01/02/20 - 01/03/20 ~ Netoin!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

[Volta ao Passado] Um momento de redenção em Planet Survival


Uma pérola animística...

Definitivamente, este humilde blogueiro terá de procurar por mais animes de algum tempo atrás. Obviamente, isto se deve pelo fato de Planet Survival estar se saindo muito melhor do que se podia esperar. Estar assistindo a esta obra com a pessoa que indicou faz grande diferença, contudo o anime em si consegue chamar e reter atenção sem apelar para tanto, pois isso tudo tende a ocorrer com uma naturalidade impressionante. Até a publicação deste post, trinta e um episódios já foram assistidos, restando outros vinte e um para finalizar este anime.

Contudo, o post da vez abraçará os eventos do vigésimo nono episódio de Planet Survival. Até este momento, o pequeno e simpático alienígena Alduram já havia feito amizade e interagido com os demais jovens, perdidos naquele estranho e belo mundo. Vários desafios já haviam sido vencidos pelo grupo de estudantes ali presente, muitos deles extremamente difíceis e até cruéis. Porém, o maior protagonista da vez foi o Howard.

Em tempo, nobre visitante, tu deves saber que o citado personagem é filho único de uma pessoa muito importante, na colônia onde reside. O seu pai possui grande influência social e política, além de ser muito rico. Com isso, o Howard sempre viveu cercado de uma gangue na escola, que o obedecia sem pestanejar, justamente por conta do poderio de seu pai. O jovem Bell o acompanhava com extrema humildade, porém por uma obrigação estapafúrdia, atrelada a sérias diferenças de cunho social.

A solidão na mente, durante um período de abalo na saúde, fizeram o Howard muito pensar...

No presente episódio, o Howard ficou gravemente ferido, após um dos três ladrões do espaço o ter acertado. O contexto indicava que uma peça precisava ser conseguida para a nave de carga poder sair do planeta e seguir viagem, sendo ela da qual vieram os três invasores e o mecânico Porte. Por uma impressão errada da situação e buscando voltar logo para casa, o Howard tentou fazer um acordo com os bandidos e, no final, acabou servindo de isca na caça deles contra os seus amigos. E no que tange a sua saúde, a situação dele ficou delicada.

Durante a febre que o acometia, Howard começou a pensar em cada momento naquele planeta, desde quando ainda estava na colônia até os eventos ainda na escola. Ele refletiu sobre as suas próprias ações, tendo em mente a imagem de cada uma das pessoas que o acompanham nesta aventura. Compreendeu os erros que cometeu - e não foram poucos - e acatou a responsabilidade sobre todos eles. Pediu pelo perdão do grupo ao acordar, tendo sido atendido sem grande cerimônia. E a partir de então, o crescimento do Howard como personagem passou a seguir uma franca e justa ascendência.

Visitante, o descrito nos dois parágrafos acima apenas resumem, em um tanto, os principais eventos do episódio em pauta. Saiba que, mesmo sendo problemático e realizar ações equivocadas na maior parte do tempo, o Howard mostrou que todos possuem um limite, incluso ele próprio. Não se trata de um personagem que tenha cem por cento da atenção deste humilde blogueiro, mas seguramente ganhou vários pontos positivos após o vigésimo nono episódio de Planet Survival. E com merecimento de sobra para tanto.

Vitória da humildade...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real...



"Uma situação desesperadora..."



"Muitos perigos..."



"Momento preciso..."



"A tensão com a condição de saúde do Howard..."


"Um grupo..."





"Os verdadeiros amigos..."


"O Howard em um momento dos mais sérios para si..."


"O perdão sincero..."


Planet Survival
Episódio #29 - "Finalmente, é a minha vez!"


"Formalizando uma nova união entre todos!"

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

[N! Drops] Fev'2020 #5: lágrimas e tristeza...


Um emotivo momento...

Os dois mais recentes episódios do anime Somali To Mori No Kamisama estiveram transbordando em emoção, isso na mais direta afirmativa possível. Tal frase é um elogio dos mais grandes para a obra em pauta, uma vez que a história mostrada foi do beleza à crueldade, voltando para a primeira pauta, em um loop muito bem trabalhado.

No caso, e em especial no sexto episódio, o anime deu o devido desfecho para saga da dupla Somali e Golem, desta vez em viagem com a Uzoi e o Haitoria. No final do quinto capítulo, a jovem Uzoi disse que para salvar o seu "pai" era necessário matar a Somali, pois a doença grave o corroía e beber o sangue de seu alvo poderia, na mente dela, curá-lo da enfermidade. Ledo engano de interpretação por parte da Uzoi, ao levar muto "ao pé da letra" as palavras de uma vidente sobre o futuro do Haitoria.

Na verdade, ele - Haitoria - é tão humano quanto a Somali. O seu passado é forrado de crueldade, embora tenha tido um início com uma felicidade até que promissora. Ele tinha uma família, que vivia em um assentamento humano naquele mundo. Em dado dia, o local foi atacado por feras e muitos humanos acabaram sendo capturados, ao mesmo tempo que outros foram devorados. Sendo os únicos que escaparam, Haitoria e família acabaram em uma caverna, escondidos de tudo, passando por privações e com medo constante do ambiente externo. Temor este, inclusive, que o levou a matar uma criatura para saciar sua fome e da família, mas acabou piorando tudo, lhe privando de qualquer rastro de sobrevivência e felicidade que pudesse vir à ter.

A criatura morta era a mãe da Uzoi, e este pequeno ser passou a ser criado pelo Haitoria que, embora não tenha tido o mesmo destino que sua família naquele momento, adoeceu gravemente e, com o passar do tempo, sua condição só piorava. Esta história não era do conhecimento da Uzoi. Ela ficou à par ao ouvir uma conversa dele com o Golem, às escondidas. Assim, durante boa parte do sexto episódio, a Uzoi ficou sem aber como agir de maneira concreta, dividida entre a mentira e o carinho que sentia pelo seu "pai".

As ocorrências seguintes acabaram sendo sensíveis, tanto quanto tudo que o episódio já havia mostrado na íntegra dos fatos. A finalização teve algo de carinho, mas o aperto no coração tinha sido feito com todos os requintes possíveis. Somali To Mori No Kamisama segue com um anime digno de ser assistido, sob quaisquer ponto de vista. Para este humilde blogueiro, parece que esta obra terá um final triste, mas ainda restam mais seis episódios para ver se isto realmente se concretiza, ou não.

Aguardar é preciso...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real...


"Perigo..."


"Um pedido de desculpas..."




"Da felicidade ao desespero..."



"Com desespero, um caro preço pela sobrevivência..."


"Dúvidas e mentiras em pauta..."


"Perigo adiante..."



"Buscando a sobrevivência e o salvamento..."


"Uma jura de perdão..."


Somali To Mori No Kamisama
Episódio #6 - "Flores morrendo olham para os pássaros no céu"


"Um abraço singelo..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! (desde 22-12-2006 / 13 anos)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons