[Volta ao Passado] O início de Candy Boy... ~ Netoin!

quarta-feira, 2 de maio de 2018

[Volta ao Passado] O início de Candy Boy...


Temas sérios, mostragem simples...

Até a publicação do presente texto, a minha pessoa já havia assistido quatro episódios de Candy Boy, anime este que foi lançado no formato ONA ao final da década passada, totalizando sete episódios que apareceram ao público entre os anos de 2008 e 2009. Trata-se de uma obra original, que foi animada pelo estúdio AIC (Seto no Hanayome, Hourou Musuko, Tenchi Muyo! Universe, Sasameki Koto). Muito embora o post que estás lendo se tratará unicamente do primeiro episódio, a verdade é que muito do que nele tu ver estará amplamente válido para a sequência do anime, visitante.

Em si, Candy Boy possui uma proposta extremamente honesta com o seu ideal mais básico, que é de mostrar o cotidiano extremamente amigável das irmãs Sakurai, que são gêmeas não idênticas. As jovens Kanade (que aparenta ser a mais séria e responsável) e Yukino (mais amável e um tanto quanto infantil em suas ações) dormem no mesmo apartamento do dormitório estudantil, mas este fator não significa nada extremamente chamativo, sendo até normal. Mas esta visão pode ser ligeiramente mudada ao se ficar sabendo de um dado bem curioso e interessante.

Muito embora as irmãs Sakurai se entendam muito bem (nisto até um pouco além do que se espera), a verdade é que a Yukino possui uma certa queda sentimental pela Kanade. Dado o comportamental explícito da personagem no episódio inaugural do anime, ela demonstra isso de variadas formas, algumas delas até bem nítidas sob qualquer ponto de vista (menos apara sua irmã, aparentemente). A voz dócil e meiga da Yukino sempre contrasta com a tonalidade mais aguda que sai da Kanade, e até mesmo esta característica é colocada em xeque quando as duas conversam, no que tange ao fato da primeira demonstrar claramente o seu amplo carinho pela segunda.

 As irmãs Yukino e Kanade Sakurai se entendem bem. Nisto, a Kamiyama Sakuya as segue...

E com isto outro ponto bem chamativo aparece em Candy Boy, pois muito embora exista algo que instiga o princípio de uma relação incestuosa entre as jovens protagonistas da obra, a verdade é que nada consegue mostrar isso de fato ocorrendo, nem nas mínimas ideias. Pode parecer até que a minha pessoa esteja se contradizendo neste momento, mas a Yukino demonstra o carinho que tem pela Kanade sem elevar o tom, com praticamente zero estrepolias, gritarias, chamadas de atenção em público ou quaisquer tipo de ação parecida para tanto, pois ela mostra o que sente e aparentemente não exige o mesmo em troca (como se a presença o estar ao lado bastasse para se sentir bem). Em outras palavras, as duas garotas se entendem muito bem à própria maneira, sem grandes exaltações e da maneira mais fofa possível.

Além de tudo isto que diz respeito ao primeiro episódio do anime, o mesmo ainda apresentou uma jovem personagem chamada Kamiyama Sakuya. Ela é bem conhecida das irmãs Sakurai, dando-se muito bem com ambas. Contudo, a moça possui uma certa queda pela Yukino. E se tu pensa que isto faz aparecer uma guerra entre ela e a Yukino, se enganarás uma vez mais, nobre visitante. Até neste ponto, que poderia ser um fator de drama elevado no anime, tudo acaba mostrando-se como meigo e fofo (inclusive, com a Sakuya fazendo um tipo de aliança com a Yukino em troca de algumas fotos da Kanade).

Na mais plena e rigorosa teoria, Candy Boy poderia sim ser um anime a desbravar não apenas o universo shoujo-ai no seu todo, como também trabalhar mais a fundo temáticas tão fortes e de grandes questionamentos quanto a do incesto, por exemplo. A prática mostrada no anime, contudo, é totalmente o oposto do que a cartilha diz que poderia ocorrer. Para a minha pessoa, isso não faz de Candy Boy um anime ruim, pois o mesmo é bem agradável e simplório de se assistir. Porém, se tu espera ver uma obra com desenvolvimento profundo de personagens, trabalho massivo nas temáticas propostas e/ou apresentadas ou até um relacionamento mais presente, então seguramente este anime não saciará aquilo que buscas ver.

Mas é mesmo um anime que exala a fofura pelos seus poros...

Momentos...



"Quem procura acha. Ou melhor: encontra..."


"Tudo parece estar bem, mas está havendo uma troca de favores por aqui..."


"As irmãs se entendem bem..."




"Como iniciou a saga do guarda-chuva..."



"Como terminou a saga do guarda-chuva..."


"Tudo parece estar bem com a Sakuya..."


"Parece que alguém está para ter a bochecha apertada novamente..."


Candy Boy
Série em ONA  /  Exibição: maio de 2008 à maio de 2009
Total de episódios: 7

*** Episódio #1: "A distância entre as duas" ***


"E o segundo episódio assim iniciará..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]


Conheça o autor do Netoin!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2018 (ano 11)
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons