01/02/18 - 01/03/18 ~ Netoin!

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

[Informação] Revelações sobre Banana Fish


Confirmações aguardadas...

Tem exatamente quatro meses, desde que as informações preliminares acerca da versão em anime de Banana Fish apareceram (clique aqui para acessá-la). Na ocasião, foi salientado que o estúdio Mappa se encarregaria da conversão animada desta obra, além dela ser exibida no conhecido bloco Noitamina.

Contudo, desde então criou-se uma expectativa no fandom desta obra. Saber quando o anime seria exibido, quem dublaria os principais personagens e a quantidade de episódios, praticamente fizeram muitos questionamentos surgirem pela internet afora. Ao menos, até a presente data, pois o Moetron News trouxe à tona todas estas respostas, vindas diretamente da mais atual chamada no site oficial de Banana Fish.

Agora, sabe-se que o anime terá dois cours, totalizando vinte e quatro episódios. Sua estreia se dará na próxima temporada de julho. No time de dubladores, haverá a presença de Nojima Kenji (que cederá sua voz para o personagem Eiji Okumura). E para coroar a chamada em si, foi liberado o primeiro PV com a animação de Banana Fish em andamento (embora o mesmo contenha apenas pequenos flashs do anime em si).

Você poderá ver os demais dados na fonte da chamada, bem como assistir o citado PV, nos links presentes ao final deste post, visitante. Desde agora, fica-se na espera por novos PVs e outras informações acerca de Banana Fish em anime.

E assim se segue...




Fonte da chamada sobre Banana Fish (via Moetron News)
clique aqui para acessar (em inglês)

PV de Banana Fish (via Dailymotion)
acesse ao clicar aqui

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Kyoudai Podcast #64 e as temporadas de janeiro


Uma parcial viagem no tempo...

Kyoudai Podcast, uma série de podcasts que já tem três anos de atividade, está chegando agora para você, trazendo a sua sexagésima quarta edição. Com ela, vem a chamada para um certo período bem especial, de grande importância por assim exclamar, pois trata-se do primeiro trimestre a mostrar animes em exibição de cada ano.

Sim, visitante, o tema deste podcast está centrado nas temporadas de janeiro. Mais especificadamente, nos animes que foram exibidos em tal período por anos à fio. Com isso, tenhas a certeza absoluta de que muitas obras antigas foram citadas, ao mesmo tempo no qual certas lembranças acabaram reaparecendo, sendo esta uma cortesia de cada participante deste podcast.

Este Kyoudai Podcast contou com quatro participantes, o que proporcionou uma grande experiência em variedade opinativa. O nobre Evilásio esteve à frente do grupo. A jovem Raphaella se fez presente, mantendo a sua boa tradição nos podcasts que participa. Yuri, o convidado que a cada novo trabalho acústico se mostra mais próximo de ser parte oficial da equipe. E a minha pessoa, que entre delírios e seriedade teve um importante papel neste podcast.

A seção Recadinhos do Padrinho não foi ao ar nesta oportunidade, e desta maneira a sua vigésima quinta edição ficou para algum Kyoudai Podcast no futuro. Contudo, nesta edição do podcast em pauta, você saberá que Cavaleiro de Ouro não era o Aldebaran (resultado do equívoco proveniente de um dos participantes) e que, durante a leitura de comentários, a equipe ficou à par de que a inteligência dos personagens de animes é uma característica deveras relativa.

Assim sendo, o convite lhe é feito de maneira oficial, nobre visitante. Acesse o podcast no link mais abaixo. Se preferir, pode clique nos tempos definidos para acessar o tópico que mais desejas e contribua pela causa, com o seu ponto de vista e opiniões mais do que bem-vindas.

Triste, triste, muito triste...


Kyoudai Podcast #64 e as temporadas de janeiro
clique aqui para acessar (via YouTube)

- ação válida também ao se clicar na imagem acima -

Acompanhando o Kyoudai Podcast #64
00:00 - apresentações e introdução
03:29 - comentários do Kyoudai Podcast #63
23:15 - pauta central do podcast
01:41:30 - considerações finais

Animes citados neste podcast (em ordem alfabética)
Full Metal Panic!  /  Hai to Gensou no Grimgar  /  HapinessCharge Precure!
Katanagatari  /  Mahoraba: Heartfull Days  /  Maoyu Maou Yusha
Musekinin Taylor  /  Spice and Wolf



Blogs participantes deste podcast
Animecote   Elfen Lied Brasil  /  Netoin!  /  Yopinando

Chat do Yopinando no Discord
clique aqui para acessar

Página no canal do Netoin!, com todas as edições do Kyoudai Podcast
acesse-a ao clicar aqui

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

[N! Drops] Fev'2018 #9: sentimentos adiante em Citrus...


Avançando na história...

Momentos antes de assistir ao sexto episódio de Citrus, este humilde blogueiro encontrava-se em um tipo de dilema. Até então, o anime havia apresentado e mostrado bastante da "estranha relação" vivida pelas suas protagonistas, sendo elas a Aihara Mei (a presidente do conselho estudantil sempre quieta) e Aihara Yuzu (energética e que não costumava muito pensar antes de agir). Contudo, seus modais comportamentais escondiam um "algo à mais", uma vez que a Mei não sabia direito o que fazer em certos momentos (agindo por preposições bem pessoais e erradas em boa parte das vezes), ao mesmo tempo na qual a Yuzu conseguiu apresentar uma significativa evolução (sem abandonar o seu jeito mais "moleca" de ser).

Ao longo de cinco episódios, o anime fez questão de deixar claro o quanto os sentimentos conflitantes das protagonistas eram grandes e que, ao mesmo tempo, não eram os únicos pontos a serem trabalhados na obra. Questões pertinentes à vice-presidente do conselho estudantil, a Momokino Himeko, foram também levadas adiante. Além disto, a Aihara Ume pode ser descrita como um verdadeiro anjo em Citrus, dada a sua incrível paciência e como aparenta lidar bem com o ambiente à sua volta. Neste meio tempo, as sucessivas dúvidas da Yuzu sempre eram colocadas em xeque, muito em razão das interrogativas vindas da Mei e, se não fosse pela carismática Taniguchi Harumi (a grande amiga da "moleca" deste anime), certa personagem já teria enlouquecido com grande facilidade.

Apesar de certos temas terem sido trabalhados, dentro do espectro da obra, ainda faltava algo para ser respondido. Se por um lado a Yuzu saiu de seu estado inicial para ser uma jovem mais inclinada a saber o que sente (pensando antes de agir), no outro canto a Mei continuava a navegar em seus devaneios que, por vezes, deixava a minha pessoa com imensa raiva a cada vez que ela abria a boca no anime (um pequeno rant se fazia necessário, visitante). O início do sexto episódio mostrou bem isto, com a chegada do Aihara Shou tendo, assim, a possibilidade das engrenagens do anime, enfim, trabalharem em harmonia. Uma aposta arriscada, diga-se de passagem, a que este blogueiro acabou fazendo.

Felizmente, este mesmo sexto episódio mostrou que o enredo de Citrus soube realmente afunilar. E tudo isto girava no entorno da Mei e seus questionamentos do passado, quando criança, uma vez que a pessoa na qual ela mais se espelhava não queria, enfaticamente, assumir o posto no Academia. Isto é algo compreensível, ao menos em boa parte, mas que de certa forma não justifica na totalidade suas ações que alinhavam defensividade e incisividade, especialmente quanto à Yuzu. Suas ganas de entender apenas em parte o que sua meio-irmã tanto dizia e/ou queria fez, da Mei, uma jovem de caráter bem duvidoso para este humilde blogueiro. Esta opinião não mudou na totalidade, mas foi realmente muito bom notar o anime avançando em um ritmo agradável (por mais que a resolução entre  Shou e Mei tenha soado um tanto quanto simples demais).

Contudo, o final do sexto episódio acabou servindo de ponte para dois tópicos. O primeiro deles está na dupla de protagonistas Mei e Yuzu, especialmente após o primeiro beijo realmente sentimental e honesto entre elas. O segundo, por sua vez, gira em torno da jovem de cabelos rosados, Mizusawa Matsuri. A grosso modo, soou nítido o fato desta garota não ser "flor que se cheire" e, salvo o caso da minha pessoa estar omitindo uma opinião equivocada, a verdade é que conflitos e confusões deverão aparecer novamente em Citrus.

Aguardar é preciso...

Momentos...



"Quando o pai delas apareceu, a Mei sentiu muito mais do que a Yuzu..."



"Ação e reação em meio a um momento nada propício..."


"Então, o Shou é tsundere consigo mesmo..."


"Harumi, verdadeiramente a grande amiga da Yuzu. E isso é sério..."


"Momento do auxílio..."



"Reconciliações..."


"O beijo verdadeiramente sentimental..."


"Esta jovem não parece ser uma boa pessoa..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2018 (ano 11)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons