Análises em Geral - parte #59: Poyopoyo é muita fofura para um anime só... ~ Netoin!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Análises em Geral - parte #59: Poyopoyo é muita fofura para um anime só...

 
 O gato Poyo.

Amigo visitante, seja mais uma vez bem-vindo ao NETOIN!. Esta edição da seção Análises em Geral promete ser bem tímida, porém extremamente sincera. Isto graças ao anime que será aqui tratado. Uma obra que está em plena exibição desde o início do ano, contemplando o humor básico com uma dosagem de fofura extremamente elevada e bem-vinda.

Para começar a dar veracidade para tal afirmativa, basta você imaginar um gato. Não um bichano tão comum, mas sim com o mesmo sendo extremamente redondo. Além de ser tão rechonchudo, tal gato é muito bonito e possuidor de uma índole simplesmente elogiável. Tudo isto se faz alinhar a sua principal característica: ser muito fofo.

O conceito dado pode até soar estranho para você. Entretanto, nada do que foi relatado acima foge da realidade. Tratando-se de Poyopoyo, tudo que leste até o momento passa a fazer muito sentido. O gato, cujo nome é Poyo, simplesmente chama a atenção e conquista corações por onde o mesmo se faz passar.

Poyopoyo: ~hya!

Poyo é, além de tudo, muito prestativo...

Em seu enredo, o anime consegue ser tão simples quanto se faz aparentar. Poyo, o gato, é encontrado ao acaso por uma moça chamada Satou Moe no meio da rua, enquanto esta voltava de uma festa. Após dormir ali mesmo (usando do bichano como travesseiro), Moe acabou se encantando com o gato e levou-o para a sua casa.

Na residência, Poyo chamou bem a atenção de todos à sua volta. Para o jovem Satou Hide significou a vinda de um ser com o qual batalhará constantemente. Na visão de Shigeru Satou, o gato é um pretexto para que ele libere o seu lado mais sentimental e cautelar para todos verem.

Poyo é detentor de um comportamento bem quieto e pacífico, na dele. Também possui grande força, além de uma inimaginável inteligência para resolver certas situações do seu cotidiano. A vida de um gato jamais será vista ou analisada da mesma forma, após você assistir Poyopoyo.

 
 Poyo e Shigeru são grandes amigos...

A obra em si é uma comédia descomplicada, com pequenas situações que envolvem Poyo e sua nova família. Muitos acontecimentos do anime chamam a atenção em demasiado, não de forma negativa, mas sim como um ponto de máxima atenção. Citar as eternas brigas entre Shigeru e Poyo já seria motivo suficiente para fazer com que o anime figure em uma listagem de acompanhamento.

Há outras cenas também que causam um grande impacto. Uma delas está focada no aparecimento de um gato do vizinho da família Satou. O nome de tal felino é Kurobe, que acaba se apaixonando pelo Poyo chegando, inclusive, à tentar aprontar de forma subversiva no protagonista maior deste anime. Outro destaque vai para as situações nas quais Poyo demonstra ter um grande senso de responsabilidade, e até de humanidade.

Com um enredo tão simples como o relatado, se vem à mente como que o anime vem à ser tratado em sua parte mais técnica. No caso, a mesma é similar ao enredo da obra em si. Entretanto, em Poyopoyo tudo combina com tranquilidade, desde cada cenário até o desenho dos personagens, modelados segundo a cartilha do padrão visual infantil de ser. A parte acústica se encaixa de forma perfeita com aquilo que o anime se propõe à trazer.

Objetivamente

Poyo e Kurobe: algo aqui está chamando a atenção...

Deve-se ressaltar que o anime é uma comédia para toda a família. As cenas que se seguem são hilárias aos seus próprios modos. Além disso, o ambiente de confraternização e de plena harmonia marcam forte presença neste título que, seguramente, é uma das ótimas pedidas para aqueles momentos da mais pura descontração.

Entretanto, convém ressaltar que o excesso de elementos fofos presentes no anime poderão lhe afastar do mesmo, caso enxergue nisto um exagero para a obra (em quantidade, enfaticamente). A calmaria apresentada pela obra poderá ser um fator negativo, isto válido para o caso de achar que a falta de certa ação prejudique o título em questão.

O anime segue em exibição, desde janeiro'2012. O seu mangá já conta com dez volumes, sendo publicado desde fevereiro'2004. Além de tudo isto, este título possui um jogo para o Nintendo 3DS. Com base em tudo que foi descrito, Poyopoyo se faz recomendar por este humilde blogueiro e, caso você possa, assista a esta obra você também, e deixe-se se levar pela calma alinhada aos momentos de descontração pura e inocente...

O NETOIN! está no Facebook e no Twitter. Que tal um e-mail?

[ made in NETOIN! ]

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Acesse o site oficial de Poyopoyo, ao clicar aqui
Veja a abertura do anime, clicando aqui.


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Ótimo post Carlirio,estou sempre à procura de animes comédias para assistir,porém sempre dou de cara com animes non-sense com mais baixaria do que a comédia em si.(Chobits,to Love-ru...).
    Vou conferir esse anime assim que possível,além de parecer engraçado e divertido tem um elemento que sempre me chama atenção:Gatos. :)

    Obrigado pela dica Carlirio. Aguardo ansiosamente pela sua próxima recomendação.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Ah, imagine um anime com Tsumiki de Acchi Kocchi e Poyo *_*...

    Apesar de preferir a filhote Chi de "Chi's Sweet Home", "Poyopoyo Kansatsu Nikki" é fooooofo demais, três minutos semanais exageradamente açucarados e enjoados. No início não botava muita fé nesse anime, mas com o tempo acabei me afeiçoando muito não só ao gatinho, mas também ao restante dos personagens, já que os traços tão delicados ajudam nisso. Eu cheguei a citá-lo numa matéria no AC, sobre animes com animais como protagonistas; fora isso, nunca tinha visto algum outro blog mencioná-lo...

    Independente de qualidade ou conteúdo, é um dos meus animes favoritos desse ano, ao lado do próprio Acchi Kocchi; não são "obra-primas", mas, pôxa, são extremamente adoráveis.

    ...

    Curioso que a dubladora de Poyo, Ikue Ootani, é a mesma de Pikachu e Chopper (One Piece)... papéis complexos...

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons