Em "Ai Yori Aoshi" tem: romance, comédia e um pouco mais... ~ Netoin!

sábado, 13 de agosto de 2011

Em "Ai Yori Aoshi" tem: romance, comédia e um pouco mais...

"Ai Yori Aoshi".

Animes românticos costumam ser possuidores de uma carga emocional bem elevada. À rigor, o sentimento desenfreado superaquece as mentes dos personagens envolvidos, que acabam envoltos pelo amor, que varia do mais puro ao mais inconsequente...

Mas algumas regras podem ser facilmente quebradas. Animes românticos não precisam ser melodramáticos em sua totalidade. Também não precisam exagerar no drama vivido por seus personagens. Podem, inclusive, contar com pitadas honrosas e certeiras de humor para estabilizar o ambiente. E, quem sabe, até ganhar um sentido mais harém para a questão...

É provável que você, amigo visitante, possa estar pensando em animes como "Love Hina", "Tenchi Muyo!", "Onegai Teacher" e tantos outros. Mas, na verdade, o título do qual será tratado inicia-se como um romance, passa por todos os gêneros citados no parágrafo acima, e encerra de uma forma bem satisfatória.

Esteja convidado, à partir deste momento, à conhecer um pouco sobre o anime "Ai Yori Aoshi".

Um simpático casal e...

Sakuraba Aoi: educada, prendada, meiga e fiel...

A obra animada "Ai Yori Aoshi" foi exibida em 2002. Houve uma continuação em 2003, chamada "Ai Yori Aoshi: Enishi". Saber destes pontos é um ponto crucial para a continuidade com a leitura deste texto...

Este título possui o romance como temática central. E mostra isso em seu início com certo entusiasmo, e um golpe de sorte na vida do casal de protagonistas que, certamente, não ocorre com facilidade na vida real...

A jovem Sakuraba Aoi é a filha única e herdeira direta do clã Sakuraba, que possui um grande poder econômico. Desde muito pequena, Aoi foi educada para um compromisso futuro que, na visão de seu pai e da outra parte interessada, manteria o poder de ambas as famílias. A educação da Aoi é mais do que um ponto forte, estando somado com a sua beleza e com toda a sua gentileza para formar um conjunto mais do que perfeito...

Na outra extremidade do compromisso futuro está o jovem Hanabishi Kaoru, pertencente ao clã Hanabishi. Infelizmente para ele, a infância foi um período à ser esquecido, pois amor é algo que ele não recebeu de seu avô. O rapaz é alguém muito quieto e retraído em função disto. A fuga da casa dos Hanabishi lhe concedeu uma liberdade, mas não a felicidade...

Na universidade ocorrem muitos eventos no anime.

Contudo, o compromisso era pelo Kaoru conhecido. E as únicas lembranças felizes que ele tem de sua infância são aquelas nas quais a Aoi está brincando ao seu lado. Os dois se entendiam muito bem e um certo sentimento floria, desde tão inocente época, entre os dois pequenos amigos.

O tempo passou. Com a fuga do Kaoru o compromisso foi desfeito, mas não na mente da Aoi, que queria seguir em frente à qualquer custo. Isso fez com que a Kagurazaki Miyabi, tutora da pequena Sakuraba, nutrisse um ódio cada vez maior pelo Kaoru.

O sentimento da Aoi pelo Kaoru era tão forte que ela foi atrás dele, mesmo depois de tanto tempo. Por mais que no início tudo tenha sido um feliz capricho do destino ( regado à um pequeno desentendimento ), os dois começaram a realçar, pouco à pouco, aquele sentimento tão quente e vibrante que é o amor.

Um prosseguimento saudável...

Mayu, Kaoru e Tina ( esquerda para a direita ): uma disputa saudável?

Levando em consideração o descrito nos parágrafos anteriores, dá-se a impressão de que "Ai Yori Aoshi" não passa de um anime meloso e cheio de cerimônias para tudo. Felizmente, o que se nota com o passar dos episódios é algo totalmente diferente, que certamente tem o poder de prender a atenção, sem fazer muito esforço para tanto.

O anime tem o romance como alicerce, mas não se prende à ele. Graças à um conjunto de personagens interessantes, o título se engrandece. Há momentos variados para se dar risadas, para se comover e para se enfurecer. Tais momentos são pertinentes à variados gêneros de animes, como a comédia romântica.

Uma prova disso está na reação que a Miyabi tem, após ver a forma como ela encontra a Aoi junto do Kaoru. Depois disto ( e com tudo "aparentemente esclarecido" ), os três passam a viver em uma bela casa ( que pode ser melhor definida como um casarão ), onde o Kaoru tem algumas restrições de locomoção na mesma. E esta casa se torna o centro das atenções, pois com o tempo passa a ganhar mais hóspedes...

Momento interessante do Kaoru e da Taeko: comédia romântica, ecchi leve
e algumas risadas, quebrando o gelo para a melhor.


O Kaoru é um universitário. E na instituição de ensino ele tem poucos amigos, pelas razões que já são conhecidas. Dentre as suas poucas amizades destaca-se a Tina Foster, que é norte-americana. Possuidora de um sotaque que pode não agradar à todos os ouvidos, a Tina é extremamente brincalhona e, além disso, adora animais e uma boa bebida.

Mais tarde faz-se apresentar a Minazuki Taeko. Se a Aoi é um exemplo perfeito de esposa, a Taeko é o contrário: ela é desajeitada, não tem muita confiança em si, e a maioria das coisas que faz acaba dando errado em algum ponto. Mas é uma boa moça, educada e prestativa.

Uma jovem de nome Miyuki Mayu chama a atenção: moça rica e esnobe que, por não ter a atenção de seus pais ( em virtude do trabalho dos mesmos ), acha que tudo pode. Mas o Kaoru, em um evento de sua infância, fez despertar na moça um sentimento humano. Desnecessário enfatizar que ela e a Tina não se entendem em quase nada...

Além disso, uma garotinha chamada Minazuki Chika também tem importante papel. Trata-se de uma jovem muito esperta e cheia de vida que tenta, de várias formas, fazer com que a Taeko se aproxime do Kaoru. Mas graças à alguns momentos inesperados a pequenina acaba...

Aoi, sempre quieta. Mas também observadora...

Basta ter em mente que, de alguma forma, todas as personagens citadas nos parágrafos acima passam a ter uma afeição muito forte pelo jovem Kaoru ( o harém ganhando forma e consciência ). Situações inusitadas, falas inapropriadas e eventos interessantes marcam presença no anime, sempre de forma paralela ao romance entre o casal de protagonistas.

Mesmo a Miyabi, aos poucos, nota que o rapaz não é um "monstro". Entretanto, o Kaoru e a Aoi não deixam à vista dos outros o que eles sentem. Desta forma, as outras garotas passam a mostrar o que pensam e sentem pelo Kaoru ( mesmo na frente da jovem Sakuraba ) sem saber o que se passa entre o simpático casal, e nisso não há maldade: talvez possa ser definido como um mal-entendido casual...

É justamente neste enfoque que o anime tem o seu prosseguimento. As discussões intermináveis da Tina com a Mayu, as trapalhadas da Taeko, e mesmo a delicadeza da Aoi convergem para o mesmo ponto em comum. O fator ecchi aparece no anime, em diversos momentos. Mas não é nada que atrapalhe, muito pelo contrário: auxilia não apenas na diversão, como visa demonstrar até aonde vai a confiança da Aoi e a sensatez do Kaoru.

Famílias? Tradição? Poder? E o amor?

Sakuraba Aoi e Hanabishi Kaoru: buscando a felicidade...

O anime mostra o poder de grandes famílias. Um casamento arranjado quando os filhos ainda são pequenos, o conhecido compromisso. Normalmente, isso deve acarretar em um enlace nada amigável, visando unicamente o bem-estar financeiro de ambas as famílias ou, em alguns casos, a salvação de um dos clãs.

É bem verdade que o anime tem um início simpático e surreal, com um encontro arranjado ( literalmente ) pelo destino. Mas os eventos que se seguem podem trazer à tona um fator importante: o amor verdadeiro ainda existe!? Não se trata de uma questão de honra ou de uma crítica social compulsiva, mas às vezes dá-se a impressão do anime querer transmitir tal mensagem.

A Aoi sempre teve um carinho especial pelo Kaoru. Este, por sua vez, sentia-se vazio quando a moça o reencontrou e, talvez, o rapaz não pudesse retribuir tal carinho. Mas, pouco à pouco, o jovem Hanabishi foi dando uma chance ao seu coração e, principalmente, para a Aoi ( que é o símbolo do verdadeiro sentimento ).

Um momento tenso? O sentimento em xeque?

O que deveria ser um mero casamento arranjado transformou-se no mais puro sentimento. Tudo ao redor passa a conspirar contra o destino, que inicialmente tinha propósitos materiais.

É muito provável que, mesmo nos momentos de humor e de descontração no anime ( que, para um título de romance, aparecem em larga escala neste título ), exista algum tipo de prova do amor: notar até aonde vai a quietude da Aoi e a responsabilidade do Kaoru.

Com tudo isso, será bem normal o sentimento que se cria quando deparar-se com um protagonista do naipe do Kaoru. Por mais que ele não seja uma má pessoa, e que tenha definido à quem prosseguir com seus sentimentos, o fato dele não dar um corte nas "demais pretendentes" poderá fazer com que o mesmo venha à ser odiado por você. Mas tal afirmativa está ligada a uma questão de análise própria dos fatos, então a variação é enorme...

Pode-se finalizar ressaltando que, graças a tudo que foi aqui descrito, é que "Ai Yori Aoshi" pode ser considerado um romance diferente: apostou em vários elementos, os juntou harmoniosamente, e o resultado final foi quase perfeito.

Objetivamente

O grupo reunido.

Como já foi mencionado anteriormente, "Ai Yori Aoshi" é um anime que pode ser classificado como antigo ( 2002 ). Mas a sua história pode ser considerada atual. Trata-se de um anime que faz um convite inicial que aparenta uma coisa mas que, na verdade, se expande no próprio ideal e proporciona um experiência muito agradável ao assisti-lo.

Visualmente, o anime não decepciona. Apesar dos traços que aparentam certa simplicidade, as cores são vivas ( uma bela paleta delas ). Fatores como a movimentação dos personagens e uso dos cenários entram como pontos positivos para a obra animada. Na parte acústica o anime faz bonito, principalmente no que diz respeito aos temas de abertura e de encerramento.

Realmente, "Ai Yori Aoshi" pode ser considerado um romance que abandonou a lógica tradicional do gênero. Da mesma forma, defini-lo como uma comédia romântica agradável ou como um harém bem saudável não é errado, muito pelo contrário. E há o fator drama, certeiro na medida e bem-vindo no momento certo.

Por tudo isso, se tiveres a oportunidade, não deixe de assistir ao anime "Ai Yori Aoshi". Ele é recomendado na totalidade!

[ made in NETOIN! ]

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site do anime "Ai Yori Aoshi", clicando aqui.

  • 13Blogger
  • Disqus

13 Comentários

  1. LOL

    Você pegou imagens 4:3 e postou aqui espremidas no formato 16:9.

    Aoi sempre é citada por aí como uma boa Waifu.

    ResponderExcluir
  2. Interessante esse anime, verei ele um dia, que sub BR você recomenda para assisti-lo?

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a série, uma das minhas comédias românticaas favoritas.
    Acho legal como você aborda até os pontos que seriam considerados negativos por muitos de forma otimista e acaba os tornando positivos. Realmente o fator ecchi aparece em várias ocasiões, mas possui um certo peso e importância na história e desenvolvimento do casal. Só acho um tanto surreal o sentimento que Aoi tem inicialmente por Kaoru, tá certo que ele é seu amor de infância, mas tamanha determinação para encontrá-lo é algo, no mínimo, estranho.

    ResponderExcluir
  4. Cara você ta de sacanagme comigo !!!
    coemcie ver esse aniem essa semana e agora olho aki tem 1 poste sobre ele muita coincidencia.

    por acaso vc começo a ver por causa de 1 psot no otakupt ?

    ResponderExcluir
  5. Saudações

    *Panino: sim, a Aoi é o desenho da esposa ideal, hehe...

    *Eduardo: já lhe respondi esta pergunta, ok?

    *Kico7: agradeço as suas palavras quanto ao texto. E sim, o modo como a Aoi cativa seus sentimentos pelo Kaoru beira o surrealismo ( na atualidade ). Por tal razão lancei a questão sobre o verdadeiro amor na postagem.

    *Carlos: sério isso, rapaz? Desculpe-me, mas não é proposital. E tenho um álibi, que é o fato de não ter visitado o otakupt ainda. Além disso, vi este anime pela primeira vez em 2007. Acredito, verdadeiramente, que tudo não passa de coincidência...

    Grato pela visita e comentários de todos.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  6. Vai ter a 3° temporada? 01/01/2014 , e até agora não vi a maldita 3° temporada? Kou Fumizuki ta vivo? kk , ele teve sucesso , deveria continuar! vlw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Infelizmente não...
      Ai Yori Aoshi encerrou as suas atividades na série "Enishi", nobre...


      Até mais!

      Excluir
    2. então n vai ter a 3 temporada mais o autor ta vivo né kou fumizuki

      Excluir
    3. Saudações


      Exato, Jonatam... Desde a época de exibição desta obra (doze anos atrás), toda e qualquer possibilidade de uma terceira temporada já havia sido descartada, infelizmente...


      Até mais!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Saudações


      Seria bom se isto ocorresse.
      Porém, penso que a obra já um pouco "antiga" demais para tal propósito. Além disto, ela terminou bem.

      Mas este é mais um anime que me deixa com boas recordações em mente.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons