Em pauta!

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

[Volta ao Passado] As lembranças e o destino de Miharu, a robô humana de Da Capo...


Uma chamativa história...

Nobre visitante, em meados do mês de julho, foi publicado aqui no Netoin! um texto desta mesma seção, abordando uma personagem do anime Da Capo, sendo ela a Amakase Miharu [clique aqui para acessar o post referente]. Resumidamente, ela era uma robô com uma semelhança física, comportamental e de voz total da Miharu humana, que havia acidentado-se gravemente após ter tentado salvar um gato do alto de uma árvore. Lendo o citado texto você poderá ter maiores noções acerca desta personagem, incluso o fato do jovem Asakura Junichi ter sido colocado como um tipo de vigilante dela.

Para este humilde blogueiro, a divisão de Da Capo em duas metades distintas faz um imenso e justificado sentido. De maneira direta, o relato à seguir sobre a Miharu robô servirá como um dos pontos que visará dar credibilidade para tal opinião. E não apenas isso, pois as ocorrências quanto a uma estranha e misteriosa cerejeira mágica que cresce unicamente na Ilha Hatsune - onde se pssa a obra - começam a convergir para um mesmo e perigoso ponto. E tudo tem seu início com uma chamada para as recordações do passado.

Na altura do vigésimo quarto episódio do anime em pauta, a dita cerejeira mágica estava em acelerado processo de morte. Seu poder estava em garantir os desejos das pessoas que chegassem até ela e, em tal momento de De Capo, várias personagens já tiveram seus desejos encerrados em razão do que agora ocorre a árvore mágica. Até mesmo a Miharu robô havia feito um pedido que, obviamente, acabou sendo atendido. E o mesmo estava levando esta simpática personagem a um destino nada agradável, mesmo em se tratando de um maquinário criado inicialmente para ter uma breve existência.

A verdadeira Miharu no hospital, e os sonhos de infância. Memórias...
A Miharu robô, com um olhar deveras penetrante e...

Como desejo, a robô em pauta queria - mais do que tudo - ter as memórias de sua versão verdadeira, sendo ela a garota que encontra-se em observação no hospital. Algo arriscado por demais, uma vez que a Miharu mecânica já possuía os dados de sua contraparte humana, por obra do próprio pai dela. Mesmo sem ter noção do desejo feito à cerejeira mágica, a professora Koyomi já havia alertado ao Junichi que estas buscas pelas memórias estavam aumentando significadamente o nível de estresse no corpo da Miharu robô que, ao insistir nisto, teria o seu funcionamento devidamente paralisado em um ou dois dias. Uma situação extremamente delicada esta.

Ao longo do episódio em pauta, a Miharu continuou ao lado do Junichi, comentando sobre as lembranças que ela fez como robô e, indo além, falando de um sonho que teve anteriormente. Nos seus pensamentos pairavam visões do passado dela criança, brincando com o Junichi e a Nemu, bem felizes. Claro que estas recordações não pertenciam à ela, mas ainda assim a robô acreditava poder assumir o lugar da humana inconsciente, incluso nisto até desenterrar objetos que haviam sido enterrados, pela humana Miharu e o Junichi, quando eram bem pequenos.

A carga de estresse acabou aumentando consideravelmente. Ao mesmo tempo no qual se sentia feliz por ter passado tanto tempo ao lado do Junichi, a robô Miharu acabou experimentando os seus últimos momentos de funcionamento, e o seu desligamento definitivo levou o rapaz em pauta às lágrimas. Estes foram fragmentos dos momentos de profunda tristeza, que fizeram a marca da segunda metade do anime Da Capo, mas que não terminaram aí. Até porque, para o trio Nemu, Junichi e Yoshino Sakura, o pior ainda estava por vir. Por agora, ficam as lembranças de toda a alegria e carisma esbanjados pela simpática Miharu robô que, nestes quesitos, também foi uma cópia perfeita de sua contraparte humana.

Um triste final...

Momentos



"A humana, em recuperação. O Junichi e a Miharu robô observam-na com atenção e pesar..."


"Muitas conversas sérias em prosseguimento..."


"A busca pelas recordações..."


"Uma séria e difícil conversa. Lágrimas e tristeza de ambos os lados..."


"A chegada em um local muito especial..."


"Sobre o que estaria escrito nos dois bilhetes, bem..."


"As últimas forças, as últimas palavras..."


"O último abraço..."


D.C: Da Capo
Episódio #24 - "A porta das memórias"


"Um momento de tristeza profunda..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!