Em pauta!

sábado, 25 de julho de 2020

[Especial] Músicas marcantes de animes


Músicas muito especiais...

Este humilde blogueiro assiste animes - mesmo quando não fazia ideia do que eram animações japonesas - desde o início da década de 1980. Obras como Honey Honey estão entre as primeiras que vem à mente de minha pessoa, embora não seja a única. Contudo, o gosto por músicas provenientes de tais mídias nipônicas começou, verdadeiramente, por volta de 2001. Desde então, diversas canções e melodias foram e vieram em um tipo de listagem com a preferência pessoal, neste âmbito.

Com base na afirmativa acima presente, surgiu a ideia de fazer um post com aquelas músicas - vindas de vários animes - que, para este humilde blogueiro, são muito especiais. A oportunidade apareceu e, agora, o referido ideal se tornou realidade, nobre visitante. São insert songs, músicas vindas de vocal albuns, OSTs, temas centrais e afins. Várias são as músicas que, até hoje, fazem a minha pessoa - no mínimo - relembrar de eventos do passado, e até - no máximo - chegar ao ponto de lágrimas.

Abaixo você verá as quinze músicas obrigatórias na playlist animística deste humilde blogueiro, em ordem alfabética de acordo com as suas procedências. Na sequência, outras seis citações que adentraram neste post como menções honrosas. Aproveite e deixe nos comentários as suas impressões e, se preferir, cite as músicas que lhe são especiais, nobre visitante.

Tenha uma boa leitura.

As quinze maiores!


Air TV


* "Farewell Song", cantada por Lia [veja aqui]

Air TV é um anime que tem seu lugar especial no coração deste humilde blogueiro, tanto pela sua história como, também, por apresentar um novo conceito de animação da Kyoto Animation quando de seu lançamento em 2005. Dada a profundidade de seu enredo, cujo desenrolar se torna notório por volta do quinto episódio, o tema de encerramento acabou soando tocante o bastante para a minha pessoa. É uma música bonita, profunda e deveras triste.

Casshern Sins


* "Reason", cantada por Kana [veja aqui]

Casshern Sins é uma obra que detém uma profundidade chamativa em seu enredo, sobretudo na busca do "herói" Casshern em saber mais sobre si, ao nível de desejar a própria morte quando descobre (com o entrave de ele ser imortal). O anime teve dois encerramentos, mas o seu primeiro é deveras fabuloso. Uma melodia que ficou na mente de minha pessoa, em especial por sua letra ter ligações - propositais ou não - com o citado anime. A voz da Kana é digna de nota e esta música, em si, linda.

Clannad After Story


* "Toki wo Kizamu Uta", cantada por Lia [veja aqui]

Em um primeiro momento, quando a segunda temporada de Clannad estreou, em outubro de 2008, a sua abertura soou estranha para a minha pessoa. Mas tal observação não durou muito tempo. A prova disto é que, desde que o anime passou a centralizar-se na história da dupla Nagisa e Okazaki, esta mesma abertura passou a ser muito especial. E a música, por si, digna de ampla nota. Impossível as lágrimas não surgirem, mesmo que timidamente, quando sua melodia começa a ser entoada.

Honey and Clover 2nd Season


* "Split", cantada por SuneoHair [veja aqui]

Honey and Clover não é um anime vulgar para a minha pessoa, nem tampouco comum ou normal. Pessoalmente, trata-se de uma obra cuja avaliação é das mais positivas possíveis. A sua segunda temporada fez questão de sacramentar tais observações citadas. Diante disto, a música de encerramento "apenas" coroou aprazivelmente toda a experiência em se assistir tão distinta obra animística. Eis que esta missão foi bem difícil, uma vez que a OST de Honey and Clover, ainda mais somando suas duas temporadas, é magnífica.

Kanon 2006


* "Kaze to Tadori Tsuku Basho", cantada por Ayana [veja aqui]

Este é um anime cuja apreciação deste humilde blogueiro foi à primeira vista, sem titubear. E tal mensuração positiva se mantem consistente, mesmo tendo se passado treze anos desde a primeira vez na qual Kanon 2006 foi assistido. O seu tema de encerramento é maravilhoso, e estranhamente festivo, dado o modal de enredo desta obra em si. Importante frisar o quanto esta música cativa este humilde blogueiro, ao nível de ser top'5 inconteste na preferência pessoal.

Karigurashi no Arrietty


* "Arrietty's Song", cantada por Cecile Corbel [veja aqui]

Este filme, animado pelo estúdio Ghibli, é uma pérola para ser vista com toda a paciência e calma do mundo. Karigurashi no Arrietty - nomeado como Mundo dos Pequeninos no Brasil - é uma obra singular, que une várias temáticas com uma ambientação dócil e bela, que esconde os seus "perigos". Seu tema central, entoado durante os créditos do final, é uma música mais do que bela, feita na medida para esta animação. A melodia em pauta te leva, em mente, a praticamente visualizar toda aquela ambientação da obra sem demora.

Magic Knight Rayearth


* "Erabareta Shoujo Tachi", composta por Hayato Matsuo [veja aqui]

Na segunda metade da década de 1990, mais precisamente em 1997, este humilde blogueiro assistia as aventuras de Lucy, Marine e Anne, pelo mundo mágico de Cephiro. Aliás, esta jornada mostrou para as três personagens - e não apenas para elas - que o limiar entre o certo e errado nem sempre é distinto e que, por vezes, apresenta-se como sendo muito tênue. Rayearth possui muitas músicas dignas de nota. Porém, a melodia citada é deveras especial, sendo um instrumental poderoso o bastante para não apenas fazer com que a minha pessoa recorde rápido do anime, como também emociona quase que de imediato.

Mimi wo Sumaseba


* "Take me Home, Country Roads", cantada por Youko Honna [veja aqui]

Mais um filme animado pelo estúdio Ghibli, cuja história conta como a jovem Shizuku busca encontrar um direcionamento para si, dadas suas dúvidas pertinentes para a época de sua vida, além de ser A`s voltas com o seu primeiro amor. Mimi wo Sumaseba é uma obra dócil em sua espinha dorsal, mesmo apresentando os conflitos já mensurados. Sua música tema, entoada nos créditos finais, é bela demais. Uma melodia especial para este humilde blogueiro, por várias razões, principalmente por trazer à tona recordações da própria adolescência.

Onegai Twins


* "Photograph", cantada por Satou Hiromi [veja aqui]

Por si, Onegai Twins é um anime a ser considerado, no máximo, como normal. Entretanto, ele é muito mais do que isso para a minha pessoa, sendo uma das primeiras obras a serem assistidas graças à internet. Sua história e personagens me soaram cativantes o bastante, ao ponto de dois dos seus episódios serem bem especiais. Várias músicas desta obra soam como importantes para a minha pessoa, mas a melodia citada mais acima é bem especial. Trata-se de uma música presente em um Image Album do anime, que merece forte consideração, sendo alegre e de bom ritmo.

Paprika


* "The Girl in Byakkoya", cantada por Susumu Hirasawa [veja aqui]

As obras assinadas pelo Satoshi Kon são, em sua maioria, memoráveis. Uma delas é, certamente, Paprika. O enredo deste título soa confuso, e sua ambientação é até abstrata em diversos momentos, mas trata-se de filme animado digno o bastante de ser apreciado. No caso, o seu tema central faz com que este humilde blogueiro seja - imediatamente - remetido a um universo parecido com o apresentado em tal obra, guardadas as devidas proporções. Este, entre outros pontos, torna esta melodia bem especial.

Planetarian ~Chiisana Hoshi no Yume~


* "Gentle Jena ~Starlight Night~ (2016 version)", composta por Magome Togoshi [veja aqui]

Planetarian é o resumo perfeito daquilo que a minha pessoa tem, como anime especial e presente em um top de preferência, desde que foi visto pela primeira vez. Hoshino Yumemi é o carisma em forma de personagem. Além disto, o anime foi certeiro em ser adaptação fiel do jogo homônimo. "Gentle Jena" é uma música belíssima que, na sua versão instrumental, torna-se ainda mais especial. E para o anime, uma nova versão de tal melodia foi feita, sendo a mesma capaz de fazer com que este humilde blogueiro se emocione bastante.

Sangatsu no Lion


* "Answer", cantada por Bump of Chicken [veja aqui]

Sangatsu no Lion é uma obra bem interessante, chamativa, que trata várias das emoções e sentimentos humanos em paralelo com o ambiente que os cerca. Kiriyama Rei e as irmãs Kawamoto são o símbolo máximo desta obra que, entre outras coisas, possui uma OST simplesmente maravilhosa. O destaque da vez vai para a sua primeira abertura, cuja melodia remete muito bem ao contexto da obra em pauta, com relativa maestria.

Shakugan no Shana 2nd Season


* "Sociometry", cantada por KOTOKO [veja aqui]

Shakugan no Shana contou com três temporadas, sendo que a última teve um intervalo de quatro anos para a sua antecessora. O enredo da obra possui a luta pela sobrevivência, na qual seres ocultos - os Tomogaras - se alimentam da existência humana - não carnal, mas sim espiritual - e que, para saciar sua fome, provocam o chamado desequilíbrio no mundo. Os Flame Haze são as pessoas que lutam para manter estável o equilíbrio mundial. Diga-se de passagem, sua OST é de grande valia. E neste post, ganha destaque o segundo encerramento da segunda temporada que, desde que foi escutada pela primeira vez, em 2007, nunca mais saiu da mente deste humilde blogueiro.

True Tears


* "Reflectia", cantada por eufonius [veja aqui]

True Tears é um drama com tocante nos conflitos emocionais de seus personagens. Para este humilde blogueiro, foi um dos grandes animes exibidos em 2008, sobretudo pelo seu enredo. O tema de abertura deste título é maravilhoso, sendo necessário aqui enfatizar o quanto eufonius sempre faz um trabalho deveras positivo em suas músicas. No caso, a melodia em pauta é de grande apreciação, sendo um destaque certeiro para esta oportunidade.

Tsubasa Chronicle


* "A Song of Storm and Fire", cantada por Kajiura Yuki [veja aqui]

Tsubasa Chronicle foi a primeira experiência que a minha pessoa teve com um anime de final aberto. Isso não o torna ruim e nem lhe tira pontos de apreciação, ao nível de ter feito a minha pessoa buscar, na época, por informações acerca dos OVAs que estavam em produção. As insert songs deste anime são dignas de ampla nota, e aqui a citação da vez fez valer muito bem. Trata-se de uma música poderosa, que remete a animação em pauta com muita qualidade, e cujas lembranças de tal época vem no mesmo instante em que é escutada.

As cinco menções honrosas!


Mais seis músicas dignas de respeito à caminho...

Mais acima, nobre visitante, você ficou à par das quinze músicas que - para este humilde blogueiro - são deveras especiais. Cada qual por um motivo, que geralmente trazem consigo lembranças dignas de nota que, pela beleza de suas melodias, ficaram na mente desde que foram ouvidas pela primeira vez. Desta maneira, agora tu verá outras seis músicas. Elas são também especiais, mas - atualmente - não estão no nível de adentraram ao top'15 já citado.

Iniciando as citações aparece o filme de Bungaku Shoujo e o seu tema central, "Haruka na Hibi". De Clannad, vem o encerramento de sua primeira temporada, sendo ela "Dango Daikazoku". Na sequência aparece Futakoi Alaternative e a simpática "Bokua no Jikan". À seguir, vem o OVA Kowarekake no Orgel e seu tema musical que, por sinal, tem o mesmo nome do anime. Então exibido em 2013, To Aru Kagaku no Railgun S aparece com a sua primeira abertura, sendo ela a música "Sister's Noise". E para encerrar, aparece Uta~Kata com seu tema de abertura, a música "Omoi wo Kanadete". Todas estas seis citações são especiais e trazem lembranças memoráveis, seja de seus animes e/ou de momentos pelos quais este humilde blogueiro passou na época em que assistiu a tais obras. 

Com isto encerra-se este post especial, mais de caráter pessoal, cuja finalidade esteve em você conhecer um pouco mais deste blogueiro, nobre visitante. Em resumo, as vinte e uma citações musicais feitas possuem muito de especial. Não necessariamente os animes favoritos de minha pessoa, mas na parte acústica, os são com certeza.

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!