[N! 11 Anos] Onze momentos memoráveis nos animes... ~ Netoin!

domingo, 17 de dezembro de 2017

[N! 11 Anos] Onze momentos memoráveis nos animes...


Momentos guardados para sempre...

Acredita-se, de maneira irrefutável, que todos as pessoas possuem dentro de si lembranças guardadas há muito tempo, ao nível de assim permanecerem para sempre. Este fato tende à ocorrer com facilidade quando se trata de algo na vida de cada um, envolvendo entes queridos, pessoas próximas, amores, frustrações, ocorrências gerais, dentre tantos outros pontos possíveis. Contudo, esta afirmativa aqui apresentada pode pairar até mesmo no hobby de cada um.

Não importa a mídia (seriado, filme, anime, mangá, HQ, tokusatsu, novela, live-action e afins). Alguma coisa ocorreu com aquele personagem que tu aprecia, ou então a história acabou indo parar em um rumo que você não esperava. Até mesmo situações trágicas ou hilárias podem recair com facilidade neste tipo de contexto. No geral, sempre alguma coisa ficará gravada em sua mente, por quaisquer motivo que seja.

Sendo o primeiro post da série de especiais do #netoin11anos, se faz apresentar agora onze das situações em animes que mais se fazem presentes na mente deste humilde blogueiro. São situações inesquecíveis que, certamente, haverão de terem um lugar reservado na memória da minha pessoa para sempre. Elas serão listadas mais abaixo, mas não estarão em ordem de preferência ou algo deste gênero. E neste momento, isto tudo será compartilhado com você, nobre visitante. Aprecie.

-   aviso: o post pode conter spoilers   -

True Tears
- temporada: janeiro/2008
- episódio #12

- lançado em: março/2008; visto pela primeira vez em: maio/2008



Muito havia ocorrido neste anime, até que o momento em pauta chegasse com uma força dramática digna de nota. De um lado estava o jovem Shinichirou, que buscava se encontrar para seguir adiante com os seus próprios anseios (até então ele possuía muitos temores sobre isso), o que incluía seus sentimentos de infância por uma garota de nome Hiromi. Na outra ponta estava a Noe, uma menina que poderia ser considerada estranha em seu modo de agir, mas que sabia ser verdadeira quanto àquilo que pensava. Ela buscava poder "voltar a chorar", após o falecimento de uma pessoa sumamente importante para si.

Ambos, Shinichirou e Noe acabaram dando um ao outro as forças necessárias para se seguir adiante. E o episódio final mostrou, com uma cena extremamente tocante no sentimento, o quanto a citada afirmação tem seu alto poder de respaldo e veracidade. Enquanto a Noe começou a caminhar de volta ao hospital (estando de muletas), o Shinichirou chorou ao cantar um dos versos preferidos da citada garota, alterando levemente o seu final e mostrando o quanto que estes dois personagens amadureceram no decorrer da obra.

Clannad After Story
- temporada: outubro/2008
- episódio #15

- lançado e visto pela primeira vez em: fevereiro/2009



Era um momento que, de antemão, possuía todos os ingredientes necessários para trazer consigo muita emoção. Neste mesmo episódio, contou-se a história de como a gravidez da Nagisa ia avançando e, ao mesmo tempo, sua frágil saúde também se corroía cada vez mais. O Tomoya, agora sendo o seu marido, buscava se fortalecer e prometia, constantemente, que a protegeria de qualquer perigo. Tudo isto devido a um sério aviso médico sobre o estado atual da jovem grávida, o que muito preocupou seu esposo e os pais dela.

Contudo, o final deste episódio foi sublime ao seu próprio modo. À beira de um rio, Nagisa e Tomoya se sentaram e começaram a fazer pequenos planos para o futuro. A ideia mais avassaladora veio quanto ao nome da futura criança do casal que, ainda sem saber o seu sexo, acabou optando por um nome que serviria se a mesma viesse a ser uma menina ou um menino, sendo este Ushio. Tendo uma ligação tênue e interessante com a ambientação, a nomenclatura da futura criança e a maneira na qual o casal ficou junto naquele lugar deram o devido resplandecer sobre o que haveria de acontecer no anime, daquele ponto em diante.

Honey and Clover
- temporada: abril/2005
- episódio #18

lançado em: agosto/2005; visto pela primeira vez em: março/2010


Este episódio uniu vários momentos, daqueles mais engraçados até os mais sentimentais possíveis. A bem da verdade, Honey and Clover possui uma ótima seleta de capítulos que poderiam ser aqui citados, mas este em especial mostrou as vertentes mais firmes sobre o rumo que este anime estava por ter dali por diante. Diga-se de passagem, com o Morita "desaparecido" (na verdade indo receber um prêmio na Academia do Cinema nos Estados Unidos, após ter ficado um ano "trabalhando forçadamente" por lá) e o Takemoto no hospital (vítima de sua apendicite), a turma toda estava bem dividida. Mas ninguém era mais o centro das atenções, neste aspecto, do que a própria Hagu.

Aqui foi possível observar que o Takemoto já estava pensando em não conseguir competir com o Morita (pela atenção da Hagu), pois o talento de ambos era algo que o rapaz via como distante para si. Tocante ainda no ponto dramático da história, sobrou também para a dupla Yamada e Mayama. Os momentos hilários também tiveram alto respaldo neste episódio, até mesmo na aclamada formatura do Morita (e sua inconsequente volta à universidade). Realmente, um episódio para ser guardado sempre na memória.

Kanon 2006
- temporada: outubro/2006
- episódio #10

lançado em: dezembro/2006; visto pela primeira vez em: maio/2007


Para a minha pessoa, e especialmente na época em que havia começado a usar internet em casa, visitar diversos sites e ler opiniões sobre animes era uma prática constante. Era comum buscar por portais que oferecessem algo que ajudasse na escolha em ver alguma obra. Foi assim que Kanon 2006 acabou sendo assistido e, desde então, fazendo-se presente na lista de animes preferidos deste humilde blogueiro.

Foi com esta obra, mais precisamente em seu décimo episódio, que este humilde blogueiro pôde chorar com vontade (entenda como lágrimas bem verdadeiras). Isto porque a Sawatari Makoto, uma personagem que na verdade era uma raposa que se tornou humana (por curto tempo) graças a um tipo de milagre, havia encontrado o final de sua jornada no topo de um monte. O jovem Aizawa Yuiichi, que escondia o motivo da Makoto ter se tornado uma garota (mesmo que ele tenha demorado para isto entender), a acompanhou neste precioso e emocional momento. É algo que a minha pessoa ainda vê, atualmente, e as lágrimas correm com extrema naturalidade.

Onegai Twins
- temporada: julho/2003
- episódio #06

lançado em: agosto/2003; visto pela primeira vez em: abril/2006


Onegai Twins foi um dos primeiros animes que este humilde blogueiro assistiu graças à internet. Muitas das recordações guardadas desta obra tem esta razão por detrás, que por si só já possui a sua importância. Entretanto, o sexto episódio deste anime (chamado "Aliança Amorosa") soube emocionar bastante na época em que foi visto pela primeira vez. Isto em razão das jovens Karen e Miina terem compreendido o sentimento sincero que ambas nutriam pelo jovem Maiku, com o adendo da questão sobre a possibilidade de uma delas ser a irmã gêmea do rapaz. Tudo isto ocorreu após os eventos do capítulo anterior à este, que haviam gerado um mal entendido na escola, rendendo uma suspensão de três dias para os citados personagens.

Terem se entendido foi apenas o primeiro passo, visando algo importante para a dupla Miina e Karen. As jovens formaram a aliança que dá nome ao episódio para, entre outras coisas, estabelecer uma cooperação entre elas, além de não permitir que nenhum estranho se aproximasse do Maiku e, sobretudo, que se uma delas descobrisse quem era a irmã gêmea do rapaz automaticamente apoiaria o amor da outra pelo mesmo. Este episódio concentrou tudo do lado sentimental do anime em si, sem o menor medo de estar sendo equivocado para ti, visitante.

Shingeki no Kyojin
- temporada: abril/2013
- episódio #01

lançado e visto pela primeira vez em: abril/2013


Este anime não é um dos preferidos deste humilde blogueiro, nem tampouco foi mencionado no top'10 desta casa no seu ano de lançamento. Mas tal fator não impede, sob nenhuma hipótese, de listá-lo neste post especial, pois o seu primeiro episódio foi digno o bastante para tanto. Inclusive, até hoje é possível ter diversos sentimentos ao revê-lo. Não é todo dia que se tem gigantes devorando humanos, em uma verdadeira guerra pela sobrevivência (ao menos no que tange à humanidade desta obra). Pense, unicamente, no fator da cena que faz jus de ser aqui citada.

Trata-se, claro, dos momentos finais deste episódio inaugural. Os jovens Eren e Mikasa estavam sendo salvos, pois os gigantes haviam invadido o local onde moravam, dentro da primeira grande muralha. Mas a mãe de ambos (biológica da parte do rapaz e por adoção da moça) não teve a mesma felicidade e acabou sendo devorada por um de tais gigantes que, antes, fez questão de quebrá-la para poder ingeri-la. O Eren olhou todo o repertório, o que alimentou sua fúria já conhecida. A minha pessoa se emocionou demasiadamente com este episódio, em especial por este final mais do que chamativo.

Magic Knight Rayearth
- temporada: outubro/1994
- episódio #20

lançado em: março/1995; visto pela primeira vez em: meados de 1996


Um anime com mechas, poderes mágicos e, sobretudo, um interessante conceito sobre o que vem a ser na verdade o bem e o mal. Mais precisamente, a narrativa do limiar tênue entre o certo e o errado dava chance às grandes chances de arrependimento. Todo este ideal acabou fazendo parte do portfólio na vida de três jovens garotas, que foram convocadas à outro mundo para serem Guerreiras Mágicas. Elas tinham uma missão que, muito embora aparentasse uma coisa (assim elas idealizavam), na verdade causaria outra um tanto quanto mais grave (quando souberam de toda a verdade no momento derradeiro).

Hikaru, Umi e Fuu (conhecidas no Brasil como Lucy, Marine e Ami, respectivamente) tiveram a mais difícil batalha delas como Guerreiras Mágicas, pois o real inimigo não era quem havia cometido uma prévia ação de rapto, mas sim a pessoa que havia sido a vítima de tal iniciativa. Elas descobriram da pior maneira a verdade que o mundo de Cephiro guardava, bem escondido, sobre o Sistema do Pilar. As lágrimas destas três jovens, já na Torre de Tóquio, demonstram bem tudo pelo qual elas passaram (e que ainda haveriam de passar).

Kowarekake no Orgel
- temporada: outubro/2009
- episódio único (OVA)

lançado em: dezembro/2009; visto pela primeira vez em: fevereiro/2010


Um anime despretensioso, mas nem por isto menos interessante ou cativante à sua própria forma. A simpática história de Kowarekake no Orgel, alinhada a simplicidade técnica que foi apresentada, soaram muito bem aos olhos deste humilde blogueiro. Um pouco mais de vinte e oito minutos que realmente valeram muito a pena em serem vistos. E a pequena Flower foi a grande responsável por isto.

Ela era um tipo de robô criado para servir as pessoas. Porém, a Flower era de fabricação já considerada antiga e havia sido abandonada pelo seu antigo dono. Acabou sendo encontrada por um jovem chamado Keiichiro ao acaso e, gradativamente, ambos começaram a conviver juntos na casa do rapaz. Ele também carregava pesadas sequelas no seu coração, em razão do que havia acontecido com a sua família, fazendo com que seus sonhos ficassem para trás. A Flower notou isto e, nas proximidades do final desta animação, ela pôde enfim mostrar o que tanto queria ao rapaz. Um encerramento fantástico e altamente emotivo.

ef~a tale of memories
- temporada: outubro/2007
- episódio #12

lançado em: dezembro/2007; visto pela primeira vez em: março/2008


Pensar em viver sem poder recordar-se do que havia feito no dia anterior não soa nem um pouco convidativo. E era ainda pior do que isso, pois a cada ciclo de doze horas todas as lembranças acabavam se perdendo, em um tipo de processo automático desde um grave acidente sofrido por ela. Esta era a vida da jovem Shindou Chihiro, que ficava sempre sentada em uma estação de trem abandonada, olhando para frente ou lendo algo. Isto até um rapaz chamado Asou Renji ter dela se aproximado e criado uma relação de amizade com a moça.

Chihiro e Renji foram se conhecendo cada vez mais, ao nível de nascer ali um sentimento mútuo muito bonito. Porém, a situação da moça era algo que não apenas chocou o rapaz no primeiro momento, como fez ele perseverar e buscar ajudá-la a todo instante possível. Muitas dificuldades cercaram estes dois jovens. As correntes que prendiam a Chihiro acabaram sendo desfeitas pelo Renji, após muito trabalho e perseverança naquilo que tanto acreditava ser possível. Ela não estava curada, mas o grande e majestoso primeiro passo havia sido dado. Estes dois personagens tem a admiração deste humilde blogueiro desde então.

School Days
- temporada: outubro/2007
- episódio #12

lançado e visto pela primeira vez em: dezembro/2007


School Days é um exemplo clássico de anime que pode ser tanto amado como odiado, sem um meio termo mais apropriado, servindo desde 2007 para poderosos embates opinativos pela internet afora. O finado Orkut deixou para trás muitas histórias, conversas e discussões que podiam ser facilmente acessadas, sobre a obra em pauta. A minha pessoa se lembra até hoje da censura que houve quando o último episódio foi ao ar, em dezembro de 2007 (quando o sangue em vez de vermelho apareceu na coloração preta). Justamente este capítulo é que está na memória deste blogueiro desde então, de uma maneira muito clara e concisa.

Tudo isto porque o jovem Makoto, que havia mudado de um comportamento tímido para um verdadeiro depravado sexual, acabou encontrando um destino bem cruel para as suas ações. Não que a Sekai fosse a melhor pessoa do mundo ou mais correta do que ele, mas a jovem acabou fazendo aquilo que julgou ser mais correto para o momento. E não se pode esquecer aqui da Kotonoha que, após tudo isto, ainda fez questão de dar os seus próprios acordes finais para o anime. Nobre visitante, pense em uma discussão que durou semanas à fio sobre o final de anime em tal época e, certamente, o nome School Days aparecerá na sua frente por tudo que foi aqui relatado.

Planetarian: Chiisana Hoshi no Yume
- temporada: julho/2016
- episódio #03

lançado e visto pela primeira vez em: julho/2016


Em 2016, um dos mais maiores sonhos animísticos de minha pessoa havia sido convertido em uma feliz realidade, pois Planetarian havia recebido a sua animação. A história da robô Hoshino Yumemi, que há vinte e nove anos não via um ser humano sequer (nem fazia ideia do que havia acontecido com a Terra neste período) e que passou todo este tempo zelando pelo planetário de um centro comercial, foi deveras cativante. Ela conseguiu fazer com que o humano Kuzuya, um Junker, acabasse sentindo novamente a afeição pelas estrelas que ele teve outrora, um pouco antes dos malefícios climáticos atingirem o planeta (como resultado de uma guerra mundial de alto nível).

O terceiro episódio de Planetarian acabou sendo um verdadeiro ápice, algo que este humilde blogueiro tende sempre a rotular como um tipo de "colírio para os olhos". A Yumemi, graças à ajuda do Kuzuya, pôde fazer a apresentação especial que tanto desejava, para o seu ilustre visitante. A história da humanidade foi contada de uma maneira acolhedora, deveras encantadora e sem precedentes. Nada à dizer sobre o que iria ocorrer nos dois episódios restantes desta obra mas, seguramente, estes dois personagens tiveram um singelo e glorioso momento de paz naquele instante.

Nobre visitante, aproveite e
comente sobre os seus próprios
momentos inesquecíveis com os
animes que tenhas assistido.

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ #netoin11anos ]

Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2018 (ano 11)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons