[Netotin Olímpico] Vizinhos em festa no Rio... ~ NETOIN!

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

[Netotin Olímpico] Vizinhos em festa no Rio...

A capa da vez.
~netin!

Netotin na área mais uma vez. Os últimos dois dias foram muito trabalhosos, tanto para o mascote aqui como para o dono, que em breve voltará com seus textos aqui no blog [~yay!]. Mas, enquanto o Netotin ainda mandar aqui, então você terá de comer marshmallows enquanto lê as palavras do mascote mais fofo da blogosfera animística brasileira [~humhum!]. Isto é, na verdade você comerá se quiser (mas Netotin recomenda muito).

Sabe, nestes dois dias uma coisa ficou clara, e ela vai para a torcida nas Arenas instaladas no Rio para esta Olimpíada. Aliás, Netotin fala aqui da vibração dos brasileiros (lógico) e dos demais vizinhos continentais, em especial os argentinos [~humhum!]. Humano, este pessoal parece ter "adotado" tudo quanto é lugar da cidade olímpica para transformá-la, de alguma forma (que Netotin não sabe explicar) em um pedacinho do seu próprio país [~humhum!]. Os argentinos fazem barulho demais, mesmo, sendo uma torcida mais do que apaixonada.

Os brasileiros não ficam em nada atrás [~humhum!]. Na verdade, humano, Netotin acha que o mundo inteiro deve estar "de cara" com a maneira de torcer que o pessoal do Brasil tem, não importando o esporte. E sim, isso tem sido notícia desde o início destes Jogos Olímpicos. Embora seja feio ficar vaiando os adversários [~hunf!], no restante a torcida brasileira está de parabéns mesmo [~yay!]. Agora, é com o time de atletas desta nação chamada Brasil.

Bela imagem da Rio'2016, durante as provas de natação [~yay!].
- Print das transmissões do Play nos Jogos. -
Netotin está pensativo. A ginástica, que é um esporte popular neste mundo humano, teve as chamadas finais individuais gerais, para os homens e as mulheres. Haviam atletas do Brasil nas duas. As colocações obtidas foram boas, mesmo [~humhum!], mas quem levou o ouro entre eles foi o Japão, enquanto a prata ficou com os Estados Unidos. O rugby voltou aos Jogos [~yay!] e, embora o Brasil não tenha chegado à disputar medalhas, Netotin achou muito legal ver o país Ilhas Fiji conquistar o topo do pódio entre os homens, contra a Grã-Bretanha na decisão [~humhum!].

No levantamento de peso (se fosse algo com marshmallows Netotin ganharia o ouro com sobras) um atleta do Cazaquistão levou o prêmio máximo e, veja bem, a dança dele na comemoração foi sensacional, humano [~humhum!]. O pessoal parece ter gostado muito desta exibição. Nos mais diversos esportes o Brasil fez um bom papel, incluindo a ótima sexta colocação na canoagem slalom (segundo o dono, foi a melhor campanha de um brasileiro neste esporte na história olímpica), o avanço do tenista Bellucci no individual e também da dupla mista do tênis brasileiro.

A maior festa ficou com o judô do Brasil, humano [~yay!]. Uma medalha de bronze foi conquistada pela Mayra Aguiar, sendo ela uma judoca listada entre as melhores do mundo na sua categoria [~humhum!]. Um prêmio mais do que merecido para tanto empenho e paixão pelo esporte. A natação quase conquistou medalha nos 200 metros medley masculino, mas valeu o empenho. E humano, Netotin avisa para você ficar ligado, pois o handebol, o boxe e o pólo aquático do Brasil prometem boas emoções [~humhum!].

Momento história - Seul'1988 (Coréia do Sul)


Imagens da Cerimônia de Abertura em Seul'1988 [~yay!].

No distante ano de 1988, segundo os alfarrábios lidos por Netotin, as Olimpíadas voltaram ao continente asiático pela segunda vez. E coube a capital da nação Coréia do Sul, a cidade de Seul, receber os Jogos. Após ter derrotado a japonesa Osaka na eleição da sede, os sul-coreanos organizaram uma grande Olimpíada [~humhum!]. Aliás, humano, esta foi a última vez em que Estados Unidos e União Soviética se enfrentaram no campo esportivo pois, segundo a pesquisa feita pelo mascote aqui, anos depois (final de 1991) o grande país soviético deixou de existir [~ouch!].

Foi nesta Olimpíada que o vôlei feminino apresentou ao mundo uma grande seleção. Um timaço, segundo o dono contou para o Netotin aqui. Era o time feminino do Peru, que chegou à decisão do ouro contra as soviéticas. Triste pelas peruanas terem perdido, mas elas foram recebidas como grandes heroínas nacionais ao voltarem para o Peru [~yay!]. Aliás, Netotin tem de citar aqui que, no masculino, o Brasil perdeu para a Argentina na disputa do bronze em Seul (o dono contou que o pai dele estava dizendo muitas palavras feias, na frente da televisão, naquele dia). O futebol levou a prata pela segunda Olimpíada seguida, desta vez perdendo para a União Soviética na prorrogação [~ouch!].

Segundo as pesquisas que Netotin fez, o Brasil terminou os Jogos de 1988 com seis medalhas ao todo, sendo três de bronze, duas de prata e uma de ouro. E o prêmio dourado foi no judô, com Aurélio Miguel [~yay!]. O iatismo e o atletismo também deram medalhas para o país onde o dono nasceu e vive, nos Jogos de Seul.

Recomendando animes - Yowamushi Pedal

Yowamushi Pedal.
Desta vez, Netotin indica o anime onde um otaku declarado acabou se tornando um grande ciclista [~humhum!]. Mas não "da noite para o dia", pois o garoto chamado Onoda sofreu muito até poder competir com os seus companheiros de time. O nome deste anime é Yowamushi Pedal, sendo ele uma obra (como o dono gosta de falar). É verdade que Yowapeda já apareceu muito por aqui, mas agora é o mascote quem vai falar um pouquinho sobre ele [~humhum!].

O anime é muito, mas muito bom. O Onoda sempre ia de bicicleta até Akihabara, para comprar seus preciosos itens de otaku economizando no dinheiro do trem (olha só isso). E isso, algum dia, chamou a atenção de um garoto com o olhar sempre sério (Netotin não lembra o nome dele) e de uma garota da escola do Onoda (que Netotin também não lembra o nome). Desde então, o Onoda foi fazendo novas amizades e melhorando sua performance na bicicleta [~yay!].

Você humano, que lê Netotin agora, é bom saber que o Onoda é um tipo de símbolo de carisma nato nos animes [~yay!]. Para o mascote aqui, ele não carrega o anime sozinho, mas é graças ao Onoda que Yowamushi Pedal possui todo um ar fantástico ao seu redor onde, com ou sem competições, ele brilha [~humhum!]. Você pode assistir este anime com muita vontade (e se quiser comer marshmallows, Netotin indica isso também).

Hora de Netotin fazer uma corridinha...

~netin!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o mascote do NETOIN!, visitante...
Netotin
Netotin, amante fervoroso de marshmallows. Um onigiri com um simpático rabo de raposa. Às vezes usa bonés. Não tem boca mas sabe falar. Criado em 2 de outubro de 2011, querendo divertir à todos em sua volta... ~netin!

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons