Outubro'2013: um início para se comentar... ~ Netoin!

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Outubro'2013: um início para se comentar...

Imagem de Kyoukai no Kanata.

O NETOIN! está pronto para trazer até você, visitante, as impressões de minha pessoa quanto ao início da nova temporada de animes. É um tipo de texto muito comum em diversos locais da animesfera brasileira e estrangeira, a qual este humilde espaço na internet irá também tentar aderir. Mas haverá uma pequena diferença neste segmento por aqui.

Todos os animes que serão aqui tratados (à exceção de Kyoukai no Kanata e de Coppelion, que contarão com análises semanais) terão suas avaliações realçadas em apenas um parágrafo. Contextualmente isto é um grande desafio, mas na prática poderá surtir um efeito muito interessante. Desta forma você poderá também opinar assertivamente sobre este texto, nobre visitante, contando com o espaço aberto para que tu esboce o seu próprio ranking ou, se assim preferir, alguma dica de anime para ser visto fora os aqui listados.

Atente para o fato do post estar dividido em dois blocos principais. O primeiro deles dirá respeito aos animes que este blogueiro já havia indicado anteriormente. E o segundo bloco corresponderá as obras que acabaram sendo somadas, no grupo de animes que serão vistos ao longo da temporada. É uma oportunidade de você não apenas ver as indicações deste humilde site, como principalmente de ter acesso ao fato de que as ideias podem mudar, podendo haver a adesão ou a eliminação de alguns títulos da temporada.

Desta forma, que tenha início uma empreitada totalmente inédita para o NETOIN!. À partir deste momento a minha pessoa deseja que você tenha uma boa leitura, visitante.

  -  Veja o post chamada sobre as indicações da temporada ao clicar aqui  -

Os animes anteriormente previstos...

Aoki Hagane no Arpeggio iniciou com uma premissa inusitada e chamativa, onde o jovem Gunzou se vê às voltas com a estranha Iona, que na verdade é uma máquina de combate. A história é pós-apocalíptica, onde a humanidade luta pela sobrevivência e obtenção de espaço para garantir isto. Visualmente o anime não incomodou a minha pessoa, mas é inegável a existência de alguns exageros neste contexto. Espera-se um desenvolvimento satisfatório da trama na sequência da obra que, em seu início, só pecou um pouco pela apresentação visual.

O bom anime Gingitsune entregou, harmoniosamente, aquilo que minha pessoa esperava. Isto se explica pelo clima calmo em uma sequência prática para um bom slice-of-life, que apresentou a jovem Saeki Makoto e a divindade do santuário, a grande raposa Gintaou. A premissa da obra está justamente na grande raposa, que possui o dom de prever o futuro e, inicialmente, a Saeki parecia usar de forma egoísta tal capacidade de seu amigo. Possivelmente o prosseguimento do anime (que tecnicamente é bem normal) deverá mostrar mais situações entre estes dois carismáticos personagens.

A obra Magi: The Kingdom of Magic é a sequência direta da temporada predecessora e, em seu início, mostrou uma ambientação bem diferente do final de tempos atrás. Foi possível ver, uma vez mais, que o Aladdin de santo tem bem pouco (sendo um atrativo na obra). Uma guerra parece estar para se iniciar, e os últimos minutos do primeiro episódio deixaram isso em franca evidência. Com um visual caprichado e áudio condizente com a ambientação, esta nova temporada de Magi possui os ingredientes certos para mais emoção durante os próximos meses.

Na temporada passada teve um grupo de natação. Neste final de ano, tem-se um clube de óculos. Meganebu! abusou das cores em seu visual, que misturou o chamado simples e grotesco em sua concepção. A história, inicialmente, ficou resguardada à chamada do quinteto de garotos na busca por novos membros ao clube. Seguramente a obra não ficará muito diferente do que foi mostrado em seu início, salvo no caso de ocorrer uma tremenda reviravolta em seu prosseguimento. Nonsense e slice-of-life caminharão juntos em Meganebu!, até o seu final.

Minha pessoa não imaginava que, logo no primeiro episódio, Nagi no Asukara iria apresentar um plot com direito a possibilidade de um triângulo amoroso. O mesmo envolve Manaka e Hikari, que vivem no mar, e o Kihara (que vive no solo). Segundo consta, a humanidade vivia originalmente na água, mas muitas pessoas resolveram viver em terra firme, desencadeando um tipo de "desgosto" para parte dos seres aquáticos. O gênio forte do Hikari certamente muito se chocará com a calma do Kihara, sendo que ambos terão que lidar com a falta de confiança da Manaka. Muito bonito visualmente, a história do anime tem tudo para se desenvolver ainda mais em sua sequência.

Superando quaisquer expectativa inicial, White Album 2 mostrou o seu potencial para se destacar no quesito drama (o gênero preferido de minha pessoa). A chamada para o início do anime esteve com o sério Kitahara e a jovem Touma, que aparenta não ter grande confiança em suas capacidades artísticas. Ainda há uma outra moça, chamada Setsuna, que junto dos já apresentados personagens formam o trio principal. A premissa está no leve envolvimento sentimental entre os três, o que já faz alusão a possíveis complicações comportamentais que haverão de aparecer. Contando com um visual bonito e uma  atuação sincera dos seiyus, White Album 2 buscará um lugar no coração de quem assistir a este anime. 

-  Galilei Donna, também previsto, ainda não havia estreado, até o término deste texto  -

Os animes que incrementaram a lista...

Golden Time possui a premissa básica de um anime aplicável ao gênero harém, porém a grande chamada aqui está em uma garota de nome Kaga Kouko. Ela possui uma presença que há muito tempo minha pessoa não via em um anime. Sua personalidade forte deixa o jovem Mitsuo muito assustado e com raiva dela, enquanto o aparentemente calmo Banri parece não ter consciência de alguns riscos. A entrada para a faculdade nunca foi tão engraçada, e certamente estes dois rapazes não se esquecerão disto tão cedo. O anime vale muito por sua certa chamada humorística, mas o rótulo [harém] certamente fará muitos torcerem o nariz para o anime.

Insanidade foi a marca registrada do episódio inaugural de Kill la Kill. A premissa da obra está no resgaste visual de outras épocas (por mais que o modelo cartunesco não seja do agrado de minha pessoa), alinhada a uma história forrada por lutas e com um elenco muito propenso à gritaria compulsiva. Basicamente, um shounen que para muitos correspondeu ao rótulo de destaque, mas que este humilde blogueiro verá sob outros olhares (destacando-se o fator nonsense e as batalhas da obra). E prepare-se para o fanservice, o que tem dividido opiniões na blogosfera mundial (especialmente no que diz respeito ao uniforme da Matoi Ryuuko).

Kuroko no Basket 2 é a continuação direta de sua temporada predecessora, e já promete muitas emoções na medida (independente do foco, seja ele o do público fujoshi ou dos amantes do esporte). O episódio inicial ousou fazer uma reapresentação do elenco da obra, com destaque para o baixinho e sério Kuroko, sempre com o seu olhar fixo e de falas diretas. Ao final do capítulo inicial, uma partida de basquete estava por iniciar, na qual dois amigos do passado terão a oportunidade de acertar uma certa conta deixada para trás. Certamente, a obra promete muitas emoções. A se destacar a sequência de abertura, muito envolvente e chamativa para o propósito do anime.

Na temporada passada, Little Busters! surgiu como o novo anime derivado de uma obra da Key Visual Arts. Mas o mesmo acabou tendo mais pontos negativos para se destacar, o que promoveu insegurança quanto a nova temporada. Incrivelmente, o início de Little Busters! Refrain foi digno de uma nota muito positiva. O carisma dos personagens se fez presente do início ao fim do episódio, que teve um destaque todo especial para o seu final, que deu claros sinais de que o drama deverá tomar conta do anime. Emoções à vista.

Imaginar um otaku medindo forças com o ciclista em um campo de combate esportivo é deveras complicado. Mas Yowamushi Pedal é a obra que não apenas trás a premissa à tona, como também a desenvolve com uma prazerosa harmonia. Enquanto Shunsuke quer vencer um velho rival, o Onoda curte suas idas à Akihabara, o lar dos otakus (em grande tese). Mas o final do episódio colocou ambos frente à frente de uma forma que, seguramente, fez a curiosidade aparecer forte para a sequência do anime. Contando com um visual digno e uma atuação respeitosa dos seiyus, este poderá ser um anime à ser mencionado positivamente, quando chegar o seu final.

Objetivamente

Imagem do anime Coppelion.

Faltando um anime para estrear na temporada (o que contemplará o total de obras a serem vistas por minha pessoa), pode-se aqui ressaltar que fazer este post foi muito prazeroso e que, dependendo da recepção sobre o mesmo, fazer melhorias para futuras temporadas é algo que pode sim ser estudado. Com a exceção dos dois animes que serão comentados semanalmente, torna-se conveniente aqui ressaltar que o total de  catorze animes é um número que minha pessoa não esperava atingir na atual temporada (cuja previsão era bem menor, por razões como trabalho e estudos).

Antes de encerrar este post, seguirá abaixo as notas que as obras receberam no My Anime List até a data de publicação deste texto, em um raking pré-definido. Na sequência se fará presente o ranking de minha pessoa, unicamente para efeito de comparação. Vale ressaltar, uma vez mais, que Galilei Donna ainda não havia estreado até o fechamento deste texto.

* My Anime List ranking:

Kuroko no Basket 2 (8,82)
Magi: the Kingdom of Magic (8,32)
Little Busters! Refrain (8,30)
Galilei Donna (8,20)
Kill la Kill (8,12)

* NETOIN! ranking:

Kyoukai no Kanata
White Album 2
Coppelion
Kuroko no Basket 2
Nagi no Asukara

Sinta-se à vontade para deixar a sua opinião, nobre. E grato pela leitura deste post.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

  • 9Blogger
  • Disqus

9 Comentários

  1. Carlírio Neto você não, se Interessou por Pupa?? apesar de não ter estreado ainda, ou Tokyo Ravens, Machine-Doll e Strike The Blood?? gostei da sua opinião, sobre Nagi No Asukara em geral bom post,gostei desses que você comentou só não estou acompanhado,Golden Time e Meganebu.
    Kill La Kill só não, gostei dos traços e da animação não faz,muito meu tipo acho meio estranho,mais ação é o que não vai faltar nele, e um pouco de fan service^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Os animes aqui listados são os que garanto que verei até o final, com humildade.
      Dos que tu citou, cheguei a ver o primeiro episódio de Strike the Blood. Quanto à Pupa, assim que o mesmo sair o verei para ter um veredicto.


      Até mais!

      Excluir
  2. Devo acompanhar quase todos da lista, ficando na duvida sobre Arpeggio que o primeiro episódio não me agradou muito. E Kuroko no Basket que não vi a primeira temporada e não tenho interesse nesta segunda, além de Meganebu! que acho que não existe lógica em seu plot.

    E esse Kill la Kill é muito louco e a gritaria corre solta, mas as brigas e a ação me incentivou a ver pelo menos o segundo episódio. Não achei essa maravilha toda, mas é assistivel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Eu já tenho as minhas preferências.
      Embora Kill la Kill não esteja entre elas, é saudável e justo afirmar que o anime sabe divertir bem (ao menos para mim).

      Kuroko no Basket é uma surpresa bem inesperada, mesmo para mim. O verei com vontade, dado o seu bom plot e elenco.


      Até mais!

      Excluir
  3. 3º Little Busters! Refrain (8,30)

    Só isso que tenho a dizer: <3

    Concordo com tudo que disse, exceto em dois pontos, quanto ao Arpeggio... achei muito ruim, a história até que poderia ser boa, mas a equipe de produção e direção é fraca, personagens sem graça e um cenário que poderia ser melhor, não pretendo acompanhar mais, e quanto a primeira temporada de Little Busters!, como assim mais pontos negativos do que positivos? Tudo bem que no quesito animação é abaixo do esperado, ainda mais se comparando com as adaptações da Key pela KyoAni, mas, em quesito de história e semelhança com o jogo, a nota 8 é merecida. Sou suspeito pra comentar LB porque é minha visual novel favorita, mas ainda assim acho o melhor anime da temporada.

    Coppelion nesse episódio 2 já caiu muito, na verdade, despencou. Me decepcionei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Para mim, Willian, a primeira temporada de Little Busters! não foi bem trabalhada. Me pareceu faltar vontade da equipe responsável, em cuidar da obra como ela realmente merecia. Por sorte, a segunda temporada (Refrain) deu um verdadeiro "pulo do gato" na qualidade como um todo, o que está sendo muito de meu agrado pessoal...


      Até mais!

      Excluir
  4. Devo acompanhar poucos animes como sempre, mas gostei muito do post. Foi bem objetivo ao dizer sobre inúmeras obras. XD

    ResponderExcluir
  5. Fala meu amigo Carlírio! Como sempre, muito boa as análises, e igual a você, eu (xpectrum) do Anime Codex também fui surpreendido pelo White Album 2. Fiquei um tanto receoso quanto essa temporada, mas, valeu e muito a minha expectativa.
    Parabéns pelo post completíssimo! Te convido a falar sobre suas impressões aqui no meu post sobre essa magnífica obra:
    http://www.animecodex.com.br/noticias/estreias/white-album-2-impressoes/

    Sua opinião sempre é bem vinda!! Grande abraço!

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons