Em pauta!

sexta-feira, 31 de julho de 2020

[Volta ao Passado] Miharu, a robô humana de Da Capo


Dezessete anos atrás...

Seguramente, Da Capo foi o primeiro anime com mais de doze episódios que este humilde blogueiro assistiu, graças a internet em casa, por volta de 2006 no mês de maio. Aqui no Netoin! já tem uma review completa deste anime [clique aqui pra acessá-la], que foi exibido na temporada de julho-2003 e contou com vinte e seis episódios no total. Uma característica interessante é que, ao longo do seu prosseguimento, Da Capo teve duas metades bem distintas: enquanto a primeira era mais humorística, a segunda foi para o drama com sobrenatural.

Uma das passagens mais divertidas deste anime, para a minha humilde pessoa, será agora brevemente comentada. Trata-se do terceiro episódio da obra, no qual o centro das atenções foi uma jovem chamada Amakase Miharu. Na verdade, não foi bem a sua versão humana que ganhou os holofotes, mesmo ao se levar em consideração que apenas duas pessoas naquela cidade inteira sabiam do que ocorria, de fato, quanto a real versão dela. Resumidamente, a garota Miharu acabou caindo de uma grande árvore, após tentar salvar um gatinho, ficando gravemente ferida e inconsciente.

A morte da Miharu havia se espalhado pela escola, mas o aparecimento dela na sala de aula espantou a todos, especialmente os irmãos Asakura (Junichi e Nemu). Uma estranha fumaça começou a sair da cabeça dela e, nisto, ela saiu correndo dali para se esconder. O citado rapaz foi ao seu encalço e descobriu, de uma maneira totalmente estranha, que de humana aquela Miharu tinha bem pouco. A professora Koyomi encontrou os dois e, naquele instante, não apenas contou ao Junichi tudo sobre aquela robô, como pediu para o rapaz ajudá-la em cuidar daquela Miharu, até que a real garota se recuperasse.

A alegria dos irmãos Asakura logo se converteu em tristeza...
...e depois em espanto, pela presença - inesperada - da Miharu ali.

A partir deste momento, o episódio inteiro passou a desenvolver-se na robô Miharu que, desesperadamente, tentava descobrir tudo que aquele novo mundo reservava para ela. Para o Junichi isso foi um problema relativamente alto, uma vez que ações simples eram em demasiado desconhecidas por aquela robô, incluso nisto os três cumprimentos básicos de saudações diárias. Em certo momento, até mesmo o alimento preferido da garota - que está inconsciente - serviu de inspiração para a robô Miharu buscar tentar vivenciar o cotidiano de sua versão humana.

Um grande momento desenvolve-se enquanto a robô tenta saborear uma sobremesa com bananas. Ela erra tudo ali, pensando ser a citada fruta, até que o Junichi a auxilia e ela acaba amanado o sabor (sem contar duas garotas no fundo em outra mesa, que estão comendo nabe por elas preparado ali mesmo). Passeios e caminhadas ocorrem na sequência, para certo desespero do rapaz, que deve se esconder para ativar a robô Miharu novamente, dando corda em suas costas, literalmente. O que Junichi não desconfiava era que, na mente daquela versão futurista da garota inconsciente, uma certa ideia começava a ganhar forma.

Foi um episódio deveras divertido para este humilde blogueiro, provavelmente um dos dez melhores de Da Capo no todo. No prosseguimento do anime, ainda em sua primeira metade, a robô Miharu ainda haveria de colocar o Junichi em novas encrencas. Contudo, na segunda parte da obra, mesmo esta simpática personagem teria um grande - e triste - momento de drama repleto de sentimentos. A conferir na sequência.

Aguardar é preciso...

Momentos...



"O momento da grande descoberta para o Junichi..."


"A professora Koyomi sabia de tudo..."


"Junichi terá de observar e cuidar da Miharu, para auxiliar a professora Koyomi..."


"A Miharu humana amava bananas, então a robô passa a imitá-la..."


"A Miharu (robô) brinca demais e gasta muita energia..."


"Compreensão da situação..."


D.C.: Da Capo
Episódio #3 - "Então, são bananas... Hein?!"


"Miharu, em sua versão robô, deseja estar no mesmo patamar do seu 'eu humano'..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!