01/08/18 - 01/09/18 ~ Netoin!

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Kyoudai Podcast #77 e a melhor idade nos animes


Prepare-se...

A série de trabalhos acústicos Kyoudai Podcast está apresentando, oficialmente, a sua septuagésima sétima edição, sendo esta uma marca de respeito que deixa os seus criadores extremamente felizes. Dito isto, a temática da vez tem muito com o futuro de todas as pessoas, no estímulo da idade.

Isto mesmo, nobre visitante. O presente podcast embarcou na chamada melhor idade nos animes, no qual cada participante citou dois personagens com mais de sessenta e cinco anos de vida, seja ele de anime e/ou mangá. Desnecessário enfatizar que, dos seis personagens devidamente homenageados, diferentes esterótipos mais característicos acabaram aparecendo em paralelo, dando maior poder ao tema e engrandecendo o podcast em si.

O grupo de participantes foi de três pessoas. O conhecido podcaster Evilásio foi o líder da equipe, tal como manda a já evidente tradição desta série, trazendo seus conceitos em anime quanto a chamada terceira idade. O jovem Yuri, como membro fixo deste podcast, mostrou logo que se propôs a falar de personagens bem marcantes nesta temática. Por fim está a minha pessoa, cuja vida pessoal ainda carece de melhora, mas que participou deste trabalho acústico dentro daquilo que se podia esperar.

Novamente, a seção Recadinhos do Padrinho não foi ao ar. Contudo, o Kyoudai Podcast #77 procurou trabalhar muito bem a temática estabelecida, o que acabou originando uma troca opinativa deveras satisfatória e bem interessante.

Assim sendo, o convite lhe é feito de maneira oficial, nobre visitante. Acesse o podcast no link mais abaixo. Se preferir, pode clique nos tempos definidos para acessar o tópico que mais desejas e contribua pela causa, com o seu ponto de vista e opiniões mais do que bem-vindas.

E assim se segue...


Kyoudai Podcast #77 e a melhor idade nos animes
clique aqui para acessar (via YouTube)

- ação válida também ao se clicar na imagem acima -

Acompanhando o Kyoudai Podcast #77
00:00 - apresentações e introdução
01:59 - comentários do Kyoudai Podcast #76
18:44 - pauta central do podcast
59:00 - considerações finais


Blogs participantes deste podcast
Animecote  /  Netoin!  /  Yopinando

Chat do Yopinando no Discord
clique aqui para acessar

Página no canal do Netoin!, com todas as edições do Kyoudai Podcast
acesse-a ao clicar aqui

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

[Volta ao Passado] Assim iniciou Tsubasa Chronicle...


Uma longa jornada...

O ano de sua exibição original é 2005. Porém, foi no segundo semestre de 2007 que este humilde blogueiro resolveu iniciar uma jornada deveras longa, a qual não se tinha um conhecimento prévio (pois não existia o esmero pessoal em correr atrás de informes antes de assistir algum anime). Com um primeiro episódio que soube prender a atenção (e atiçar muitas curiosidades sobre a obra em si), Tsubasa Chronicle acabou entrando na lista pessoal de animes a serem vistos até seu final (e após isso, ingressando no grupo pessoal de títulos destacáveis).

O primeiro episódio teve um foco bem definido, sendo este o de apresentar boa parte do universo e uma bela iniciação ao enredo do anime. O rapaz de nome Syaoran vivia só, trabalhava como escavador arqueólogo e seguia adiante os ensinamentos de seu pai. A moça chamava-se Sakura, sendo ela a Princesa do Reino de Clow, uma pessoa de comportamento dócil e extremamente admirada por todos. Os dois eram amigos desde a época de infância e, como é possível imaginar, nutriam um mútuo sentimento especial.

A verdade é que a já mais do que famosa timidez impedia a ambos de dizer o que sentiam, um pelo outro. O episódio inicial deixou isto muito implícito. Contudo, o respeito existente neste casal de protagonistas sempre esteve acima de quaisquer suspeita, o que de certa forma legitimava o modal comportamental já apresentado. Porém, algo estaria para mudar radicalmente este convívio pacífico e harmonioso, ao nível de colocar em xeque tudo que o Syaoran sentia pela Sakura. Não se trataria de uma guerra inflamada, ou de algum viés proveniente da família real (por mais que o Touya adorasse implicar com a Sakura sobre o amigo dela), mas sim de um misterioso e enigmático flagelo que iria acometer a Princesa de Clow.


 Syaoran e Sakura, os grandes nomes deste início de jornada.

Durante uma importante escavação, em um local ligeiramente próximo ao Palácio Real, a Sakura foi acometida por um tipo de estranho poder emanado de onde o Syaoran estava trabalhando. O nível era bem alto, ao ponto de levar a Princesa até o exato local e, ali, acontecer o que menos se previa. Estranhas plumas saíram da jovem, deixando o rapaz em estado crítico e sem saber o que fazer. Mais tarde, por intermédio do Yukito, o Syaoran ficou à par da situação (pois a Sakura poderia morrer, caso as plumas com suas memórias não lhe fossem devolvidas). E recebendo um tipo de benção e solicitação de cuidados por parte do Touya, o jovem casal foi enviado a um estranho mundo.

Paralelo a tudo isto, em outros dois mundos distantes, certas ocorrências estavam em prosseguimento. Em um país chamado Japão, pertencente a um de tais planetas, o exímio espadachim Kurogane (extremamente poderoso e devoto da Princesa Tomoyo) foi enviado a outro local pela própria, já que em seu mundo não existia ninguém que pudesse derrotá-lo. Em outro ponto do universo, o enigmático e cauteloso Fye estava pronto para deixar seu mundo (sem querer voltar ao mesmo), uma vez que havia recém selado a Ashura e que desejava não reencontrar com ela no futuro.

Por motivos diferentes, as vidas e destinos de Syaoran, Sakura, Kurogane e Fye passariam a sincronizar-se em um mesmo ideal. A chegada na Terra conhecida, no qual seriam recebidos pela bruxa dimensional Yuuko, iria relevar a todos os citados o que lhes resguardava (como destino) dali em diante. Um verdadeiro crossover entre diferentes universos e personagens do aclamado grupo CLAMP teve ali seu início. Tsubasa Chronicle, desta maneira, soube despertar grande atenção por parte da minha pessoa, nobre visitante.

Em busca das plumas da Sakura...

Momentos...




"Tudo sendo válido para estar ao lado de quem gosta..."



"Implicâncias sadias entre irmãos..."



"Kurogane e Fye, com os seus próprios dilemas..."



"Incidente à caminho..."



"O poder das memórias da Sakura em pauta..."



"Todos rumo a um mesmo local..."


Tsubasa Chronicle
Estúdio: Bee Train  /  Total de episódios: 26

Episódio #1 - "Convergência do destino"
- exibido originalmente em 9 de abril de 2005 -


"Que inicia-se a longa jornada..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

[N! Drops] Ago'2018 #22: diversão e aprendizado em Hataraku Saibou


Uma carismática surpresa...

Existe um jargão bem interessante, cujo enunciado é de fácil compreensão em alto nível, autenticado pela frase "unindo o útil ao agradável". Torna-se impressionante aqui mencionar o quanto que Hataraku Saibou consegue definir (e fazer parte) de tal sentença com primazia. Este anime, o qual a exibição já passou da metade prevista, sintetiza bem a união entre diversão e aprendizado, servindo muito bem para ambas as causas.

Minha pessoa se sente extremamente feliz, semanalmente, ao ver como aprender sobre o corpo humano acaba sendo mais prazeroso do que poderia presumir. Os cenários e o elenco são extremamente convidativos. Basta mencionar, para tanto, que as diferentes partes do corpo são tratadas como cidades e que, para preservá-las na totalidade, setores administrativos e de segurança existem em larga escala (sendo estes responsáveis em repelir qualquer manifestação que possa interferir no bom funcionamento do organismo humano).

Após sete episódios, este humilde blogueiro consegue fazer uma revelia de impacto com a dupla de protagonistas desta obra. Trata-se do Glóbulo Branco (o rapaz que ataca as impurezas que ousam se manifestar) e do Glóbulo Vermelho (a jovem que carrega e transfere os nutrientes pelo organismo). Embora seja óbvio citar que ambos existem em enorme quantidade, a verdade é que as atenções se voltam para o casal em pauta, não apenas por se conhecerem deste a infância, como (e principalmente) por suas ações e reações possuírem simetria total ao nível da shippagem (idealizar um romance entre ambos).

Glóbulos branco (U-1146) e vermelho (AE 3803), à pronta disposição.

Hataraku Saibou é um anime que tem aberto espaço para o manifesto da fofura. Não obstante a isto, o carisma abundante que se propaga por intermédio das Plaquetas é algo extremamente admirável e bem-vindo. Agindo como as "curadoras" do organismo, estes personagens se encarregam por todo o efeito moe presente no anime (que aqui é bem positivo). A graciosidade destes integrantes do elenco é contagiante. Entretanto, é possível que o excessivo carisma existente nos mesmos possa ser prejudicial para quem não goste muito do dito moe (ou o veja como desnecessário, mesmo nesta obra em particular).

Vários outros personagens fazem parte do relativo sucesso que este anime tem experimentado. Não se trata de uma frase vazia, mas sim algo que o título em pauta tem feito por merecer. Infelizmente, a obra tem realmente pecado em algumas partes, especialmente entre os episódios #3 e #5, quando os integrantes que iam aparecendo não chamavam tanto a atenção como no início do anime (algumas pessoas definiram isso como falta de criatividade sobre o elenco). Hataraku Saibou tem apresentado lutas até interessantes, mas que em alguns momentos perdem crédito pela resolução rápida das mesmas. Apesar destes comentários mais negativos, a experiência em se assistir a este anime não é perdida, mantendo-se um nível bem acima do dito satisfatório e podendo ser colocada (ao menos pelo Netoin!), como um dos títulos de maior destaque na atual temporada de animes.

É bem verdade que ainda tem alguns episódios pela frente, e que novas doenças e/ou enfermidades haverão de serem trabalhadas no anime. O que se espera, ao menos da parte deste humilde blogueiro, é que Hataraku Saibou mantenha seu ótimo nível até o último instante. Não parece ser algo difícil de se conseguir, mas fica válida desde agora esta sentença. Caso não tenhas visto o anime ainda, nobre visitante, faça-o sem medo (as chances de arrependimento são mínimas).

E um viva para as Plaquetas...

Momentos...


"Keshouban, ou simplesmente a adorável e simpática plaqueta..."




"O elenco é bastante representativo. O corpo humano agradece..."




"Os vilões do anime também merecem destaque..."



"Trabalho em conjunto é com as cativantes plaquetas..."



"O ciclo da vida começa na infância, inclusive dentro do organismo humano..."


"Aprendendo e se divertindo, ao mesmo tempo, com Hataraku Saibou..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2018 (ano 11)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons