[Fim de Temporada] God Eater ~ Netoin!

domingo, 27 de março de 2016

[Fim de Temporada] God Eater

A chamada da vez.
Em um mundo à mercê do caos...

Em oportunidades passadas, God Eater já foi abordado de maneira concisa neste humilde blog. Seja pelo momento no qual um salvamento estava em operação ou quando o passado do protagonista veio à tona, a obra não fugiu de suas reais condições de enredo em nenhum momento de tal exibição. Isto entra como mérito bastante positivo e digno. Mas, além de tais citações, é importante desbravar um pouco do enredo deste título neste momento, nobre visitante.

Pode-se categorizar God Eater como um tipo de visão deveras interessante quanto a um futuro apocalíptico e horripilante, ao menos no ponto de vista da humanidade em si. Em um certo ponto deste século, estranhas criaturas começaram a "brotar" do solo com larga velocidade e extrema facilidade. Aos poucos, tais seres foram atacando os grandes centros urbanos da Terra. Com base no que já foi descrito, fica fácil imaginar que não demorou muito para centenas de cidades (e muitos países) sumirem do mapa em questão de poucos dias.

O mundo ficou reduzido à poucas áreas realmente habitadas por humanos, concentrados em verdadeiras "cidadelas modernas", amparadas por gigantescos muros que visavam espantar o perigo constante proporcionado pelos Aragamis (nome dado às criaturas que surgiram no planeta). Para se pensar mais à fundo, é importante ressaltar que a própria inteligência humana acabou criando tão devastador perigo para a espécie, durante uma busca e seguidas pesquisas quanto a uma nova fonte de energia. Pode-se dizer que as pessoas tentaram brincar o planeta, dada a força da ciência e tecnologia, cuja resposta acabou aparecendo de maneira rápida e totalmente dolor para a espécie dominante no mundo.

A força para a batalha.
Tendo em mente que existe um perigo quanto à sobrevivência de toda uma espécie (sendo o mesmo criado por tal), poderia aqui pressupor-se que a humanidade poderia ter um sentimento próspero e único de ajuda mútua e cooperativa pela causa. Porém, o anime mostra o que seria mais lógico de acontecer com grande ênfase, sendo este um fato triste. A conhecida ganância, amparada por interesses de uma pequena classe (mesmo em meio a tal cenário) proporcionam momentos de extrema raiva e falta de compostura ao ver este anime. Longe de ser um ponto negativo quanto à experiência que se tem ao ver a obra, o enunciado visa te levar a muitos pensamentos distintos e conflitantes, onde entra com a força a questão se a humanidade realmente merece ser salva ou não.

Em meio à tudo isso, a maior esperança de sobrevida para a espécie humana acabou se concentrando na formação de verdadeiras forças de ataque conhecidas pelo nome God Eater (Devoradores de Deuses, na tradução aproximada). A eles era acoplado uma arma única, formada em si dos restos de Aragamis e que tinha o poder de devorar tais criaturas derrotadas em combate. O ponto contrário é que nem todos podiam se tornar God Eaters e, desta maneira, tais pessoas e familiares ficavam impedidos de viver nas citadas cidadelas (ficando diretamente à mercê das terríveis criaturas do lado de fora). Esta situação acabou sendo deveras difícil de ser compreendida ou minimamente palpável de aceitação.

Nisto, o elenco de God Eater acabou desenvolvendo um trabalho bem digno de nota positiva aqui. O jovem Lenka, que aspirava enfrentar os Aragamis com relativa pressa, acabou tendo uma evolução muito benéfica na obra, convertendo-se em alguém que soube chamar e manter a atenção para si. Uma jovem russa de nome Alisa era forte, mas sempre guardou dentro de si um triste passado que acometeu os seus pais (graças ao mais perigoso dos Aragamis, de nome Pita). Destaca-se também o líder Rindou/Lindow, que sempre mostrou ter confiança na equipe e nunca deixou de amparar quem podia (mostrando-se contra a política citada no parágrafo acima e atraindo inimigos com isso). Os jovens Souma e Kouta também tiveram um importante papel, cada qual com um passado a ser considerado e com comportamentos bem distintos. Além disso, a Sakuya mostrou possuir um grande carinho por certo companheiro de batalhas, ao mesmo passo no qual a Tenente Tsubaki mostrou ser uma líder apta a considerar todos os pontos e momentos para uma ação determinada.

Pita, o Aragami mais devastador de que se tem notícia.
Ao longo de seus treze episódios, God Eater mostrou que a humanidade tentava sobreviver em uma Terra semi-morta, das maneiras mais variadas possíveis. Algumas destas, inclusive, contando com elementos da criação dos Aragamis para a sua proteção. De igual maneira, a obra deixou bem salientado que os conflitos de interesse fomentavam um cenário nada animador para o futuro de toda uma civilização, ao mesmo tempo no qual resquícios do passado cismavam em aparecer para mostrar que os mesmos equívocos estavam sendo cometidos, mesmo que por pessoas diferentes. A diferença entre certo e errado, neste anime, foi algo tênue por demais.

Na sua parte técnica, o anime teve um arranjo geral bem satisfatório e chamativo. Ambientação e visual de God Eater foram bem trabalhados. Interessante frisar o trabalho dos seiyus, em especial nas ocasiões de grande tensão emocional. Porém, o ponto de maior destaque acabou sendo direcionado (com todas as honras) para a parte acústica da obra, com músicas pontuais e extremamente propícias para os momentos em que eram entoadas. Os temas de abertura e de encerramento, em si, deram o devido mérito para tanto. O estúdio Ufotable conseguiu fazer um trabalho digno à frente deste título.

God Eater não foi exatamente conclusivo em seu final, mas os quatro episódios exibidos em março fizeram valer a espera desde setembro de 2015. O desenvolvimento dos personagens foi nítido, mas um certo ódio por alguns destes merece ser destacado. O anime, em si, merece uma continuação para que maiores desfechos quanto ao enredo possam ser conotados. De toda a forma, este título mostrou que os Aragamis poderiam ser uma forma de castigo para a humanidade, ao mesmo tempo no qual a existência de tais seres viria à definir um novo início para a, até então, forma de vida dominante na Terra. Ficam válidas as menções. Desta maneira, o NETOIN! faz uma recomendação positiva de God Eater para você, nobre visitante.

E assim se segue...

Recordações...


Sobrevivência - na luta por viver e ter a supremacia da Terra, humanos e Aragamis possuem apenas uma única certeza, sendo esta o fato da guerra para tanto ser absoluta e total...


Guerra - uma imagem que resume bem todos os conflitos presentes na obra, incluindo nisto as intrigas internas e o clamor do interesse que cisma reinar soberano, mesmo em meio a um cenário apocalíptico...


Paixão - em si, God Eater apresentou muitos momentos onde alguns sentimentos ficaram em maior evidência do que outros. O amor da jovem acima foi um destes...


Face - o mais poderoso dos Aragamis quando aparece causa um profundo pavor e, no íntimo de cada humano, a certeza de que a Terra aparenta não ter mais a mínima salvação...


God Eater
Temporadas: julho'2015 e janeiro'2016
Estúdio: Ufotable   /   Total de episódios: 13

*** avaliação final do anime: 7,5 pontos de 10,0 possíveis ***


Esperança - no olhar determinado pode residir a última real esperança de toda a humanidade...

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 14Blogger
  • Disqus

14 Comentários

  1. gostei mas quero saber se ja tem data prevista para a segunda temporada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Infelizmente, não existe nenhuma informação acerca de uma nova temporada para o anime.
      Nem boatos para aumentar tendências/especulações/afins se fazem aparecer...


      Até mais!

      Excluir
  2. Eu também quiero saber se tem confirmação de uma 2°Temporada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Tristemente, não existe nenhuma informação segura sobre uma (bem-vinda) segunda temporada para este anime...


      Até mais!

      Excluir
  3. oi!eu n entendi o final... aquele professor era da filial do extremo oriente ou foi pra lá pra recontruir a jinki do utsugi?pq ele fala q n via via o johannes e o soma a muito tempo...o lugar onde ele vivia n ficava no extremo oriente ou eu deixei de notar algum detalhe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Calma, nobre... Na verdade tu deixou de notar apenas um detalhe, especialmente pelo fato de que vossas citações fazem parte de vários flashbacks mostrados no anime...

      E aqui vai um adica: inimizades, e das bem gritantes.

      Digno.


      Até mais!

      Excluir
  4. esse anime e muito massa! parabens para os desenvolvedores! sao ums genios hehe poderia ter outra temporada , mas tabom :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Concordo que uma nova temporada seria bem-vinda para esta obra, nobre.

      No entanto, o mais indicado é aguardarmos por novidades acerca disto pois, até o momento, não há nada sobre uma sequência para o anime em si.


      Até mais!

      Excluir
  5. Respostas
    1. Saudações


      Até o momento não existe nada de oficial acerca disto, nobre.


      Até mais!

      Excluir
  6. Respostas
    1. Saudações


      Se tu faz referência a uma continuação em anime desta obra, nobre, infelizmente a resposta é negativa.


      Até mais!

      Excluir
  7. E souma morreu? Quem o perseguia?mais pra lista de duvidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Feliz ou infelizmente (dependendo do ponto de vista), tais perguntas só serão respondidas através do jogo desta obra, nobre.

      O anime encerrou "em aberto" propositadamente neste aspecto.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons