[N! Drops] Jul'2016 #27: Orange e uma estreia digna... ~ NETOIN!

segunda-feira, 4 de julho de 2016

[N! Drops] Jul'2016 #27: Orange e uma estreia digna...

A capa da vez.
Do futuro para o presente...

A temporada de julho'2016 estreou oficialmente em meados do fim da última semana. Muitos animes carregam, há algum tempo, a premissa e certa responsabilidade de fazer com que este ciclo animístico corresponda as expectativas ao mesmo lançadas. Parte de tais obras iniciaram nestes últimos dias e, entre elas, está um título dos mais carismáticos e dramáticos que, recentemente, a minha pessoa já teve acesso.

Trata-se de Orange. O mangá desta obra leva a assinatura de Takano Ichigo, tendo sido publicado na Shueisha e também pela Futabasha, com um total de cinco volumes (que vieram ao Brasil por meio da Editora JBC). Sua versão em anime está a cargo de uma cooperação entre a TMS Entertainment e a Telecom Animation, cuja previsão de encerramento está para o final de setembro de 2016. E um ponto deve ficar bem nítido em meio à todas estas informações, visitante, pois a estreia do anime foi absolutamente fiel ao primeiro capítulo de sua publicação (nomeado como "Carta 1"). Tenha a plena certeza de que tudo acabou tendo um resultado deveras positivo.

A jovem Takamiya Naho, com seus dezesseis anos de idade, estava levando uma vida até então muito normal na escola com os seus amigos. Porém, o seu cotidiano acabou sendo abalado graças a uma estranha carta que ela recebera, estando a mesma assinada pela sua própria pessoa, mas dez anos à frente no tempo. As primeiras linhas deste simplório manuscrito revelaram, à Naho, que ela teria de refazer algumas tomadas de decisões na sua vida, para assim evitar tantos arrependimentos que a própria viria à ter no futuro.

Naho e Kakeru, no momento em que o rapaz chegara na sala de aula.

Dentre tantas curiosidades presentes na carta, a principal delas dizia respeito a um rapaz que seria transferido de Tóquio, o qual acabaria também mexendo com a vida da Naho. Tratava-se dele, Naruse Kakeru, sendo ele um jovem muito quieto no próprio canto, de poucas palavras, mas que a turma da Naho tentou fazer-se enturmar rapidamente com o pessoal. Obviamente, as palavras contidas naquele papel não remetiam unicamente ao recém chegado, mas é importante ressaltar o quanto o citado rapaz passou a ser um tipo de alicerce para a Naho, a partir de tal ponto.

Nobre visitante, o primeiro episódio do anime foi muito satisfatório, honesto na premissa e digno de elogios. As falas de cada personagem soaram tão sensíveis e verdadeiras que, de certa maneira, tu poderá se sentir fazendo parte daquela ambientação, vividamente. Acusticamente, as melodias que se faziam entoar durante a exibição da obra em muito auxiliaram com o elenco em seu universo. Os cenários são belos, bem coloridos, produzidos com afinco. Talvez a única grande falha, se é que pode-se assim conceituar, esteve no desenho dos personagens, que acabou parecendo estar distorcido em alguns frames do episódio em si. Destaque válido também para a abertura e encerramento da obra que, mesmo não possuindo grandes atrativos visuais nas suas composições, são possuidores de melodias extremamente belas.

Orange teve um início primoroso. Foi possível sorrir com os quase vinte e quatro minutos do episódio, ao mesmo tempo no qual prever lágrimas para a sequência de sua transmissão venha à ser algo mais do que acertado. Basicamente, Naho e companhia terão muito para mostrar daqui até setembro. Obviamente, o NETOIN! está desde agora pronto a ceder o espaço do blog sempre que necessário for, para trazer até você opiniões e curiosidades acerca do anime durante o seu prosseguimento.

Aguardar é preciso...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real...



"Os sorrisos foram poderosos no primeiro episódio do anime..."



"O grupo de amigos conseguiu fazer rir o Kakeru..."




"Mais momentos desta ótima estreia de Orange..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Ótimo texto.

    Assumo que também fiquei bastante feliz com a estreia de Orange, conseguiu atingir minhas expectativas nesse primeiro episódio principalmente por conseguir ser fiel ao mangá apenas com poucas cenas agregadas que se encaixaram perfeitamente ao contexto!
    Sem duvidas esse é um anime que ainda vai nós emocionar muito ao longo dessa temporada!

    Nesse sábado eu postei uma resenha sobre o mangá, sem spoilers kkkkkkk se quiser conferir sinta-se convidado.

    https://somaisumaleatorio.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Como estás, nobre?

      De fato, o anime estreou dentro daquilo que eu já esperava, principalmente pelos PVs que já havia visto.
      A chance de lágrimas caírem no decorrer desta obra é, de fato, grande.

      Agradecido pelo link. Para breve estarei lendo-o.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons