[N! 7 Anos] Volta ao Passado - A injúria de School Days! ~ Netoin!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

[N! 7 Anos] Volta ao Passado - A injúria de School Days!

O logo da obra.

O ano de 2007 trouxe para as telas dos fãs muitos animes de bom grado e reconhecimento. Foi uma safra deveras interessante e de respaldo. Contudo, não se pode afirmar que todos os títulos tenham sido de alto calibre, exatamente. Isto porque existiram os animes que dividiram tanto muto as opiniões, ao ponto de até hoje serem encontradas com alguma facilidade discussões no que tange aos mesmos e suas histórias.

Existe a margem de erro, sim. Portanto, o que você lerá à partir de agora é uma opinião exclusiva de minha pessoa, amigo visitante. Dito isto, vem aqui ser citado School Days como o anime que mais dividiu opiniões no ano de 2007 e que, além disto, o faz até os presentes dias. Não é um projeto ambicioso ou algo que fuja tanto à realidade, mas sim um escopo sobre aquilo que este humilde blogueiro vivenciou na citada época e como tal fato repercute até hoje.

Makoto, o grande cretino...

Em si, School Days fala de comportamento humano. É verdade que pessoas se transformam, agem de acordo com o momento ou emoção. Mas o que pode ser visto nesta obra é algo bem singular, pois basicamente nenhum personagem principal da obra se salva de ser considerado um mau caráter ou sem escrúpulos. Isto não fica em evidência cedo, pois tal narrativa alavanca verdadeiramente após o terceiro capítulo da obra, qualificando a mesma como extremamente forte para muitas pessoas ao redor do mundo.

O rapaz que faz parte do principal trio de personagens chama-se Makoto. De um tímido e pacato estudante ele se converte em garanhão de alta classe, no que tange à ter levado para a prática sexual algumas de suas colegas de escola além, é claro, das outras duas protagonistas da obra, sendo elas a Seikai e a Kotonoha. Para o rapaz, ficar no chamado "meio termo" entre as citadas garotas lhe custaria caro cedo ou tarde. Soma-se à isto o fato de ele ter começado a tratar as mulheres como objeto sexual, o que entra como um ato de grande indignação para a minha pessoa (tornando a figura do Makoto como um grande mau caráter).

Seikai, a ardilosa sem caráter...

A Seikai foi quem ajudou o rapaz a se aproximar da Kotonoha, inicialmente. Graças à um tipo de "lenda escolar" (ligada a uma foto de celular), a amiga próxima do Makoto acabou ajudando-o a conquistar a garota que tanto desejava. Entretanto, a Sekai nutria seus próprios sentimentos pelo citado moço e, pouco à pouco, os mesmos foram aparecendo. Fingir ser uma grande amiga da Kotonoha foi o último de seus atos escondidos, pois a sua vericidade ficou à toda prova desde então.

Por sua vez, a Kotonoha era uma garota que passava por problemas na escola. Mesmo vindo de uma família rica e sendo muito quieta no canto dela, a moça era vítima constante do atualmente conhecido bullying escolar. Seu sofrimento era diário. Saber que havia um rapaz nutrindo sentimentos por ela lhe rendeu uma esperança de seguir adiante na vida. Saber que uma garota queria ser sua amiga verdadeira também auxiliou no propósito. Mas a dupla Makoto e Seikai fizeram, unicamente, acabar com tais ensejos da Kotonoha que, entregue ao que de pior um ser humano pode ter como sentimento (sendo este encabeçado pelo desejo da vingança absoluta), ela acabou indo atrás ad concretização de seus atos.

Kotonoha, a psicologicamente abalada...

Dadas todas as circunstâncias aqui apresentadas, é possível conceituar apenas um fato (para a minha pessoa), estando este inerente na falta de crédito dos três protagonistas. Entretanto, é mais do que saudável aqui dizer que a dupla Makoto e Seikai é disparadamente a campeã da falta de credibilidade em School Days (e talvez não apenas no que tange à este anime em específico). A Kotonoha chega na terceira posição apenas no detalhe de ter "sido obrigada" a agir da forma que acabou seguindo adiante. Desculpas à parte, as ações dela conseguem ser justificáveis, porém muito distante de perdoáveis.

School Days foi (e ainda é) um anime controverso. Seu final não foi justo, mas também não pode ser considerado injusto. A obra teve o seu holofote, em especial no que tange exatamente ao seu último episódio (que passou pelo lápis da censura em dezembro'2007, com o sangue na cor preta). Fica aqui registrado o convite à troca de opiniões sobre a obra, a conduta de seus três principais personagens ou, especificamente, sobre os eventos que ocorreram em seu capítulo derradeiro.

Trívia feliz...


Namorados - Kotonoha e Makoto se beijam pela última vez, no prédio da escola. O ato ocorreu após breve conversa sobre a Seikai ter aceitado (ou não) ir ao Hospital da família da Kotonoha ser tratada. Apesar da imagem ser bonita e evidenciar um momento deveras fantástico para um casal, ela não passa de uma grande mentira. Ao menos na mente do rapaz, Makoto, que mesmo negando fortemente nunca havia tirado a Seikai de sua cabeça...


Irmãzinha - A irmã mais nova da Kotonoha felicita sua irmã pelo ótimo ano novo que ela planeja ter ao lado de seu amado, Makoto. A garota já havia dado sérios indícios de que não era tão boazinha quanto aparentava em outras oportunidades, mas nesta imagem é inegável a felicidade dela. Parece que, em School Days, o destino cisma em escrever fortemente por linhas tortas e sinuosas...

Trívia fatal...


Tapa - A Kotonoha vai atender a porta e é recebida com um tapa na face, dado pela Seikai. Uma longa discussão sobre fidelidade, amor e gravidez se inicia ali. Nomes de outras personagens são entoadas, evidenciado certas coisas e colocando as cartas devidamente na mesa...


Fúria - Nunca a palavra "adeus" fez tanto sentido em uma mensagem de celular como para o Makoto. Lamentavelmente (para ele) o destino já estava bem traçado...


Olhar - Estas lágrimas simbolizam a óbvia dor vivenciada pelo Makoto e, ao mesmo tempo, algum possível arrependimento em sua mente. Entretanto, a verdade é que certo ato estava sendo consumado e o rapaz estava sendo castigado inapelavelmente...


Descrença - A Seikai não acreditou no próprio ato que realizou, após o Makoto ter dito a sua última palavra (que foi o nome dela). Fúria e desgaste emocional foram contundentes para que ela, a Seikai, chegasse à isto...


Contradição - A Kotonoha realmente não acreditou muito no que viu, ao chegar no apartamento de seu amado Makoto. Definitivamente, a mente da jovem entrou totalmente em parafusos à partir de então...


Vingança - A Kotonoha provou, no último episódio de School Days, não ser tão boazinha como minha pessoa por algum tempo julgou. O ato dela ante a Seikai é justificável para alguns e incompreensível para outros, tal como todo o anime School Days assim se fez seguir...


Verdade - Saber se a Seikai mentia ou não sobre estar grávida era tudo que a Kotonoha desejava descobrir. E ela foi até o fim em sua missão pessoal...


Fim - Enfim, lá estava a Kotonoha aproveitando um passeio de iate com o seu amado. Somente o casal, mais ninguém. Mas, infelizmente, nem tudo é necessariamente bom na presente imagem...

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 8Blogger
  • Disqus

8 Comentários

  1. Trivia: A censura ocorreu pois na semana da exibição do último episódio, uma garota matou o pai a machadadas em Kyoto… Por causa da cena parecida, as emissoras suspenderam a exibição do anime /o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Recordo-me disto, amigo Leonardo.^^
      Preferi não citar o fato por querer lançar minha fúria no trio de protagonistas...

      Mas sim, este evento que ocorreu fez as coisas balançarem muito na época.
      Muito mesmo...


      Até mais!

      Excluir
  2. Devido a essas "qualideades" extremas dos personagens que o anime na minha opinião teve um desfecho interessante. Sei que teve muitos momentos mal dirigidos durante a obra, mas eu gosto dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Realmente gostei de School Days, nobre, muito justamente em razão das ações de seu elenco...
      Uma verdadeira aula sobre "como você não deve agir/ser em sua vida".


      Até mais!

      Excluir
  3. Melhor anime de todos os tempos, sem mais ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Sua frase sendo ecoada em alguns locais da internet faria o pessoal tremer nas bases, nobre...XD

      Mas sim, School Days é bem isso: ame-o ou deixe-o.


      Até mais!

      Excluir
  4. Olá!!

    E eu achando que esse anime seria mais um de estória água com açúcar de romance entre colegais. Após ler sobre o post fico imaginando o que sentiria assistindo ao anime. =O

    Sim, eu li tudo com bastante spoilers, para quem não assistiu a série, ou como gosto de mencionar, desisti. n_n'''

    Até mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Muito embora eu tenha tentado, não consegui evitar os spoilers. Definitivamente School Days não me permite isto...^^"

      Ainda assim lhe aconselho a assistir a obra, nobre.
      Sentirás, provavelmente, algo diferente nela...
      Com o seu ponto de vista.^^


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons