[Análises em Geral] Parte #97: a fantasia de Chamas Azuis ~ Netoin!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

[Análises em Geral] Parte #97: a fantasia de Chamas Azuis


Uma lendária criatura...

Nobre visitante, apesar do blog estar em uma fase de atividade bem reduzida, isso não significa que grandes exemplos passarão desapercebidos aos olhares desta humilde casa na internet. Impensável. Ainda mais quando se trata de um trabalho planejado com esmero e cuidado, por muito tempo, antes de chegar ao status atual de publicado, o que reforça o poder que a persistência possui (alinhada a fatores importantes como talento e perseverança pela busca da realização).

É com este parágrafo introdutório que a minha pessoa, neste post, lhe apresentará a resenha de um mangá nacional, cuja publicação ocorreu em setembro deste ano corrente. Na verdade é um one-shot (uma publicação de curta duração, que geralmente tem por objetivo fazer a apresentação de uma obra). Aliás, uma introdução sobre este material foi feita na mesma época, cuja chamada você poderá conferir mais abaixo.

Dica de leitura aqui no Netoin!

Potencialmente falando, o texto citado mais acima reflete todos os aspectos mais teóricos sobre Chamas Azuis, um título feito sob a assinatura de Melissa Mascarenhas (conhecida como Mel-chan), sendo esta a obra com a qual ela tem se dedicado por tanto tempo até chegar a sua publicação. Aliás, esta jovem e nobre pessoa por vezes seguidas já participou aqui no Netoin! em posts sobre a franquia Precure, ou então em uma conversa descontraída sobre o Mamoru Miyano.

Atente-se, entretanto, para o fato de Chamas Azuis não ser, necessariamente, a primeira incursão da jovem Melissa com mangás próprios. Anteriormente, a anos atrás ela mantinha um blog no ar chamado Gliter Lovely! que, entre outros posts que nele aparecia, era um espaço dedicado justamente para ela mostrar as histórias acerca da citada obra, que também já ganhou espaço aqui no Netoin! em certa oportunidade.

Sobre a publicação de Chamas Azuis


O one-shot em pauta soube levar adiante a proposta que seu significado carrega. Em primeiro lugar, a apresentação é o ponto clave. Após, segue-se uma pequena aventura, cuja trama envolve um pouco de vários aspectos comportamentais humanos mas que, no todo, é de simples dedução e extremamente bem conduzida. E neste universo, as duas figuras de maior peso de Chamas Azuis aparecem com destaque.

Inicialmente, o jovem aventureiro de nome Kazuki Oota. Seu comportamento é de uma pessoa calma e tranquila, mesmo com o perigo que esteja eminente ao próprio. É adepto em pensar nos pormenores de uma ação antes de executá-la. Ele saiu de seu vilarejo natal para levar sua música para todos, além de poder conhecer novos instrumentos musicais, uma vez que é um flautista. Aliás, a flauta que este jovem carrega não é comum, pois ela serve de abrigo (e lar) para uma mística criatura.

Trata-se do Leão de Chamas Azuis, então nomeado como Rion. Este ser possui uma má fama entre populares da região, por acreditarem que ele trás consigo o mau agouro e os eventos ruins por onde passa. É um ponto interessante este, dado o fato de que o Rion está sempre aparentando grande calmaria, mesmo sendo possuidor de uma face que causa certo medo.


Os outros integrantes do grupo são igualmente bem apresentados. Tem-se a jovem Mai Wylkka, que é uma aprendiz de bruxa. O Eiji possui seus mistérios, sendo ele um ex-escritor. Um casal de irmãos (que foram encontrados abandonados) encerra o grupo de aventureiros presente neste one-shot, sendo Rumi e Ruki os seus nomes. Cada personagem possui um comportamental próprio e distinto do outro, fazendo valer suas ideias na medida na qual a publicação avança.

Nobre visitante, este é o momento no qual tu deve estar se questionando sobre do que se trata a aventura proposta em Chamas Azuis. Pode-se dizer que, ao menos nesta publicação inicial, a tangente da apresentação do universo da obra foi bem válida e executada com primazia. Obviamente, detalhes mais à fundo da história presente na publicação em pauta não seriam justos de serem aqui entoados, mas tu pode saber que a aventura vivida por este grupo de personagens se deu atrás de bandidos, com direito a muita fantasia e magia no ar.

Um ponto que a minha pessoa pode lhe passar, sem maiores receios, está no grau de indução que a história apresentada em Chamas Azuis possui. Trata-se de uma aventura interessante, mas sem maiores requintes ou algum evento que chame atenção ao nível de lhe causar muitos pensamentos (devaneios) na mente. Não possui maiores detalhes além do que já foi explanado. Porém, como a própria autora Melissa descreveu em sua publicação, esta obra teria originalmente mais de cinco volumes encadernados, mas que ela optou pelo formato one-shot nesta publicação inaugural por desejar, neste momento, apresentar a sua obra e com ela passar o entusiasmo que sentiu ao criar tal universo.


Na visão deste humilde blogueiro, a autora conseguiu realizar os pontos que desejava. A Melissa soube transmitir o que sentia em cada desenho e/ou falas de seus personagens ali presentes. A intenção dela nunca esteve em fazer algo mais profundo em uma publicação como um one-shot, mas seguramente ela soube apresentar muito bem os personagens e a ambientação que os rodeia. A partir daqui, este humilde blogueiro pode dizer que, no futuro, esta história poderá servir de gancho para ela, Melissa, prosseguir com Chamas Azuis e aprofundar seus eventos de maneira robusta e impactante.

O material usado na publicação deste one-shot é bom, visitante. Tem qualidade. O valor é justificável. Obviamente, o modal de leitura é o esperado do padrão mangá em sua origem (da direita para a esquerda). Incluso aqui como a arte da autora desta obra é bonita, bem feita e com notório esmero. Para a minha pessoa ficou fácil notar algumas inspirações no traçado em geral, sendo todas muito bem-vindas, pois a Melissa mostrou ter a competência necessária para transformar o dita inspiração em algo mais autoral.

A avaliação final, por parte da minha pessoa, está em ressaltar que a autora de Chamas Azuis está no caminho certo. Ela deve continuar trabalhando mais acerca desta obra e, se desejar, criar outras com o passar do tempo. Este one-shot soube cumprir bem o seu papel de ser a introdução para as aventuras vividas por Kazuki e companhia, e isto merece ser elogiado. A partir disto é ela, Melissa, que definirá os novos rumos e caminhos. E o anseio, logicamente, está na plena torcida de sucesso para a jovem em pauta.

Uma história sobre amizade...

Contato


Para adquirir um exemplar de Chamas Azuis, você deverá entrar em contato com a autora por um destes dois canais abaixo.


O valor da publicação é de R$11,00 (onze Reais). Questões como frete e similares devem ser tratados diretamente com ela, nobre visitante.

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 1Blogger
  • Disqus

1 Comentário

  1. Olá!
    Quero agradecer pelo espaço reservado no blog Netoin para meu mangá! Este one-shot é a representação de muito esforço; foram dias totalmente dedicados à criação e aos detalhes. Sou grata por todos àqueles que acompanham meus trabalhos e curtiram (ou não) o projeto, pois uma carreira também é feita de críticas, elas nos constroem enquanto profissionais.

    Obrigada pelas palavras!

    - Mel-chan

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2018 (ano 11)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons