Em pauta!

sábado, 3 de outubro de 2020

[Informação] Rayearth volta ao Brasil, via streaming


Quando um clássico ressurge...

Foi no distante ano de 1996 que, por meio da televisão aberta via SBT, o anime Magic Knight Rayearth aterrizou em terras brasileiras. Por mais que a ideia inicial fosse de transmiti-lo em episódios semanais aos domingos, não tardou para sua exibição mudar de grade e horário, fato este que ocorreu demasiadamente, ao longo dos anos nos quais as aventuras de Hikaru, Umi e Fuu (respectivamente Lucy, Marine e Amy no Brasil) se fizeram presentes na citada emissora televisiva.

Para este humilde blogueiro, dois foram os grandes pontos deste anime. Um deles sendo na parte técnica, mais especificadamente nos traços das personagens, com destaque para o desenho dos olhos. Por sua vez, o outro ponto foi o enredo desta obra, no qual o belo e mágico mundo de Cephiro (Zefir na dublagem nacional) esteve às voltas com sua iminente destruição, em uma realidade na qual as definições de certo e errado eram separadas apenas por uma frágil e tênue linha de compreensão.

Os dois parágrafos acima possuem a clara razão introdutória, uma vez que Magic Knight Rayearth é um clássico anime japonês onde, teoricamente, existe a chance de tu nunca ter o assistido antes, nobre visitante. E mesmo que já tenha executado tal ação, o presente texto vista convidar sua pessoa também a novamente assistir a este título. Isto porque Rayearth está oficialmente presente no catálogo da Amazon Prime Vídeo, em sua versão legendada da mesma época quando foi exibido pelo SBT, contando com os vinte episódios equivalentes à primeira fase deste título. Segundo a chamada presente no site JBox [clique aqui para acessá-la], a abertura e encerramento não seguem esta linha de quando o anime no Brasil apartou, pois nesta oportunidade tais sequências são as originais japonesas no referido portal de streaming.

Para este humilde blogueiro, ter Rayearth novamente no Brasil é algo para ser respeitado e comemorado, ou ao menos assim preza a teoria. Contudo - e aparentemente - nem tudo corre exatamente na melhor das formas. Pela internet, pessoas reclamando da qualidade dos vídeos é um ponto a ser considerado, sendo o mesmo valendo para o áudio dos mesmos, incluso revelando suspeitas quanto aos episódios que se fazem presentes no citado portal [veja aqui a denúncia presente na fanpage do anime no Facebook]. Este blogueiro que vos escreve não pode opinar com propriedade nisto, uma vez que ainda não assistiu ao anime no Amazon Prime Vídeo mas, ainda assim, mantém o ponto de que o retorno desta obra é sim bem-vindo, desde que bem feito.

E assim se segue...


Magic Knight Rayearth no Amazon Prime Video

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!