[Fim de Temporada] Demi-chan wa Kataritai ~ Netoin!

terça-feira, 28 de março de 2017

[Fim de Temporada] Demi-chan wa Kataritai


Efetivo e bem-vindo...

A temporada de janeiro'2017 iniciou com muitos nomes que fizeram o grande público "torcer o nariz", na maioria dos seus casos. Por vezes, o histórico animístico já havia provado o quanto este prognóstico pode se mostrar falho em sua concepção, e o anime da ocasião acabou sendo um dos que provaram a veracidade de tal afirmativa. O nome desta obra é Demi-chan wa Kataritai (Interviews with Monster Girls em inglês ou ainda Entrevistando Garotas Monstros no português aproximado).

Ao se notar bem o nome deste anime em pauta, poderiam ser especuladas diversas situações, alinhadas à sua ambientação (escolar) e foco no cotidiano (slice-of-life). Este humilde blogueiro ficou muito feliz após ter notado que, ao longo de seus doze episódios, Demi-chan wa Kataritai não apenas passou longe de qualquer atenuante negativista, como acabou sendo bem feliz em mostrar tudo aquilo ao qual a obra se propunha trazer. Isso tudo é extremamente importante e fundamental, nobre visitante.

O enredo da obra é deveras básico em sua concepção. Tem-se uma escola comum japonesa, na qual um professor de nome Takahashi Tetsuo acabou chamando para si uma grande responsabilidade, por mais que o próprio não tenha notado isso. Até porque, o citado personagem acabou zelando pelo convívio escolar e crescimento em tal ambientação de alunas bem interessantes, sendo elas Ajins (verdadeiramente meio-humanas e, por isto, chamadas coloquialmente de demis). E o Takahashi jamais imaginaria o quanto de lições, aprendizado e verdadeiras amizades que suas ações com as Ajins acabariam lhe proporcionando.


 O quarteto de meio-humanas que, certamente, você adorará conhecer.

Este grupo carismático de estudantes meio-humanas souberam dar uma roupagem ímpar para o anime. E não apenas elas, pois certa integrante do corpo docente da escola (uma professora) também fazia parte do grupo das Ajins, sendo mais do que óbvio aqui conotar que o Takahashi acabou zelando por ela (mesmo que de outra forma, um tanto quanto minimizada em comparação com tais alunas). Seguindo tal concepção, o que se tem é um elenco deveras chamativo, especialmente após se saber de suas características únicas e notáveis.

Começando pela vampira Takanashi Hikari, sempre muito ativa e que gosta de aprontar em dadas ocasiões (sendo graças a ela que o professor Takahashi começou seus trabalhos com as meio-humanas). Na sequência tem-se a Machi Kyouko, sendo ela uma das últimas três dullahans do mundo (um ser cuja cabeça é separada do corpo), tendo um comportamento pacífico e extremamente amigável. A jovem Kusakabe Yuki é uma garota das neves, cujo medo e receio iniciais com o modo no qual os demais estudantes as vejam escondia mais uma personagem gentil, porém mais tímida e pensativa do que as demais. E não menos importante tem-se a professora Satou Saike, sendo ela uma succubus (um ser que atormenta os sonhos dos homens, súcubo no idioma português), e que mora muito distante da escola justamente para evitar muito contato com os demais (além de sempre usar do primeiro e últimos trens para deslocamento, pela mesma razão).

Durante toda a sua exibição, Demi-chan wa Kataritai se preocupou em mostrar primeiramente os medos e receios de cada uma das meio-humanas e, depois, como que elas enfrentaram isso e se mantiveram firmes nos seus ideais (socialização, amizade e compreensão). A minha pessoa reitera que o trato dado para tudo isso sempre esteve acima do patamar conhecido como satisfatório/bom, e que o anime trabalhou todos estes aspectos de maneira extremamente agradável e sucinta. Momentos sérios eram resolvidos rapidamente, ao mesmo passo no qual as conversas mais hilárias e descontraídas ditaram o tom da obra em boa parte de sua exibição.


Medos, anseios, diferentes comportamentos e sonhos com personagens carismáticas ao extremo.

Tudo isto acima citado deu margens a muitos pensamentos negativistas de minha pessoa. A cada novo episódio, o receio da obra converter-se em um harém era mais do que evidente. Além disto, algumas situações presentes poderiam acabar se deslocando para outras vertentes, as quais poderiam ser questionáveis em algum ponto. Felizmente, tudo isso acabou sendo apenas "medo antecipado" pois, de fato, nada assim ocorreu. Mesmo o dito ecchi, nas poucas vezes em que se fez presente no anime, não incomodou a minha pessoa (podendo ser avaliado como bem leve e até fraco neste aspecto). Com isto, a presença de personagens como a Takanashi Himari (uma humana comum que é irmã gêmea da Hikari, sendo ela mais séria e responsável do que a jovem vampira) acabou tendo um efeito extremamente positivo.

Desnecessário enfatizar que, tecnicamente, o anime foi elogiável. O estúdio A-1 Pictures foi mais do que feliz nesta adaptação a ele confiada. As sequências de abertura e encerramento se mostraram muito bem feitas e suas músicas são mais do que condizentes e alegres. A animação do anime esteve bem de acordo com sua conotação de enredo e ambientação, o mesmo valendo-se para o desenho dos personagens e uso das cores. Tirando os temas entoados no início e final de cada episódio, torna-se possível conotar aqui que a trilha sonora deste anime foi apenas normal, mas que não comprometeu a obra no todo.

Diversos foram os momentos que tornaram Demi-chan wa Kataritai um anime digno o bastante de ser lembrado. Não foi perfeito, mas inegavelmente este título exibiu um trabalho digno o bastante de ser considerado bem acima das próprias expectativas lançadas pela obra em si. Para este humilde blogueiro, fica a válida a recomendação mais do que positiva para que você veja o anime e o analise de acordo, visitante. Foi uma das gratas e memoráveis surpresas desta temporada que está por se encerrar. O professor Takahashi, suas alunas e a professora Satou agradecerão imensamente pela sua atenção.

Isto é muito digno...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real.


"A Himari sempre tem problemas com a Hikari..."


"A dullahan que sabe cativar sem grandes esforços para tanto..."



"Os problemas e aspirações de uma succubus..."


"O anime chamou a atenção pelas caretas do seu elenco...


"Esta face encantadora não esconde que ela gosta de aprontar..."



"O cotidiano de uma dullahan..."



"A tímida garota das neves..."


"Amizades, festas muita legria..."


Demi-chan wa Kataritai
Temporada: janeiro'2017  /  Origem: mangá
Estúdio: A-1 Pictures  /  Total de episódios: 12

*** avaliação final: 8,5 pontos de 10,0 possíveis ***


"Reconhecimento..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]

Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons