[Guest Post] Afro Samurai, a solitária estrada da vingança! ~ NETOIN!

domingo, 29 de maio de 2016

[Guest Post] Afro Samurai, a solitária estrada da vingança!

A capa da vez.
Uma nova e sangrenta jornada...

O NETOIN! sempre buscou auxiliar quem está iniciando na arte dos blogs, principalmente no que tange à temática aqui trabalhada ao longo desses quase dez anos de história. Trata-se de algo respeitoso, legítimo, que demonstra o respeito e a admiração por parte de quem opina, analisa, transcreve ideias e visa compartilhar suas inúmeras teses e palavras com a vastidão que a internet proporciona.

Desnecessário aqui enfatizar o quanto a minha pessoa se sentiu honrada em receber um e-mail, cujo conteúdo se tratava de trazer para este lar na grande rede uma análise pessoal do anime Afro Samurai. Após a verificação do texto e de seu conteúdo, o jovem Stigr A, dono do blog Otaku in Black, ficou à par de que o post por ele feito seria então aqui publicado, fato este que ocorre neste exato momento.

Assim sendo, nobre visitante, você está convidado à acompanhar este mais novo guest post da história do NETOIN!, no qual um guerreiro sedento por vingança passará a ser o grande centro de todas as atenções.

Tenha uma boa leitura.

Afro Samurai: a solitária estrada da vingança!
por: Stigr A, do blog Otaku in Black

O guerreiro, Afro.
O mangá de Afro Samurai foi criado por Takashi Okazaki e convertido para anime em 2007, tendo um total de cinco episódios, sob a direção de Fuminori Kizaki e produzido pelo estúdio Gonzo. Foi dublado originalmente em inglês, contando com grandes estrelas no seu elenco como Samuel L. Jackson (Afro) e seu companheiro de viagem, Ninja-Ninja, além de Kelly Hu e Ron Pearlman. Foi um grande sucesso e acabou gerando o filme Afro Samurai: Ressurrection, então lançado em 2009 com eventos que dão continuação a série. O anime também foi exibido no Brasil pela MTV, em novembro de 2007. A trilha sonora foi feita em ritmo hip-hop por RZA, com uma letra que descreve bem o protagonista.

O mundo de Afro Samurai se passa em uma espécie de Japão Feudal futurístico, onde existem as bandanas do Número 1 e do Número 2. Aquele que detém a primeira é considerado como o maior guerreiro do mundo, no qual ninguém pode nele encostar (quase como uma divindade), e por consequência todos desejam possuir tal bandana. Porém, apenas quem possui a segunda pode desafiá-lo para uma luta para conseguir herdar a liderança e poder maior. Nisto, qualquer um pode desafiar o dito número dois, fazendo com que este tenha de passar por muitas batalhas sangrentas até chegar ao objetivo pretendido.

O anime conta a história de um pequeno garoto cujo pai é o Número 1, sendo que ele foi morto bem em sua frente pelo Número 2. O autor da ação foi um pistoleiro chamado Justice, que então torna-se o novo da bandana de maior prestígio. O garoto, agonizado, cresce com um forte desejo por vingança e ódio pelo atual Número 1. Com o passar do tempo, ele tornou-se um espadachim extremamente habilidoso e conseguiu a bandana de Número 2. Dito isto, o novo dono da segunda bandana seguiu para o topo do Monte Shumi, local este onde o "maior guerreiro do mundo" estava, visando assim poder vingar o seu pai, mas não ser antes ter de passar por grandes desafios.

As lágrimas...

Logo depois de seu pai ser morto, o Afro é quem detém inicialmente a bandana de Número 2, herdando-a após o desfecho da luta entre seu pai e Justice (mas ele a perde após ser atacado por um bando de valentões que o espancam e pegam dele tal item). Após tal acontecimento, o Afro é encontrado por um grupo de garotos de um dojo, cujo mestre do lugar o adota e passa a dele cuidar e doutriná-lo, treinando o recém chegado na arte da espada junto com os seus outros discípulos. É lá que Afro passa o resto de sua infância e sua adolescência.

Convertendo-se em um excelente guerreiro, cujo anseio pela vingança o fortaleceu durante o treinamento, o Afro acabou conseguindo a bandana de  Número 2 (mesmo com as as sérias ações que ele acabou cometendo para consegui-la).

Sendo então o detentor do "segundo maior poder", o Afro passou à ser alvo de muitos guerreiros que anseiam pela conquista de sua bandana, recheando o anime de ação e batalhas extremamente sangrentas. Durante tal jornada, muitos inimigos apareceram na frente do guerreiro, julgando serem páreos para ele. Contudo, perante qualquer circunstância, o Afro não se intimidou a passou por cima de seus adversários, sem nenhuma piedade.

Lutas e algo mais...
É um mundo meio doido onde se passa Afro Samurai, muito em razão do ambiente futurista em meio a um Japão Feudal (com a existência de celulares, robôs e muita tecnologia de ponta, dando u ar sci-fi para o anime), além da cultura do hip-hop que é mesclada em meio a tudo isso. Com tantos inimigos que o Afro acaba tendo pelo caminho, o Clã dos Sete Vazios acaba merecendo grande destaque, sendo este um grupo de monges que fazem de tudo para tentar matá-lo (inclusive com um robô que possui as mesmas habilidades do Afro). Difícil imaginar como ele poderia derrotar algo que conhece seus próprios movimentos (embora não seja realmente impossível de fazê-lo).

Afro é um homem solitário e amargo, sempre em silêncio. Ele não chega a falar nem meia dúzia de palavras a série inteira. Está longe de possuir o perfil de um verdadeiro herói (sem salvar nada ou à ninguém). O guerreiro apenas vaga pelo mundo, motivado pelo seu forte desejo de vingança, fazendo com que ele cometa inúmeras ações questionáveis que lhe dão muitos inimigos "de brinde".

De fato, existem certos antagonistas que podem ser julgados como sendo pessoas melhores do que o próprio Afro. Você poderá até sentir pena de um deles. A personalidade do protagonista deste anime é completamente oposta ao de seu companheiro de jornada, Ninja-Ninja, queo segue por todos os lados. Possuidor de uma fala incensante, o mesmo é vitima constante do Afro e seus intermináveis "cala a boca", com profunda irritação do guerreiro.

Humor e um ambiente hostil...
Ninja-Ninja é aquele personagem que dá o tom de comédia ao anime, devido a seu jeito de ser com gestos exagerados chegando, às vezes, a ser bem pervertido. Isso acaba dando um clima de descontração em alguns pontos do anime, em meio a sua ambientação tão hostil e violenta, cujo derramamento de sangue acaba sendo uma característica bem habitual no mesmo.

Embora você possa pensar que o Afro não seja tão solitário assim por causa da companhia do Ninja-Ninja, a verdade acaba sendo bem oposta à isto. Não é apenas o desejo de vingança que o faz o guerreiro viver "isoladamente", mas tal companhia que o mesmo possui (que não é exatamente bem-vinda por ele) demonstra o quanto Afro deseja não ter maiores contatos com ninguém. Você poderá notar tudo isto, de maneira direta, antes do último episódio do anime.

Afro Samurai é um anime com ação a todo minuto, com muitas lutas e sangue jorrando para todos os lados. Em certos aspectos lembra Kill Bill, o filme de Quentin Tarantino. Se você gosta de ação, grandes combates e samurais, com certeza não vai se arrepender de assistir a esse anime.



Com isto, encerra-se mais um guest post aqui
no blog bicolor, nobre visitante.

Agradecimentos ao nobre Stigr A, por sua participação
espontânea e legítima, trazendo para este espaço sua opinião
sobre o anime Afro Samurai.


"O caminho de um guerreiro..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o convidado da vez, visitante...
Stingr A
Stigr A, criador do blog Otaku in Black e amante da cultura japonesa. Gosta de todos os gêneros de animes e mangás, analisá-los e debater sobre eles com todos. Eventualmente escreve suas próprias histórias com a inspiração que recebe. Gosto muito de doramas e tokusatsus.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Belo post, o que achei mais interessante é que foi bem detalhado explorou os principais pontos.
    Tenho muita vontade de ler o mangá, até então só tive oportunidade de ver o anime mais gostei bastante.
    https://somaisumaleatorio.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Todos os agradecimentos vão para o jovem convidado que fez este guest post, nobre.

      Se tu gostou, excelente.

      Fico agradecido pela sua visita e pronto comentário.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons