Tecnicamente, Gaikotsu Shotenin Honda-san pode ser definido como um anime de conceito visual bem básico, sem nenhum atrativo que o faça digno de grande recordação. Entretanto, esta obra foi bem trabalhada em seu visual, o que abrange a ambientação, uso de cores e desenho dos personagens. Mesmo animes simples nesta área podem ser mal apresentados e/ou trabalhados mas, no caso de Honda-san, tudo acabou soando muito bem aos olhos do telespectador.

Cabe aqui ressaltar que o mesmo tratamento básico ocorreu com a parte acústica deste anime. Mas, neste ponto, Honda-san foi extremamente simples. Sonoramente, nada teve destaque significativo nesta obra. Entretanto, a sua sequência de abertura é (para este humilde blogueiro) uma das melhores da última temporada animística de 2018. A música utilizada combinou harmoniosamente com o visual e sua animação na opening deste anime, categorizando e demonstrando de maneira eficaz aquilo que a obra visava mostrar.

De maneira geral, este anime acabou adentrando no grupo de melhores na sua temporada, por parte do Netoin!. Foi o resultado da simplicidade e dos conceitos mais básicos à serviço do bom entretenimento, feito com capricho e muita seriedade na plenitude de sua execução. Gaikotsu Shotenin Honda-san não marcou época e, honestamente, dificilmente será lembrando pelo fandom animístico por anos à fio. Contudo, a obra nem precisa disto tudo.

Eis a história do Honda-san...

Momentos
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real...


"As variantes do atendimento diário..."


"Um estrangeiro (brasileiro no caso) apareceu..."


"Treinamentos em sala. Uns gostam, outros temem..."


"Atenção total também no momento da refeição..."


"Ah... Os colegas de trabalho..."


"O cotidiano do estoque para a loja..."


"Faz parte do cotidiano..."


"O agradecimento do estrangeiro (brasileiro no caso) para Honda-san..."


Gaikotsu Shotenin Honda-san
Origem: webmangá  /  Estúdio: DLE
Temporada: outubro'2018  /  Total de episódios: 12

* avaliação final: 8.0 pontos de 10.0 possíveis *


"Trabalhar na época natalina é assim..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ #netoin12anos ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

sábado, 22 de dezembro de 2018

[N! 12 Anos] Mais um aniversário deste humilde blog...


Mais um aniversário...

Criado no já distante 22 de dezembro de 2006, o Netoin! nasceu de uma concepção muito básica e simplória. A minha pessoa desejava, apenas, ter um espaço na internet para escrever sobre o que ocorria no mundo afora e no ambiente local. Não existia uma limitação de área, sendo um blog bem aberto neste sentido. Inclusive, o primeiro slogan desta humilde casa na internet (e que durou por muitos anos) foi o "Netoin! Alerta, sempre que possível. Quando possível...".

Nesta mesma data, um novo cilo se completa. São, ao todo, doze anos de existência. Durante todo este tempo, o Netoin! acumulou momentos nos quais muitos posts foram publicados em um curto período, tanto quanto houveram meses com grandes escassez de textos aparecendo por aqui. A verdade, neste sentido, é que os anos de 2017 e 2018 representam muito bem a questão das poucas publicações, por motivos bem pessoais (e por vezes fortes) sobre o momento atual vivido por este blogueiro.

De toda a forma, a questão maior está no presente e futuro do blog bicolor, cujo mascote (criado em outubro de 2011) é um onigiri com rabo de raposa e que, desde fevereiro de 2008, este espaço na rede mundial de computadores trata-se unicamente sobre animação e cultura japonesa, no todo. Por vezes, a minha pessoa pensou realmente em encerrar o N! (a sigla de longa data para o Netoin!), sentimento este que ganhou força durante este ano corrente e que, de igual forma, tem perdido tamanha feracidade nas últimas semanas.


Escrever sobre animes, mangás, eventos, jogos e demais tópicos que envolvam a cultura japonesa, acompanhadas de longa data pela minha pessoa e por tantos outros fãs pelo Brasil e mundo afora, é algo que auxilia a diminuir o estresse e que muito reconforta a minha pessoa. A bem da verdade, me anima. Levando em consideração que (infelizmente) existem atualmente três tópicos que ainda não não foram finalizados aqui no blog (sendo um de abril-2017 e os outros dois de fevereiro-2018), tu poderá considerar este blogueiro um tanto quanto mentiroso (cuja culpa para tanto é apenas de minha pessoa).

Com base no que foi descrito nos parágrafos acima, pode ser aqui ressaltado que o Netoin! não acabará agora. A vontade, real, é de expandir o blog para outros meios de comunicação e uma necessária atualização de conteúdo (além do próprio visual no template). Contudo, e mais importante, é extremamente necessário que a minha pessoa dê o devido direcionamento para a vida e que tudo se ajeite, da maneira mais adequada possível. Desta maneira, todo e qualquer planejamento hoje direcionado para este blog poderá ser levado adiante, efetivamente.

No mais, são doze anos na estrada da blogosfera animística que, verdade seja dita, já ostentou um período de maior glória. Possivelmente, o Netoin! deve ser considerado atualmente um dos blogs sobre animes mais antigos ainda em atividade no Brasil, o que deixa a minha pessoa orgulhosa. E neste aniversário, os mais sinceros agradecimentos vão para você que aqui visita e comenta. O mascote Netotin também fica contente. E assim deve seguir o caminho do N!, por esta longa estrada na internet.

Caminho de suor e glória...

"Um jeito diferente de apreciar a cultura japonesa"
Netoin!  /  22/12/2006 --- 22/12/2018

História do Netoin!
Clique nas imagens para acessar o post de referência ao ano correspondente...







"Isto, sim, é Netoin! Para todo o sempre..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ #netoin12anos ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2019 (desde 22-12-2006 / 12 anos)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons