[N! 10 Anos] Amizades e animes, uma grande união ~ Netoin!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

[N! 10 Anos] Amizades e animes, uma grande união


É chegado o momento do sétimo post especial da
campanha #netoin10anos chegar até você, visitante.

E com tais palavras, um novo significado poderá
ser atribuído para as palavras "anime" e "amizade"...

Olá para você!

Seja bem-vindo a mais um texto do NETOIN!. Aqui quem fala não é o Carlírio Neto, mas sim o Ian Soares, um amigo dele que tomou posse da situação por agora.

Eu não sei quanto à você, mas eu sou uma pessoa muito cara de pau. Quando vejo pessoas conversando sobre um tema que eu gosto e (consequentemente) tenho um certo domínio, meto-me no papo para poder dar os meus famosos "vinte centavos sobre o assunto". Acho que foi justamente por isso que o dono deste blog me pediu para escrever sobre um tema curioso, sendo este o de amizades nascidas através dos animes.

Este olhar direto para mim em nada intimida, então a desistência é válida...
“Putz! Macacos me mordam... Como é que eu vou escrever sobre isso?”
por: Ian Soares, enquanto socava uma das paredes do próprio quarto.

Apesar do pensamento acima, acho que no final as coisas acabaram dando certo. Por ser um tema bem subjetivo, o texto estará repleto de contos e ideias advindas de experiências pessoais. Mas tentarei deixar o mais aberto possível para que vocês possam, também, encontrar-se em minhas palavras.

Lançando as ideias contra a parede...

Hora de brincar um pouco...
Com a evolução da tecnologia, as coisas acabaram se tornando mais fáceis no que tange a questão de interação social e, consequentemente, a formação de amizades. Porém, ainda se pode fazer amigos de forma mais tradicional, com o famoso cara a cara.

Desde muito tempo atrás (e que dura até hoje) uma forma de conhecer pessoas novas e, em muitas ocasiões, fazer novas amizades se dá através dos eventos de nicho. No caso tratado nesse texto, os eventos de animes. Uma aglomeração de gente unida por um gosto em comum, parece ser um local perfeito para se conhecer novas pessoas e fazer novas amizades. A teoria assim clama.

Eu mesmo já fui em alguns eventos deste gênero e conheci diversas pessoas. Algumas eu tive ao meu lado apenas por aquele momento, mas outras levei por algum tempo após. Mas eu entendo que interações sociais diretas podem ser difíceis para algumas pessoas, e é por isso que agradecemos a internet.

É só uma foto básica do nosso clubinho aqui...
As redes sociais nos salvam nesse aspecto. Existem uma gama de possibilidades de locais onde podemos conhecer pessoas com gostos parecidos com o nosso. Eu poderia falar dos finados MSN e Orkut, porque fiz amizades lá por causa de animes, através de chats em grupo (criados por fansubs) e comunidades que eu participava bastante. Mas vamos nos ater ao que ainda existem, sendo as mais clássicas o Facebook e o Twitter, mas sem deixar de lado fóruns, por exemplo. Então, segure-se que lá vem a historinha do tio Ian aqui.

Em 2012 eu criei minha conta no Twitter. Porém, naquela época, não dei muito valor àquela ação. Mal sabia eu das reviravoltas que a vida teria. Se não fosse por tal rede social, eu nem estaria escrevendo este texto.

O Twitter é uma ótima forma de conhecer pessoas novas e fazer amizades, justamente por não haver uma pressão em cima disso. Em 2014 eu, despretensiosamente, fiz login no site e vi um comentário de uma "pessoa X" que me interessou. Eu respondi o comentário e, então, tive uma tréplica. E dali nasceu uma conversa. Naquele momento eu percebi a "mágica" do site. Ao mesmo tempo que você está falando para os seus seguidores, você poderá estar falando com ninguém também, pois não se trata de um comentário direcionado, sendo um pensamento solto em sua mente que você resolveu “verbalizar”. É um comentário sobre um assunto aleatório e alguém pode ou não responder dando seu ponto de vista, e vice-versa. Não há pressão em puxar ou mesmo manter o assunto. As coisas apenas fluem, não há necessidade de forçá-las.

É isso aí, amigo...
Basicamente, noventa porcento das pessoas que eu sigo tem como gosto em comum os animes e, tendo isto em mente, comecei a prestar atenção no que elas tinham a dizer e comecei a dar minha opinião também. Tudo feito por um tweet de cada vez. E isso, de fato, deu certo (Carlírio que o diga, já que ele vem me aturando a uns três anos).

Como foi supracitado, eu sou bem cara de pau. Então, comentava sempre nos tweets dos outros. Talvez existam algumas pessoas não gostem disso e, em razão do fato, não vão com a minha cara hoje em dia. Mas a vida tem dessas, e buscar agradar à todos é algo que não busco. Prefiro focar no fato de que por causa disso conheci várias pessoas novas, e que hoje muitas destas considero grandes amigas.

O mais interessante, por mais que tudo tenha começado por causa do gosto em comum por animes, nada (em absoluto) se resume a isso. Várias outras semelhanças de gostos e pensamentos foram sendo percebidas ao longo do tempo. Contudo, começou com os animes e eles tem sido, ainda, a base do início para aquela famosa troca de ideias.

Como se diz por aí, a união costuma fazer a força...
Outra forma com a qual fui feliz na hora de fazer amizades, se deu com os grupos de Facebook. Em um belo dia, apareceu no meu feed de tal rede social um post em um desses grupos. Era sobre o final de um anime de temporada. Em meio aos comentários do post, vi um cuja a ideia apresentada pela pessoa se assemelhava muito com a minha. Decidi responder aquele comentário, concordando com a ideia apresentada, e partir dali se iniciou um diálogo. A sequência da conversa foi muito natural, bem fácil eu diria. Assim como no Twitter, sem a mínima pressão. Você simplesmente responde um comentário e pode começar ou não uma conversa a partir dali.

Eventualmente, continuamos conversando e nos tornando amigos. E isso não aconteceu só uma vez. Apesar de tudo o que eu disse acima, acho que a forma com a qual eu consegui mais fazer amizades por causa dos animes, foi através de amigos que eu já tinha. Eles me apresentaram a incríveis pessoas que levo comigo até hoje.

Um dia, por exemplo, eu e um grupo de amigos que conheci no Twitter resolvemos fazer uma conferência no Skype para assistirmos animes juntos. Em certo momento, um destes amigos quis chamar uma pessoa que ele havia conhecido pelo Facebook, para se juntar ao grupo e curtir alguns animes por ali. Não demorou e eu também fiz amizade com esta pessoa. Diga-se de passagem, hoje em dia tal grupo está bem cheio, o que me alegra demais.

Bons amigos dividem o lanche entre si, isto é fato...
Em resumo, amizades são construídas a partir de conexões que fazemos com outras pessoas. E tais vínculos podem nascer de coisas tão triviais como o gosto por animes, por exemplo. É só estar aberto a isso tudo que exemplifiquei. Prático, rápido e sem contra indicação alguma.

Siga você também a cartilha do tio Ian e tudo dará certo.

O NETOIN! agradece ao jovem Ian e seus sábios ensinamentos
sobre amizades e convívio saudável, tendo os animes como grandes
alicerces para tão nobre e justa causa.

E não pense que os posts especiais findaram-se, nobre visitante.
A campanha #netoin10anos seguirá firme e forte.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do Shoujismo, visitante...
Ian Soares
Nas palavras do grande Ian Soares, o amor e o drama é que fazem o mundo girar... E o blog Shoujismo é o seu lar...

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. HAHAH pobre Ian! Bom, com essas imagens, esse se tornou facilmente um dos posts mais bonitinhos dessa comemoração. ♡

    Eu não sou a melhor pessoa para falar desse assunto (ass: alguém que fugiu loucamente do Twitter... ;; eu já fiz isso no LiveJournal, nada de novo sob o sol) mas é incrível como a gente passa anos e anos falando com pessoas que a gente nunca viu, não sabe realmente se está chorando ou rindo, nem pra onde a vida vai levar. Algumas amigas não mudaram nadinha em dez anos (eu inclusa), outras foram viver vidas autossustentáveis em comunidades isoladas. É assim.
    Eu queria fazer minha pesquisa de mestrado sobre amizades virtuais porque a sociedade ainda não sabe lidar com isso que é a realidade de muitos "millenials". É um assunto interessante e muito difícil pra um único post, LOL, vacilo Carlilio. Mas gostei dos comentários e do assunto, e especialmente das imagens fofinhas! Grata!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Hehe...
      Certamente, o nobre Ian agradece pelas suas palavras, Chell.

      Contudo, farei aqui uma observação...
      Não consigo achar que vacilei com este tema. Realmente, ele é abrangente o bastante para vários posts, concordo contigo. Mas a ideia era ser básico e direto, e escolhi uma ótima pessoa para transcrever o ideal em palavras, na supracitada medida. O Ian foi ótimo mesmo.
      Mas ratifico aqui que entendo totalmente os eu ponto, nobre Chell.

      Mas...
      É verdade. Tu sumiu do Twitter... Não entendo o porque, mas acredito que tenhas tido as suas razões para tanto.


      Até mais!

      Excluir
    2. Imagine! Estou brincando, é gíria, Carlílio! Hahah como disse, adoro o tema mas não faria melhor, achei que ele se saiu muito bem! ^_^

      Eu usei Twitter por muitos anos mas volta e meia deleto, é ótimo para se atualizar mas tudo é muito rápido e descontextualizado. Eu me perco fácil e preciso de organização, e é difícil rebater todas as réplicas ao que eu opinava lá, não é como num blog. Então achei melhor deixar um Twitter só pro blog e pra manter algum contato com o pessoal da blogosfera. ^_^ Um dia vou ter seu talento para lidar com Twitter, rs!

      Mais uma vez, parabéns e até!

      Excluir
    3. Saudações


      Nobre, tranquilize-se...

      O Twitter é mais fácil de manusear, e de se orientar, do que a premissa por detrás do mesmo possa fazer parecer...

      Novamente, agradeço por cada uma de suas palavras.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons