Em pauta!

domingo, 21 de junho de 2020

[Fim de Temporada] Arte


Cultura e algo à mais...

O universo da animação japonesa tem passado por percalços bem sérios atualmente, em especial no que tange à pandemia provocada pela COVID-19. Inúmeras obras entraram em pausa ou acabaram sendo postergadas para algum momento, algumas delas ainda sem definição de data para retorno. Neste cenário, alguns animes continuaram em exibição e já se encerraram, tais como Breakers, Kakushigoto e Shin Sakura Taisen the Animation. Uma de tais obras, incluso, encerrou-se na mesma data deste post, nobre visitante, sendo ela o foco deste momento em diante.

Quando surgiram as primeiras informações acerca do seu lançamento, Arte mostrou ter um potencial absurdamente alto. Sendo uma adaptação de seu mangá homônimo, ainda em publicação e sendo escrito/desenhado por Ookubo Kei, a citada obra se passa na Europa durante a Era Renascentista, mais precisamente na cidade italiana de Florença. Neste período, a sociedade vivia a ascensão de diversos pintores e artistas, cujos nomes ficaram gravados na História desde então. No que tange ao incisivo cultural da questão, as mulheres da época possuíam um modo de vida deveras limitado, sem que lhes fossem permitidas maiores perspectivas de futuro, sendo restritas à condições diversas, desde a de ter um "bom" marido para ele lhe sustentar, até a acabar se tornando freira. Viver por si e trabalhar para se sustentar era um verdadeiro tabu para a sociedade, quanto às mulheres.

Vinda diretamente de uma nobre família de Florença, que estava em condições financeiras reduzidas após o falecimento do seu patriarca, uma jovem chamada Arte tinha um sonho deveras audaz para o período em que vivia. Ela adorava desenhar e tinha o apoio de seu pai, que lhe auxiliava nisto como ocupação e um tipo de passatempo, incluindo nisto o pagamento de um tutor que a ensinava técnicas e práticas de desenho. Sua mãe, pensando diferente dele, se livrou dos trabalhos da Arte - após a morte do marido - e a intimou na manutenção da vida tal como era, para tentar buscar um dote e assim conseguir um bom rapaz que com ela se casasse.

Alguns dos semblantes da jovem Arte.

Como se podia esperar, a Arte teria um longo e difícil caminho para seguir, dados os pontos já citados mais acima. Até que, durante uma tratativa mal sucedida em um atelier, um homem acabou abordando a jovem durante a situação e a levou até onde ele morava e trabalhava. Leo é o seu nome, sendo ele um pintor da cidade com atelier próprio, após um passado no qual ele vivia nas ruas como mendigo. Ele deu uma difícil tarefa para Arte e, para sua surpresa, houve a exímia conclusão da parte dela. Com certa relutância inicial, Leo acabou aceitando a jovem como sua aprendiz. Este é o ponto de partida do anime, como um todo.

Arte, como anime, passou a abordar o cotidiano da jovem que dá nome para esta obra, no que tange a seu aprendizado constante e, sobretudo, como era difícil enfrentar os paradigmas daquela sociedade. Nenhum caminho ou tomada de decisão foi fácil e, no chamado segundo escalão de personagens, surgiram nomes extremamente importantes que muito a auxiliaram neste contexto: Angelo, um jovem cuja educação para/com as mulheres acabou lhe rendendo certa fama de galanteador; Veronica, uma mulher que ganha a vida sob a retenção da atenção dos homens com sua sexualidade; Darcia, uma amiga de Arte cuja simplicidade esconde uma grande pessoa; e Yuri, um mercante de Veneza que foi o responsável direto por uma nova etapa na vida da protagonista deste anime.

Em certo momento, após Arte ter ficado conhecida em parte de Florença pelos seus trabalhos enquanto aprendiz do Leo, um convite quase irrecusável feito pelo Yuri acabou ocorrendo. A partir disto, a jovem aprendiz acabou indo para a cidade de Veneza onde seria a tutora de uma garotinha e, entre outras coisas, ganharia muito em aprendizado para sua vida, indo tanto para o lado cultural da questão como também para sua almejada futura independência como pessoa. Nesta charmosa cidade italiana é que Arte teve contato com a pequena Katarina, uma garotinha cujo modais de vida e pensamento em suas ações chamariam - e muito - a atenção da aprendiz de pintora, ao nível de chamar para si certas responsabilidades.

Os primeiros momentos entre Arte e Leo.

Com base no que já foi redigido, é possível afirmar que a história de Arte é chamativa e atrativa o bastante. O poder de retenção existente em tal é bem alto, não sendo uma mera falácia esta afirmação. Contudo, este anime acabou recebendo severas críticas por parte do fandom. Em parte, pela animação ser uma adaptação "ao pé da letra", por ter se desvinculado de pontos interessantes do mangá, sobretudo quanto à certas características adicionais e relevantes da sociedade retratada. Nisto, tais críticas foram também para o trabalho de animação em si feito pelo estúdio Seven Arcs (Dog Days; Mahou Shoujo Lyrical Nanoha), em especial com o tratamento dado ao desenho de personagens que, teoricamente, não teriam retratado em cem porcento como era o visual das pessoas na época Renascentista.

Para este humilde blogueiro, Arte é um título que realmente apresenta algumas falhas em sua animação, porém sendo algo extremamente distante de atrapalhar a experiência em assisti-lo. Disto isto, tanto a sequência de abertura quanto a de encerramento, além de serem muito boas, deixam isto claro em grande forma. Embora não tenha o lido a versão publicada, a minha pessoa interpreta que a ideia do anime em fixar-se justamente na personagem principal, Arte, e trabalhar seu desenvolvimento em meio ao que ela via e/ou ocorria ao seu redor. Levanto tudo isto em pauta, a avaliação final do anime, tal como se apresentou, acabou sendo bem mais positiva do que negativa.

Em si, nobre visitante, Arte pode lhe proporcionar uma válida experiência animística. Longe dos holofotes e sem, necessariamente, vir a ser um título que cause impacto, ainda assim tem seus recursos válidos para chamar e reter atenção, sobretudo no ponto de vista da protagonista sempre estar em pauta. Caso não tenhas ainda assistido, dê uma oportunidade para Arte assim que puder pois, do primeiro ao último episódio exibido, pode-se ressaltar que o anime soube ser honesto em sua empreitada.

-   Arte é um anime bem recomendado pelo Netoin!   -

E assim se segue, dignamente...

Momentos...



"Arte ao lado de pessoas importantes para ela..."


"Facetas e modos da jovem Arte..."


"Vida e cultura..."


"A Arte sempre ficava feliz com um trabalho artístico se aproximando..."


"Arte e Katarina..."


"O aguardado reencontro..."


Arte
origem: mangá  /  adaptação: estúdio Seven Arcs
temporada: abril-2020  /  total de episódios: 12

*** avaliação final: 8.0 pontos de 10.0 possíveis ***


"Para a artista, sua valorosa estação de trabalho..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!