Em pauta!

25 de março de 2021

[Volta ao Passado] O Cacá da pré-história...


Nostalgia e algo mais...

Ao longo dos quase quarenta e três anos de vida deste humilde blogueiro, o gosto e apreciação pela animação japonesa tem estado sempre presente, mesmo quando se assistia a tais obras sem nem sequer desconfiar que fosse originárias do Japão. Em especial durante a década de 1980, tal sentença foi um fato inconteste. A única obra que possa dizer sabia que era japonesa - na certeza - era Don Drácula, exibido pela extinta Rede Manchete na mesma década já citada.

Contudo - e baseando-se em um dos apelidos que minha pessoa possuir - um certo anime visto em épocas tão remotas ressoou na mente e, assim, iniciou-se uma corrida pela internet atrás do mesmo. Em termos de material, quase nada pôde ser encontrado. No que tange a textos e sites, a procura foi mais positiva. No contexto geral, As Aventuras de Cacá (sendo Wanpaku Oomukashi Kum Kum no original) rendeu um bom trabalho, mesmo para a confecção deste pequeno post que inaugura a seção [Volta ao Passado] no ano de 2021.

Mesmo com o pouco material áudio visual encontrado, a saudosismo acabou sendo parcialmente sanado. Ainda assim, foi muito poder rever o pequeno e astuto Cacá (Kum-Kum no original) novamente, por mais que tenham se passado algumas décadas desde a última vez na qual este humilde blogueiro algo assistiu de As Aventuras de Cacá. Tal anime, exibido originalmente no Japão na temporada de outubro-1975, apareceu no Brasil entre 1982 e 1984 com uma exibição bem irregular, cujo resultado foi que apenas pontos isolados do país contaram com a transmissão mais decente dos episódios do anime em pauta (para maiores detalhes, veja as dicas de visitação ao final deste post).

Chiru-Chiru e Kum-Kum. No Brasil, são Cheirosa e Cacá, respectivamente.

Não havia um enredo mirabolante, nem nada que levasse a alusão de algo trabalhado para vertentes próximas à esta. Sendo mais direto, a obra em pauta era bem mais episódica e destinava-se a contar o cotidiano de Cacá, seus amigos e familiares, durante a pré-história (a Idade da Pedra mais precisamente). Pode-se dizer que era um slice-of-life, mas tal gênero temático não se aplica totalmente para As Aventuras de Cacá, cujas histórias por vezes eram profundas demais, tratando de temas como a morte por exemplo. É bem verdade que o humor se fazia presente em boa parte dos episódios, mas passagens mais sérias e/ou que levavam à ponderação também ali estavam. E leve em consideração que este era um anime destinado ao público infantil da época de sua exibição.

Cacá era bem ativo, por vezes travesso, mas queria ter as qualidades de seu pai quando crescesse. Mochila (no original: Mochi-Mochi) e Barum (no original: Aaron) eram os amigos de sempre do carismático protagonista, enquanto a Cheirosa (no original: Chiru-Chiru) era sua amiga e alvo dos seus maiores sentimentos. Não é difícil encontrar textos que conotam ela como namorada do Cacá, e para a minha pessoa é difícil isto afirmar por pouco lembrar do anime (alinhado ao pouco material visual encontrado nas buscas feitas). Dentre os familiares, Taru-Taru era irmã mais velha do Cacá, sendo ela adolescente, enquanto Toru-Toru era o irmãozinho mais novo dele. Paru-Paru era o pai do protagonista, enquanto Maru-Maru era sua mãe.

Com a maior sinceridade do mundo, este blogueiro tentará buscar por algo dos episódios de As Aventuras de Cacá, não apenas para fazer um post ainda mais específico deste anime (centrado em uma passagem/trama), como também para sanar na totalidade este sentimento saudosista que, a bom modo, surgiu em um momento bem-vindo para tanto.

Aguardar é preciso...

Momentos



"Dois frames da abertura do anime..."


"Entre promessas e atividades..."


"Furu-Furu por dentro das histórias sobre seus pais..."


"Mãe e pai do Kum-Kum, quando mais jovens..."


"Encrenca para o Kum-Kum, risadas para seus amigos..."


Wanpaku Oomukashi Kum Kum
origem: desconhecido  /  estúdio: Sunrise
total de episódios: 26  /  exibição: temporada de outubro-1975

As Aventuras de Cacá (nomenclatura brasileira) 
transmissão: SBT  /  período provável: entre 1982 e 1984

Dicas de visitação


"Cotidiano com lições, alegrias, tristezas e diversão..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!