[N! 10 Anos] Isto é Yui Horie ~ NETOIN!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

[N! 10 Anos] Isto é Yui Horie


É chegado o momento do terceiro post especial aparecer.
A campanha #netoin10anos não seria a mesma jamais, sem
dedicar seu espaço para uma admirável estrela japonesa...

Olá, nobre leitor do NETOIN!. Tudo bom com você? Espero que sim.

Com a finalidade de comemorar uma década de vida deste endereço com suma importância para a blogosfera otakinha, venho até aqui através do convite do Carlírio falar sobre nada mais, nada menos que a fofa Yui Horie (ou Hocchan para os mais íntimos como eu, pois isso é o poder).

Não sei se sabes, mas a Hocchan é a seiyuu preferida do Carlírio e confesso que uma das minhas favoritas também. Espero que nos próximos parágrafos você conheça mais sobre ela, se apeguem mais a ela e a tratem com mais admiração, amor e carinho. Caso isso não ocorra, espero que ao menos entendam o porquê de eu, o Carlírio e tantas pessoas gostam dessa mulher (diga-se de passagem, que mulher!).

História, currículo, surtos e muito mais...

Eis a Hocchan, no sofá qui de minha casa. Uma pena que não seja verdade...
No dia 20 de setembro de 1976 em Tóquio nascia Yoshiko Horie (堀江 由子), mais conhecida como Yui Horie (堀江 由衣), e apelidada carinhosamente de Hocchan pelos fãs. Ela acabou despertando interesse pela dublagem logo cedo, pois a própria confessou que seu amor pela língua japonesa era enorme e que gostaria de trabalhar com algo que tivesse ligação com o idioma, até porque a coitada nunca foi muito boa em matemática ou qualquer outra matéria (protejam a Hoochan estudante, todos tem este dever). Vou tentar não surtar muito (mas será bem difícil). Outra coisa que encorajou Hocchan a ser seiyuu foi o anime Dirty Pair, do qual assistiu durante a sua infância e conquistou seu coração.

Hocchan iniciou sua carreira na dublagem em 1997 fazendo parte do jogo Voice Fantasia. Porém, para precisar vencer na vida e na dublagem precisou acontecer aquilo que dificilmente se admite, ou seja, a Hocchan teve que virar protagonista de shounen pra superar com o poder da amizade e do amor as dificuldades de se manter nesta indústria tão concorrida. Ela não desanimou, nem abalou-se ou desistiu e, como recompensa, entregaram a ela o papel de Naru Narusegawa (Love Hina) para interpretar. Pronto, a vida desta amada seiyuu mudou completamente e o sucesso apareceu para nunca mais dela sair.

O seu primeiro papel de destaque foi a Naru do anime Love Hina, adaptação do mangá escrito e desenhado por Ken Akamatsu e conhecido por grande parte do mundo. Além de dublar a citada tsundere, Hocchan ainda mostraria seu dom como cantora, pois em Love Hina brilhou como nunca cantando diversas insert songs, além do tema de abertura dos OVAs intitulados Love Hina Again.

Yui Horie e Ken Akamatsu, em foto retirada do volume #6 de Love Hina,
no qual há uma entrevista entre ambos.
Desde então, tornou-se algo comum ver a Hocchan cantando temas de abertura e encerramento, além de insert songs de animes dos quais ela faria parte do elenco, como acontecem com seiyuus de sucesso e que conquistam uma carreira estável. Talvez sua maior crise tenha sido em 2007, quando Hocchan deixou a agência de seiyuus Arts Vision depois de problemas com a parte administrativa. Na época, ela acabou virando freelancer, mas rapidamente se associou a VIMS, uma divisão da agência I'm Enterprise.

Há muitas personagens interpretadas pela Hocchan que amo e seria difícil falar de cada uma delas, portanto fiz uma lista curtinha do que provavelmente são seus maiores papéis de destaque. Me julguem a seguir: Naru Narusegawa (Love Hina), Tohru Honda (Fruits Basket), Sakuya (Sister Princess), Eri Sawachika (School Rumble), Minori Kushieda (Toradora!), Hanekawa Tsubasa (Monogatari Series), Natsume Masako (Mawaru Penguindrum), Milhiore F. Biscoti (DOG DAYS), Kushina Anna (K), Kaga Kouko (Golden Time), Riko Izayoi (Mahou Tsukai Precure!).

A Sakuya, de Sister Princess, em arte vinda diretamente dos jogos da série.
Uma das waifus do Carlírio? Deixe ele saber disso...
Existem coisas importantes para registrar sobre as minhas citações no parágrafo acima. A primeira delas é que não serei julgada pelo Carlírio, pois citei Sister Princess, um dos animes favoritos dele (diga que não lhe conheço agora, vai!), A segunda é por ser muito válido registrar que a Hocchan ganhou prêmios como melhor dubladora no quarto Seiyuu Awards pelas interpretações de Hanekawa em Bakemonogatari e Minorin em Toradora! (o que é extremamente justo). E apesar de amar a Hocchan emprestando a voz para essas personagens, há uma interpretação ainda mais marcante e esquecida pelos otaquinhos de plantão em geral. Não os repreendo por isso, afinal, quando falamos desta deusa talvez a primeira coisa que vem a nossa mente são personagens fofinhas e uma voz dócil, algo totalmente diferente da Masako de Mawaru Penguindrum, em que vemos uma Hocchan com uma voz mais firme, grave e imponente. É muito diferente do habitual e por isso muito marcante para mim, mas só o doido do Ikuhara pra fazer a Hocchan e seus seguidores saírem da zona de conforto.

Eis um poucoda Hocchan ~diferentona~ em Mawaru Penguindrum

Ainda falando sobre dublagem, não poderia deixar de citar que Hocchan brilhou ao interpretar a Hitomi nos games de Dead or Alive e fez ainda Satonaka Chie do famoso Persona 4. Como jogos não são muito minha praia, vou me limitar a falar somente isso e já partir para a discografia da Hocchan, que é maravilhosa como ela (na totalidade).

Yui Horie pertence à Starchild, subdivisão do estúdio King Records, e lançou até o momento vinte e um singles, nove álbuns e dois best álbuns. Recomendaria muito à você que ouvisse o best álbum lançado em 2012, pois reúne a maioria de seus grandes sucessos, como deve ser. Entretanto, devo fazer uma confissão, pois apesar de amar sua discografia creio que as músicas que mais goste dela são characters songs. As de Love Hina me marcam muito, mas talvez seja a nostalgia falando mais alto, então pra tentar ser justa, meu destaque cairá sob Monogatari, mais precisamente um dos temas de abertura de Bakemonogatari, sendo este a música "Sugar Sweet Nightmare".

Um dos temas de Bakemonogatari cantada pela Hocchan

E vou surtar muito agora, pois falar de Monogatari, Hanekawa e Hocchan sem linkar este vídeo é um pecado maior do que os sete pecados juntos. Não existe escapatória disto. É um fato mais do que consumado.

Você entenderá o meu surto acima neste vídeo abaixo

O meu kokoro (coração) foi tão curado depois de assistir esse vídeo novamente que até esqueci o que ia escrever a seguir e...

Lembrei! Além de todo seu sucesso musical ou através de personagens que interpretou, Hocchan ainda serviu de inspiração para a criação de Miss Monochrome, uma androide idol que ganhou seu próprio anime em 2013 e que conta com dez singles e um álbum lançados até então. Além de seus lançamentos recorrentes como Yui Horie ou Miss Monochrome, Hocchan ainda é líder de uma unit de seiyuus, mas antes de falar sobre isso é digno voltar no tempo um pouquinho para destrinchar mais curiosidades sobre essa japinha de sucesso que tem atualmente quarenta anos, com carinha de vinte e voz de doze.

É importante você saber que, de acordo com a regra universal dos seiyuus (que inventei agora), é um insulto falar da Hocchan sem citar a Yukarin. Estou falando bem sério, não é pra rir ou olhar com cara feia não.

Ambas são amigas de longa data, e chegaram até a formar uma dupla. Pois é, a dupla Yamato Nadeshiko formada por Hocchan e Yukarin sobreviveu de 2001 a 2004 e lançaram somente dois singles, Mou Hitori no Watashi e Merry Merrily. Talvez não tenha vingado como queriam, mas por outro lado, o sucesso que ambas tiveram em suas carreiras individuais obrigaram-nas a se dedicarem a si mesmas sem precisar se apoiar uma à outra.

Ainda sobre a Yukarin, uma história que sempre gosto de contar é do aniversário da Hocchan de 2003. Na época, houve um programa de rádio especial em que Hocchan atendia telefonemas de colegas de profissão desejando felicitações a ela e, em um deles, quem ligou por último foi a própria Yukarin. E o pior, a Hocchan não reconheceu a voz dela e a Yukarin dava gargalhadas. É uma broderagem fofa que dura até hoje. São amigonas mesmo e por isso para mim, e talvez muitos fãs, foi nostálgico e muito bonito vê-las dividindo palco ao cantar "For Fruits Basket" no KING SUPER LIVE 2015, show repleto de artistas associados ao estúdio musical King Records.

Yui Horie e Yukari Tamura, cantando juntas no KING SUPER LIVE de 2015.
“Eu fiquei o dia inteiro com você fazendo compras e você não me 
avisou que participaria do meu programa. Não pode ser!”
Por: Hocchan (surpresa no seu aniversário de 2003, quando a Yukarin participou do programa sem avisá-la).

Agora sim posso comentar sobre Aice5, a unit de seiyuus liderada pela Hocchan que tem como membros Chiaki Takahashi, Akemi Kanda, Masumi Asano e Madoka Kimura.

O grupo foi fundado em 2005, porém (e infelizmente) dois anos depois acabaram optando por um hiato (pausa) que parecia durar para sempre. Até que, em 2015, foi anunciado o retorno do grupo em comemoração aos dez anos de debut e com uma ajudinha do anime Sore ga Seiyuu!, que acabou dando destaque para as Aice5 em um episódio. Em 2006, ela ainda formou a banda Kurobara Hozonkai sendo seu nome YUIEL, porém desde 2008 não há novos lançamentos ou menções de possível retorno.

Aice5 (da esquerda para a direita): Masumi Asano, Madoka Kimura,
Yui Horie, Akemi Kanda e Chiaki Takahashi.
Escrevi muito sobre a deusa, mas não falei quem é a Hocchan (uma falha garvíssima esta a minha, mas que será corrigida agora). Poxa, apenas comentei de sua carreira, mas saber quem de fato é Yui Horie é tão importante quanto tudo que já foi aqui citado.

Através de entrevistas, eventos e shows, conseguimos traçar um pouco sobre quem realmente é a Hocchan. Infelizmente, ela é uma pessoa muito insegura, atrapalhada e bastante preocupada, mas ao mesmo tempo, acaba sempre driblando essas situações com muita dedicação e bom humor.

"Hocchan é da zoeira!"
Por: eu mesma, Nayara, e não ouse disto duvidar.

É incrível como colegas de profissão se divertem ao lado dela, seja nos bastidores ou até mesmo dividindo palco. Talvez essa aura tão positiva seja a fim de acalmar a si própria, porém ela é tão forte e presente que acaba sendo transmitida a todos ao seu redor. Em Sore ga Seiyuu!, anime que retrata a dificuldade da profissão e faz homenagens a famosos da área, pode-se ver um pouco dessa Hocchan também e percebemos que no fim, ela se diverte e nos diverte porque quer ver uma enorme quantidade de sorrisos e paixão no rosto de seus fãs, colegas, amigos e familiares. Falando em família, não há planos e nem boatos sobre Hocchan estar em um relacionamento ou casar e ter filhos, porém ela não parece ser infeliz por conta disso (ainda bem).

Para encerrar, gostaria de deixar um testemunho bem particular. Se hoje sou seiyuu fag (fã incontestável de dubladoras japonesas) é certamente por causa da Hocchan. Foi ela que me pensar no trabalho de um seiyuu, e que não basta apenas atuar dentro de um estúdio no Japão atrás do microfone, é preciso às vezes ter coragem pra cantar, encarar situações inusitadas em cada evento com pessoas diferentes, se exigir o tempo todo a fim de melhorar a cada dia por você e pelos seus fãs, se integrar em uma indústria extremamente competitiva, nunca desistir não importa a dificuldade e procurar superar seus medos e obstáculos.

"Obrigada por ser uma inspiração pra mim e muita gente, Hocchan!"
Por: eu mesma, novamente, pois assim deve se tratar alguém como a Yui Horie.

A Yui Horie representada no anime Sore ga Seiyuu!.
Agradeço também ao Carlírio pela oportunidade de deixar eu falar um pouco sobre amor em seu blog, porque a Hocchan representa exatamente este sentimento para mim. Amor pelo trabalho, pelos amigos ou pela zoeira. Por fim, obrigada a você também, leitor, que teve que aguentar esse texto com um mol de glicose.

Até breve, ~minna-san~.

Links de apoio para acompanhar mais da Yui Horie (Hocchan)

Fontes de pesquisa para este post
generais (citação)  /  Jpopsuki.com (citação)  /  site oficial sobre a Yui Horie

O NETOIN! agradece imensamente à Nayara e sua bela contribuição
com este post, para este momento tão especial na história do blog.

Visitante, fique no aguardo, pois mais posts haverão de
aqui aparecer para bem breve.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça a convidada do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Nayara, a garota que por onde passa deixa no ambiente aquele ar de ternura e pura descontração. O poder da mahou shoujo com um quarto de sangue japonês. Criadora do Alchemist Nany e atualmente redatora do JBox.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons