Cultivando sentimentos com o filme de "Bungaku Shoujo"... ~ Netoin!

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Cultivando sentimentos com o filme de "Bungaku Shoujo"...

"Bungaku Shoujo".

É sempre muito agradável e revigorante compartilhar opiniões e idéias sobre a animação japonesa com você, amigo visitante. Principalmente se tais palavras virem de uma obra que se destaque em vários segmentos, características em geral, que acabam formando "o todo" do trabalho em si.

Um enredo envolto por uma premissa surreal, que ganha vertentes sólidas e concisas, tornando a a experiência de se assistir à tal obra como algo por demais recomendável. Sentimentos, reviravoltas e importantes decisões são tomadas durante toda a animação.

Amigo visitante, esteja convidado à conhecer um pouco sobre o filme de "Bungaku Shoujo".

"Eu sou uma garota literária"...

Amano Touko e Inoue Konoha.

Quando foi escrito anteriormente sobre o enredo ser surreal, descrevia-se um pouco sobre uma das protagonistas deste anime. Em "Bungaku Shoujo", uma garota simplesmente ama a literatura. Ela adora ler as mais diferentes histórias de vários escritores e vive disso ( de certa forma ), pois a jovem se alimenta das páginas dos livros que lê.

O nome desta garota é Amano Touko e ela é uma youkai ( por mais que não aceite ser assim denominada ). Graças ao seu estranho hábito, ela é uma garota literária ( de onde provém o título da animação ). Ela sempre escondeu esse segredo de todos, até que um dia alguém descobriu-o por intermédio do destino...

E esse alguém foi um jovem de nome Inoue Konoha. Ele é um rapaz muito quieto, bem na dele. Além disso, ele é muito educado e sempre solta um sorriso em sala de aula e no ambiente familiar. Contudo a sua vida teve uma grande mudança após descobrir, acidentalmente, o segredo da Amano Touko.

É hora de comer!

Além de ser "obrigado" a freqüentar o clube de literatura ( que é presidido pela Touko, além dela ser o único membro até então ), o jovem Konoha passou à escrever pequenas histórias para a garota literária, que lhe servem de lanche.

O relacionamento entre os dois é de grandes amigos. O Konoha demonstra, em certos momentos, uma profunda tristeza em seu olhar. E a Touko não é apenas uma devoradora de livros, ela é uma grande amiga, pois ajuda o rapaz quando se faz necessário, sempre de uma forma gentil e delicada.

Além disso, há uma misteriosa jovem de nome Asakura Miyu. Esta garota possui um comportamento muito estranho, chegando à violência com a própria. Parece conhecer o Konoha de longa data, e a presença dela faz o rapaz se sentir muito mal e estranho por uma certa razão...

O grupo?

Uma das mais interessantes cenas da animação.

Além do trio de protagonistas, "Bungaku Shoujo" brinda quem o assistir com um grupo de personagens bem refinado. Todos eles possuem forte ligação na trama, participando de forma ativa no prosseguimento da animação ( alguns mais, outros menos ).

A Kotobuki Nanase é uma personagem das mais interessantes. Inicialmente, ela dizia odiar o Konoha em virtude de seu comportamento, por achar que ele era falso. Na verdade, ela escondia dentro de si um sentimento pelo rapaz, que crescia cada vez mais. A Kotobuki trabalha na biblioteca da escola e é muito zelosa com o que faz. Ela pode sempre contar com a sua amiga Mori-chan para ajudá-la sobre o que sente à respeito do Konoha.

A pequena Takeda, kouhai da Kotobuki.

Akutagawa é o nome do melhor amigo de Konoha. É um rapaz que aparenta ser muito sério, possuidor de uma fala calma, porém muito clara e concisa. Ele está pronto a ajudar o jovem Konoha, o que acaba despertando certa curiosidade por parte de alguns colegas de classe.

Uma pequena garota também chama atenção, seno esta de nome Takeda. Ela é kouhai da Kotobuki na escola, tratando-a naturalmente como a sua senpai ( clique aqui para entender as definições ).

Todo este grupo de personagens possuem anseios e frustrações. Interessante notar o como que todos ligam-se ao Konoha, direta ou indiretamente. Para exemplificar, basta citar a Mori-chan que tenta de todas as formas fazer com que a Kotobuki exponha seus sentimentos verdadeiros ao Konoha.

Por mais que não apareça muito, a Takeda também possui sua influência no prosseguimento do enredo, especialmente nos eventos desdobrados entre o Konoha e a Miyu.

Um prosseguimento interessante e vislumbrante

A Amano Touko, em um momento de muita seriedade...

Entender cada um dos personagens presentes em "Bungaku Shoujo" poderá levá-lo, com extrema facilidade, à entender mais da animação. Dados os anseios e as motivações que cada um dos personagens apresentados possuem, não fica difícil imaginar o que se espera do contexto e do prosseguimento desta obra.

Foi comentado que o Inoue Konoha é um rapaz que sorri para todos. Também foi brevemente relatado que, em alguns momentos, uma grande tristeza toma conta de seu olhar. À bem da verdade, o jovem Konoha esconde um grande segredo dentro de si. Ele se lamenta por algo que ocorreu no passado. O sentimento de culpa o corrói.

A Asakura Miyu era uma amiga de infância do jovem Konoha. Porém, esta garota nutria em si, desde a citada época, um sentimento de zelo e guardo absoluto pelo rapaz. Isso fez despertar nela um desejo quase doentio. E a Miyu é um tipo de personagem disposto à tudo para atingir seus objetivos, mesmo que mexer com emocional dos demais à sua volta seja necessário.

A Asakura Miyu.

Para a Amano Touko, as palavras sensibilidade e sensatez lhe caem muito bem. É bem verdade que o fato dela devorar páginas de livros seja compreensível ( dado o fato de ela ser uma youkai ), mas mesmo assim continua estranho. Contudo, a Touko tira um proveito maravilhoso das histórias que lê. Ela faz interpretações ajustadas que se encaixam no ambiente mostrado na animação.

A citação de diversas obras literárias ( famosas ao redor do globo terrestre ) faz jus em "Bungaku Shoujo", de uma forma agradável e de fácil entendimento. É notável ver como as citações à tais obras se aplicam na animação, da mesma forma que é igualmente notável ver os personagens deste anime ( especialmente os protagonistas ) comportarem-se ou agirem de uma forma ligada direta e/ou indiretamente às obras literárias.

Não pense, porém, que há mocinhos e bandidos na trama proposta em "Bungaku Shoujo". O que existe são diferentes faces que podem ser aplicadas à vida real. Nem mesmo a Asakura Miyu pode ser colocada como uma vilã para o enredo proposto. Assistir à esta animação pode fazer com que você reflita sobre diversas coisas...

Objetivamente

Uma das cenas mais memoráveis da animação...

Uma animação cujo enredo pode fazer com que você ame ou odeie à vários personagens. Uma obra visual na qual você pode aplicar ou fazer ligação com vários fatos da vida real: isto é "Bungaku Shoujo", uma obra à ser apreciada com cuidado e guardada na memória com muito carinho.

Para que tudo isso venha realmente à tona, a apresentação da animação em si é ótima, não deixando dúvidas sobre o quão caprichada é a mesma. Na parte sonora, um tema de encerramento que possui o poder de fazer com que você fique emocionado o bastante ao ponto de lágrimas ( a música "Haruka na Hibi", cantada por Eufonius ) já dá o toque do capricho mostrado também nesta área.

Vir às lágrimas ao se assistir esta obra não é difícil. Emocionar-se é quase certo. Aplaudir de pé esta animação pode ser uma conseqüência.

Por tudo isso, o filme de "Bungaku Shoujo" é mais do que recomendado. Se tiver a oportunidade, assiste-o sem hesitar.

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site de "Bungaku Shoujo", clicando aqui.

  • 7Blogger
  • Disqus

7 Comentários

  1. Eu esperava mais do filme. Ou melhor, eu esperava outra coisa dele, tendo em vista o primeiro OVA lançado. Não que o filme seja ruim, não é isso, ele é muito bonito, por sinal, é um dos poucos filmes que me agradou mesmo com o final em aberto, mas o plot do primeiro OVA parecia mais... promissor.
    Pra mim, o melhor do filme são os OVA's (Bungaku Shoujo Memoire).

    ResponderExcluir
  2. Saudações


    Obrigado pelo comentário, Feiqueman.

    Planejo fazer a review da série de OVA's que citaste. Achei melhor fazer a do movie primeiro, muito embora eu acredite que o mesmo sirva de continuação para os OVA's.

    Para mim, o filme de "Bungaku Shoujo" é um dos melhores que já tive o prazer de assistir. O mesmo posso enfatizar sobre os OVA's de "Bungaku Shoujo" ( Memoir ).

    Novamente agradecido, pela visita e pelo comentário.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  3. Eu to com esse anime aqui no pc a um certo tempo, mas depois dessa resenha acho que é o momento de assisti-lo. Parece que tem uma yandere na trama néh? Eu gosto delas hehehe, sempre impulsivas e psicopatas heheheehehe.

    "Foi comentado que o Inoue Konoha é um rapaz que sorri para todos. Também foi brevemente relatado que, em alguns momentos, uma grande tristeza toma conta de seu olhar. À bem da verdade, o jovem Konoha esconde um grande segredo dentro de si. Ele se lamenta por algo que ocorreu no passado. O sentimento de culpa o corrói."

    Adorei essa descrição, isso mostra que o personagem foi bem construindo e da uma gostinho a mais. Eu me identifico muito com tipos assim,pq não é sempre que estamos sorrindo de verdade, as vezes por dentro estamos chorando.

    Ah bem, conferir a música, maravilhosa, me apaixonei hehe. Mais uma coisa, a principio a sinopse desse anime me fez lembrar do livro "A menina que roubava livros".

    ResponderExcluir
  4. Há, emocionar com esse filme?
    A princípio pensei nessa possibilidade, mas assistir na prática foi uma experiência muito irritante. Eu e essa minha mania de pensar enquanto assisti histórias... nunca aprendo.

    A Miyu é uma imbecil e o Konoha um bocó.
    A parte do suicídio é bem constrangedora.

    ResponderExcluir
  5. Saudações


    @Roberta: penso exatamente isso do Inoue Konoha. Não acho que, na mesma situação que ele, alguém conseguisse agir de forma diferente.

    Esse filme, disparadamente, é um dos meus preferidos, e tão cedo não deixará de ser.

    @Panina: sinceramente, está para ser criado um anime que a satisfaça completamente como telespectadora? Hehe...

    Me emocionei com o filme. Não acho o Konoha um bocó a não ser, é claro, que fosse possível agir de forma diferente ( na cara ) em igual situação. Quanto a Miyu, ela pode até ser uma imbecil, no que concordo em partes, mas dá para entender ( e não perdoar ) o comportamento dela.

    Mas, por alguma razão, gosto de suas opiniões.

    Obrigado pelos comentários de vocês.

    Até mais!

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons