[Volta ao Passado] Tenchi e a filha das trevas... ~ NETOIN!

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

[Volta ao Passado] Tenchi e a filha das trevas...

A solidão, em meio aos brinquedos.
Mais Tenchi na área...

Para os juraianos, Startica é uma das festividades de grande apelo popular, senão a maior de todas. Entre danças, cânticos e muita alegria, esta celebração se assemelha bastante com a época natalina da Terra. O passado de uma criatura, entretanto, foi cruel demais consigo e justamente em tal momento festivo do planeta Jurai. Na mente e no coração deste ser cresceram sentimentos como o ódio e sina de, um dia, poder se vingar daquele que não cumpriu o prometido para/com ela. Seu nome era Yuzuha.

O parágrafo acima resume muito bem os momentos iniciais de Tenchi Muyo!: The Daughter of Darkness (Tenchi Muyo!: A Filha das Trevas), o segundo especial animado desta série televisiva muito conhecida dos brasileiros, sendo estrelada por personagens como Masaki Tenchi, Ryoko, Princesa Ayeka, Princesa Sasami, Washu, Kiyone, Mihoshi e companhia ilimitada. Entretanto, a linha temporal deste filme parece apegar-se mais à série Tenchi Muyo! Universe (a primeira que foi exibida na Rede Bandeirantes, ainda no ano 2000), embora a certeza de tal afirmação não seja plena (basta observar que a casa dos Masaki se assemelha muito à presente Tenchi Muyo! OVA, além das aparições da Espada do Falcão da Luz). Talvez, o mais correto seja enfatizar que esta animação mistura elementos de diferentes séries da franquia.

Deixando a linha temporal um tanto de lado, o foco passa à ser a história desta obra. Tal ser juraiano, durante o dia de Startica, acabou sendo neutralizado pelos guardas em tal planeta e mandada aos confins do universo. Nisto, Yuzuha foi parar no Mundo da Escuridão, em uma espécie de dimensão paralela à tantas outras. A solidão foi tudo que restou à esta criatura até que, um dia, ela ficou à par da existência de remanescentes da família real de Jurai na Terra. Visando a vingança plena pelos mal tratos recebidos no passado, o ser passou à direcionar suas atenções para o neto de Yosho, Tenchi.

A Mayuka causou muito espanto nos residentes da casa dos Masaki.
O plano ardiloso da criatura envolveu o próprio DNA e do Tenchi, visando dar vida à uma jovem que seria mandada à casa dos Masaki, no único intuito de selar a sua vingança após tanto tempo. à tal moça foi dada o nome de Mayuka, que ao avistar o neto de Yosho logo o chamou de papai, trazendo desconfiança e muitos questionamentos ao pessoal da casa, especialmente para a acirrada dupla Ryoko e Ayeka. Desnecessário dizer que, das duas, foi justamente a pirata espacial quem mais desejou correr atrás da verdade, além de demonstrar possuir um ódio terrível da recém chegada.

Sendo vigiada constantemente pela Yuzuha, a Mayuka passou à se comportar de maneira ofensiva e agressiva em alguns momentos, existindo inclusive oportunidades nas quais ela tentara seduzir o Tenchi, a quem chamava de papai quase sempre. Este filme proporcionou cenas bem interessantes de serem notadas neste segmento. Em comparação com Tenchi in Tokyo, onde a Sakuya acabou fazendo com o protagonista aquilo que as conhecidas rivais não conseguiram de maneira extremamente terráquea (por assim ressaltar), aqui a Mayuka acabou protagonizando certas ações sem ter ideia de que as estava fazendo (com apenas uma exceção).

Neste filme, as ações da Ayeka e da Ryoko contrastaram um pouco com aquilo que era conhecido delas nas séries televisivas. A primeira princesa juraiana sempre buscou a calma nas palavras, portando-se de uma maneira politicamente mais correta, sem agressividade. Por sua vez, a pirata espacial demonstrou possuir uma preocupação maior do que era esperado com o Tenchi, mesmo que de início ela agisse com extremo fulgor na frente da Mayuka. Além das citadas personagens, a Princesa Sasami teve um papel ímpar com a recém chegada, apresentando-se como alguém direcionada à ajudá-la e ser sua amiga em potencial. O comportamento da detetive Kiyone pode ser assim também enfatizado, sempre agindo com calma e tendo falas bem seguras de si.

Yuzuha e o início de sua manipulação da Mayuka.
O decorrer desta animação não deixa à desejar quanto ao fluxo de seu enredo, muito embora seja visível a quantidade de clichês básicos da série (e além desta) presentes na obra. Isso vai desde a motivação da Yuzuha para desejar sua vingança até a concepção de como a mesma é desenvolvida. Entretanto, não é nada que possa atrapalhar de maneira vertiginosa a boa experiência que se tem ao assistir o filme. Além disto são muitas risadas, carícias, lágrimas e tapas doídos marcam presença em A Filha das Trevas.

A parte técnica não decepciona, sendo bem clássica da série e dentro do esperado para a mesma. Arte, ambiente, personagens, cores, animação, enfim, é tudo muito característico da série Tenchi Muyo! (com exceção óbvia para Tenchi in Tokyo). Acusticamente este filme faz o trabalho básico, com os mesmos efeitos sonoros conhecidos. Contudo, a música de encerramento pode acabar valendo muito mais do que uma simples atenção de sua parte.

Neste post, a ideia central esteve em comentar um pouco deste filme de Tenchi Muyo!, lhe apresentando a ambientação e o enredo do mesmo. Para saber mais do que foi aqui descrito, bem como se deu o progresso da obra até o final, deverás assistir a mesma e conceituar se ficou do seu agrado ou não, nobre visitante. No mais, Tenchi Muyo! A Filha das Trevas merece uma boa recomendação, especialmente no que trata dos dias atuais, pois é sempre bom relembrar um pouco desta maluca e carismática turma.

E assim se segue...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las no tamanho real...


"Do Natal na casa dos Masaki à chegada da Mayuka..."


"A Ayeka buscou respostas mas nada conseguiu..."


"A Mayuka ciente dos seus atos à esquerda, e sua versão manipulada à direita..."


"A lembrança do passado em Jurai, entre Yosho e Yuzuha..."


"A paz e a confusão, lado a lado..."


"Ryoko..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons