Coppelion - Episódio #4: lágrimas, suor e emoção! ~ Netoin!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Coppelion - Episódio #4: lágrimas, suor e emoção!

Todos ao ataque!

Uma tomada de ação e muitas lágrimas no episódio...

É possível que a frase acima resuma totalmente como foi, de fato, que o quarto episódio de Coppelion se fez apresentar. Não se pode aqui mensurar que o mesmo tenha sido falho ou incompetente, pois o que ocorrera foi totalmente o contrário a tal ideal. Na verdade, houve no presente capítulo a apresentação de diversas vertentes sobre o universo no qual estão inseridas as jovens Ibara, Taeko e Ako, como soldados Coppelion que elas são.

Foi o episódio de uma descoberta. Talvez o citado trio de protagonistas possa ter vivido, na mais pura síntese dos fatos, uma experiência muito proveitosa, dinâmica e angustiante, no que tange principalmente à reflexão sobre o quão humanas elas são (ou podem ser tornar em algum momento). Cabe aqui o adendo para a participação da Ibara, que uma vez mais teve o controle das ações no anime.

Triste para a minha pessoa mensurar isto, mas Coppelion continua ainda enfatizando muito em uma personagem, ao passo no qual as outras duas protagonistas aparentam estar esquecidas, quase que largadas à própria sorte. Entretanto, tanto a Taeko quanto a Ako também vislumbraram da mesma tensão emocional que a Ibara, especialmente em certas tomadas do episódio em análise.

O presente capítulo do anime teve muita ação. Algumas verdades também foram lançadas aos telespectadores desta obra, mostrando que pouco à pouco Coppelion irá fornecer as respostas para uma melhor compreensão de seu universo como um todo. Infelizmente já é possível deixar bem salientado para você, visitante, que a humanidade no anime mostra-se ser tão passiva ao lucro que qualquer semelhança com a realidade não é, parte, uma mera coincidência. Basta você saber que Tóquio se tornou um verdadeiro "lixão do mundo" no anime.

Poderá Kyoto estender uma mão amiga ao professor Shiba?

O professor Shinba mostrou ser uma pessoa obstinada. Carregar sozinho um fardo deveras pesado parece não ser tudo para ele. Ser o responsável pela calamidade que se abateu em Tóquio é algo que, seguramente, tal pessoa não teria nunca como deixar cicatrizar ou esconder de si próprio. Mas ele estava visivelmente vulnerável ao sentimento que carregava em seu peito, fazendo com que a primeira oportunidade que aparecesse fosse a ideal para o mesmo tentar sumir.

Neste ponto, Coppelion usou e abusou da dramaticidade. Foi benéfica de acordo com a proposta do episódio, mas não surpreendente ao nível de causar algum alvoroço. As lágrimas que escorreram pelas faces de quatro personagens mostraram que, em dados momentos, a vida consegue ser muito cruel. A chamada para a verdade que salta à face, quando feita de forma impactante, gera uma reação similar. Em especial, o trio de protagonistas pôde sentir isso de maneira gritante, pois acima de tudo elas carregavam o gene de humanas normais em seus DNAs.

Há de se destacar que todo o drama gerado neste episódio teve muito mais à somar positivamente do que a subtrair no anime. Difícil aqui salientar como cada pessoa reagiria em meio a um grave acontecimento, um desentendimento passional ou até a uma calamidade à nível muito além do dito regional. Para o trio de protagonistas (e também para o professor Shiba) ficou um grande aprendizado neste capítulo. Pode-se, inclusive, ressaltar que o próprio Kyoto algo conseguiu também reformular em seus pensamentos, com base nas ocorrências do quarto capítulo deste anime.

Seguramente, o quarto episódio de Coppelion foi o melhor do anime até o momento. A obra está dando sinais claros de que as explicações aparecerão conforme os episódios vão avançando. Mas o ideal está em saber sobre até em qual ponto a Taeko e a Ako continuarão tão pouco aproveitadas neste título. De outra forma, a história vai ganhando profundidade. Desde agora, minha pessoa está no aguardo do quinto episódio deste anime.

Momentos...


Corvo - A grande nave voava forte nos céus, mas seu intuito estava em atacar as pessoas que a viram em ação. Momentos frenéticos no início deste episódio de Coppelion...


Descoberta - Eis o motivo pelo qual haviam muitas áreas impróprias de serem visitadas em Tóquio, mesmo com toda a proteção especial no corpo. Lixo tóxico em abundância na cidade...


Reflexão #1 - No helicóptero, Kyoto pensava sobre como agiria ao reencontrar o professor Shiba. De imediato já se podia imaginar em um acerto de contas deveras poderoso...


Prenúncio - O velho Shiba, aparentemente, já havia perdido a sua vontade em continuar vivo. Se culpar pela calamidade que atingiu Tóquio e seus habitantes era tudo o que ele fazia no momento...


Reflexão #2 - O velho professor havia retirado a proteção de sua cabeça, no claro intuito de se despedir daquele mundo. Por outro lado, a Ibara não ia deixar que isto viesse à acontecer com facilidade...


Cronômetro #1 - Shiba só tinha dez minutos de vida, graças a uma injeção nele aplicada pela Ibara. Mas o helicóptero com o Kyoto à bordo estava demorando demais. Quarenta e seis segundos separavam o velho professor de sua morte...


Cronômetro #2 - O helicóptero chegara. A Ibara não tinha tempo de chegar aonde o professor estava com a Taeko e a Ako. Seus movimentos apurados acabaram servindo de limiar para toda aquela situação...


Jornada - A missão das três garotas de Coppelion continua. Elas não sabem o que virá pela frente naquela devastada Tóquio, mas mostraram que não são meras "bonequinhas" para se brincar e controlar da forma que qualquer um queira...

Especiais...


Lágrimas #1 - A Ako não estava suportando ver o professor Shiba entoar as palavras que, para ele, deveriam ser as suas últimas em vida. A jovem estava vendo um viral sofrimento humano naquele momento...


Lágrimas #2 - A Ibara mostrou que sabia se culpar, tanto quanto o professor Shiba. Entretanto, a garota se permitiu chorar verdadeiramente após ter executado uma difícil ação, a qual resultou em algo muito positivo...


Esperança - O céu ao fundo contrasta com uma Ibara forte à frente dele. Um simbolismo puro e nítido sobre o que deverá vir pela frente em Coppelion.

Até a próxima, visitante!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. A obra vem sim melhorando bastante e estava decidido a dropa-la se esse capitulo fosse iguais os ultimos dois. Mas ainda nota-se que a direção não consegue transmitir perfeitamente a emoção e empolgação necessária nos momentos mais criticos do anime.

    Um bom tema que para mim não esta sendo explorado devidamente como deveria. Mas darei mais algumas chances e vamos ver no que da ao final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Vejo Coppelion com satisfação, no qual julguei o segundo episódio como o mais fraco do anime até o momento (muito embora eu não tenha achado tal capítulo tão desastroso como a maioria das pessoas assim o julgaram).

      De toda a forma, estou ansioso sobre o que poderá ocorrer na sequência deste anime.


      Até mais!

      Excluir
  2. Achei este episódio excelente! A única coisa que achei um pouco forçada foi a reação das meninas e principalmente da Ibara ao descobrirem sobre os barris com lixo tóxico. Até é compreensível, afinal, elas achavam que o grande acidente era o ápice da ganância humana, quando na verdade era apenas a ponta do iceberg, mas sei lá, a cena ficou bastante forçada. Frescura minha, talvez. Deviam ter deixado o drama para o final, que aí sim, ocorreu da forma e medida corretas!

    Além disso, apesar da Taeko e a Aoi continuarem em segundo plano, o final do episódio procurou esclarecer um pouco a situação: mesmo sendo um trio com responsabilidades iguais, a Ibara não só é a mais velha como também a que possui as habilidade mais úteis naquele ambiente, de forma que acaba tentando carregar todo o peso das outras duas nas costas. Não que isso resolva o problema da Taeko e Aoi estarem sendo subaproveitadas, mas nos ajuda a entender o porquê disso estar ocorrendo até o momento.

    "Nós duas também somos da Coppelion!" - Fukasaku Aoi
    Arrisco dizer que elas serão melhor desenvolvidas nos episódios seguintes, seja se destacando na história ou sendo bases de apoio relevantes para a Ibara.
    Espero não me decepcionar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      O que realmente espero em Coppelion é que as jovens Ako e Taeko apareçam mais e tenham um melhor aproveitamento, Eduardo. De resto, o anime está realmente apresentando um bom plot.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons