[N! Drops] Mar'2019 #3: mistérios em Tate no Yuusha ~ Netoin!

sexta-feira, 29 de março de 2019

[N! Drops] Mar'2019 #3: mistérios em Tate no Yuusha


A explicação pode ser controversa, ou não...

O anime a ser brevemente debatido nesta seção é Tate no Yuusha no Nariagari (O Surgimento do Herói do Escudo, na tradução aproximada para o português). A obra já foi alvo de muitas discussões em inúmeros blogs e vlogs do meio animístico (especialmente pelos eventos dos seus cinco primeiros episódios), em que pese situações sobre falsas acusações submetidas ao Iwatani Naofumi (protagonista do anime que acusado de um crime por ele não cometido), os alicerces da escravidão (vividas pela Raphtalia, uma demi-humana) e questões político-sociais da área na qual se desenvolve a obra (a figura do Rei Aultcuray Melromarc XXXII desponta com certa intensidade neste aspecto), além de várias outras.

Muito embora este blogueiro tenha perdido o tempo correto para fazer posts sobre tais particularidades de Tate no Yuusha, a verdade é que estuda-se uma review do anime em pauta aqui no Netoin!, após o seu término (estes pontos deverão ser citados). De toda a forma, nada disto que ocorreu no título acabou fazendo do Naofumi um "modelo de protagonista a não ser seguido". Embora ele tenha sido acusado injustamente de maus tratos à Melromarc Malty (molestas sexuais) e ter de lidar com a subserviência dos outros heróis (e boa parte da população local) ao Rei e seus asseclas, a verdade é que o seu senso de sobrevivência agora trabalha em paralelo com um comportamento por vezes dúbio e até mesquinho, de alguém que passou a prezar pela realização da missão e poder voltar ao seu mundo, não importando os meios para tanto.

O ponto central deste post, contudo, está centrado no mais recente episódio do anime. A Segunda Onda chegou aquele reino e, acompanhado das suas mais que auxiliares Raphtalia e Filo, Naofumi chegou o epicentro da ocasião (um tipo de fragata voando pelo céu). Não que fosse muita surpresa, os demais heróis estão mais lutando entre si do que contra um inimigo em comum. Depois de ações de batalha promovidas pelo Herói do Escudo e sua equipe, surgiu a figura de Glass, que reconheceu o Naofumi como único guerreiro do local e o desafiou prontamente (para a ira dos demais).

 Como disse a Glass, parece que apenas o Naofumi lhe proporcionaria um combate...

O que se desenrolou foi uma contenda unilateral, pois basicamente todo e qualquer ataque do Naofumi e aliadas foram neutralizados completamente pela Glass que, dizendo-se desapontada, queria dar "números finais" ao embate. Uma ação de fuga promovida pelo trio em pauta acabou revelando alguns pormenores interessantes, não apenas sobre a óbvia aparição de tão poderosa inimiga, como também (e principalmente) pelo fato de uma contagem do tempo (referente a duração da Onda) aparecer para o famigerado herói, o qual sua adversária aparenta bem conhecer (ao ponto de parar de atacá-lo à distância, ao notar a proximidade de encerramento do tal período). É, de certa forma, um mistério a ser explicado.

Passada a situação, e mesmo que relutante, Naofumi foi fazer o reporte à Sua Majestade, Aultcuray. Eis um dos momentos de maior atenção do episódio, pois o Herói do Escudo não apenas desobedeceu o Rei, como também o respondeu à altura (uma ameaça diretamente contra outra). Não obstante, outro grande ponto se deu na sequência, quando a Melromarc Melty (filha mais nova do Rei e primeira na linha de sucessão do trono) apareceu para dar um sucinto recado (e advertência) ao seu pai em nome da Rainha. Nisto surgiu sua irmã mais velha, Malty, que ouviu um legítimo esporro após ter defendido seu pai (e fingir ser uma boa tutora a sua irmã menor).

O final do episódio apresentou mais uma curiosa cena, pois a Melty deseja ver seu pai e o Herói do Escudo se entendendo. Ela foi atrás do Naofumi e, ao encontrá-lo, a jovem Princesa estava prestes a ser atacada por um de seus guardas. Poderia ser isto mais um mistério. De toda a forma, e por mais que estejam aparecendo pessoas que enxergam o Herói do Escudo como legítimo guerreiro, a verdade é que o próprio parece não se importar muito com tal fato. Os olhos do Naofumi estão vislumbrando outros horizontes e, aparentemente, o futuro dos anseios bem claros da Raphtalia (que ele ainda não notou) estão longe de serem minimamente prioritários (ao contrário das questões sobre a veracidade das Ondas e, talvez, das razões pelas quais o Rei o trata de maneira criminosa e viril).

E assim se segue...

Momentos...


"A Glass parece ser imbatível. Mas existe um segredo aí..."


"O fim da batalha não representou, exatamente, uma vitória para ninguém..."



"O Naofumi começou a se impor com ferocidade perante o Rei..."


"A Melty se impõe categoricamente ante sua irmã, Malty..."


Tate no Yuusha no Nariagari
Episódio #12 - "O Invasor Sombrio"


"O prenúncio da adversidade..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2019 (desde 22-12-2006 / 12 anos)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons