[Fim de Temporada] Go! Princess PreCure ~ NETOIN!

sábado, 6 de fevereiro de 2016

[Fim de Temporada] Go! Princess PreCure

A chamada da vez.
A aventura que chegou ao seu final...

Go! Princess Precure não foi apenas mais uma série dentro da franquia Precure. O anime, ao longo dos seus cinquenta episódios, conseguiu sintetizar algo muito além de uma aventura vivida pelas mahou shoujos (garotas mágicas) que lutam pela amizade, justiça e pelo chamado bem em comum. O quarteto de guerreiras, junto de tantos outros personagens, mostraram provas bem sucintas sobre como um anime tem de ser dirigido, levado adiante e, sobretudo, comandado com grande responsabilidade. Cada capítulo teve lições à serem discutidas, emoções para serem levadas em consideração e, sobretudo, uma harmonia das mais elogiáveis entre a parte técnica e a proposta da obra.

O direcionamento da série Precure é totalmente claro, em um efeito similar a de um livro aberto, sendo este o público infanto-juvenil. Contudo, o modo com o qual se fez passar o enredo, as ocorrências que iam da alegria suprema à tristeza absoluta e os diálogos simples mas bem elaborados deram, para este anime, o acorde perfeito de apreciação. Em outras palavras, Go! Princess Precure pode ser visto pelas mais diferentes faixas etárias e/ou direcionamento de público, sem grandes questionamentos. É uma obra que até engana no primeiro momento (dada a sua incrível simplicidade), mas a sequência de episódios deixa bem clara que a vertente é densamente variável.

A história, por si mesma, é deveras rotulada como conhecida e até um pouco clichê. Quando bem criança, uma jovem chamada Haruka acabou se encontrando com um menino de nome Kanata, que lhe deu uma estranha e chamativa chave. Ele pediu à pequenina que jamais desistisse de seus sonhos, e que o objeto à ela ofertado seria um tipo de prova para tais palavras. Passado o tempo, a Haruka tem agora treze anos de idade e passou à estudar em uma importante escola, onde ela anseia iniciar uma grande jornada em busca da realização de seu maior sonho, sendo este o de se tornar uma princesa.

As eternas amigas guerreiras...

A Haruka tem um estímulo comportamental vibrante, deveras distante dos dotes tradicionais que uma princesa deve seguir. Mas isso não abala a jovem, que usa de tal fato como um tipo de ingrediente para seguir adiante com o seu desejo maior. Na escola ela acaba fazendo amizade com sua colega de quarto, Yui, que possui um grande dom para desenhar é que fazer desta arte o seu futuro. Tudo levava a crer que o cotidiano da Haruka seria bem comum em sua nova vida em tal escola, mas isso mudou radicalmente quando ela, acidentalmente, acabou "trombando" com uma estranha ave falante de nome Aroma e sua companheira, uma cachorrinha chamada Pafu. Para enfrentar um inimigo que apareceu em sua frente, ela acabou usando a estranha chave e se converteu na guerreira Cure Flora.

Deste ponto em diante, o anime foi apresentado as demais guerreiras. Cada uma com o seu estímulo próprio, com uma vivência única e ações totalmente conectadas com as suas respectivas personalidades. Aliás, este é um ponto bem comum de (basicamente) todas as séries Precure, onde o elenco principal realmente atua com desenvoltura extremamente propícia. Diga-se de passagem, Go! Princess Precure se saiu muito bem neste quesito, também. As personagens principais tiveram uma sincronia ampla e perfeita com os ditos secundários/coadjuvantes, englobando nisto as diferentes temáticas trabalhadas em cada episódio do anime.

No grupo de guerreiras, a primeira a aparecer pós Haruka foi a Minami, sendo ela a Cure Mermaid (inteligente, adulta e muito responsável). Na sequência quem surgiu foi a Kirara, tendo o título e Cure Twinkle para si (sorridente, brincalhona e que trabalha nas vitrines do estrelado). Por fim, vindo diretamente do Hope Kingdom (o mesmo local de onde provém a dupla Pafu e Aroma) a quarta guerreira surgiu, sendo o seu nome Towa (a Cure Scarlet). Ela acaba adotando a Terra como um lar temporário, mas acaba tendo algumas dúvidas quanto aos costumes cotidianos humanos. No geral, estas quatro jovens desbravam muitas aventuras ao longo dos cinquenta episódios que formam a obra.

A Cure Flora em sua primeira transformação.

Durante toda a sua exibição, o anime mostrou com muita qualidade momentos que variaram do humor bem-vindo ao drama consumado e, por vezes, realístico. A emoção, em dadas ocasiões, tomaram conta deste anime com grande potencialidade. Ressalta-se aqui o fato de que a obra, mesmo com uma aparência mais angelical e fofa, trouxe à tona várias ocorrências com uma forte carga emocional, unindo nisso as lutas que em vários momentos assemelhavam-se à diversas obras shounens. Dentro do escopo do gênero mahou shoujo, Go! Princess Precure conseguiu manter (com sobras) a tradição da série em suas batalhas e conflitos entre os personagens. Soma-se à isto o fato das batalhas, por vezes, ocorrerem em público e que a chamada para aprisionar os sonhos das pessoas conseguiu ser envolvente o bastante.

Como nota final, faz-se aqui uma menção justa e digna para o último episódio do anime, que fechou com a devida "chave de ouro" a obra como um todo. A luta derradeira, com ações dignas de tal e momentos de apreensão, mostraram o quanto a série Precure consegue ser especial. Por mais que tenham havido discordâncias quanto ao anseio (realizado ou não) da Haruka, a verdade é que a personagem saiu muito contente do anime, com um verdadeiro sentimento de dever cumprido. E após os créditos, a chamada para a passagem de séries (entre Go! Princess Precure e Mahou Tsukai Precure, que está estreando na data de publicação deste post) pode ter sido considerada a "cereja no bolo" no final do episódio.

De maneira geral, Go! Princess Precure foi um anime vislumbrante, carismático e digno de muita atenção. É muito interessante, divertido e até apaixonante, ver um anime como este ter o devido valor e fazer um merecido sucesso. Trata-se de uma obra que merece ser recomendada, tanto pelo que foi aqui descrito sobre tal como (principalmente) pelos valores nela inseridos, os quais apenas assistindo ao anime (caso você não tenha visto) são possíveis de serem analisados. Menção honrosa e digna para esta obra.

E as guerreiras deixaram a sua marca...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real...


"Sentimentos durante a batalha..."


"O sentimento da missão bem cumprida..."


"Um olhar para o além dos céus..."


"A visão do amanhã..."


"Uma arte sem igual..."


"A despedida é sempre dolorosa..."


"Uma alegria sem fim..."


Go! Princess Precure
Estúdio: Toei Animation  /  Total de episódios: 50
Temporada de início: janeiro'2015  /  Temporada de término: janeiro'2016

*** avaliação final: 8,5 pontos de 10,0 possíveis ***


"A imagem da despedida..."

A "passagem de sedes"...


"O encontro entre a última e a próxima protagonista..."


"Nos veremos na próxima série PreCure!"

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Um excelente resumo do desenho, apontando suas qualidades e características com precisão!

    Go! Princess Precure foi uma das obras mais bem construídas dentro da franquia, com as tramas bem plantadas, protagonistas com personalidades bem definidas e com relacionamentos bem desenvolvidos, não só entre elas, como também com os outros personagens ao redor. E todos juntos construíram uma história de sucesso. Em resumo, uma obra bem sólida.

    E agradeço por ter dado uma chance ao desenho. Percebo que a franquia Precure não é muito conhecida por aqui e é até subestimada, mas merece atenção e apreciação. Com o reconhecimento por parte de um Grande Nome entre os fãs brasileiros, espero que as séries Precure consigam a atenção que merecem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Agradeço muito pelas suas boas palavras, nobre Usys.

      E, realmente, Go! Princess Precure não só manteve a boa tradição da franquia Pretty Cure, como principalmente foi um marco dentro da mesma. Confesso que a julguei par e passo em qualidade com Heartcatch Precure, mas o anime é muito digno de nota.

      E vamos torcer para que este anime tenha a atenção que, em muito, faz por merecer.


      Até mais!

      Excluir
  2. Certamente, Go!Princess Precure marcou e demarcou a franquia. Será lembrado e relembrado com muito carinho pelos fãs.
    De forma ágil e singela você apontou os melhores e principais acontecimentos que deram impulso a série. Parabéns!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Eu acredito muito nisto, Melissa, que Go! Princess Precure cavou direitinho o seu bom espaço dentro da história desta franquia (Pretty Cure).

      Eu agradeço.
      Sim, eu quis apontar logo o que julguei sendo como os principais pontos do anime e, aparentemente, eu consegui.

      Agradecido.
      Abraços!


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons